Leaderboard


Popular Content

Showing most liked content since 12/23/17 in all areas

  1. 12 points
    Saudações camaradas pescadores. O título seria um pouco estranho, afinal não há tigres nas savanas e desertos africanos; porém os deste relato vivem nos rios. Procuro sempre ser oportunista e, no mês passado, aproveitei as férias do trabalho para passar uns dias no Rio Zambeze, na Namíbia. A Namíbia é um país predominantemente árido ou semi-árido, com exceção de algumas áreas no norte e da faixa do Caprivi, no extremo nordeste do país. É na parte oeste do Caprivi que o belo Rio Zambeze passa pelo território namibiano, delimitando parte de sua fronteira com a Zâmbia. Nas águas azuladas do Zambeze, emolduradas por belas praias de areia branca e vegetação típica, vivem hipopótamos, crocodilos, incontáveis aves e outros animais, além de várias espécies de peixes, muitas delas bastante esportivas. Há ciclídeos, como as tilápias ( 3 spot bream, pink bream, green bream, humpback), nembwe, red breast, entre outras; alguns tipos de bagres (barbel) e os tigres; sendo esta última espécie, alvo de pescadores esportivos de várias partes do mundo. Alcançam ótimos tamanhos no Zambeze, só não maiores do que os encontrados no Rio Kongo, mas neste caso trata-se de uma espécie distinta. As praias do Zambeze: Existem várias operações de pesca também na Zâmbia, Zimbábue e Botswana, mas depois de pesquisar, acabei optando pelo Zambeze Mubala Camp (também existe a opção do lodge). Suas instalações são simples, com suítes e espaço para camping, bar e piscina, mas conta com ótimas embarcações e guias, além de staff preparado para atender bem e com segurança (estavam passando por um curso de primeiros socorros quando cheguei). No bar tem uma boa variedade de bebidas e cerveja suficientemente gelada. Por-do-sol africano. Na época, início de dezembro, já havia iniciado o período de chuvas e o nível do rio já começava a subir, mesmo assim havia boas notícias sobre capturas na semana anterior. Meu primeiro guia foi um dos gerentes, Hank Van Blerk, viciado na pesca no Zambeze. Na época em questão, a melhor técnica é o trolling com iscas artificiais. Usamos plugs de barbela média ou grande, entre 10 e 14 centímetros, com um empate de aço flexível de cerca de 15 centímetros e linhas multifilamento bem finas, para ajudar na descida da isca. No caminho havia alguns crocodilos dando boas vindas e uma família de hipopótamos (não fotografei) e, já no primeiro ponto, uma área com profundidade considerável, depois de algumas passadas, engatei meu primeiro tigre. São peixes rápidos e fortes, cuja primeira tomada de linha é realmente excepcional. Muitos saltam algumas vezes, o que não ocorreu na briga com o primeiro exemplar; mesmo assim foi um excelente combate. Os dentuços podem ser facilmente comparados aos nossos dourados, porém com um pouco menos de resistência. Depois de alguns minutos embarcamos e meu primeiro tigre, com pouco mais de quatro quilos e meio. Nada mal para o primeiro! Ainda tivemos tempo de capturar outros exemplares de menor porte e perder algumas ações, o que é bem comum na pesca desta espécie. Na comemoração, bastante chopp gelado no bar e um bom descanso para voltar aos trabalhos no segundo dia. Na terça feira, tivemos alguns peixes na faixa dos 2 a 3kg e outros perdidos. O Hank engatou um belíssimo exemplar de mais de 5 quilos. Os bagres também se mostraram bastante ativos, principalmente depois de uma garoa pela manhã e a pescaria da tarde foi um tanto abreviada em virtude da chuva. Sempre que passávamos por locais rasos tinha ação de bagres. Belíssimo exemplar do Hank. Na quarta feira não teve pesca. Fiz um passeio até as Cataratas Vitória, à jusante, passando por parques nacionais em Botsuana e Zimbábue. Belíssima viagem, com a presença de vários animais. A viagem por si só já valeria, mas as cataratas são realmente impressionantes. Antílope da sable As cataratas são formadas por várias cachoeiras que se desenvolvem por uma extensão de vários quilômetros. Nesta época elas estavam próximas do volume mínimo, deixando à mostra os paredões, alguns deles com mais de 100m de altura. Baobá. No último dia de pesca, o meu guia foi o Kennedi. Nascido e crescido na região, é outro conhecedor de cada ponto do rio. Foi o melhor dia de pesca, até porque pudemos pescar o dia todo. Ao menos umas duas vezes tivemos ação nas duas varas, porém um dos tigres sempre escapou. Bem difícil conseguir um duble desses peixes. Tivemos cerca de 50% de aproveitamento, o que é uma boa média com iscas artificiais. Este exemplar tinha