Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'pacu'.



More search options

  • Search By Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Search By Author

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Pesca
    • Bate Papo (novo)
    • Pesca em Geral
    • Relatos de Pescarias
    • Materiais e Equipamentos para Pesca
    • Trabalhos Manuais / Bricolagem
    • Avaliações,Testes e Lançamentos
    • Água Salgada
    • Pesca de Praia
    • Caiaque
    • Pesque & Pague
    • Espécies
    • Flyfishing
    • Legislação
  • Regionais
    • Pesca em Santa Catarina
  • Diversos
    • Termos e Regras
    • Dúvidas, Críticas, Dicas, Opiniões e Sugestões sobre o Pescaki
    • Café Pescaki
    • Ecologia e Ambientalismo, Ictiologia, Zoologia, Aquarismo, Botânica, etc.
    • Agenda Pescaki
    • Fotografia
    • Náutica e Técnicas de Navegação
    • Carabinas de Ar Comprimido
    • Classificados
    • Parceiros
    • "Causos" de Pescarias e Outros Textos
    • Gastronomia
    • Tecnologia

Calendários

  • Community Calendar

Encontrado 35 registros

  1. Pescaria em represa particular

    Boa tarde pessoal, segue os videos da pescaria que fiz domingo com a minha namorada na chacara de um amigo meu o dia foi bem legal! quem puder estar curtindo o vídeo la no youtube e se inscrever no canal vou estar sempre postando e tentando melhorar cada vez mais!
  2. Traíras e pacu no pesqueiro Reviver

    Olá amigos pescadores, venho novamente trazer um relato das minhas pescarias. Desta vez fomos até Parobé - RS visitar um pesqueiro chamado Reviver, o local é bem agradável, na verdade trata-se de um sítio com um lago bem grande e vários tanques. O local é bem famoso pela pesca de traíras com iscas artificiais, e a fama não é a toa, capturamos várias bocudas e ainda para finalizar com chave de ouro um pacu. Além das bocudas e dos pacus os tanques ainda tem varias espécies de carpas, e tilápias. O destaque dessa pescaria foi uma traíra que entrou na massa de panetone que tinha preparado para as tilápias. Nem todas as capturas estão no vídeo, algumas só tiramos fotos que podem ser vistas na página do Facebook. https://www.facebook.com/RobPescaRS/ Um abraço e até a próxima.
  3. Olá meus amigos pescadores, o que acharam do vídeo? Espero que gostem.
  4. Pescando em Cesário Lange  

    Neste final de semana estive participando de um evento num hotel na cidade de Cesário Lange, interior de São Paulo. O hotel possui 2 belos lagos e permite aos hóspedes a prática da pesca esportiva, então, levei algumas tralhas para tentar a sorte já que teria tempo livre no Sábado pela manhã (22-10-2016) . Belas paisagens, típicas dessa região do estado: Levei dois conjuntos leves. No primeiro uma vara de 24 lbs e linha multifilamento Power pro de 30 lbs e no outro uma vara de 16 LBS e linha multifilamento NS de 24 lbs, ambas com líder de fluorcarbono 0.50 mm e com anzol worm offset 3/0 Gamakatsu e um pequeno empate de aço, utilizando salsicha de frango como isca Embora com o tempo aberto havia muito vento, o que atrapalhou bastante, mas mesmo assim consegui duas capturas de pacus, uma em cada lago, sendo as duas no conjunto mais leve o que, para mim, fez valer o final de semana. O local possui dois lagos e o primeiro o peixe foi fisgado no lago maior. Um belo exemplar com aproximadamente 5 Kg que posou para a foto: e foi devidamente liberado https://youtu.be/IhVuwXtYkLc Aproveitando a ocasião, como sou pescador de mar, fiquei em dúvida em relação a esse peixe e gostaria da ajuda dos amigos que habitualmente pescam em lagos. Trata-se de um Pacu ou seria o híbrido que chamam de Patinga? No segundo lago fisguei outro belo exemplar, mas acabei ficando numa sinuca de bico, pois o local era muito alto e não havia puçá disponível, então, a solução foi tentar arrastar, até que acorreu o óbvio... o anzol abriu liberando o peixe , o que acabou sendo um alívio. Pelo menos filmaram a melhor parte da briga: https://youtu.be/N-vDePBzFXk Muito legal esse lugar, tem até jacaré: Abraço a todos !
  5. Iniciando em pesca dePacu

