Dini

Pescadores
  • Total de itens

    480
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    6

Dini last won the day on March 8

Dini had the most liked content!

Reputação

277 Ótima

2 Seguidores

Sobre Dini

  • Rank
    começando a responder
  • Data de Nascimento 22-04-1978

Contatos

  • MSN
    carlosdini@hotmail.com

Informações Pessoais

  • Localização
    Sorocaba
  • UF
    SP
  • Sexo
    Não informado

Previous Fields

  • Nome Real
    Carlos
  • Sobrenome
    Dini
  • Estilo de Pesca
    Artificial

Últimos Visitantes

6.353 visualizações
  1. Amigos, resolvi este fim de semana fazer um esquema bate e volta, sempre tive vontade de pescar no lago de Palmas. Bom dessa pescaria que a maioria das gdes cidades tem voos diários para Palmas e podemos fazer uma pescaria rápida. Aliviando a tensão do trabalho A represa de Lageado é muito gde e compreende os município de Lageado, Palmas, Porto Nacional. Em suas águas tem como estrela o tucunaré azul, mas tb habitam tucunarés amarelos, corvinas e outras especies. Trabalhei até o fim da tarde da sexta feira e a noite já embarcava em Campinas-SP, com destino a Palmas-TO. A 1 da manha já estava na cidade, onde o guia Vitor já me esperava, rodamos 70km e já estávamos na cidade de Porto Nacional de onde seria nossa base. Dormida rápida, e as 6 da matina já tomávamos cafe da manha, o guia já nos esperava, e de lá em alguns minutos já navegávamos no lago. A água ainda esta bem turva devido as fortes chuvas. Pegamos diversos peixes, com ação na superfície e nos jigs. Após o almoço, fomos a um pedral submerso, muita ação de peixe no jig pindocando o fundo, ai erramos, saímos para ver outros pontos e largamos o filé, depois das 14 horas foi bem fraco. Mas dia top, alguns peixes bons, o maior 7lbs. calor bravo a bela represa parceira do almoço a represa A noite fomos a um churrasquinho, muito dez, recomendo. Domingo saímos de outra rampa um pouco mais distante. Infelizmente neste ponto a água estava muito barrenta e poucas ações ate as 10 horas da manha. Então o guia conhecia um lago que ligava a represa, mas que por ser um canal estreito tinha aguá limpa, lá rumamos, acertada decisão, peixe bem ativo na superfície. Agua turva Pausa para almoçarmos, flutuante recomendadíssimo. Cerveja gelada e muito colírio para os olhos...rsrsrs A igreja centenária e histórica de Porto Nacional A tarde batemos a região de água barrenta, ai foi bem fraco. pelo menos tinha muita cerveja... Gdes amigos, só vcs para me aguentarem Fim de tarde no centro do Brasil Na segunda-feira o Andrezinho tinha q voltar trabalhar, como meu voo era só as 17 horas, sai pescar sozinho até meio dia. Fomos direto ao pedral do primeiro dia, parecia lambari, embarcamos mais de 40 peixes até meio dia, com 7 peixes acima 50cm e pesos entre 7 e 8 libras, nem mudamos o ponto. O tempo amanheceu meio tímido Hora de ir embora Nada como um bom PF de estrada Material utilizado: Varas- Saint Croix 17 e 20lbs SCIII 5'7" by Waka Custom Rods Carretilhas Core51MG, Aldebaram 101MG7, Scorpion 51HG Linha-Power Pro 4 fios 40lbs Leader-Fluorcarbono 40lbs LineSystem Snap-Capela G Iscas mais utilizadas- Zigzarinha, Firestick, e jigs(4/0 14g) Contato do Guia Vitor no Tocantis: 63-92031159 Agradeço a Deus por esta vida maravilhosa Abs Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini
  2. Amigos, resolvi terminar a temporada dos açus em um local que a tempos eu não frequentava o Rio Branco. O Rio Branco corta o estado de Roraima, passando por Boa Vista, Caracaraí e sua foz se faz no Rio Negro na região próxima a famosa pedra do Gavião, abaixo dos rios Xeruini e Caures. Como o próprio nome já diz, é um rio de águas mais barrentas, mas tem algumas lagoas e afluentes de água limpa, como Rio Agua Boa, Catrimani, Itapara, Mata-Mata e muitos outros. Infelizmente as leis de preservação de pesca começam justamente deste rio para cima, então ele sofre demais com a pesca predatória. Nele vivem três especies de tucunarés, os açus, os popocas e os borboletas, como todo rio de águas brancas por motivos de pH, eles são rios de quantidade de peixe mas de menor tamanho, dificilmente você vai encontrar um peixe acima de 8kgs, mas em compensação explodem os pexes de 2-5kgs. Também habitam Pirararas, filhotes, Aruanas brancas e pretas, apaiaris, pirarucus, cachorra, jacunda e muitas outras especies, a diversidade é muito legal. O rio Branco Recebi o convite do amigo Enio, o gaúcho, para conhecer o barco do também amigo Rogério