uma coloração bem mais clara, com cauda amarelada ao invés do vermelho, mais comum. E eis que em uma passada em um poço promissor, a vara enverga e segue-se uma intensa e longa tomada de linha. Depois de um belíssimo salto, percebemos que havíamos engatado o troféu da pescaria. Ótima briga, pena que não foi filmada. Seis ou sete saltos, alguns deles ao lado do barco e muita força. Depois de alguns minutos de boa briga e uma rapala destruída, embarcamos o troféu. Seis quilos e pouco! O maior da pescaria e de toda a temporada no lodge. Bom que deixei meu nome no quadro dos troféus do lodge! Deu um pouco de trabalho na hora da soltura, pois principalmente os maiores exemplares se estressam muito. E ainda acabamos ficando um pouco mais do que o usual com o peixe fora d'água. Embora fortes lutadores, são bem sensíveis ao ar livre. Felizmente acabou se recuperando e seguindo seu caminho. Os maiores de seis quilos são considerados troféus. Embora passem dos 10kg no Zambeze, tais tamanhos não são muito comuns, talvez pela pesca predatória, que ainda existe mesmo com a fiscalização das autoridades e empenho das operações de pesca. Chegamos a capturar um bom exemplar com uma rede de pesca enroscada no corpo. Havia até uma linha passando por dentro do corpo, com a carne já cicatrizada em volta. Mas com a participação da população local na atividade, a perspectiva é de contínua melhora na preservação do magnífico Rio Zambeze. Seguem as fotos das iscas que haviam acabado de sair da caixa no começo da pescaria (isso que eram de madeira). Segue o vídeo que editei: Outras dicas: Indispensável a proteção contra o sol: chapéu, mangas compridas e protetor solar. Uma boa máquina fotográfica (que eu não tinha) também ajudaria a eternizar os momentos que pescamos próximos das famílias de hipopótamos (sempre zangados) e o espetáculo das aves, entre pelicanos, gansos, cormorões, águias em plena caça e tantas outras. Equipamento: Utilizamos equipamento leve para o corrico, com varas de ação média rápida na casa das 17 a 25lb, com molinetes shimano abastecidos com linhas multifilamento de 22lb. Plugs de meia água de 10 a 14 cm e empate de aço flexível de 40lb. Quando o nível da água está alto pesca-se mais de rodada com iscas naturais e montagens com dois anzóis. Para os ciclídeos utiliza-se pequenos spiners e plugs no pincho, mas deixei esta modalidade para a próxima. Deve valer a pena, pois não são incomuns as capturas de tilápias com mais de 4kg na área do lodge. Valeu pessoal, até a próxima. Se eu puder pescar mais alguma vez enquanto estiver por aqui, posto outro relato para trocar idéias. Grande abraço.
  2. 5 points
    Salve galera! Pescaria no Rio Itabapoana estreitando meu presente de Natal! Confiram e não deixem de se inscrever! Grande abraço á todos e um feliz Natal!
  3. 4 points
    A pescaria que vocês vão acompanhar, talvez, pra alguns peque pelo excesso de simplicidade, mas estava faltando eu fazer um relato: Sábado de tarde 17:00 mais ou menos; ameaçando chuva. Pego carona com meu tio e peço pra ele me deixar pelo caminho, perto de um córrego. Desço do carro e escuto: “Daqui a pouco eu tô voltando”. Agradeço e saio correndo pra achar um poço. Tinha chovido uns dias antes; o pocinho era pequeno, mas estava bem cheio. Água meio fria, os peixes comendo bem devagar. Ceva daqui ceva de lá. Começo a ver movimento. Passados vinte minutos começo a ter finalmente uns puxões, mas nada de fisgar. Deixo as varas no suporte e vou misturar uma massa pensando. “Hoje eu saio sapateiro de vez”. Trovoada... Outra trovoada... Começa a dar uns pingos de chuva... Distraído, me viro pra olhar as varas e vejo aquela imagem clássica: A vara de 1,80m com a ponta virada e tremendo. Me estico pra pegar a vara e dar aquela fisgada. Tarde demais! Vejo uma segunda imagem, que também já é um clássico nas pescarias: A vara “pulando” fora do suporte e saído a deriva. Começo a pensar: “Como vou pegar essa vara?!”. E lá vai ela sendo carregada, descendo, descendo... Saio correndo pela estrada de terra ao lado do córrego. Desço o barranco. Consegui ultrapassar a vara. Ela vem vindo. Ali o córrego era bem mais raso. Entro na água atrás da vara. Peguei! Aí veio a surpresa. O peixe tinha carregado a vara com o anzol na boca! Fisguei! Briga de alguns segundos e um bruto lambari! Que foi prontamente solto. Começou a chover em seguida. Pus a capa de chuva, mas à medida que foi escurecendo, as ações pararam. Escuto a buzina do carro. Uma hora e pouco de pesca O lambari?! Único da pescaria, mas que rendeu uma boa história. Obrigado a toda a turma!