    Boa Tarde amigos pescadores! Nessas ultimas vezes em que fui pescar em pesqueiros acabei presenciando muita ação de pacu. Mas infelizmente não acabei pegando nenhum. e por este motivo que vim aqui no fórum para pedir algumas dicas com vocês amigos pescadores. O motivo de eu não pegar nenhum exemplar eu já sabia, que era o meu conjunto que não era o apropriado, pois em questão de pacu sou totalmente leigo no assunto.... eu sou pescador de tilápia apenas. aushaushua Quais são as linhas os nós os anzóis as varas e principalmente as iscas para este peixe que aparentemente briga muito e não se entrega fácil. conto com a dica de vocês para que nossa experiencia e diversão aumente a cada pescaria.
  6. Beabá das massas específicas e os seus segredos

    E ai pescadores, saudações!!! Visto que muitas das vezes se tem aquela dúvida em: " como se preparar uma massa especial para aquela espécie específica. " Segue algumas das minhas receitas para você obter um melhor desenvolvimento as margens de rios, represas, açudes. " Se alguém tiver uma RECEITA ESPECIAL, por favor compartilhe seus conhecimentos e conte-nos o segredo! " A PROPORÇÃO ESTÃO DESCRITAS PRA UM DIA DE PESCA =) E SEM DESPERDÍCIO!!! Massa rápida - Dois miolos de pão francês fresco; - Um queijo fedorento Amassar bem o miolo do pão com o queijo . Fazer no dia da pescaria. Massa boa para lambaris, pacu-prata, piau etc. Tilápias, Carpas Capim, Húngara e Espelho e Catfishs - Três quilos de ração de peixe Guabi, comum em pó; - Um quilo de ração de peixe Guabi, carnívora em pó; - ½ quilo de farinha de peixe; - ½ quilo de farinha de sangue; - 550 g de açúcar cristal.- 700 gramas de farinha de mandioca crua - Uma colher de chá de corante vermelho Fazer a massa com a água do lago. Curimbatá, Curimatá e Papa-terra -Fazer uma ceva com farinha de trigo, -água do rio, -misturar e bater bem com a mão, -vai ficar um leite grosso. -Massa: -farinha de trigo, -água do rio, -misturar e amassar bem, ficar a ponto de fios, fazer fios e enrolar no anzol. Pacu - Um quilo de ração para peixe (bater no liquidificador) úmida; - 100 g de queijo ralado; - 200 g de farinha de mandioca crua; - 100 g de farinha de trigo. Amassar bem, caso for necessário use água do lago até dar ponto. Massa para carpas “na natureza" - Seis copos do tipo americano de farinha de milho; - Três copos do tipo americano de farinha de mandioca crua; - Cinco copos de açúcar. - Dois litros de água mineral ou da represa Preparo: Ferver a água com o açúcar, desligar o fogo, colocar a farinha de milho, mexer bem, em seguida colocar a farinha de mandioca, mexer e amassar até dar liga. Atenção: Fazer a ceva com milho maduro e pedaços de mandioca, acondicionar em pequenos sacos de tela. Hoje também se pesca com milho maduro cozido, colocar em um vidro com a sua água para azedar. Carpa-cabeçuda - Um quilo de batata doce sem casca (espremer com as mãos); - 200 g de farinha de mandioca; - 100 gs de açúcar cristal; - 10 paçocas de amendoim. Juntar tudo sem amassar muito, massa sem liga. Não usar água. Massa de fundo para todos os peixes - Um quilo de ração de peixe moída; - 200 g de farinha de mandioca; - 100 g de farinha de trigo; - Usar água até dar liga. Pode adicionar: suco de goiaba ou maracujá, groselha ou queijo ralado. Massa para peixes redondos - Um pacote de refresco em pó (morango, uva, etc); - Um quilo de farinha de mandioca crua; - 500 g de farinha de trigo; - Um pacote de queijo parmesão ralado. Misturar, fazer bolinhas, e cozinhar em água fervente até que as mesmas subam. Após o cozimento, passar em farinha e acondicionar para utilização. TILÁPIA A SEU MODO!!!!!!!!!!!!!!! Em virtude das inúmeras alternativas para se fazer massa para tilápias, segue algumas que conheço. 01 – MASSA P/ TILÁPIA : 04 Bananas amassadas 06 Paçocas de Amendoim 50g. de Queijo Ralado 01 Batata Doce ( cozida e amassada ) 02 Colheres de Mel 04 Colheres de Achocolatado em Pó 01 Ovo ( clara e gema ) MODO DE PREPARO : Misture tudo e faça bolinhas de aproximadamente 1 centimetro de diâmetro. Obs.: Você pode variar um pouco, passando as bolinhas prontas em brocais dourados ou prateados. 02 – MASSA P/ TILÁPIA : 500g de Farinha de Trigo 200g de Farinha de Mandioca 100g de Queijo Parmesão Ralado ½ copo de Groselha ou 01 pct. de suco em pó de Morango MODO DE PREPARO : Misture tudo e vá colocando água quente até dar o ponto de massa. Faça rolinhos semelhantes a de um nhoque com comprimento de uma caneta e coloque-os em água fervendo. Assim que eles boiarem, retire-os com uma escumadeira e deixe esfriar. Corte os rolinhos em pequenos pedaços de 1 cm. E passe na farinha de mandioca para não grudarem uns nos outros. 03 – MASSA P/ TILÁPIA : 400g de Farinha de Trigo 100g de Farinha de Mandioca 50g de Queijo Ralado 01 Envelope de Erva Doce MODO DE PREPARO : Misture tudo e acrescente água quente para dar liga na massa. Faça bolinhas mais ou menos do tamanho do anzol e coloque-as para cozinhar em água fervente. Assim que elas subirem para a superfície, retire-as e as coloque em um recipiente com farinha de rosca. Guardar em uma lata bem fechada. 04 – MASSA P/ TILÁPIA : 300g de Ração Flutuante p/ peixe 200g de Ração de Coelho 100 g de Farinha de Trigo 02 Paçocas de Amendoim MODO DE PREPARO : Amasse as rações até virarem pó. Misture o resto dos ingredientes e amasse bem e adicione um pouco de água quente para dar liga. 05 – MASSA P/ TILÁPIA : 200g de Farinha de Trigo 01 Colher (sopa) de Achocolatado em Pó 04 Paçocas e Amendoim 01 Banana Nanica crua e amassada. MODO DE PREPARO : Amasse e misture tudo até ficar em ponto de massa. Espero que isto ajude pelo menos um de vocês! kkkkk visto que aqui tem muitos feras! Abraços.
  7. Solunares no Sanga Funda

