Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'açude'.



More search options

  • Search By Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Search By Author

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Pesca
    • Bate Papo (novo)
    • Pesca em Geral
    • Relatos de Pescarias
    • Materiais e Equipamentos para Pesca
    • Trabalhos Manuais / Bricolagem
    • Avaliações,Testes e Lançamentos
    • Água Salgada
    • Pesca de Praia
    • Caiaque
    • Pesque & Pague
    • Espécies
    • Flyfishing
    • Legislação
  • Parceiros
    • Pousada Rio Suiá-Miçu
    • Bahia Sportfishing
  • Regionais
    • Pesca em Santa Catarina
  • Diversos
    • Termos e Regras
    • Dúvidas, Críticas, Dicas, Opiniões e Sugestões sobre o Pescaki
    • Café Pescaki
    • Ecologia e Ambientalismo, Ictiologia, Zoologia, Aquarismo, Botânica, etc.
    • Agenda Pescaki
    • Fotografia
    • Náutica e Técnicas de Navegação
    • Carabinas de Ar Comprimido
    • Classificados
    • "Causos" de Pescarias e Outros Textos
    • Gastronomia
    • Tecnologia

Find results in...

Find results that contain...


Data de Criação

  • Início

    End


Data de Atualização

  • Início

    End


Filter by number of...

Data de Registro

  • Início

    End


Grupo


MSN


Skype


Website URL


Localização


UF


Interesses Pessoais


Nome Real


Sobrenome


Estilo de Pesca

Encontrado 16 registros

  1. Alvarol

    Açude novo

    Olá, Há pouco levantamos uma taipa em nosso propriedade, em São Gabriel, na região centro-oeste do RS, para fazermos bebedouro para o gado. O negócio é que ficou um belo açudão, perto de casa, com uns 12m profundidade de taipa. Gostaria de saber como faço para povoar esse açude para pesca esportiva, encomendei na prefeitura da minha cidade(quantidade, tamanho e preço do lote - acho legal termos uma ideia de quanto se paga por aí) : 100 tilapias 4cm = R$38,00 50 trairões 8cm = R$115.00 10 dourados 13cm = R$80.00 50 piava 4cm = R$34.00 O açude já está quase cheio, ainda tenho planos de pegar uns lambaris em armadilha de garrafa e largar ali como forragem, além de colocar ração umas 3x por semana.
  2. Bom dia companheiros, sou novo aqui no fórum e me cadastrei por um motivo específico, apesar de agora já estar me divertindo muito com conhecimentos novos de outras áreas. A questão é que tenho um açude meio abandonado pro interior de Cerrito, aqui no RS, que desejo recuperar. Gostaria de saber dos peixes que eu poderia por neste açude que fossem mais eficientes em limpalo, pois tomou conta o lodo e a vegetação típica. Desde já meu muito obrigado!
  3. Saudações ao pessoal do Pescaki! Em meu sítio há um açude, pequeno como seguem as fotos, que infelizmente está infestado de "mato"... Existem lá, traíras, lambaris, carás e carpa húngaras e antigamente foi arrumado algumas carpas capim, pois o mesmo era tomado por aquela Vitória Régia, quando elas limparam, comeram tudo, nos esgotamos o açude e retiramos elas... Algum tempo passou e agora há esta nova espécie dentro da água, alguém podia me ajudar e dizer se há algum tipo de capim de que a carpa não goste? Se há a possibilidade de eu colocar algumas lá e continuar tudo como está? Eis as fotos do açude: http://imageshack.com/a/img4/5966/nj21.jpg http://imageshack.com/a/img577/5448/p9xe.jpg http://imageshack.com/a/img821/6016/a6ep.jpg Enfim, quero recuperar o açude para depois arrumar algumas outros peixes, desde já agradeço! Abraço!
  4. JVasques