  4. 4 points
    Ninfa coringa aqui Joinville para Lambaris mais podemos pescar com ela tb saicanga, tilápias, trutas e outros peixes. Material anzol #20 a #14 linha 6/0 preta. Cabeça:bead head. fio chumbo. fio de cobre. cauda: fibra galo. corpo: fibras faisão. torax: fibras pavão. capa asa:fibras galinha da angola. Colocamos bead head e base linha. fio chumbo cauda com fibras de galo colocamos fio de cobre fibras de faisão fazer abdomen. agora com fio de cobre fazer segmentos. fixar fibras de galinha da angola. fixar pavão. enrolamos as fibras pavão formando tórax, puxamos a fibra de galinha angola formar a capa da asa. head cement boas pescarias.
  5. 4 points
    É, e eu, que ando sem enxergar de perto, fiquei pensando: "pestomates"...?
  6. 3 points
  7. 3 points
    Bom dia Família Pescaki! Era para ser uma Pescaria dos Sonhos, mais olho o que aconteceu!!! Kkkkk Pescaria é assim mesmo faz parte! Agora veio a Revanche do Pescador! FORTE ABRAÇO A TODOS!
  8. 2 points
    Caro Roque Muito obrigado pelo rapido e precioso retorno. Obrigado
  9. 2 points
    Para um tetraplégico atar demora um pouquinho rssss tenho que cobrar horas extras das trairás.
  10. 2 points
    Wooly Bugger preta elas não resistem
  11. 2 points
    Mosca seca que para trutas, saicangas, tilápias, lambaris e outros peixes que se alimentam desse inseto. Aqui em Joinville bons resultados com os pequenos valente. Mosqueiro Sergio Renato.
  12. 2 points
  13. 2 points
    Parabéns aos amigos pescadores!! Saúde, paz e felicidades a todos!
  14. 2 points
    Muito bons os cometários dos amigos pescadores. Eu acho que tem de tudo um pouco, existem espécies que vem para a costa no inverno, ex.: anchovas, e outras que tem sua atividade costeira maior no verão, como os pampos e xaréus, por isso coloquei a culpa da falta de peixes no mês de dezembro e começo de janeiro na temperatura da água, que realmente tá bem fria para essa época, isso é fato, creio que o metabolismo dos peixes de verão está desacelerado e por isso não atacam as iscas artificiais, lembrando que estou falando de pescaria costeira. Vou descer nesse final de semana e fazer mais um teste, vou verificar a temperatura da água e se os peixes estão a fim de atacar as iscas, depois conto para vocês. Abraço e obrigado pelos comentários esclarecedores. Beto Freitas
  15. 2 points
  16. 2 points
  17. 2 points
    Fui acompanhar o amigo Luciano que fez sua estréia com isca artificial. Não foram muitos peixes, mas já matou um pouco a vontade de pescar. Pra variar, capturados com zara e poper. Os redondos na twich bait numa outra represa próxima. Dia 02 já tá marcado com o @Rafael Sanches no rio Paranaíta.
  18. 2 points
    Só jogar um azeite e fritar o arroz .
  19. 2 points
    Verdade... Lamentavelmente lá se vai mais uma baita voz. Poucas cantoras brincam com a voz como ela o fazia.
  20. 2 points
  21. 2 points
    Ultimamente fazer compras no Aliexpress é igual a plantar jabuticaba: A gente faz pensando nos netos....
  22. 2 points
  23. 2 points
    É uma onça pintada com uma pinta só ... rsrs ...
