Fausto

Moderador
  • Total de itens

    414
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

69 Ótima

1 Seguidor

Sobre Fausto

  • Rank
    Mosqueiros Do Rio
  • Data de Nascimento 04-12-1960

Informações Pessoais

  • Localização
    Rio de Janeiro
  • UF
    RJ
  • Sexo
    Masculino
  • Interesses Pessoais
    Divulgar a pesca com mosca, fazer novas amizades e pescar!

Previous Fields

  • Nome Real
    Fausto
  • Sobrenome
    (Mosqueiros do Rio)
  • Estilo de Pesca
    Pesca com mosca (Fly Fishing)

Contatos

  • Website URL
    http://www.mosqueirosdorio.com.br

Últimos Visitantes

5.931 visualizações
  1. Fausto

    Iniciando..

    Pesquise no YouTube por: Roll Casting D-Loop Spey CastIng Poderá evoluir nas técnicas de arremesso para assim adequar ao local que pesca.
  2. Fausto

    Iniciando..

    Pode comprar linha #4 WF4F e estará adequada para a vara #4, esse código corresponde a uma linha flutuante. Estará também esse conjunto adequado para pescar tilápias e outros peixes, mas terá mais dificuldade em combater grandes peixes, já que se refere a possibilidade de capturar maiores. A imitação de ração feita de cortiça também será bem arremessada com esse conjunto e vale apena pescar também como imitação de ração feita com EVA, minhas preferidas.
  3. É fora da Lei. Matar trutas é proibido em rios da região. Há raras exceções, uma delas é que em alguns lagos é permitido, mas vou lá para pescar em rios. No regulamento de pesca há como saber quais lagos pode capturar truta e assim saborear uma delas, as vezes duas. http://www.reglamentodepesca.org.ar/reglamento.php T+
  4. Planejando e pesquisando tem como fazer de forma econômica. O importante para economizar é saber pescar de vadeio, que já traz muita economia. O restante depende da zona de conforto. Pescar muito mochileiro você perde tempo de deslocamento, passa mais tempo tentando chegar nos destinos do que de fato pescando. Ano que vem se a pessoa já sabe pescar solo e tem alguma experiência no vadeio, a semana gasto USD$ 900 dólares. Nesse caso alugo Hostería con pacote completo de alimentação e também alugo carro. O restante são bebidas e permissão de pesca. Se quiser dicas de como fazer manda uma MP.
  5. Olá Bomediano! Tirando o fato de ser "tarado" em pescar na Patagônia e ser um tanto quanto transtornado (), já estou organizando o grupo para a próxima temporada. Quem tiver interesse é só mandar um sinal de fumaça.
  6. Como alguns amigos aqui do fórum sabem, organizo grupos assim faz um bom tempo e como principal objetivo dar oportunidade para desmistificar essa pescaria que tem sido espetacular todos os anos. Sim pescar na Patagônia pode ser feito de forma econômica. Mais uma vez um grande número de novatos foi comigo para assim apresentar a Patagônia, mas também veteranos experientes de viagens anteriores. Depois de muito planejamento ao longo do ano passado, o grupo foi se formando naturalmente em função da proposta de pescar guiado ou no esquema DIY (faça você mesmo). Digo planejamento por que sou organizador do grupo e não guia como fui chamado essa semana por alguns argentinos que acharam que estou tomando o lugar deles. Que fique claro que não sou guia, pois não posso operar como guia, mas posso e vou continuar organizando meus grupos todos os anos para quem quiser ir comigo pescar na Patagônia. Ao todo foram contratadas onze flotadas em diversos dias e assim a maioria doa amigos pode ter essa experiência onde certamente as maiores trutas são capturadas. É muito raro capturar uma truta grande numa pescaria de vadeio, seja solo ou com guia, mas não é impossível. Alguns amigos tiveram sua primeira experiência de pesca justamente nessa viagem e os guias nesse momento também fazem papel de instrutor, mas aqui fica um conselho, para uma melhor experiência de Fly Fishing numa viagem dessas, invista primeiro em aprender a arremessar, novatos não devem deixar para fazer isso na Patagônia. Aquele que entrar num campo de futebol já sabendo jogar bola, terá uma experiência muito melhor. Mas vamos ao que importa. Recepcionei a turma no aeroporto de Chapelco com uma Pick-Up e sendo assim, foi fácil colocar todas as bagagens na caçamba, de lá seguimos para o complexo de Cabañas para assim começarmos nossa meta de fazer câmbio, comprar as permissões de pescar e fazer compras no supermercado. Nesse meu esquema Classe Econômica cada Cabaña é responsável de cuida do café da manhã, lanche do pic-nic e jantar. Por falar em jantar, boa parte do grupo "descobriu" o serviço delivery do Restaurante Ruca Houney e sendo assim, demos fim nessa questão de pilotar o fogão de noite, se bem que fiz uma macarrão com salsicha muito show de bola. Eu como pescador, já que muitos acham que sou "guia" de pesca. Creio ser minha única fotografia em ação, mas devem aparecer mais por aí, pois de santo não tenho nada e pesquei em diversos momentos entre uma "guiada" e outra. Pic-nic no rio Malleo. Dei uma basta