    Equipamento

    Boa noite, eu sou pescador amador e gostaria de mudar meu estilo de pesca da linha de mão para molinete (ou carretilha(sinceramente nao sei qual a diferença)) Portanto gostaria de sugestões de conjuntos de vara e molinete(ou carretilha) que sirvam para pesca em açude e tambem em rio. Fico agradecido por quaisquer sugestões, mas considerem que nao sou um cara rico kkk
  5. Boa tarde ! É meu primeiro relato (que será completamente amador, já antecipo), e estou aqui p compartilhar um pouco dessa aventura pra pegar as famosas CARPAS CABEÇUDAS, foi a primeira vez que tentamos fisgar elas, aqui ela não é muito comum (RS). Enredo: Este local é uma pedreira, fomos dar umas linhadas e vimos aproximadamente 6 carpas na aguá se alimentando, ao ver de perto, já soube que era da espécia cabeçuda, e tinha lido a respeito na internet (pesquisar é saber) que só é possível pegar com chuveirinho. Dito isso, meu primo comprou apenas um, amarrou em uma linha improvisada e fomos tentar a sorte, não somos pescadores profissionais, apesar da gente amar esse esporte, hahahahaha. Ao jogar a boia com chuveirinho, já veio elas, ai na foto tinha umas 5, fora as outras no meio do açude, cara.. que cena linda ver esses bixos nadando, só que eu não sei se fizemos o chuveirinho errado ou ela é muito difícil de pegar, mas eu vi nitidamente elas botarem o bolo de massa na boca umas 10x e não se fisgarem, estava muito desesperador. Com tudo aquilo de carpa cabeçuda, olha o que fisgamos... kkkkkkkkk, meu primo já queria por na panela essa capim, mas falei que não valia a pena, é um peixe que pode crescer muito mais ainda, apesar de aqui todos pegarem qualquer tamanho e levarem embora, convenci ele a soltar. Depois de algum tempo, consegui fiscar uma carpa graúda, mas ela acabou arrebentando o anzol, uma pena... Acreditem se quiser, elas ficaram o dia inteiro em cima dagua, o finalzinho da tarde quase desistindo, pegamos outra, essa não escapou e levei esta embora para experimentar a carne, não sei o peso por n ter balança aqui, mas chuto uns 10KG ? Por fim, fisgamos uma delas, achei que eram mais briguentas, ela cansou bem rápido, foi uma pesca completamente amadora, nem vara usamos, apenas linha e chuveirinho, mas valeu a diversão.
  6. Boa tarde pescadores! Gostaria primeiramente de me apresentar, já que sou novo aqui no fórum. Meu nome é Djêisson, tenho 17 anos e moro no norte do RS e estou querendo ingressar nesse esporte tão maravilhoso. Bom, vamos ao ponto principal: meu pai mora em uma fazenda no interior de Sarandi, e mais aos fundos da fazenda tem um açude. Ele é bem fundo, mais no centro dá de 5 metros pra mais a profundidade. Há uns 8 anos atrás foram colocados muitos peixes lá, não me lembro ao certo quanto. Entre as espécies havia a família da carpa, piava, jundia e outras mais. Pelo fato do açude ser um tanto quanto longe da fazenda, acabou ficando abandonado por um tempo, então praticamente toda a borda dele foi tomada por capim. Há uns 2 anos atrás quando pescávamos mais seguido, conseguíamos pegar algumas traíras, jundias e piavas. Mas agora o pior de tudo, é que nem beliscar eles beliscam, estou desde sábado passando mais de 6 horas, tentando com inúmeras iscas diferentes, lugares diferentes, profundidades diferentes e nada. Cevei domingo com milho e mandioca, mas mesmo assim nada. Outra coisa também, sempre a tardinha pode se ver carpas enormes nadando bem perto da superfície. Depois que cevei, elas vieram mais pra perto da ceva e não se incomodaram com a presença humana. O fato é que massa nesse açude não vai bem, por que "ferve" de lambari e eles n deixam a isca em paz. Alguém pode me dar alguma dica de o que fazer? Obrigado desde já. Abraços!
  7. Boa tarde, me chamo Flavio , sou Novo nesse ramo da pesca , tenho 19 anos e ando pescando bastante em açudes particulares agora na minhas ferias...E ontem fui pescar em um açude do meu sogro e consegui pegar esse lindo tucunaré . Aproveitando o tópico la tem bastante Matrinchã, e tem uns tambaqui de 8 a 15 kg ... Porem gostaria de algumas dicas para pegar esses 2 peixes kkk ando indo bastante la mas so consegui pegar um Matrinchã e esse lindo tucunaré que deu 6 kg, gostaria de saber mais dicas de iscas jeito de montar a vara para pegar tambaqui e Matrinchã .... Obrigado a todos ai!!! Lembrando que é açude particular e dificilmente pessoal vai pescar ...
