fabioas

Pescadores
  • Total de itens

    8
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 neutro

Sobre fabioas

  • Rank
    Posso pescar por aqui?
  • Data de Nascimento January 24

Previous Fields

  • Nome Real
    Fabio
  • Sobrenome
    Almeida
  • Estilo de Pesca
    Esportiva

Informações Pessoais

  • Localização
    São Luís
  • UF
    MA
  • Sexo
    Masculino
  1. Verdade essa do caramujo africano (achatina fulica) foi ideia do ibama junto ao governo de agricultura para trazer o escargo para o brasil onde viu que brasileiro gosta de caramujos rsrsrs mania de querer trazer comida de outros países como se fosse nossa cultura.
  2. A maior causa de bio invasores relacionado a peixes é causada por psicultura e pesqueiros irregulares que se rompe devido a fraca estrutura na construção das lagoas/barragens deixando livre na natureza inúmeros indivíduos de sexos diferentes e estágios de maturação sexual, sou aquarista e biólogo e com base nos estudos que acompanho de ictiofauna ao longo do brasil vejo como o maior impacto o caso das barragens, analise 1 individuo solto por 1 aquarista será predado e não reproduzindo sendo assim o nível de interferência na natureza e baixo. por outro lado um criador comercial ou recreativo com 100 indivíduos já torna muito agressivo ao ambiente gerando um desequilíbrio na fauna local pois tem a possibilidade de reprodução mais fácil. Acho que e hora do IBAMA começar a proibir a entrada de especies carnívoras em criadouros no brasil.
  3. Galera do ES fica atento ai mais uma especie invasora em nossas águas bora pescar esse sem soltura pois não se trata de uma especie nativa do espirito santo e pelo contrario afeta toda a cadeia natural das nossas especies e pode gerar o desaparecimento de outras. Classificação Classe: Actinopterygii • Ordem: Perciformes • Família: Cichlidae Nome cientifico: Parachromis managuensis (Günther, 1867) Nomes comuns Ciclídeo Jaguar, Ciclídeo managuense, tucunaré tigre Inglês: Jaguar guapote, Aztec cichlid, Tiger guapote, Jaguar Cichlid Distribuição & habitat América Central, Costa Atlântica do rio Ulua (Honduras) até rio Matina (Costa Rica) • Países: Honduras, Nicarágua e Costa Rica, introduzido em diversos países incluindo Cuba, El Salvador, Guatemala, Hawaii, México, Panamá, Filipinas, Porto Rico, Singapura, e EUA. Encontrado em diversos ambientes, desde fortemente sombreados, lagos de águas turvas com substrato arenoso até córregos e lagoas de águas mais claras. Aparentemente mostra preferência por águas mais quentes, normalmente hipóxica (baixo teor de oxigênio). Tamanho adulto 55 cm (comum 35 cm) • Estimativa de vida: 10 anos + Alimentação Carnívoro, em seu ambiente natural alimenta-se de pequenos peixes e macro invertebrados. Em cativeiro aceitará prontamente alimentos secos e vivos. Reprodução e dimorfismo sexual Ovíparo. Maturidade sexual ocorre em 12 meses. Estabelece ovos em plantas e raízes, cerca de 5000 ovos, eclodem em até 2 dias; larvas nadam livremente após 3-4 dias; fêmea desova ovos adesivos em superfície plana, previamente limpo pelo casal; ovos serão fertilizados em seguida pelo macho; pais cuidam na progênie, cuidado parental pode durar até 4 semanas. Fêmeas são menores que os machos, este último apresenta nadadeiras dorsal e ventral maiores e pontiagudas, enquanto em fêmeas tendem a ser levemente mais arredondadas. Referencia: www.fishbase.org Link da matéria no G1 Novo tipo de peixe encontrada no rio Itapemirim, no ES, é ameaça a outras espécies Fotos do peixe