Bacchi. Grupo composto por 6 pessoas, grupo muito da paz. Esquentando os motores em Viracopos Chegamos em Manaus-AM, na sexta feira a noite e logo cedo embarcamos no aeroclube. Voo de 1:30h e adentrávamos o estado de Roraima, pousando na comunidade de Santa Maria do Boiaçu, as margens do Rio Branco. Pista de pouso em Santa Maria do Boiaçu Trafego aéreo Vida mansa na vila La chegando, já constatamos que o nível da água realmente estava bem baixo, o que até dificultava nossa navegação. Subimos o Rio Branco sentido norte e aportamos na frente do Lago do Curiucu. Este lago de águas limpas, mais parece um rio de tão grande, com motor 40hp aberto leva quase 2 horas para ir do inicio ao fim, o que é impossível nesta época pois tem diversos canais estreitos que dificultam a navegação, alem do lago principal são mais de 10 outros lagos que se comunicam. E todo ponto do lago dá peixe. Foi o local com maior fartura de tucunarés que eu já vi na minha vida, fruto da preservação, na boca do lago mora a família do Sr Francisco, que há mais de 50 anos, junto com seu falecido pai, não permitem a pesca predatória neste lago, chegou me contar que alguns políticos famosos, não vou citar nome, souberam da fartura lago e tentaram dar uma "carteirada" nele, e qdo souberam que era só pesque e solte se negaram a assim fazer, mas tb de imediato foram expulsos do lago. Boca do lago Curiucu Pescamos mais de 10 especies. E em 6 pescadores, com 6 dias de pesca, pegamos próximo de 2000 peixes. Somente eu e o Enio pegamos 700 tucunarés, sendo 70 de porte. Uma coisa legal deste lago é a fartura de pirarucus, eles explodem ao seu lado o dia inteiro, e muitas vezes nos dão a alegria da fisgada, tivemos três na linha, inclusive um deles explodiu na zara do Enio, dá para acreditar??, este e outro acima de 20 kgs acabaram por escapar, acabamos embarcando somente 1 pequeno. As outras duplas embarcaram mais pirarucus, sendo um deles um monstro. Todo lago tinha peixe, mas os melhores pontos estavam nos lagos mais fechados, e praticamente todo dia arrastávamos o barco por 3horas para entrar e 2 horas para sair, mas valia muito. Como peixe de agua branca, é menos agressivo, hélices não faziam muito diferença. Estavam pegando bem em jigs, twichbaits e zaras, o parceiro só quase pescou com uma Reallis pencil 110 e pegou muito peixe, mas muito mesmo, tava já com vontade de dar uma marretada nesta maldita isca...rsrsrs. Eu não estava acertando a zara certa até o penúltimo dia, então peguei mais no jig. Mas de tanta explosão, acabei achando a isca, comecei usar uma Sammy 110, ai tb só na superfície. Para não ficar enrolando vamos a fotos: Destes pegava as dezenas, tinha que sair do cardume para continuar pescando Atacou o paquinha e ficou preso Surpresas Os amigos Marcio e Zeca na batalha Entrando nos lagos https://www.facebook.com/dini.dini.90260/videos/2279717175650505/ Choveu quase todos os dias, mas sem repiquete Ajudando na reciclagem Almoço na beirada, não pode faltar Sofrendo Lago magnifico A noite para relaxar Brincadeira com as matrinchas, o resultado Os amigos Jorge e seu filho natureza exuberante Me enganaram, veio vazia...rsrsrs duro de pescar na agua branca O barco é muito bom, nome TupanaX, do amigo Rogerio. Quartos duplos com ar condicionado e banheiro, refeitório climatizado, a cozinha excelente, e muita comida. Eu só tenho a agradecer a turma que tão bem me recebeu. Ao amigo Enio pelo convite e ao dono do barco o Rogério pela hospitalidade e atenção. E a toda equipe do barco pelo fantástico atendimento OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar da pousada ou de qualquer pessoa, falo bem porque realmente gostei. Contatos do Rogério-19-989145070 Material utilizado: A-Varas -SC III 5''7"20lbs by Waka Custom -SC III 5'7"17lbs by Waka Custom -Falcon Cara 5'7" Peacock Edition B-Carretilhas -Scorpion 1501 HG -Scorpion 1501 C-Linha Multi PP 50lbs D-Leader -Line system 50lbs F-Snap Capella G Amazonas G-Iscas mais utlizadas- Sammy110, Reallis pencil, Rapala Sub walk, jig 6/0 15g. -Fica um detalhe os jigs , não tenho mais usado ele com o double tail, acho q qdo ele esta velhaco, ele prefere uma isca menor,e a produtividade aumenta, desta forma. Agradeço a Deus e minha amada família por esta vida maravilhosa. Abs Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini
  3. Amigos, este ano tirei para ir atras dos açus em locais um pouco menos tradicionais. Agora no mês de novembro, fui conhecer o lendário Rio Jufari. O rio Jufari, praticamente separa o estado do Amazonas com Roraima, sua foz se situa na margem esquerda do rio Negro, praticamente junto da foz do Rio Branco, assim como os afluentes desta região (Xeruini, Agua Boa) eles tem regime de águas um pouco mais para fim de outubro e podendo estender a seca até mais que nos rios do médio Rio Negro. É um rio extremamente raso, o que impede praticamente a entrada de barcos hotéis, tem águas bem mais transparentes que as águas do rio Negro, muitas vezes eu via os choqueiros e achava que estavam a 50cm de profundidade, mas não, estavam a 2mts de profundidade, tal a transparência das águas. Predomina em sua margens os molongozais, mas tem um poucos de Cabibis e Jaras. Fazia tempo que eu não entrava em um afluente com tantos lagos, é um atras do outro e cada um vara em mais uns três. Neste Rio habitam os tucunarés açus e borboletas, também aruanas e cacharas. O amigo e operador Victor Vilanova, iniciou este ano sua operação neste Rio. Esta com um esquema top, in e out por Hidroavião. Peguei o voo da noite de sábado, desabou o mundo em Viracopos, aeroporto fechado, achei que ia perder a pescaria, mas ufa... deu certo Chuva monstro, repiquete em Campinas-SP Antes do voo para embalar o sono Cheguei na madrugada de sabado. e bora dormir algumas horas... Logo cedo, partimos rumo ao aeroporto para embarcarmos no Hidroavião . O único acesso pois a boca do Rio fica muito seca e pescamos em ponto bem alto do afluente. O grupo de feras, Jaida Machado(PescaGerais), João Medeiros(redai e Historia de Pescador), Otavio (PescaGerais), Gilson Alcarraz(tio do pijama), Dini(PescaeAlcoolismo), Andrezinho(Richard Rassmussem...), Claudio Alcarraz(ce é loko mano...). Infelizmente o amigo Massa por problemas familiares, não pode ir junto. Rio Jufar, visto do alto Quanto mais o Hidro voava para cabeceira, mais seco ficava. As notícias eram de muitos peixes, e chegando ao Rio era de encher os olhos, Rio na caixa, muito molengo, parecia perfeito. Chegando ao rio seco. Rio na caixa A preocupação ficou no ar pois, falando com a tripulação havia caído fortes chuvas nos dias anteriores.Mas como a vida lá é dura, tomei meu remédio Um belo almoço nos esperava O amanhecer do dia Fiz uma marca e vi que após 12 horas não subiu nem desceu, no primeiro dia, posso descrever como “indescritível”, nunca vi tanto peixe, inicialmente não em tamanho mas sim em quantidade, cada arremesso um peixe, mais de 100 tucunarés por barco. Peixe não conhecia isca.Após o almoço comecei bater hélice, três gdes peixes fisgados, um escapou no pulo, outro arrancou o pitão da cara da isca é o segundo arrancou o pitão traseiro, 3x0 para os gigantes. Os amigos já começaram pegar bons peixes10,12,16,18 Lbs. Impressionante é a quantidade de vida, borboleta igual a este, batia em quantidade, pegava um, e formava uma bola de peixe, igual no mar, ai era só jogar jig, tinha q mudar o ponto, pois até irritava... E tb show, é a quantidade de forrageiros, nunca vi tanto cara(de todas as especies), aracus, pacus, matrinchas, eram cardumes gigantescos, passando toda hora por baixo do barco, é muita comida para os açus. Primeiro preju do dia, o cavalo, me deixou só com o pitão da helice o segundo preju... o terceiro preju, este para o operador... O belo por do sol A noite o mundo desabou, choveu toda noite, amanheceu chovendo, resolvi marcar a praia, 2 horas depois o graveto estava coberto 10cm em 2 horas, nunca vi nada igual. Óbvio q o peixe sentiu, as ações diminuiram, mas mesmo assim muita ação na superfície, considerando o nível da água. Cada dia subia mais, em 5 dias subiu 1,5mts, o maior repiquete que já peguei. E tome chuva O grupo era bom de pescaria, só pescador profissa, com exceção deste autor que só sabe de bebida o resto era fera... Isso driblou a subida da água. Eu mesmo nunca perdi tanto peixe grande, até o penúltimo dia tinha deixado escapar pelo menos uns dez peixes. Algumas imagens: muitos lagos centrais Almoçar, tinha que ser na chuva mesmo A beleza do rio Jufari Os amigos, brigando com um açu pausa do almoço nas operações do Vilanova, sempre tem uma carne nos almoço e um arroz feito na hora Mais chuva, já acordava com a cueca molhada Remedio da selva Como estava um pouco difícil, eu cometi uma falha e insisto muito nas jumping minnows e jigs, o que resultou em muita produtividade, mas pouco tamanho. A dupla Gilson e Cláudio, não desistiram das hélices, e toda noite traziam notícias de bons peixes. No penúltimo dia parou de