  8. Boa Noite, sou novo no fórum Preciso de ajuda. Seguinte, o vô da minha namorada tem um açude no sítio dele. Ele cuidava do açude mas veio a adoecer com 87 e morreu esse ano, com 93. Nesse tempo, o açude ficou entregue. Todo sujo, com um pinheiro tombado dentro. Sempre vi esse açude, mas não sabia se tinha peixe.Há 1 mês mais ou menos, joguei uns pedaços de pão para testar e vi que tem Pacus bem grandes, eles subiram na flor d'água para comer, bem perto do pinheiro caído, mas o açude também está perdido de lambaris. Usando o pão como isca, eu fisguei um pacu, mas ele acabou estourando a linha e fugido(devia ter uns 5kg), a partir daí, não apareceu mais nenhum no pão. Melhorei o equipamento e passei a tentar pescar lá aos finais de semana, mas nenhuma isca funciona, os lambaris não deixam as iscas em paz. Eu já fiz algumas fritadas de lambaris de lá e enjoei. Testei massa sabor goiaba, o próprio lambari, fruta (manga, amora), na beirada do açude tem jabuticabeira, mas não é época, então não da pra usar. Hoje eu consegui fisgar uma tilapia de mais ou menos 1,5kg com ração de milho, aquela em formato de rosquinha, mas foi o único peixe "grande" que fisguei e tirei da água. Hoje também tive uma puxada que levou linha e tudo (0.33). Meu sogro limpou o açude, removeu o pinheiro e os Pacus sumiram. Pretendo soltar umas 10 trairas no açude, mas não sei quando ainda. Qual a melhor forma de pescar lá a curto prazo, me dêem dicas por favor. Abraços (desculpe o texto gigante).
  9. Cresci pescando nesse lago! desde os 4 anos indo lá com meu vô hehehe. A diferença lá é que,por ter patos e gansos,muitas famílias vão la dar pão e os peixes se acostumaram a comer pão. Mesmo assim arrisquei inaugurar a pesca com iscas artificias(nesse caso spinner pra tilapia) por 30 minutinhos. lá do alto observando... e agora alguns peixes que já pesquei la. As carpas são sempre as mesmas,tem uma de 7kg da uma briga legal!
  10. Boa noite pessoal! Farei meu primeiro relato de pesca de traíra 100% com isca artificial que fiz nesse final de ano em minha cidade Natal, Itaí-SP. Acredito que encontrei meu modelo de pesca ideal, como é fascinante essa modalidade de pesca. Traíra + Artificial = Combinação Perfeita! É muito legal ver a explosão do bixo na flor d'água! agora nem quero mais voltar aos tambas nos pesqueiros... realmente recomendo a todos! Inicial minha curiosidade usando o fórum e agora sinto no dever de dividir com aqueles que estão começando a sensação e algumas dicas também! Espero que gostem... p.s. algumas fotos não irão aparecer eu manuseando as bocudas com o alicate mas não sei se fiz da forma correta! peço desculpas antecipadamente caso isso tenha ocorrido. Como sou adepto ao "Catch & Release" obviamente me importo com isso! dicas são bem-vindas. Alguns dados da minha pescaria: Local: Açudes do Interior de SP na Cidade de Itaí Conjunto: Vara Sumax the Flash 14lbs + Carretilha Shimano Scorpion 1500xt + Linha PowerPro 8x 0.20mm Principais Iscas: Inna 70 (Marine Sports), Firestick (Intergreen), Frog Popper (Marine Sports) e Baby Torpedo (Headdon) Câmera: Celular e GoPro Hero4 O que aprendi? Encastoado é muito útil e não vi prejudicar os ataques. Tinha receio antes de usar e ter impacto na ações. Fatos Curiosos: No Natal uma bocuda engoliu uma baby torpedo inteira cortando a linha, voltei no lago (que não é pequeno) 5 dias depois e consegui achar a isca boiando! bom que eu recuperei a isca e a Traíra não morreu! ))) Dicas: Com os frogs vi que o trabalho lento é mais eficaz e ajuda também na fisgada... trabalho rápido faz a traíra errar muito o bote. Não duvide de nenhum lugar, tive vários ataques "no pé" quando estava recolhendo por isso continue trabalhando a isca até o final. Sairam muitas traíras! nenhuma com tamanho espetacular mas deu para se divertir bastante! Espero que gostem! Algumas Fotos: Conjunto: No Frog Testando a GoPro... Um dos açudes que fui! Minha companheira! "Zarando" Catch & Release! Essa era filhote.. saiu na Firestick! Esse já era outro açude que dava para usar Zara e Meia Agua! Essa saiu na famosa Inna 70 cabeça vermelha!