  24. 2 points
    Prezado Técnico, Há um ano e meio troquei o programa [Noiva 1.0] pelo [Esposa 1.0] e verifiquei que o Programa gerou um aplicativo inesperado chamado [ Bebê.exe ] que ocupa muito espaço no HD. Por outro lado, o [Esposa1.0] se auto-instala em todos os outros programas e é carregado automaticamente assim que eu abro qualquer aplicativo. Aplicativos como [Cerveja_Com_A_Turma 0.3], [Noite_De_Farra 2.5] ou [Domingo_De_Futebol 2.8], não funcionam mais, e o sistema trava assim que eu tento carregá-los novamente. Além disso, de tempos em tempos um executável oculto (vírus) chamado [Sogra 1.0] aparece, encerrando Abruptamente a execução de um comando. Não consigo desinstalar este programa. Também não consigo diminuir o espaço ocupado pelo [Esposa 1.0] quando estou rodando meus aplicativos preferidos. Sem falar também que o programa [Sexo 5.1] sumiu do HD. Eu gostaria de voltar ao programa que eu usava antes, o [Noiva 1.0], mas o comando [Uninstall.exe] não funciona adequadamente. Poderia ajudar-me? Por favor! Ass: Usuário Arrependido-------------------------------------------------RESPOSTA: Prezado Usuário, Sua queixa é muito comum entre os usuários, mas é devido, na maioria das vezes, a um erro básico de conceito: muitos usuários migram de qualquer versão [Noiva 1.0] para [Esposa 1.0] com a falsa idéia de que se trata de um aplicativo de entretenimento e utilitário. Entretanto, o [Esposa 1.0] é muito mais do que isso: é um sistema operacional completo, criado para controlar todo o sistema! É quase impossível desinstalar [Esposa 1.0] e voltar para uma versão [Noiva 1.0], porque há aplicativos criados pelo [Esposa 1.0], como o [Filhos.dll], que não poderiam ser deletados, também ocupam muito espaço, e não rodam sem o [Esposa 1.0]. É impossível desinstalar, deletar ou esvaziar os arquivos dos programas depois de instalados. Você não pode voltar ao [Noiva 1.0] porque [Esposa 1.0] não foi programado para isso. Alguns usuários tentaram formatar todo o sistema para em seguida instalar a [Noiva Plus] ou o [Esposa 2.0], mas passaram a ter mais problemas do que antes.Leia os capítulos 'Cuidados Gerais' referente a "Pensões Alimentícias" e "Guarda das crianças" do software [CASAMENTO]. Uma das melhores soluções é o comando [DESCULPAR.EXE /flores/all] assim que aparecer o menor problema ou se travar o programa. Evite o uso excessivo da tecla [ESC] (escapar). Para melhorar a rentabilidade do [Esposa 1.0], aconselho o uso de [Flores 5.1], [Férias_No_Caribe 3.2] ou [Jóias 3.3]. Os resultados são bem interessantes! Mas nunca instale [Secretária_De_Minissaia 3.3], [Antiga_Namorada 2.6] ou [Turma_Do_Chopp 4.6 ], pois não funcionam depois de ter sido instalado o [Esposa 1.0] e podem causar problemas irreparáveis ao sistema. Com relação ao programa [Sexo 5.1], esqueça! Esse roda quando quer. Se você tivesse procurado o suporte técnico antes de instalar o [ Esposa1.0] a orientação seria: NUNCA INSTALE O [ESPOSA 1.0] sem ter a certeza de que é capaz de usá-lo!
  25. 2 points
  26. 2 points
    Obrigado camaradas. Acho que ser oportunista é uma característica importante para os pescadores esportivos, sendo assim aproveitei que já estava por aqui para conhecer essa espécie. Realmente essa vai ficar bem guardada na memória. E o lugar é belíssimo; mais do que eu esperava.
  27. 2 points
    Novo vídeo no canal meus amigos!! Muito peixe na linha! Não deixem de se inscrever no canal e deixar o like pra fortalecer! Abraço!
  28. 2 points
    Assim os fabricantes de inseticida vao extrair deles e fabricar gaticida.
  29. 2 points
    Seja bem-vindo ao Pescaki, Anderson! Uma coisa será de suma importância para a compra: não decidir de imediato, analisando muito bem todas as opções e qual a relação custo/benefício, para afinal, escolher aquele modelo que melhor irá te atender conforme o tipo de pesca que adota. Aqui mesmo nesta seção encontrará muitas postagens a respeito de modelos de caiaques, com opiniões diversas conforme o ponto de vista e necessidade dos caiaqueiros. Faça uma pesquisa na seção.
  30. 2 points
    Nem com leite de cocô e azeite de dendê .
  31. 2 points
  32. 2 points
    "tenho que ensinar tudo para esses humanos ..."
  33. 2 points
    Chega o reio nesse povo, Mauricio!
  34. 2 points
    Ora, parem de criar caso.
  35. 2 points
    Obrigado mestre Bome, que este fórum continue unindo pescadores de todos os lugares, desde os que usam uma linha de de mão até o que utilizam os mais sofisticados equipamentos. Aprendo aqui a cada dia, que os mais antigos como você, Maurício, Ito, e toda essa galera Super Vip continue tendo paciência com os novatos, afinal sempre vai ter alguém pra ser fisgado para esse universo paralelo que é a pesca esportiva.