chover, e o repiquete foi diminuindo. No último dia, primeiro dia de sol forte, vi na praia q tinha subido só 2cm, pensei, “ por que não estou batendo hélices???”, resolvi pegar minha “velha” Caribe 7” palhaço, e comecei a metralhar, caramba!!! Foi muita porrada. Perto da hora do almoço, foco arremessar no meio do lago, e de lá surge o monstro, ele bate 4x , na última sai inteiro fora da água, um monstro com certeza over 20lbs. Jogo novamente, mas pego a fêmea, bem menor... parece que sorte realmente não estava comigo. Bom mas logo outros bons peixes começaram a aparecer. Fica a vontade de voltar e encontrar o gigante novamente. Imagens dos amigos Valeu como aprendizado, como diria o amigo e gde Pescador Cláudio W (doido, rsrsrs), “Dini, vc está no Rio Negro o seu recorde pode sair no próximo arremesso”. E estando nas "blackwaters" devemos sempre acreditar nas hélices, elas separam os gdes peixes. Marcando território Bebado é uma desgraça, bebe todas antes do voo, ai quer mijar no avião. Antes de sair da minha amada Manaus, passada rápida no restaurante Lenhador para saborear o pato no Tucupi Com certeza os amigos farão relatos bem mais completos que estes, vocês podem seguir eles em: http://historiadepescador.com/ http://www.pescagerais.com.br/pesca/ Material utilizado: A-Varas -F3 5'7" 20lbs by waka Custom -SC III 5'7"20lbs by Waka Custom -Falcon Cara 5´7" B-Carretilhas -Scorpion 1501 HG -Scorpion 1501 C-Linha Multi PP 50lbs D-Leader -Line system 50lbs F-Snap Capella G Amazonas G-Iscas mais utlizadas- T20 cor osso, jig 6/0 15g, caribe 7" e Rip roller 6" Eu só tenho a agradecer a turma que tão bem me recebeu. Ao operador Victor Vilanova pela hospitalidade e atenção. E a toda equipe do barco pelo fantástico atendimento OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar da pousada ou de qualquer pessoa, falo bem porque realmente gostei. O gde Amigo Victor Villanova, montou a operação no alto Jufari, local com pressão de pesca quase zero. OA operação tem camas confortáveis, banheiros e chuveiros privativos, boa comida, , barcos e guias, e o principal, muita cerveja Contatos do operador-Victor Vilanova https://www.facebook.com/victorvilanovamazon https://www.facebook.com/pages/Camaiú-Camp/1926317310973319?pnref=about.work https://www.facebook.com/vilanovamazon/?pnref=about.work (42) 99122-0016 http://www.vilanovamazon.com.br victorvilanova@me.com Agradeço a Deus e minha amada familia por esta vida maravilhosa. Abs Boa semana e pescaria a todos Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini Carlos Dini
  4. Amigos, resolvi este ano fugir um pouco da confusão do médio Rio Negro, que muito me entristece, e resolvi buscar a minha paixão, os tucunarés açus, em outros lugares. Então resolvi voltar a um rio que eu não ia há pelo menos 20 anos o Rio Uatuma, já que noticias de que os peixes estavam voltando graças a medidas de preservação. Um pouco sobre o Rio Uatuma, é um rio que nasce próximo ao estado de Roraima, tem como seus gdes afluentes, o o Rio Abacate, Rio Jatapu, Rio Pitinga. Tem águas limpas, mas não cor de chá. Em seu trajeto são centenas de lagos e igarapés. Teve sua historia muito modificada pela construção da UHE Balbina, que represou uma parte de suas águas. habitam em suas águas, o Tucunaré açu, o Tucunaré popoca, aruanas, apapas, pirararas, barbados, cacharas, interessante que ele possui um divisor natural, de nome cachoeira da Morena, logo abaixo do vertedouro da UHE, deste ponto para baixo habita o tucunaré açu, acima da corredeira habita o Tucunaré vazzoleri. Junto com rios mutuca, Preto do Eva, Tupana, madeirinha, foram o berço da pesca esportiva do tucunaré açu há 40 anos. Infelizmente pela proximidade de Manaus, e o desrespeito pela natureza, estes rio tiveram seus estoques pesqueiros aniquilados. Mas graças aos esforços de boas pessoas, o Rio Uatuma, renasceu, foi criado a RDS do Rio Uatuma, proibindo o abate do tucunaré(somente permitido para consumo local), rapidamente a natureza respondeu e repovoou suas águas. Fotos de satélite: UHE Balbina Rio Uatuma O rio Uatuma pode ser acessado de duas formas, pela foz via barco hotel, normalmente saindo da cidade de Itacoatiara-AM(distante 100km de Manaus), ou pela sua cabeceira, com 3 h de viagem de carro, acessa o Porto da cachoeira Morena, de lá são mais 1:30h de navegação, onde existem diversas pousadas. A maior parte das vezes eu optava por descer pela cabeceira do rio, na época não havia pousadas, e acampávamos, algumas fotos de 