Mario Gonda

Dados Incompletos
  • Total de itens

    145
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

7 neutro

1 Seguidor

Sobre Mario Gonda

  • Rank
    Já estou me enturmando!

Informações Pessoais

  • Localização
    Campo Grande - MS
  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Nome Real
    Mario Gonda
  • Estilo de Pesca
    Esportiva

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. O capim é para manter a estrutura do lago? Se sim, tem 3 opções: - Grama Esmeralda: mais bonita, mais fácil de manter (roçadas) e caríssima. - Capim Mato Grosso: bonito, manutenção razoável, barato. - Braquiária Humidícola: feia, muita manutenção, baratíssima. Mas se for estritamente para manutençao dos taludes, essa serve. Se possuir cavalos na propriedade, essa grama é uma boa opção.
  2. Segundo um amigo ao qual ministra curso de arrais aqui no MS, tal documentação só é exigida em embarcações com motor a combustão.
  3. Fala Erik! O que eu tinha dito acima, do golfinhar dos bichos, você irá visualizar no minuto 0:50 do vídeo abaixo. Quando eles estão fazendo isso, pode esquecer. Não tem trabalho de artificial, nem isca viva que faça o bicho entrar no anzol. Abraço e boa sorte com seus dourados!
  4. É comum esse fato em rios aqui do MS, quando vc vê os dourados "golfinhando" como se estivessem brincando, eles não atacam iscas nenhumas. sejam artificiais ou vivas. Abraço!
  5. Tem gente que prefere as Rãs Pimentas, eu gosto das Rã Pêras.
  6. Fala Lucas! Morei durante 45 dias no ano de 2008 aí em Paulo Afonso. Prestei serviço à CHESF no laboratório de reprodução de peixes deles. Gostei muito de sua cidade! É um oásis no meio do deserto. Ia todo dia no Kaldinho, tomar uma gelada com caldinho de sururu. Bom bagarai! E não pesquei por falta de parceiro. Tenho boas recordações daí, exceto pelo excesso de coentro que colocam em tudo quanto é comida. Um abraço e um dia volto aí para o bungee jump.
  7. Grande Gabriel! Comece a treinar com varas de ação lenta, você verá que é mais simples. Quando seu corpo estiver "treinado", passe para varas de ação mais rápida. Assim como disseram acima, utilize varas com libragens até 14 lb. Abraço e boa sorte!
  8. Boa tarde a todos! Trabalho com reprodução de peixes há 12 anos e vou tentar dar minha contribuição. Todos os peixes de piracema, os chamados reofílicos, são capazes de formar ovócitos, mesmo em ambientes estáticos como os tanques de pesque e pague por exemplo. Entretanto, eles NÃO conseguem reproduzir pois falta o estímulo da migração (queima de gordura e produção de ácido láctico). Esse ácido láctico estímula a glândula pituitária (hipófise) a liberar os hormônios que "amadurecerão" esses ovócitos. São justamente esses hormônios que os laboratórios de reprodução de peixes utilizam para desovar espécies migradoras. É possível o peixe desovar numa barragem de hidrelétrica? Sim, é possível. Mas é improvável que sua prole vingue. Falta ambiente favorável para eles, que são as lagoas marginais que são formadas durante as cheias, fato que não ocorre em barragens de usinas. Principalmente nas PCHs, que trabalham com o conceito "fio dágua". Esses ambientes são favoráveis aos peixes com cuidados parentais (tilápia, tucunaré e pirarucu por exemplo). A única exceção que conheço é a curimatã-pacu presente no Rio São Francisco. No submédio/baixo São Francisco não há praticamente nenhum desembarque de peixes de piracema, exceto a curimatã pacu. Como sempre via vários exemplares de vários tamanhos, pressuponho qque estejam reproduzindo e "vingando". Dourados e pintados sumiram. Acho que é isso. Um grande abraço a todos, Mario Gonda.
  9. Público cantando hino nacional de costas.

Parceiros: www.petsEXPERT.pt