    Buenas pessoal. Compartilhar com coces mais uma experiência utilizando a tabela de soluçares. Minha terceira tentativa (dois relatos) com sucesso no uso da tabela. Mas o que vale mesmo é ir pescar. Meu tempo livre para fugidas tem ficado curto então usando as soluçares posso programar melhor e ao mesmo tempo ter sucesso pegando uns peixes em especial os pacus que atacam bastante na artificial neste pesqueiro. Um dia antes tinha observado um horário bom de aproximadamente do 12:00 as 14:00 pela tabela. Adiei o almoço e cheguei ao pesqueiro um pouco atrasado... eram 12:40...na superfície da água não havia movimento de peixes, a temperatura caiu bastante nos últimos dias, água fria, estava sem muito sol, nublado. Nada indicando uma pescaria produtiva. Primeiro arremesso pro meio do lago... toquinhos bem suaves e curtos, uma manivelada, parada, toquinhos... nada... Segundo arremesso, duas manivelas, paradinha, toquinhos... bummmm.... pacu na linha e cronarch trabalhando fricção... primeiro sai pra foto e filmagem... Desta vez fiz uns filmes curtinhos inclusive da soltura. Na próxima quero levar a xtrax pra tentar filmar o arremesso, trabalho e pegada do peixe. Segue abaixo algumas fotos e filmes e também uma cópia da tabela solunar do dia para ilustração. Bem, la pelas 14:00 as ações acabaram, nem um atue, nada... parecia que os peixes tinham ido dormir após o almoço. Coincidencia?? na minha humilde opinião não. No terceiro teste ocorreu a mesma coisa... após o horário proposto na tabela de soluçares os peixes somem. Vou seguir testando e pescando. Seguem uns vídeos: [media] [media] [media] Pessoal, boas pescarias a todos. Sds.
  8. Pacu na artificial conforme solunares