20 anos atras: Como eu queria muito voltar nesta região, acabei sendo apresentando para o Guia Cavalinho, cara fera monta toda logística. No domingo a noite vindo da pescaria do Rio Mutuca, fui recepcionado pelo motorista do transfer já no porto do Ceasa, de lá rumamos sentido Presidente Figueiredo, são 150km de estrada boa, só os últimos 50km são de terra. chegamos na beira do Rio Uatuma, no Porto da Cachoeira Morena, lá pela 1:30 da manha o guia já nos esperava, de lá tocamos rumo a pousada. De lá foram 1:30 de navegação até a pousada, deu para tirar um cochilo, e bora para água. o Amanhecer no Rio Uatuma O rio já estava bem seco, e secando forte, em media um palmo por dia, o que deixou os peixes bem arredios, tal que as ações eram mais intensas das 6-8 da mana e no fim da tarde. mas mesmo assim a media era de 30-50 peixes por dia. Começar o dia com um cafe da manha da roça Primeiro dia ficamos nos arredores da pousada. 10 minutos o primeiro e foram aparecendo 10lbs isca Jumping Minnow t20 cor osso a noite, tem que relaxar e subir a pressão Tranquilidade da pousada Pedi para fazer a caldeira, eu nunca resisto Começar o segundo dia, descemos por volta de 1 hora o rio, peixe bem manhoso 10lbs isca jig 15g 6/0 Pintura do fim do dia Pimenta no tucupi não pode faltar A noite, ligar o ar condicionado para descansar Terceiro dia, fomos até o Rio Abacate, infelizmente foi o dia menos produtivo, mas tem peixe demais, ele só não comia. Pontos típicos do rio Uatuma peixe da panema Parada para almoçar Quarto dia, resolvemos pescar nos arredores, para aproveitar o raiar do dia, que estavam mais ativos. 10lbs isca firestick osso Rio torrado A noite a criançada da pousada brincando de bolinha de gude, como é bom não ter celular e televisão. lembrei dos tempos de criança. Bora começar o ultimo dia, pois só pescaria até a hora do almoço 10lbs jig 15g 6/0 A RDS(Reserva de Desenvolvimento Sustentavel) do Rio Uatuma é um modelo a ser seguido, conta com 2 pontos de fiscalização, um próximo a cabeceira e outro na boca do rio, todo barco, é obrigado a parar se identificar, paga uma taxa de R$50,00(por pessoa), você recebe um recibo, e a voadeira recebe uma bandeira da RDS, então quem esta na reserva só pode pescar se estiver com esta bandeira bem sinalizada, se não é multa. Na volta vc para eles fiscalizam o barco para ver se não tem peixe e vc devolve a bandeira. O dinheiro é revertido em gasolina para fiscalização e projetos de pesquisa de quelônios, tem uma gde base da Universidade lá. Eu achei o preço justo, com fiscalização realmente eficaz, existem varoios pontos de observação. Você não se sente lesado, um modelo a ser seguido nos demais rios amazônicos, não criando um projeto onde só um operador para gringos vai lucrar e sim algo sustentável e acessível a todos. Fim da batalha Porto da Cachoeira Mortena Cachoeira da Morena Fiquei 10 dias sem ver uma gota de chuva, mas para fechar a pescaria, um diluvio O guia Cavalinho é fenomenal, recomendadíssimo. Barco estável motor 40hp tinindo Contato do guia:92-993235054/988294248 OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar do guia ou da pousada, falo bem porque realmente gostei. Um detalhe pescaria barata: Vou dar uma ideia do custo Diaria completa do Guia Cavalinho: R$300,00(pára até 2 pescadores) -não esta incluso combustivel, gelo e bebida) -bebida ele compra no supermercado e te dá a nota -combustivel, gasta uns 40lts por dia Diaria por pessoa com cafe, almoço e janta na Pousada do Donato -R$170,00 por pesssoa(não inclui bebida) Transfer ida e volta R$700,00 para até 3 pessoas A pousada é muito simples, sem luxo nenhum, mas seu Donato e dona Nega que são os donos, são uma simpatia só, quarto simples mas com chuveiro e ar condicionado, boa comida. Não gosta? Vai para um resort. Voltando para Manaus-ramal da Morena Visão abaixo da barragem da UHE Balbina Já em manus encontro este time ...Dispensa comentarios Material utilizado: A-Varas -SC III 5''7"20lbs by Waka Custom -SC III 5'7"17lbs by Waka Custom -Venator SE 25lbs B-Carretilhas -Scorpion 1501 HG -Scorpion 1501 C-Linha Multi PP 50lbs D-Leader -Line system 50lbs F-Snap Capella G Amazonas G-Iscas mais utlizadas- T20 cor osso, jig 6/0 15g. -Fica um detalhe os jigs , não tenho mais usado ele com o double tail, acho q qdo ele esta velhaco, ele prefere uma isca menor,e a produtividade aumenta, desta forma. Agradeço a Deus e minha amada familia por esta vida maravilhosa. Abs Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini
  5. Amigos, agora no feriado do dia 12 de outubro, resolvi voltar ao Rio Mutuca, pois estive lá um mês antes e com água ainda 3 metros acima da caixa, mesmo nesta condição fiz uma pescaria muito boa, o que me estimulou a voltar, pois queria ver a piscosidade do rio com ele no nível certo. Acertei os detalhes com o dono, O Thiago Leria, e com a minha esposa, tb, rsrsrsrs, e parti para lá para um bate volta rápido, pescando somente 3 dias. O rio Mutuca, como os demais locais nesta região, na verdade não são rios, são alagados que ficam entre a cidade do Careiro do Várzea-AM e Autazes-AM, então a água é totalmente parada, sua seca depende da seca do Rio Amazonas, e tem padrão continuo, começa em julho e vai até novembro, qdo começa encher novamente. Não existe repiquete. Mas tem janela de pesca bem curta. E devido a água parada quase não existem peixes de couro. Lá habitam o Tucunaré açu e o Popoca e tb aruanas. Interessante, como na regão, assim como no Juma, muito difícil pegar na cor açu, mais comum na forma paca. Foto de satélite da região Como tinha que ganhar o pão, trabalhei até o ultimo minuto da quinta feira dia 11, mas a noite já estava no aeroporto em Viracopos... Abrindo a primeira. Chegando na madruga de Manaus. Neste quesito agradeço ao amigo Tiago, que se prontificou a me pegar de madrugada e levar até o Rancho Mutuca. Parada para a primeira manauara Atravessando o Rio Amazonas as duas da matina, para chegar no porto na outra margem na cidade de Careiro do Varzea. http://blob:https://youtube.googleapis.com/98866db7-da6e-4151-be63-6e15f5369201 Do porto do Careiro do Varzea são mais 100km até beira do rio, é uma pescaria que pode ser feita em um fim de semana. Chegando lá, pude notar realmente o quanto estava seco, nem dá para acreditar que consegui pescar há 1 mês atras.... Como em todos os lugares os viciados em açus já estão jogando suas linhas na água desde agosto, e obviamente os tucunarés, já estão bem mais velhacos. Tive boas ações em zaras, mas a maioria dos peixes foi pego com jigs(single tail) e trabalhando pindocando o fundo, sem aquele trabalho tipo meia água. Foi de arrebentar, pegava uma media de 30-40 peixes ao dia, qdo vc acha um cardume então, o jig assusta menos, então é só ficar parado e jogando. O Rio Mutuca ainda vive. A maioria dos peixes peguei em ilhas submersas e pontas e ilhas de araçás. Rio já na caixa Terceiro arremesso e já vem esse cara para conversar Meia hora de pescaria o primeiro 10lbs, Jumping Minnow T20 cor osso Soltar sempre Mata tipica do Rio Mutuca meia hora nesta ilha submersa, 8 peixes Encerrar o dia A noite, vida dura Começando segundo dia Popocas eram muitos Isto porque nem era 8 da manha... tive que abrir o bar Só alegria População local Mais um 10lbs-jig 1g 6/0 Começo bater uma ponta , jogo 3mts para fora, dois toques e tome linha... 12lbs jig 6/0 Antes do almoço mais um para aguçar Os pontos são próximos e é possível voltar almoçar Famosa Caldeirada, eu não resisto e cai a noite Um bom churrasco, para engordar um pouco O nascer do terceiro dia Começa a dura rotina Típicos pontos do Rio Mutuca Outra ilha submersas, alguns paquinhas , e no meio, tome linha... 13lbs jig 6/0 Momento merchan. rsrsrsrs,Mas agradecendo o presente dos amigos Therry da High Roller Lures e do Jorge da SucuriPesca O verde da floresta Para molhar a garganta no almoço Os gdes parceiros Andre e Kabashima, figuras... Este resolveu sair de uma ponta de Araças 12lbs jig 15g 6/0 ele mora neste vão... A seca já se faz forte Para encerrar estes três dias maravilhosos A MAS A AVENTURA CONTINUA, POIS, COMO A CHEFE ESTAVA BOAZINHA, DE LA FUI AO RIO UATUMA, MAS JÁ AI É UMA OUTRA HISTORIA.... A pousada é show, quartos confortáveis, ar condicionado, chuveiro quente, cozinha fantástica, cerveja de diversas marcas. o Thiago ão economizou nos detalhes. OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar da pousada, falo bem porque realmente gostei. Contatos: Thiago Leria - Rancho Mutuca 92-991831306 https://www.facebook.com/profile.php?id=100011374759491 instagram: @rancho_mutuca Material utilizado: A-Varas -SC III 5''7"20lbs by Waka Custom -SC III 5'7"17lbs by Waka Custom -Venator SE 25lbs B-Carretilhas -Scorpion 1501 HG -Scorpion 1501 C-Linha Multi PP 50lbs D-Leader -Line system 50lbs F-Snap Capella G Amazonas G-Iscas mais utlizadas- T20 cor osso, jig 6/0 15g. -Fica um detalhe os jigs , não tenho mais usado ele com o double tail, acho q qdo ele esta velhaco, ele prefere uma isca menor,e a produtividade aumenta, desta forma. Agradeço a Deus e minha amada familia por esta vida maravilhosa. Abs Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini
