Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 14-03-2019 in all areas

  1. 3 points
    As Angler eram fabricadas por uma empresa Japonesa chamada Nikko Sangyo que ainda existe, mas só fez carretilhas de pesca por alguns anos nos anos 60. O slogan da empresa foi "Made by Angler for Anglers". Alguns equipamentos da Angler também foram vistos sob outras marcas que incluem Shakespeare e D.A.M. pelo sistema de “Trade Reel”, ou seja, produzidas conforme a própria linha, mas vendidas com outra marca no corpo, com algumas mudanças conforme o pedido do distribuidor como: cores diferentes, acabamento e manivelas personalizadas, etc. Eram ótimos equipamentos. A Nikko fabricou carretilhas, molinetes, spincasts e centrepins e, no caso desse modelo, uma linha no estilo side cast. As carretilhas convencionais eram particularmente apreciadas, de muito boa qualidade. Era uma linha considerável e dizem que ela produziu milhões de itens esportivos no período em que atuou nessa área. É de se imaginar onde eles estariam agora. A maioria completamente destruídos? Observe o tom de azul. Algum desbotamento de cores pode sempre ocorrer em carretilhas individuais mas os Scouts, feitos em diversos tamanhos, foram realmente fabricados em vários tons de azul (mais claro ou mais escuro). A firma D.A.M. da Alemanha importou e vendeu carretéis Angler Scout em modelos chamados 1105, 1106, 1108 e 1110. Interessante saber também que os Scouts que foram vendidos pela D.A.M. da Alemanha Ocidental com marca “Champion” foram feitos em cores completamente diferentes, podendo ser encontrados em acabamentos dourado ou verde. Ainda no quesito design, alguém copiou alguém, pois os Katiusha soviéticos das décadas de 60 e 70 tinham praticamente o mesmo design quase sem tirar nem pôr, exceto por serem feitos de alumínio, muito melhor material contra a corrosão que o usado pelas Angler. Os soviéticos, de fato, não eram muito de comprar licenças dessas coisas, mas que faziam equipamentos duráveis isso não se pode negar. Eram cinco modelos Side Cast: 8-50, 8-60, 8-80, 8-100, 8-120. Como as carretilhas da Angler, esses também são muito interessantes, com vários recursos. O 8-60 tem pouco mais de 3 polegadas de diâmetro e o 8-80 é de 3,75". Nas Side Cast, o tamanho importa no quesito velocidade de recolhimento. Todos têm um acabamento/estilo muito agradável e apresentam o design sidecast através de um pé rotativo preso por mola em chapa. Eles têm também click-check (aquele que avisa quando o peixe está mordendo e carregando) e anti-reverso (que também tem um clique, então há um monte de cliques ocorrendo quando ambos estão ON, aumentando a resistência ao giro) . O anti reverso seria bem útil na hora da fisgada, de forma à linha não retornar com facilidade, mas a briga com um peixe lutador requeria que o mesmo fosse desativado de forma a evitar que numa corrida mais brava a linha estourasse. O click provavelmente era mais usado como um freio adicional à palma da mão durante a briga, pois uma escapadela da mão poderia causar um pequeno desastre nessa hora e ele sempre dá uma certa resistência no carretel. O único problema com os Angler Scouts é que eles são suscetíveis à corrosão, sendo que a maioria à venda nos sites de leilão possuem alguma deterioração nesse sentido. Mas pode-se encontrar alguns muito bem cuidados que talvez tenham visto apenas água doce em sua vida ativa, se tanto. As Angler são, assim, equipamentos que valem a pena ter em uma coleção eclética.
  2. 1 point
    Grande Ettore, Não entendi bem se a empresa que fechou era a que produzia iscas, ou se outra empresa e, em paralelo, fabricava tuas iscas, a partir de modelos próprios e de modelos pré fabricados, customizando-os. Mas em razão do que aí se pode ver, penso que possa seguir no negócio de iscas e, se não era antes o negócio principal talvez possa vir a ser, demandando alguma dedicação em divulgar o produto e, talvez aí, esteja a saída para tua situação. Quanto à qualidade das iscas, por fotos só se pode averiguar a aparência, que vem muito boa, mas difícil seria opinar a respeito de sua efetividade. Quanto a preços, é difícil definir já que cada produto traz características únicas, resultando em diferentes custos. Contudo, definir um preço que possa estar em condições de competir no mercado será fundamental para algum sucesso nas vendas. De qualquer forma, deixo meus votos de sucesso e de pronta recuperação de tuas condições financeiras! PS. Pelas regras do Pescaki, este tipo de anúncio não seria permitido, mas em razão de que aqui você nos relata uma situação financeira precária, pode anunciar lá na seção própria, que aprovarei.
  3. 1 point
  4. 1 point
    Fantástico, Grande Mauricio! E, como já escrevi em outro tópico, esta coleção... ah, esta coleção!
  5. 1 point
  6. 1 point
  7. 1 point
    Tem uns caras muito bons em PDP que irão te ajudar. Bom, vara longa, linha fina, molinete ou carretilha, chumbada para praia, chicotes para engate rápido, etc.
  8. 1 point
    Alguém ai foi no Maeda esse final de semana passado? Caso sim, como estão as atividades por lá? E a movimentação de carros? Muito cheio ainda?
  9. 1 point
  10. 1 point
    Primeira dica, Pesque, Fotografe e Solte. Abraços
  11. 1 point
    Tá fraco demais essa região amigo. Vou quase todo final de semana e infelizmente a pesca está péssima nessa área. Não perderia meu tempo. O litoral Sul é mais produtivo.

Parceiros: www.petsEXPERT.pt