Leandro Francisco

Pescaki V.I.P
  • Total de itens

    2.141
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    67

Leandro Francisco last won the day on August 15

Leandro Francisco had the most liked content!

Reputação

1.094 Ótima

2 Seguidores

Sobre Leandro Francisco

  • Rank
    VIP
  • Data de Nascimento 17-03-1968

Informações Pessoais

  • Localização
    São Paulo
  • UF
    SP
  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Nome Real
    Leandro
  • Sobrenome
    Gofert
  • Estilo de Pesca
    pesca de caiaque, pesca em alto mar, iscas artificiais

Últimos Visitantes

3.497 visualizações
  1. Na minha opinião está fazendo errado e vai acabar perdendo o botão do ajuste fino, por ficar apertando e folgando toda hora. O ajuste fino deve ser mantido apertado o suficiente para não deixar o carretel com jogo lateral nenhum, folgar mais que isso prejudica a carretilha, fazendo-a desgastar e quebrar mais rápido. Contudo, sinceramente, não consegui entender qual é o problema que o leva a fazer isso...vc quer que a isca desça em linha reta para o fundo? Então use molinete, pois você pode deixar ele com a alça aberta depois que a isca bate na água, sem causar cabeleiras e sem precisar de nenhum ajuste... Não consigo enxergar vantagem de ao a isca cair na água ela descer no ponto que bateu ou meio metro de distância disso (que acontece ao travar a carretilha na batida da isca)...em isca de fundo como as que usa, vc acha isso realmente necessário?
  2. Sim, mas a questão é, continuando a pesca profissional em rios cedo ou tarde os peixes acabarão. Aí essas pessoas serão obrigadas a sair da profissão, pois não haverá peixe para ninguém. Se um governo quer realmente ter uma abordagem séria, precisa achar alternativas para que esses profissionais parem de matar peixe. A saída é virarem guias? Explorarem a piscicultura? Não sei...mas continuar essa história de: Coitadinhos, eles precisam sustentar as famílias...então não mexe com eles...simplesmente não vai adiantar. Vamos esperar acabar tudo para tomar atitudes? Esse o meu questionamento...
  3. Alguns estados como o MS resolveu instituir a cota zero para a pesca esportiva, concordo plenamente e acredito que isso deveria ser instituído em todo o Brasil. Contudo, fiquei espantado em saber que apenas o turista será afetado, que a pesca profissional com redes, tarrafas, espinhéis continuará permitida, que cada pescador profissional poderá continuar a abater 125 kg de pescado por semana e que os ribeirinhos também estarão fora dessa lei de cota zero, além claro, dos pescadores paraguaios, que a lei brasileira não pode afetar por ser um rio de divisa (no caso do rio Paraguai). Aí eu me pergunto, tem alguma lógica isso? Ou simplesmente iremos mudar o abate de peixes de lugar? Ou seja, o peixe que o turista pescador não abate mais, cairá na rede desses ditos ``profissionais´´ que aumentarão seus resultados e tudo ficará na mesma? Se a intenção é preservar, todos devem dar seu quinhão, senão é balela...que adianta isso? O Brasil é um dos poucos países que permite a pesca profissional em águas interiores, o uso de redes em rios é uma covardia sem tamanho, proporcionando uma matança muito maior que qualquer pescador esportivo... Na opinião de vocês, cota zero sem afetar profissionais e ribeirinhos adianta?
  4. Em dias mais amenos, com água não tão fria as tilápias saem bem (mesmo no inverno), porém se pegar em dias que o frio tá intenso e a água baixar de 15 graus, as tilápias param de comer também.
  5. Seja Bem vindo Rubens, também pesco bastante em alto mar e posso lhe dar algumas dicas, se precisar. Mas como sou de SP, só posso lhe ajudar na indicação de barcos aqui no litoral paulista.
  6. Bom dia Vinícius, quase todos os pesqueiros ao redor de SP possuem lagos para pesca de tilápias. Vou citar 3 que sei que são bons nesse aspecto: 1) Matsumura 2) Aquarium 3) Lagoa dos Patos.
  7. Só força de expressão meu velho amigo Roque, sei muito bem que ele é muito inteligente (dentro do reino animal)...
  8. Procure se informar onde fica o Baixio. É um local na beira do rio Itanhaém bem ao lado da antiga ponte da via férrea. Lá tem mais de 10 barracas que vendem peixes e camarões.
  9. A gente aqui em SP com 8 graus de temperatura, e o amigo Alexandre judia da gente com essas imagens.... Parabéns, bela pescaria.
  10. Poxa Glaucio, que pena, viajar do RS para o Tocantins e não pegar boas condições de pesca... Mas é aquela história, um dia do peixe outro do pescador, valeu a pena pelo descanso, pela limpeza mental da pescaria, das paisagens, dos amigos, das brejas...
  11. Beleza Gláucio, o post andava meio abandonado (acho que por causa do frio), eu mesmo, depois de Maio nunca mais fui atrás das dentuças...
  12. A imagem não aparece Glaucio...
  13. Será que Phoenix Grizzly em sul africanês não significa carretilha do prof. Pardal? Ela é diferente de tudo que já vi, mas como sua explicação mostrou, ela é bem bolada...

Parceiros: www.petsEXPERT.pt