  6. Amigos, bom dia, não deixei de ser um viciado em tucunares açus. Mas queria variar um pouco do grandioso medio Rio Negro. Um pouco dahistoria da pescaria dos açus no Brasil, há 30 anos elas ocorriam no Rio Uatuma, no Rio Negro na região da pedra do Gavião e nos alagados da região de Autazes( Juma, Madeirinha, tracaja, Achinin, lago tucunare, Tupana, IgapoAçu, Pantaleão). Foto de satelite da região Há 20 anos fiz minhas primeiras pescarias de açus na região do Madeirinha no barco MissBebel, na época, até hj lembro, de eles terem feito uma pescaria antológica em um rio de nome Mutuca. Chegou ser capa da antiga Revista Trofeu Pesca. Fotos da epoca da revista: Depois destas viagens, comecei pescar no Rio Juma. Mas infelizmente a proximidade de Manaus e o abuso do homem, diminuram muitos os estoques pesqueiros da região. Então como muitos, na ultima decada migrei para o Medio Rio Negro. Mas, ventos bons traziam noticias, de peixes de bom porte na região de Autazes. Regras de proibição de abate dos tucunares. Como a imagem do Rio Mutuca não saia da cabeça, em conversa com o Jorge da Sucuri Pesca ele me sugeriu o amigo Thiago Leria dono Rancho Mutuca, entramos em contato e marcamos uma pescaria para inicio de setembro. A melhor parte é a ansiedade da chegada Chegar no Eduardão é sempre emocionante o dono da Pousada Rancho Mutuca, gde sujeito, extremamente atencioso, Thiago Leria O aceso é muito facil, cruza se o Rio Negro na região do Porto do Ceasa até a outra margem no municipio de Careiro do Varzea. Porto do Ceasa e suas peixarias. Atravessando o Rio até o Municipio de Careiro do varzea, tantas lembranças. Porto da Cidade de Careiro do Varzea-AM De lá são mais 100km de estrada, chegando ao Ramal do Rio Mutuca. No caminho, gelar a goela. chegada ao Ramal do Rio Mutuca, como ainda tem agua... O rio Mutuca, como os demais locais nesta região, na verdade não são rios, são alagados então a agua é totalmente parada, sua seca depende da seca do Rio Amazonas, e tem padrão continuo, começa em julho e vai até novembro, qdo começa encher novamente. Não existe repiquete. Mas tem janela de pesca bem curta. E devido a agua parada quase não existem peixes de couro. La habitam o Tucunare açu e o Popoca e tb aruanas. Interessante como na regão, assim como no Juma, muito dificil pegar na cor açu, sempre na forma paca. Qdo cheguei conversei com os gdes pescadores Massa e Kabashima, relatando uma pescaria dificil devido o nivel das aguas. Realmente ainda tinha muito igapo, acredito que 2mts para ficar na caixa. Mas como sempre digo ai, que separa os homens dos meninos. A agua secava em media 15cm ao dias e cada dia que passou pegava mais peixes. Comecei inicialmente com zaras e helices, com resultados pouco animadores, qdo mudei para os jis melhorou. Mas nos ultimos 3 dias arrebentei, pois comecei investir nas twicth baits, em especifico a Brava 110, ai acertei na veia, era uma media de 30 tucunas por dia e o tamanho tb começou a melhorar. Foram dias fabulosos, realmente compensa muito voltar a pescar nesta região, a quantidade de peixes estourando no igapo é impressionante, se com 2mts de igapo, arrebentei, imagina na caixa. Vamos as fotos da pescaria Estruturas tipicas da região da bacia de Autazes noites agradaveis na pousada O dono do bar ia tirar o bebado do bar. Cerveja para todos os gostos e melhor a -3C ainda muita chuva Aperitivo de traira Tive o Prazer de conhecer pessoalmente a apresentadora Isabela Trindade, a BelaPesca, gde pescadora, e de gde simplicidade, só de aguentar eu o Kleber enchendo o saco dela, já merece um premio... comunidade do Rio Mutuca Tentando baixar as aguas do rio. O peixe da panema Churrasco do fim do dia 16lbs 80cm isca Brava 110 10lbs isca Brava 110 Peixe da prima 12lbs Só os fortes entedem... A pousada é show, quartos confortaveis, ar condicionado, chuveiro quente, cozinha fantastica, cerveja de diversas marcas. o Thiago ão economizou nos detalhes. OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar da pousada, falo bem porque realmente gostei. Contatos: Thiago Leria - Rancho Mutuca 92-991831306 https://www.facebook.com/profile.php?id=100011374759491 instagram: @rancho_mutuca Material utilizado: A-Varas -SC III 5''7"20lbs by Waka Custom -SC III 5'7"17lbs by Waka Custom B-Carretilhas -Scorpion 1501 HG -Curado 201 serie K C-Linha Multi PP 50lbs D-Leader -Line system 50lns F-Snap Capella G Amazonas G-Iscas mais utlizadas- Brava 110, T20 cor osso, jig 6/0 15g. Agradeço a Deus e a minha amada esposa e filhos pela vida maravilhosa. Família acima de tudo!!! Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini
