Roque Moraes

Pescaki V.I.P
  • Total de itens

    1.215
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    23

Roque Moraes last won the day on April 4

Roque Moraes had the most liked content!

Reputação

650 Ótima

2 Seguidores

Sobre Roque Moraes

  • Rank
    O rio é minha vida. Alma de lambari - Astianax fasciatus
  • Data de Nascimento 28-08-1958

Informações Pessoais

  • Localização
    Pederneiras
  • UF
    SP
  • Sexo
    Masculino
  • Interesses Pessoais
    família , amigos, viagens a passeio familiar, estar no meio ambiente interagindo, fotografando o micromundo que poucos observam, momento sacro quando estamos neste meio a verdadeira comunhão com o seu Criador.

Previous Fields

  • Nome Real
    Roque
  • Sobrenome
    Souza Moraes
  • Estilo de Pesca
    Livre de barranco , arremesso , fly.

Últimos Visitantes

3.851 visualizações
  1. Gostei das meninas, adquiri dois materiais que estão aniversariando e impossibilitado de batiza-las, o equipo de Fly e uma estilosa semelhante... bela coleção Mauricio.
  2. ...hummm que pesqueirinho show!...é no seu refugio de fim de semana Sr?
  3. Ué! é proibido pescar estando aguado?...num mundão de água.
  4. ...me chama que a grelha está quente...
  5. Kkkkkkkk O Zequinha Francisco nem precisou ir ao confessionário...o padre foi até ele.
  6. Ainda é Mauricio , um rio sem poluição urbana, monitorado pelas universidades e faculdades. embora com poucas atividades há um blog : expedição jacaré pepira.com os relatos do monitoramento.
  7. olá Renato, já estive neste trecho do rio na rodovia parando nas duas pontes: sobre a represa e sobre o rio, apenas explorando para verificar as condições de acesso. época de muita chuva e mato alto...fica distante para eu ir sózinho!
  8. Vinicius o JP Guaçu está na divisa entre São Carlos e Ribeirão Bonito. exatamente onde está o radar. neste ponto dois rios se encontram, vindo de S. Carlos antes da ponte uns 200mt. há condições de avistar uma porteira lado direito sentido obelisco, onde pode deixar o carro fora da pista e passar a porteira. a esquerda o rio cruzando a pista, seguindo a pé uns 80mts o outro rio vindo de sua cidade, este passa por dentro de São Carlos ( conforme vista do google). no encontro deles uma segunda ponte há poucos metros da outra ponte na rodovia e já dentro da propriedade. Ao chegar no radar que está na rotatória entrada da fazenda/empresa voce tem acesso ao menos para ver isto, todavia permanecer talvez não...linda visão das águas com corredeiras. Uma correção: razão para editar. a)- o rio que cito vindo de Américo Brasiliense/Ibaté passando por São Carlos é o rio Monjolinho que se encontra no JP Guaçu na divisa de São Carlos com Ribeirão Bonito. ao qual faço a indicação no texto. b) - não é o JP Guaçu que desemboca no JP principal na ponte de Bocaina e sim o rio do Peixe que está muito próximo do JP na divisa entre Brotas e Dois Córregos. o JP principal desemboca como voce citou Vinicius. e este é o rio que represado está a represa de BROA - São Carlos Há ainda o Jacaré Mirim que acredito ser entre as cidades: Boa Esperança do Sul e Araraquara
  9. Vinicius esta aventura ocorrerá no JP principal, o JP Guaçu e mirim desaguam nele. No JP a variedade de peixes são boas , dourados, piaparas, piaus, piracanjubas, traíras, bagres, varias espécies de lambaris, piavas, tabaranas, corvinas e outras espécies. no entanto é sazonal, quando ocorre mais de uma captura em determinado ponto do rio geralmente no local indica que o cardume está presente, mas sempre surgem espécies variadas quando não se especifica a espécie na busca pescando de barranco , o que geralmente se fazem embarcado selecionam a espécie e saem na procura. Os dourados aparecem mais rio acima sentido Brotas na cidade que leva o nome do peixe...Dourado. Descendo o rio sentido a cidade Bocaina chegará a ponte , neste local o JP Guaçu desemboca no JP principal...ponto de lazer nos fds.
  10. Concordo comigo mesmo, com o grande Bomediano e Mauricio , daí que postar somente sobre o peixe fisgado é limitado , uma vez que sempre estamos no ambiente onde nunca se tira a mesma imagem na foto, eís a gratificação ao ler os relatos daqueles que se organizam para grandes aventuras postando imagens magnificas além de peixes. no meu mundinho contornando as margens do riachinho, além dos lambaris me divirto com o ato de fotografar os minúsculos da fauna e flora explorando a natureza com o olhar critico para a arte mesmo que seja um tronco caído onde viajo na imaginação criativa.
  11. Em Areado perdi onze nos cipós , uma doeu até o espirito da alma , a partir de então aprendi a ser fim de feira.
  12. Faltou um pires fundo...quero ver o Mauricio pegar a xicara pela alça...ou vai de canudinho?
  13. Pescar é um termo muito complexo para as minhas atividades de pescador... se antes já era difícil praticar e interagir com o Reino do Mestre, agora sim é que estou 99,9% imobilizado , mas ainda assim tenho conseguido ir ao riachinho por uma duas horas antes do café as nove horas...pensar noutro lugar que seja piscoso impossível ao menos por enquanto até o mês de agosto. leio os relatos sobre pescarias de todos, desde os simplórios aos mais exuberantes nos locais relevantes, onde a principio nota se extravagancia ou exibicionismo para alguns, mas no entanto não vejo assim, uma vez que cada um se vale do poder aquisitivo que tem e pode...ou ao menos se faz valer da inteligência singular reduzindo os custos na organização de grupos nestas viagens.
  14. É por isso que o melhor do Brasil são os brasileiros...e os piores também.

Parceiros: www.petsEXPERT.pt