Todas Atividades

This stream auto-updates     

  1. Today
  2. Já que nosso amigo Guilherme @GMarux está à procura de um novo brinquedo e o @Armando Ito está quase fechando negócio com ele, quem sabe um dos três guitarristas da área não se anima e adquire também uma dessas no leilão abaixo? Lembrando que é por uma causa nobre, o valor será revertido para caridade... @Domingos Bomediano, vamos lá... todo mundo aqui sabe que o amigo se coça todo pela Black Strat do mestre... vamos meter a mão no puçá! Informações no site oficial da Christie's: https://www.christies.com/features/David-Gilmour-legendary-Black-Strat-comes-to-auction-9637-3.aspx
  3. Eric é muito bom e o guitarrista de apoio ai neste vídeo é também muito bom. Não me lembro do nome dele, mas sei que é Pai do moleque guitarrista do filme "Escola de Rock", que por sinal é sensacional! De fato, Santana fica meio à margem dos grandes nomes, mas com certeza não abaixo em termos de técnica e virtusismo. Sua apresentação em Woodstock foi memorável, sendo uma grande passagem no filme. Black Magic Woman é um clássico, que ajudou a trazer uma linguagem mais latina ao rock.
  4. Seja bem-vindo ao Pescaki, Ruanito! Penso que a falta de respostas se deve justamente pelo fato de ninguém saber fazer o reforço, ou então, talvez não se preocupem, de fato, até porque, nesta região do caiaque a espessura do material deve ser mais reforçada, de sorte que para resultar um problema os arranhões precisariam ser bem profundos. Não sendo profundos, resta apenas a questão estética.
  5. Yesterday
  6. Olá pessoal, me mudei pra Cunha, interior de São Paulo, próximo a Paraty RJ. Já fiz algumas pescarias por lá mas sempre de arremesso na costeira e robalo. Mês passado fui pescar na Joatinga, aqui em Paraty. Fomos até o ilhote do Cairuçu. A ideia era ir atrás de Sargo, pampo, galo... Peixe de costeira. O lugar e lindo e parece ter potencial pra peixes maiores como cavalas, olho de boi, bonito, Xaréu branco... Alguém conhece esta região? Qual equipamento, técnica, devo utilizar para estas espécies? To pensando em voltar no mês de Junho ou julho pescar anchova na costeira e curricar. Obrigado
  7. Opa chegando agora amigo! Me chamo Felippe, moro em Itaberaí. Abraço
  8. Última semana
  9. Cara será que ninguém se preocupa com isso ? Ou será que ninguém sabe nada sobre isso ? Bah...
  10. Eu atualmente so uso a kali kunnan cyclone. paguei 220 reais em um carretel de 5000m e adoro essa linha, é um investimento alto mas o custo beneficio é muito baixo, e como minhas principais pescarias são de praia, uso em torno de 3 molinetes pra isso. Mas eu usava as da trabucco. e não tenho do que reclamar.
  11. Vai ser uma excelente chance de aprender muito com o Gerson. Gente muito boa, muito didático, sem rodeios nem afetações, pragmático e sem dúvida, uma dos grandes nomes da pesca com mosca no mundo. Sabe muito, "dá até raiva" ver a facilidade com que executa os mais variados tipos de casts. Boa, Fausto!
  12. É isso mesmo, Ito. Tenho a mesma impressão-certeza. Talvez pelo fato dele fazer muito mais música latina do que outro estilo. Quando ele gravou "The game of love", música típica de top 10 da Billboard, com a jovem cantora Michelle Branch, a aceitação foi imediata. Imagino que a colônia latina de Miami e Los Angeles tenha influenciado muito...rsrsrsrs... Mas foi só dar uma leve guinada pro rock mais pop, mais palatável, que o sucesso foi global. Talento não falta por ali. Como sinal dos tempos de hoje em dia - de que a coisa já não vai tão bem - o mais perto desse fenômeno é um "despacito" aqui e outro ali.
  13. Eu me adaptei bem com as duas, nesse local eu sempre começo com uma 12 ou 14 mas logo mudo pra 17 pra segurar os maiores.
  14. Muito interessante essa pequena carretilha Ryobi, os materiais de hoje em dia ainda são muito bons, mesmo que não sejam mais feitos no Japão mas na China. Molinetes como os Ryobi Zauber são referência em custo-benefício.
  15. Desde sua fundação como fabricante de itens de fundição em Hiroshima em dezembro de 1943, a Ryobi Limited acumulou tecnologias inovadoras, fabricando componentes para automóveis, eletrônica, telecomunicações e outras indústrias. Em 1944, a Ryobi alavancou essas tecnologias e aproveitou sua experiência para diversificar, como fabricação de equipamentos de impressão, equipamentos de pesca, suprimentos de golfe, ferramentas elétricas e hardware para construtores. RYOBI, DAIWA e SHIMANO são as três principais marcas de equipamentos de pesca no Japão, envoltas por uma aura própria de admiração e respeito entre os amadores e profissionais Japoneses. Aparentemente, parece que a Ryobi entrou totalmente no mercado Norte Americano apenas em 1977. A Ryobi fabricou molinetes e carretilhas para outras empresas antes de 1977, sendo as mais bem sucedidas seus modelos feitos para a Zebco. O período de 12 anos de