  11. Olá, queridos amigos. Estamos perto de adquirir uma propriedade que contém um belo açude e gostaria de fazer dele o meu quintal. Ao que vi e ouvi do proprietário, há muitos lambaris, algumas traíras e carpas. Isso me fez questionar sobre como poderia adequar o açude ao meu gosto de pescaria: carpas principalmente e peixes carnívoros como traíras e pintados. Me vieram algumas dúvidas como: -Se eu tivesse que limpar o açude, o que faria com os peixes que retiraria de lá? Venderia? Pra quem? - Seria melhor limpá-lo ou só acrescentar os alevinos ao açude? -Ao limpar o açude, como eu poderia secá-lo, "vitaminá-lo" e enchê-lo novamente? Existem profissionais para isso? - Suponhamos que eu compraria cerca de 200 alevinos de carpas variadas, quantas traíras eu teria que comprar para manter o açude com o mínimo possível de lambaris e filhotes das 200 carpas? - Existe algum meio de fazer com que essas carpas não fiquem ariscas com o passar do tempo? Vejo relatos de pesque pagues na região sudeste onde existem peixes imensos como os tambacus e as próprias carpas, e pelo que me parece estes peixes não exigem tanta dificuldade como nos pesque pagues daqui ou em açude abandonados. Aqui vão algumas fotos do açude: Desde já, um muito obrigado aos pescadores viciados.
  12. Ola Galera do Pescaki,conheço o fórum faz tempo mas nunca comentei ou fiz nenhum tópico aqui. Agora, no inicio de 2014 comecei a pesquisar mais sobre pesca e investir em novos equipamentos, coisa que nunca fiz, apesar de sempre ter pescado desde meus 4 anos de idade (atualmente estou com 20).Vou deixar para lá as introduções e vou logo ao que interessa.Meus pais tem uma casa em um condomínio fechado onde há uns 7 anos atrás foi feita uma obra em frente a ela em uma aréa verde que não serviria para construção. Foi a retiraragem pedras e mato de uma baixada que serviria justamente para formação de um lago alimentado por água do bueiro (eu acredito) , chuva e principalmente uma nascente que tem ligação a esta área, com o único intuito de utilizar as pedras que lá haviam e também controlar o fluxo da água na nascente. O fato é que apenas 2 ou 3 anos depois de formado este lago eu comecei a observar grandes cardumes de tilápias lá havia, não demorou muito e eu comecei a pescar lá. Ia quase todo dia , pois era na frente de minha casa,isso em 2010 ou 2011 (no começo pegava só tilapia pequena mas com o tempo começaram a sair as maiores que eu via nos cardumes , até que um dia uma puxada inesperada e diferente ocorre e depois de uma briga aparece um bagre africano de uns 50 -60 cm que logo estoura a linha, em outro dia quando usei um pedaço de frango cru peguei um pequeno [15 -20cm] pacu , coisa que me deixou muito intrigado na epoca em e fez viajar sobre o assunto, sera que alguém o soltou ?Para mim foi a única explicação para isso). Enfim ,não pescava lá há mais o menos 1 ano e meio , mas como já disse antes voltei a pescar de maneira mais seria agora em 2014.Comecei a pesquisar por pesca de tilápias na IA e me deparei com alguns poucos tópicos(que não apresentaram nada produtivo , oque me inspirou a escrever toda esta estória) além de videos no youtube que me ajudaram muito. Ví que tilápias atavam em meia água , spinners e em alguns casos iscas de superfície, logo fui para a loja de pesca que conheço e comprei uma isca artificial pequena da Caperlan de meia água(não sei o nome) e finalmente comecei os testes. Vale iniciar o relato explicitando que este foca a pesca com IA (uma vez que com salsicha e bicho de laranja é papo de jogar e esperar 3 segundos para puxar , mesmo que sejam pequenas e médias tilapinhas explodindo de gordas que não dao nem tempo para as bitelas beliscarem ,porém , tem lugares que as grandes se reunem , daí é só jogar lá e esperar, dá pra perceber quando vai ser grande o peixe que vai puxar.). Esse relato foi feito com fotos de 4 ou 5 dias que fui para o local na parte de manha e na parte da tarde, em alguns o dia inteiro. O útlimo e mais produtivo dia foi hoje 17/02/14 (Acredito eu que tenha sido pelas duas chuvas que deram na regiao que sofria há uns meses com a falta dela) onde as tilápias estvam atacando a IA sem parar, diferente