nesse lance de comer sanduiches o tempo todo, agora tem comida quentinha. Quem não gosta, chora. Estão servidos? Navarro aprendiz em ação. Para um aprendiz até que se saiu bem em vários momentos, mas prometeu fazer um curso. Sua truta no Malleo. Papalardo em ação. Também novato no Fly e nem por isso deixou de pescar bem. Acho que foi o "instrutor" que ajudou bastante quanto a isso. Vento? Que vento? Frio? Que frio? Esse não é da turma do mimimi. Ferro nelas!!! Demais do grupo também no Malleo, esse trecho é uma escola. Ocupamos um bom trecho. Marcelo em ação no pool do BOSS. Toda hora uma truta na ponta da linha. Ferro nelas!!! Com poucas instruções e já entendeu os quatro passos do arremesso. Teve até hambúrguer!!! Como sempre, a "curva do peru" cheia de chivitos. Fica entre o Camping 3 e o Camping 4. Todos os anos um visitante no complexo de Cabañas e sempre trazendo alegria. Está aí o rio Meliquina. Primeira vez em anos que pesquei de Tenkara nesse trecho e "matei a pau". Bem como tomei um trambolhão entrando no rio. Quer pêra? No complexo tem. É só abaixar e pegar. Cabaña. Meu dia de Tenkara no rio Chimehuin Baixo. Pic-nic no trecho que chamamos de Los Chivitos. Lugar lindo. Tá bom, tá bom, a turma não enjoou de comer salsichas. Não chamamos de Los Chivitos atoa. Espero que gostem. T+
  7. Tenho Rio, Orvis, Umpqua, SA e Airflo. Fui comprando um pouco ano a ano. Mas são leaders para pescar trutas, onde o Tippet é muito fino. Quando o leader vai encurtando e o Tippet engrossando, guardo e faço emendar para continuar usando. Se engrossar demais, uso em P&P.
  8. Perder parte do leader com nó de vento é algo comum e poderá substituir o pedaço perdido emendando um pedaço extra de linha na mesma bitola perdida. Meus leaders são cônicos, industrializados, e por isso sempre aproveito alongando sua vida útil fazendo emendas. Mas se deseja fazer algo simples, poderá montar seu leader cônico fazendo emendas com nó de sangue. Um pedaço de linha 0,60 mm com 1 metro, outro pedaço de linha 0,50 mm com 50 cm e por fim mais um pedaço de linha 0,40 mm com outros 50 cm. Terá um leader com 2 metros e poderá arremessar poppers e streamers. Quando a ponta de linha 0,40 mm ficar curta, basta cortar e emendar outro pedaço. Na linha mais grossa faça uma alça (Perfect Loop) e poderá unir na linha de Fly perfeitamente.
  9. Um conjunto básico #6 será o bastante para iniciar na pesca das tilápias, seja selvagens ou em lagos de P&P. Atualmente me satisfaço muito bem com os equipamentos vendidos aqui mesmo no Brasil, pois tem coisa boa. Com o tempo verás que investir em linha de qualidade será muito importante, fica a dica.
  10. Cássio quando vou pescar nas serras do Sul meu foco são as trutas, por isso minha sugestão é que pesquise por um P&P próximo de sua cidade e assim poderá iniciar nesse tipo de pescaria. Como trutas são peixes sensíveis e vivem bem em temperatura fria e altitude acima de 600 metros, de uma forma ou de outra terá que viajar para chegar nos locais que as criam. Comentastes em São José dos Ausentes, já estive lá, fiquei hospedado na Fazenda Potreirinhos, na certa terá oportunidade de capturar trutas que anualmente são manejadas no rio Silveiras. O ambiente de pesca é muito bom, mas agora no verão infelizmente não fará boa pescaria. A temporada de pesca em Ausentes começa em maio e poderá pescar bem até outubro. Tenho amigos que pescam brancas (saicangas - bocarras) em rios de menor altitude e nesses mesmo locais que são encontradas tem lambaris também. É outra opção de pesca para o universo do Fly Fishing. Com o tempo verás que é necessário adequar seu manterial, conjunto de pesca, ao peixe alvo e assim estará caminhando para melhor aproveitar o que a pesca com mosca oferece. A dieta principal das trutas são insetos, principalmente os aquáticos em sua forma imatura. No que eu puder ajudar é só falar.
  11. Última vaga preenchida, grupo formado. Agora é pescar e fazer aqui o relato dessa pescaria.
  12. Conheço e muito, amizade de muito tempo. Sim ele faz pescarias guiadas e autônomas também, cada qual com suas características e planejamento. O Luis Setubal tem muita experiência e conhece muito bem a Patagônia dos dois lados, tanto o argentino, quanto o chileno.
  13. Mais fácil ainda. Mas certamente reservo alguns dias em minha jornada a Patagônia para pescar de Fly.
  14. Os acampamentos tem total infraestrutura de uma agência de pesca que contrato, são dois ou três dias de flotada (bote inflável) e sem essa estrutura não fica nada fácil de ser feito. Geralmente são percorridos 50 Km em três dias e com duas noites de acampamento. Pescaria boa e em um longo trecho totalmente privado.
  15. Serás muito bem vindo num dos grupos. Fora isso, 50% de minhas pescarias em rios da Patagônia é com vara Tenkara, sendo assim, a distância entre meus pés e a mosca não passa de 10 metros. No Fly arremesso próximo de 15 metros para pescar muito bem.

Parceiros: www.petsEXPERT.pt