  7. Amigos, agora nesta semana que passou, voltei ao meu amado Rio Manso. Com um voo noturno de Campinas SP para Cuiabá, fica fácil de chegar no Rio Manso. Para embalar o sono...  O rio Manso nasce na Chapada dos Guimaraes, e junto com o Rio Cuiabazinho formam o Rio Cuiaba, por estar a 600mts do nível do mar é um rio forrado de corredeiras e de águas cristalinas. É na minha opinião o "best point" de dourados para pescaria de fly e baitcasting no Brasil. Abriga nas suas águas uma infinidade de peixes, jaus, pintados, cacharas, pacus, curimbas, piraputangas, piaus e muitos outros, mas sua estrela é dourado. O Rio Manso Noticias eram de pescaria difícil, pois o rio estava forrado de dourados, mas haviam muitas iscas brancas no rio, principalmente piraputangas, e eles estavam só pegando nelas. Mas o importante é ir pescar. Dormida de 1hora e cair na água. Raiar do dia No primeiro dia subimos bem pouco, e no segundo arremesso um douradinho fisgado, mas devido a boca óssea, no baitcasting, de cada 10 fisgadas só embarca um. Este na não foi diferente e fugiu. Passa mais 5minutos e nova ação de dourado, só que este não fisgou. Penso será que esta tão difícil assim??? Logo em seguida vejo uma capim na superfície, jogo um popper e explosão, dourado gigante com quinze minutos de jogo, 17lbs. Uma barra de ouro. Assim correu o diia, muitas fisgadas e tb muitos peixes escapados. O período da tarde foi de menos ações. Como sempre o diferencial foi a isca, impressionante mas a antiga, Araçatubinha de madeira, é fatal para o dourado. Pode colocar qualquer isca, mas só ela pega. Não é mentira. Acho q é devido seu trabalho errático, mas principalmente a falta do ratlin. Ainda gostaria de testar uma isca twich bait sem ratlin e ver se funciona. Foram seis dias espetaculares, é impressionante a quantidade de dourados neste rio. No meio da pescaria sempre entram tb piraputangas. Foram uma media de 20dourados fisgados por dia, obvio que a maioria escapa no pulo. Vamos as fotos: Tipico local de pesca. algas do rio escondem dourados Cada corredeira a chance de um monstro estar escondido Minha esposa que não me ouça, mas arranjei uma amante As guerreiras A vitoria 19lbs Como os pontos são próximos a pousada é possivel voltar todo dia para almoçar e recuperar as forças... Dourado noturno, esse pegou em um lambari O pantaneiro Preocupado com os problemas... os ipês começando a florir O motivos de tantos dourados, preservação e as centenas de corredeiras, impressionante. Uma pescaria que vale fazer, é com material leve e soja. muito peixe. Piaus, piaparas, piraputangas e com sorte pacus. Sera que vai dar????kkkk Uma surpresa no plug... Duro de resistir nas manhas, frio de 14 graus joguei a isca, enroscou em um curimba, douradão não deixou a chance passar... Duro manter o peso Mais um monstro mato grossense 16lbs Pausa da cerveja Fima da pescaria Essa Sofreu Equipamentos utilizados: Varas: -Saint Croix SC III 17 e 20lbs 5'7" by waka Custom Carretilhas -AldebaramMg7, Core 51mg e scorpion 51 Linha Multi PP 40lbs Leader-Line System 50lbs Snap capella G Isca-quase que 100% usando a antiga Araçatubinha de madeira(nada haver com a nova de plastico), lá não tem para outra isca, e o popper Vulcan da marine Isca Araçatubinha de madeira 9cm, fatal no rio manso A estrutura da Pousada Rio Manso é fantástica, recomendadíssima, comida caseira, cerveja gelada, bons barcos e excelentes guias. Dista somente 100km de Cuiaba. O dono Julivam não medem esforços no atendimento e na preservação do ambiente. Ele não permite abate de nenhum peixe, todo peixe consumido vem de cativeiros, e auxilia a fiscalização que é constante no rio. Refletindo em um aumento nítido na população de dourados a cada ano. Tal que é impressionante o numero de bichos que avistamos: tamanduá, capivara, coelhos, tatu, pássaros. Contatos: 65 98472-4003 https://www.facebook.com/pousadariomansocba/ OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar da pousada, falo bem porque realmente gostei. Agradeço a Deus e a minha amada esposa e filhos pela vida maravilhosa. Família acima de tudo!!! Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini

Parceiros: www.petsEXPERT.pt