  36. 2 points
    Pessoal, se puderem respondam a seguinte enquete:
  37. 2 points
    Depois de um bom tempo sem postar nada aqui, segue um pequeno relato de uma pescaria rápida na véspera de Natal. Foram duas traíras pegas e algumas perdidas. A primeira no frog, e já era um belo troféu: E depois de mais algumas ações, consegui fisgar essa criança no spinnerbait: As duas foram devidamente devolvidas ao lago! Utilizei dois equipamentos bem leves nessa pescaria, pois como não há estruturas fechadas no lago, não vejo necessidade de usar varas muito brutas, dando assim mais emoção durante a briga! Equipamento 1: Vara 5'6" 12lbs- Linha multifilamento 20lbs e leader fluorcarbono 0,47mm Equipamento 2: Vara 6'6" 12lbs-- Linha multifilamento 20lbs e leader fluorcarbono 0,47mm Abraços e boas pescarias para todos!
  38. 2 points
    Seja bem-vindo ao Pescaki, Marcus! Penso que o rio Pardo, ainda que depredado, seja um possível local para se visitar, desde que observadas algumas regras como, local de acesso menos fácil, que apresente menos pressão de pesca e menos desgaste pela poluição e que você possa promover algum tipo de ceva.
  39. 2 points
  40. 2 points
  41. 2 points
  42. 2 points
    Um pouco atrasado mas ta ai...depois de muita...mas muita insistência consegui pegar meu primeiro Bass....o peixinho danado...mas valeu gostei muito da experiencia.. abçs
  43. 1 point
    obrigado amigo.
  44. 1 point
    Estou aguardando chegar a minha 15lb e 20lbs! Muito barato mesmo e segundo recomendações do Alexandre e do Rafael são boas, ansioso e necessitado aqui
  45. 1 point
    Legal Bruno, essa emocao que eu espero encontrar kkkkkkkk Pegou uma Big Bass tbm? Peguei uma e remontei pra carretilha:
  46. 1 point
  47. 1 point
  48. 1 point
    E ai pessoal.. Tudo beleza? Venho trazer o meu primeiro relato, um relato bem sucinto, até devido pelo fato de eu ter ido só dar uns pinchos e testar uma nova isca para as bocudas. Dia 26/12/2017. Fui convidado por um amigo para dar uma "chegada" no sitio dele, tomar um tereré e bater um papo. Enquanto ele terminava de resolver uns problemas, decidi dar uma passada na lagoa e dar uns pinchos com a isca "nova" que tinha tunado. Falando nela, deixa eu explicar um pouco do que eu fiz. Essa popperzinha foi a primeira isca artificial que comprei na vida, a uns 10 anos atras e nunca tive sucesso com ela, uma vez que as garateias dela eram extremamente pequena e digamos que tamanho não ajuda muito e como ela tava parada, tirei as garateias dela, coloquei um anzol Offset (que não me recordo a numeração agora) e uma isca soft, que no caso to usando um grub como trailer. A isca ficou bem leve, não cheguei a pesar ainda, mas acredito que não passe de 7g. Ao chegar na lagoa, a primeira tentativa foi no limpo com a Zig Zarinha do NN e nada de ataque e apos algumas pinchadas e nenhuma ação, resolvi trocar pra ~isca sem nome~ e pinchar no sujo, que foi a escolha certeira, no terceiro arremesso, uma rebojada, joguei novamente no mesmo rumo, e outra rebojada. Notei que ela estava apenas refugando a isca, não sei se por conta de filhotes ou ovos, mas estava somente "fazendo barulho". No quarto arremesso, ela não escapou hehe Traira pequena, coloração clara e extreeeemamente saudavel, sem nenhum machucado e até gordinha (ou ovos né). Obvio que ela foi solta logo apos essa foto ter sido tirada. Bom pessoal, esse foi um relato curto tanto que nem tirei muitas fotos e nem tive o que tirar foto, pois como podem ver, foi somente para testar a isca que fiz, tanto que eu até estava de chinelo, short e camiseta hahaha Espero que tenham gostado. Criticas, duvidas e comentários sempre são sempre bem vindos. Abs.
  49. 1 point
    É sempre assim... Ninguém quer participar $, mas na hora de comer... ahhhhh, ai sim.. rsrsrsrs
  50. 1 point
    Acredito que um exemplar desse seria o suficiente para extinguir toda e qualquer especie de um lago hahaha Mas seria uma verdadeira maquina de fazer barulho na fricção da carretilha.