tunicorj

Pescadores
  • Total de itens

    30
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

6 neutro

Sobre tunicorj

  • Rank
    Posso pescar por aqui?
  • Data de Nascimento 11-03-1988

Informações Pessoais

  • Localização
    rio de janeiro - rj
  • UF
    RJ
  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Nome Real
    joao antonio
  • Sobrenome
    martins jr
  • Estilo de Pesca
    praia/pedra/caiaque

Últimos Visitantes

975 visualizações
  1. Legais esses novos, mas será que algum dia vão lançar um caiaque com pedal aqui no Brasil? ou pelo menos um que se possa instalar um pedal?
  2. http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/cientistas-revelam-primeiro-peixe-que-consegue-manter-sangue-quente-16151240
  3. vai pra mureta e leva sardinha e boia pq ta saindo espada a noite direto, fui no domingo e saiu mto. olho de cão no camarão com boia também apareceram.
  4. nunca me arrisquei nisso nao, mas ja vi gente usando o camarão artificial, e com resultados bons, inclusive alguns peixes tao fortes que perderam a isca.
  5. Como começou o gosto pelo esporte? estava no farol de são tomé(campos dos goytacazes-RJ), não tinha o que fazer, e acabei me metendo na pesca de praia(todo errado: era linha0.66, molinete force 4000, e a vara espada,3.60, da albatroz). dai continuei usando o material aqui no rio de janeiro(urca, arpoador), obviamente com pouquissimos resultados. dai vi que o tamanho das varas chegava a ser desnecessário fora da praia, comprei uma garra da fleming 1.80, um prisma 2000 e a linha ja era 0.28. depois foi entrando artificial... carretilha... lula... já viu! um monte de trambolho em casa. dai nessa de sair um peixinho aqui e outro ali, ficou na cara que era mais produtivo embarcar. fiquei mto tempo vendo caiaque pra comprar, pesquisando preço, lojas etc. um belo dia estava no shopping leblon e me aparece um pinguim da caiaquer num preço bem interessante - 850 reais - sem contar que nao ia pagar frete - era só levar no braço. não deu outra, comprei. Uma pesca inesquecível? com certeza foi no verão passado, quando peguei um mar com zero onda, completamente plano. não saiu muito peixe nao(porco e olho de cão), mas deu pra remar mto, com muita tranquilidade, pra la de 4 horas na agua. O maior perrengue? com certeza foi a ignorância do inicio. eu entro sempre em ipanema, e qnd comecei não via previsão do tempo, altura das ondas, vento... dai ja viu... pra entrar ja foi aquele parto, agarrei o caiaque que nem a vida, passei da arrebentação e subi no bicho. dai começa aquela serie de ondas - vê o horizonte, não vê o horizonte - com certeza beiravam os 3 metros. quando uma gigante se formou na minha frente e deu aquela esfarelada na crista, quase me borrei, o caiaque subiu, desceu e foi um alívio... fiquei mais tranquilo, continuei remando até que vi que estava chegando numa laje: aquelas ondas gigantes arrebentando longe da areia. mas não fiquei menos de 10 metros disso, foi até bonito de ver. pra fechar o dia, eu ja estava dando uma descansada antes de sair, começa a surgir um pagode do nada... um barco passou com uma galera comendo churrasco. aos trancos e barrancos consegui desembarcar no arpoador e levei o caiaque no braço ate em casa. resumo: nem consegui botar a linha na agua. depois desse dia nunca mais deixei de ver a previsão do tempo do surfguru. além disso, sempre que eu vejo no youtube dicas de como entrar com caiaque em mar bravo ou algo do genero eu morro de rir - aquilo ali não é mar bravo de jeito nenhum.
  6. é isso aí. como sua vara não esta lançando a isca, o lançamento acaba rápido. sua sintonia fina para iscas leves deixa o carretel correr um pouco mais livre. Dai, quando a isca atinge a agua, o carretel continua girando, mas sem a força da isca pra puxar a linha - cabeleira. mesmo com uma vara propria pra isca leve, recomendo que logo antes da isca tocar a agua, vc coloque o polegar no carretel, pra ele não continuar dando voltas "em falso". com certeza vai diminuir sua frequência de cabeleiras em iscas leves(com freio mecanico bem fraco).
  7. pois é, esse amarelinho mto barato só serve pra isso aí mesmo, saber que tem algum peixe por ali. a sensibilidade dele é regulavel, dai da pra fazer o sonar ignorar peixes menores. mas pra enferrujar é uma beleza, estou no meu segundo. meu primeiro mergulhou tb, aí ja viu... o que eu sugeri é o "dot matrix", que em geral nem é amarelinho e custa um pouco mais que o amarelinho. ele mostra com mais detalhes a topografia do fundo, o tamanho do peixe, temperatura etc.
  8. eu uso uma "vagaba". é uma daquelas "lucky fishfinder". pro mar funciona bem até agora, mas as molas das pilhas ja estão bem enferrujadas. aponta só em que profundidade o peixe está. sugiro pra vc uma daquelas com a pegada do tipo lanterna, pra poder procurar o peixe melhor. tem temperatura da agua, etc. em sites nacionais ta por volta de R$350,00. se tiver paciencia pra comprar da china, ta uns U$80,00. a "lanterna": http://dle7elkt2tkal.cloudfront.net/oboto/product/22014/84653-2-4.jpg
  9. por essa lógica o walmart vende pelo preço que compra.
  10. eu vi umas ofertas interessantes na olx, em niteroi mesmo.
  11. devolve esse submarino pra marinha ai, cara. vão dar falta logo logo! parabens!
  12. o caiaque pode ter varias funçoes. para alcançar longas distancias é melhor um caiaque que faz menos curva, mais longo e fino, e por consequencia mais veloz. já para a pesca eu recomendo algo mais estável, o que no fim das contas acaba diminuindo a velocidade, mas pra uma briga boa faz toda a diferença. eu tenho um pinguim e uso para pesca em mar. se no mar ele é estável e passa confiança em equilibrio acho que na represa nem se fala. é bem verdade que vc pode abrir mão da estabilidade, até pq uma represa nao vai incomodar muito seu equilibrio. mas pelos fatores que vc apresenta: caiaque usado mais barato e para pesca, eu sugiro algo do tipo pinguim. há outras marcas boas que tem um preço em conta: o neo da brudden; o kayaky k1 da smart pier; tem o solar da hidro 2. duas notas importantes:1 - se vai pescar, leve um apoio pras costas!!! 2 - se vc comprar um sonar, nem vai precisar de apoio pra vara. é remar, apitar e pescar (assim que eu faço).
  13. então, guilherme, ja fui umas 5 vezes, um roncadorzinho. o chato é que sempre tem mta gente e à noite não é muito seguro. é mais jogo ir pra pedra do arpoador.

Parceiros: www.petsEXPERT.pt