Helmar

Pescaki V.I.P
  • Total de itens

    1338
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    12

Helmar last won the day on April 3 2015

Helmar had the most liked content!

Reputação

777 Ótima

Sobre Helmar

  • Rank
    Helmar
  • Data de Nascimento 11/11/75

Previous Fields

  • Nome Real
    Helmar
  • Sobrenome
    Fernandes
  • Estilo de Pesca
    Bait casting e ceva

Informações Pessoais

  • Localização
    Poços de Caldas
  • UF
    MG
  • Sexo
    Masculino

Contatos

  • Skype
    helmarfernandes

Últimos Visitantes

1232 visualizações
  1. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    Obrigado @Willian87 .... vamos seguir em frente na luta que tudo se resolve
  2. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    Isso aí mestre. Desanimar jamais! Valeu
  3. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    É meus amigos... dizem que a vida é cíclica... que tudo na vida segue um ritmo sistólico/diastólico.... ou seja... fases ladeira abaixo e fases ladeira acima... Infelizmente minha fase ladeira abaixo ainda não acabou.... e pra ajudar.. me mudei pra casa do meu pai na periferia (se é que isso existe nesse paraíso)... Por coindidência um dia após a mudança fomos assaltados pois as tralhas ficam em uma lavanderia/antigo ateliê da minha mãe quando era ela viva. Além de algumas ferramentas do meu pai e de seus conjuntos de molinetes baratos me subtraíram: - uma mochila com várias iscas ainda na caixa, um Molinete Shimano Sienna 500FD, molinete médio Rapala, carretilha MS Urano (antiga), carretilha MS Contender 10000 (antiga), Carretilha Shimano Curado Bantam que estava comigo há 15 anos - Mochila com acessórios diversos e três estojos de iscas artificiais e Carretilha Shimano Curado 50 e - bolsa Cabelas comprada na Bass Pro com 3 estojos de iscas menores, faca, canivete, alicates, linhas, etc - Câmera Panasonic Lumix FZ200 - Câmera SJ4000 (GoPro chinesa mas muito boa) E a grande perda: meu xodó: Carretilha Daiwa PX Type-r que paguei R$1.800,00 Enfim... isso tudo é coisa material... é uma pena mas meu grande desafio continua sendo o mesmo... me recolocar no mercado... agradeço de novo ao @Carlos Caffer que continua compartlhando as vagas que encontra... espero que a maré vire em breve e assim possa refazer meu arsenal e voltar à ativa... Obrigado a todos pela força
  4. Um Projeto Magnífico Merece e Necessita Ajuda!

    Belíssimo projeto... imagino quantas dificuldades e desafios eles enfrentam... Se precisarem de alguém para coordenar a administração conte comigo
  5. Dourado no Rio Pardo

    Que beleza! Qual a cidade? Aqui também já me deu alegrias...
  6. Ação dos peixes no frio

    O metabolismo diminui bastante. Como aquarista posso notar uma redução enorme no volume de ração que gasto. Mas varia muito de espécie a espécie, sem contar que dependendo do lugar onde nasceram já estão um pouco mais acostumados. Na represa aqui da Graminha onde costumava pescar os tucunarés já se reproduzem num clima mais frio. O que se nota são menos ações de superfície e dos pequenos afoitos e algumas ações de meia água mais pro fundo, com chance de boas capturas. Em pesqueiros é comum os tambas subirem quando o sol esquenta a flor d'água, então vc tem uma janela para capturá-los... No mais, como disse o Rodolfo, estando com os amigos batendo um papo e assando uma carne, o resto é lucro.
  7. 99% sorte 1% sei lá.......

    Belo peixe! Uma bocarra dessas num anzol desse tamanho? Manda um elogio ao fabricante
  8. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    Obrigado mestre!
  9. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    Olá pessoal.... muita pesca por aí? Da minha parte continuo na luta por uma recolocação urgente. Agradeço muito ao Carlos Caffer que compartilhou muitas vagas no LinkedIn.... infelizmente há um certo "ranso" dos grandes centros com relação a perfis do interior, principalmente porque as grande empresas de recrutamento usam os famosos ATS (Applicant Tracking System) o que já excluiu muitos perfis baseados em parâmetros como DDD, endereço, número de experiências, etc. Já se foi o tempo que recrutar pessoas era feito por pessoas. Mas... como estamos nesse mundo para tentar melhorá-lo eu sei que há pessoas em situação igual ou pior que a minha. Por isso, resolvi me juntar à equipe que desenvolveu um projeto chamado "Movimento Estrela do Mar" no LinkedIn. O objetivo é ajudar as estrelas que estão fora do mercado de trabalho a se recolocarem. Aceitei ser Diretor de Conteúdo do projeto para ajudar os que, assim como eu, estão em busca de uma recolocação. O projeto consiste em encontrar "padrinhos" que vão acompanhar e assessorar estrelas na busca por uma entrevista. Nem padrinhos, nem voluntários vão ganhar nada para fazer isso, é um trabalho totalmente voluntário com o objetivo de ajudar os mais necessitados a encontrarem seu caminho de volta ao mercado. Ao mesmo tempo que ajudarei quem necessita, também espero que alguém possa me ajudar. Enfim, se você conhece alguém na minha situação indique o projeto para que possamos ajudá-los. Se tiver condições de apadrinhar alguém que está precisando de orientação fique à vontade para ser voluntário. Se quiser colaborar de outra forma com o projeto será bem vindo. Abraço À moderação: se estiver fora das regras me perdoem e me avisem que excluo.
  10. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    kkk saúde e perspicácia.... mas é isto mesmo... estou me adaptando... diz o ditado: "devagar se chega ao longe", com a vantagem de se poder contemplar a paisagem e dar uma parada aqui ou ali para pinchar umas iscas....
  11. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    Pois é Maurício. Mas em todas as conversas com pessoas mais "esclarecidas" isso não vai acontecer num prazo curto. Vi uma matéria do diretor do ManPowerGroup mês passado dizendo q a recuperação já começou e as grandes empresas impulsionarão esse revés. Eu não vejo isso... Ademais, ontem novamente fui descartado de uma posição de Analista Sênior por ser considerado qualificado demais para a vaga, assim como aconteceu um mês atrás em Valinhos. Então devo começar a apresentar um currículo falso, com metade da minha experiência para ter uma chance de ser recolocado em uma vaga aquém da minha experiência? Só no Brasil mesmo... A realidade que vejo no meu caso é: para o interior sou bom demais ou caro demais, para os grandes centros sou ignorado pois grandes centros normalmente torcem o nariz para perfis do interior. É um bairrismo elitista já reconhecido. Enfim, continuo na luta.... obrigado
  12. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    Nunca fui a favor de concursos públicos pois não valorizam a formação e o conhecimento mas tão somente a decoreba a que vc se submeteu para se preparar. Ainda tenho fé que vou voltar a atuar. Obrigado
  13. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    Obrigado meu amigo
  14. Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

    Boa tarde amigos. Continuo na luta por uma recolocação profissional. Ainda contando com a ajuda dos parceiros.... obrigado
  15. Azuis e Tabaranas na Represa de Furnas, em Areado!

    Que beleza! Parabéns Bome... pertinho de casa pois estou a 100km de lá... da próxima me dá um toque que eu vou... lindos peixes