de outros dias que tive apenas 1 ou no maximo 3 ações no tempo que fiquei lá.. A primeira de todas,vocês não imaginam como não importa o tamanho do peixe quando se trata de pesca de tilápias em IA. Carás, que dificilmente saem na salsicha ou outra isca, peguei uns 3 ou 4 com a IA , impressionante como atacam sem medo apesar do seu tamanho. / Foi então que hoje devido a grande quantidade de capturas na IA nao fotografei as pequenas e registrei apenas as grande, que foram o meu troféu: 1- 2-A MAIOR de todas! Até rancou tinta da isca , VIOLENTAA! Como se não bastasse, fiz uma captura que nunca havia feito neste lago , um lindo exemplar de lambari, gordo e gigante Este porém, foi pego no bicho de laranja.Peguei outro depois. Agora, três das maiores tilápias que peguei com salsicha (que tenho registrado é claro) : 1- 2- 3- E fica por aqui meu primeiro relato e estreiai no fórum do Pescaki, espero que seja bem recebido e que eu também possa fazer novas amizades, trocar experiencias e adquirir muito mais conhecimento. Ps: Achei melhor deixar para falar das traíras préhistóricas em outra oportunidade..HAHAH Abraços!
  13. Bom dia amigos, Segue o relato da pescaria de sábado. Depois de pegar as dicas dos amigos, Começei os preparativos, iscas, cevas, material... Optei por levar apenas 1 conjunto: - Vara Shimano Stimula 2~6 lbs - Molinete Shimano Sedona 500FD - Linha Shimano Power Pró 0,10 mm - Leader Vexter 0,37 mm - Boia de Arremesso Deconto 7 gramas - Anzól Owner Iseama nº 6 Bom, fiz a ração como nos vídeos que me aconselharam, a ração ficou igual a do vídeo más não gostei... Achei molenga... Então pouco antes da pescaria fiz outra com pouquíssima cachaça, mal e mal burrifando cachaça sobre elas... Ficou muito melhor... Um pouco mais dificil de iscar más apresentação muito melhor ao meu ver e gosto, claro.... hehehehehehehe Como aconteceu uma virada no tempo e esfriou, as tilápias nem apareceram comer a ração. Apenas as carpa capim, piracanjubas, pacus estavam subindo comer... (dava para vê-los na superfície) hehehehehehe Capturei 2 capins e 2 piracanjubas, Más as piracanjubas estavam tímidas, não queriam tirar foto, Ambas ao chegar perto da margem cortaram a linha e fugiram... hehehehehe Muito Obrigado a todos amigos que deram dicas... Vamos as fotos. Tirar qualquer peixe nessas varas Ultra Leve é tudo de bom... É isso amigos, Daqui uns dias vou de novo ver se consigo o objetivo, Pegar as manhosas tilápias... hehehehehe Forte Abraço Dio
  14. Boa tarde , estamos com planos de esse ano arrumar uma chacara. E é claro, se nao tiver uma represa, lago, lagoa, açude, vamos arrumar. Estou precisando de algumas ajudas e dicas sobre peixes, tamanho do açude, etc e tal. Se houver algum piscicultor aqui em Goiânia que conheçam ou que é cadastrado no fórum. Favor deixar contato. Grato desde já.
  15. Olá rapaziada, blz? Gostaria de saber se vcs conhecem e poderiam me indicar um pesque-pague bem servido de espécies predadoras (tucunaré, trairão, dourado... nada de tamba, tilápia e outros comedores de ração rsrs) na região nordeste de Minas Gerais, mais precisamente próximo a Teófilo Ottoni, onde moram meus primos. Pretendo pescar basicamente com iscas de meia-água e poppers. Alguém pode me ajudar? Aceito também sugestões aqui pelo RJ. Obrigado!
  16. boto

    Pescaria 7 de setembro

    Recebi meu caiaque semana passada, e ontem fui inaugurar o mesmo no açude queimadas, em Santana dos Garrotes-PB. Pena que o açude está muito baixo por causa da seca (27,6% do volume total). Em que pese tal fato, há volume suficiente para navegar e pescar. Só peguei uma traíra, mas vi vários tucunarés batendo próximos a árvores mortas. Gostaria de dicas de isca (artificial e morta) para tucunarés. A paz que se sente ao se navegar em tal ambiente, sem barulho, só os sons da natureza, é revigorante! Acho que vou desistir de instalar meu Phantom no caiaque. Mais fotos: Pescarei com frequência nesse açude, mas durante as férias pretendo conhecer o açude do Buiú (Olho D'água-PB). O que fica no Município de Coremas é imenso (maior da PB), mas está muito poluído e cheio de piranhas. Não compensa. Quem souber de outras dicas no sertão paraibano, me avise.

Parceiros: www.petsEXPERT.pt