marketing Norte Americano da Ryobi viu passar 148 carretilhas e molinetes em aproximadamente 30 séries diferentes. Equipamento Ryobi foi vendido sob as marcas Zebco nos EUA, Ryobi na Europa, Jarvis Walker na Austrália e Tatlow & Wright em partes da América do Sul. Em algum momento de 1988, Ryobi vendeu ou de alguma forma licenciou seu negócio de equipamento de pesca para a Fintek, que era uma subsidiária da gigante da indústria de pesca Berkley. Nessa época parece que, infelizmente, o foco estava mais no preço do que na qualidade. Difícil dizer quando o relacionamento da Ryobi com a Fintek terminou, e a história dessa empresa e sua relação com o mercado Norte Americano ficou um tanto obscura. Em 2000, a empresa JOHSHUYA Co., o maior grupo de equipamentos de pesca japonês, recebeu a posse do setor de equipamentos de pesca da Ryobi. Em novembro de 2008, a empresa JOHSHUYA e a WEIHAI RYOBI INTERNATIONAL TRADING CO LTD entraram em um acordo em que a WEIHAI RYOBI INTERNATIONAL foi autorizada a fabricar, vender e operacionalizar produtos de pesca Ryobi em todo o mundo, com exceção do mercado japonês. Aqui, um ótimo exemplo dessa conceituada marca. Uma pequena carretilha Chinu Section EX 130, feita para o mercado Japonês exclusivamente. É bem pequena, como pode se ver na comparação com a xícara de café ao lado. De fato, é um equipamento feito especificamente para pesca da Brema Negra, embarcado ou em píeres. Mas claro que serviria para pescar uma enorme variedade de peixes, principalmente os peixes do Casqueiro. Como pode se ver na etiqueta de preço, isso custava apenas 5.380 ienes. Eu mesmo paguei por ela pouco mais de 25 reais em um leilão no Ebay, uma pechincha. Só que a Receita Federal não achou isso. Ao chegar no Brasil quiseram me cobrar mais de 200 reais em tributos de importação, na cara dura. Fiz um pedido formal de revisão de tributo no próprio site dos correios, anexando cópia eletrônica da página do Ebay como comprovante do valor pago, mostrando que de tão baixo nem deveria ser taxado. Depois de uma semana reconsideraram e me cobraram apenas aqueles 15 reais de entrega do correio. Neste País, se a gente não grita sai depenado. É bem pequena apesar de ser o maior tamanho da série, que também tinha o tamanho 80. Muito leve, quase nem se percebe o peso, apenas 150 g. Isso devido aos materiais usados, muito leves. Adoro esses pequenos detalhes na caixa. Esse destacável tem alguma utilidade como pode se ver no desenho e quando eu aprender japonês vou saber qual é. Carretel facilmente retirável. Facilita a troca quando se possui mais um de reserva e se quer trocar de linha rapidamente. Ou mesmo para fins de limpeza e lubrificação. Esse equipamento possui um freio diferente, com certeza adequado ao tipo de pesca a que se propõe. A fricção não funciona quando o click está ativo, apenas quando se o desativa. E a alavanca gira junto quando o carretel descarrega sob pressão da corrida do peixe. Um belo exemplar para uma coleção eclética.
  16. Caracá que bitelos num laguinho e o melhor sozinhos se sem carniceiros. Gostei do conjunto Curado com Venator SW,pena que não tem a SW de 12lbs e a Venator SE de 12lbs tem o reel seat vincados e machuca a minha mão.
  17. Grandeee Santana .... as vezes acho que ele é "meio" ... tipo ... Tim Maia sabe ? .... rsrsr um ***** guitarrista , mas relegado a segundo plano ... não sei se é só minha impressão ...
  18. No alagado do rio Apiacás também tem dele, tô querendo ir lá primeiro. Valeu Willis .
  19. Bela jornada !! Sempre pesco com meu pai também e é um privilégio poder ter esse momento. Grande abraço
  20. Opa, vai dar um pulo lá na região do São Benedito? Ou aí pela sua região eles tb existem?
  21. Este hermano às vezes fica numa condição meio marginal, mas é também um grande guitarrista. Aqui, o grande clássico dos Beatles interpretado por ele com a participação do igualmente soberbo Yo-Yo Ma e Indie Arie (que eu não faço a mínima ideia de quem seja...kkkkkkk). E o clássico dele, "Black magic woman", que não podia faltar...
  22. Êêêê modão da gota, essa!!! Rapaz, eu vi esse jagunço ao vivo e a reação do baixista não é pra menos! O cabra faz um som alto, viu...?! hauhauhauahuahuaa... Genial. Adoro "Old love" com a participação do Robert Cray.. Sensacional!
  23. Boa pescada. Como sempre, várias capturas... Parabéns. Se não diz que é teu pai, nem dava pra desconfiar... Parece uma xerox do cara. Pesca de pai e filho é bom demais. Tive a alegria de participar sendo o filho do filho. E hoje, quando pescamos em 3, virei o "do meio". Meu velho fica empolgadão qdo pesca com o neto. Se tudo correr bem, amanhã devo dar uma pescadinha por aqui também
  24. Top a pescaria, ainda mais junto com o pai! Parabéns! essas fotos com a garateia encostada no dedo chega a dar uma agonia! kkkkk num faço isso não! abraço
  1. Load more activity

Parceiros: www.petsEXPERT.pt