    Buenas pessoal. Ontem fiz uma pescaria rápida no sanga funda usando iscas artificiais e usando como referencia a tabela das solunares a qual coloco referencia mais abaixo. Nas solunares para o dia de ontem (quarta-feira) marcava o horário das 11:45 as 13:45 como sendo de alta atividade. Sai de casa meio atrasado e cheguei ao pesqueiro sanga funda as 12:40. Já na chegada minha expectativa aumentou pois vi bastante atividade na superfície do açude o que me indicava que haveria ação. Conjuntinho vara venator 12 lbs, cronarch C14 , linha sufix 18 lbs e atada na ponta do líder vexter 0,42 uma inna 70 cor 39 ou fire tiger. Primeiro arremesso e bummmmm pacu na linha e briga boa com tomadas de linha apesar de não ser dos maiores. O interessante é que foi na caida da isca, nem cheguei a trabalhar a isca e o bicho ja grudou com vontade... maravilha... saiu pra foto. Esta isca inna 70 aqui neste pesqueiro é mortal pros pacus. Na cor 39 (esta da foto abaixo) é a que tenho mais ações. Já tentei outras iscas mas com certeza a inna é muito mais produtiva. Saem na inna 90 também. No segundo arremesso nova ação porém na ferrou, veio atras mais duas vezes e não ferrou.... Terceiro arremesso quase no mesmo lugar e bummmm... pegada firme de pacu na isca artificial e show de bola... tome linha...cabeçadas...espirra água.... saiu pra foto To começando a levar fé nesse negócio das solunares. Testar a eficiencia destas informações foi um dos motivos da minha ida ao pesqueiro neste horário. Pela experiencia deste dia fechou perfeitamente pois a hora que cheguei as 12:40 os peixes estavam com muita atividade na superficie do açude. O mais interessante é que a medida que aproximou o horário as 13:30 as ações diminuiram e após as 14:00 houve mais uma ação as 14:20. Me dei por satisfeito, tinha compromisso, recolhi o material e voltei satisfeito e curioso pela próxima oportunidade de verificar esta tabela e compartilhar aqui com os demais. Nem todos sairam pra foto mas foram vários ataques, alguns escaparam quase no barranco, outros la pelo meio, mas ta valendo... as ações já são bom indicio. Segue mais alguns exemplares que sairam pra foto. São parecidos mas não é o mesmo peixe ok pessoal?? Vejam o estado da inna... sinal que ja rendeu muitas alegrias, os pacus moeram ela. Quase no final da pescaria com as ações ja bem espaçadas entrou um bonito cat fish... outra isca muito boa e parecida com a inna só que é da maruri... isca de nado muito bom, até mais rápido que a inna e que flutua na metade do tempo da inna apesar de ter o mesmo peso. Ainda não consegui evidenciar alguma diferença para pior nesta isca da maruri em relação a inna. Muito boa isca e recomendo até porque ela é um pouco mais barata que a inna 70 e tem as mesmas qualidades de nado, pintura e garatéais reforçadas também. Esta cor da maruri branca rajada de preto é muito produtiva também mas depende muito do sol e claridade da água. Esta logo abaixo isca cor de melancia também é inna 70 cor 31 se não me engano. Muito produtiva também neste pesqueiro porém é mais eficiente quando a água esta meio amarelada, normalmente esta cor de água é encontrada no segundo açude de leste à oeste... parece um pouco mais barrenta a água deste segundo açude e esta cor de isca é bastante produtiva neste açude. E aqui esta o cat fish... diferença é que normalmente aqui o catfish pega a isca mais pra berada do açude e os pacus no meio, mas não é regra. Interessante também é que o cat fish persegue a isca um pouco e podemos sentir uma batidas de leve na isca (acho que o peixe bate com o rabo) neste momento é só reduzir ainda mais o trabalho que o bicho ataca com vontade... o cat fish costuma dar alguns saltos rolados pela superfície... e enrola pela linha as vezes... esse não queria de jeito nenhum se aquietar pra sair na foto... mas saiu. Este peixe saiu logo depois da inna cor 39 ter ido embora... ainda bem que ja tem outra a caminho... um pacu mais bruto (pelas corridas que deu) pelejou bonito correndo bastante nas laterais do açude e acredito que enroscou num toco e foi um pedaço do lider com a isca embora... tudo bem... faz parte do jogo... e a isquinha ja tinha sofrido bastante. Para mim o resultado se mostrou bem satisfatório sobre as solunares pois em pouco mais de uma hora tive muitas ações, tirei vários peixes, outros conseguiram se soltar, enfim... uma festa e fiquei satisfeito com o resultado e isto que perdi quase uma hora do horario proposto pela solunares. Segue abaixo uma foto que tirei da tela do computador com a tabela do dia. Teria outro horario talvez até melhor só que no final da tarde junto ao por do sol e de horario menor em torno uma hora.Outro dado que achei importante é que neste dia o clima estava sinistro, dia abafado em extremo, com promessas de virada de tempo e pressão caindo rapidamente... não era um dia ideal para pescar levando em conta estas referencias... claro... pra pescar todo dia é bom, mas alguns são melhores. Segue abaixo também um link para quem tiver interesse em ler o material e tentar. Esta tabela é a que melhor explica o comportamento dos peixes pois tem hora que ficam ativos e sem mais nem menos somem. Esta oscilação de atividade eu ja havia observado, só não sabia o motivo... talvez seja esta a explicação... além de outras mil e tantas kkkkkk.... vai entender... http://www.tabuademares.com/br/rio-grande-do-sul/porto-do-rio-grande
  9. Pacu no Pesqueiro Cantareira

    Manos. Final de semana passado ia ir pescar no Ranchão do Peixe. Fiquei sem carro por motivos de força maior mas a vontade de pescar não me deixou ficar em casa. Fui de busão mesmo, lá pro p&p Pesqueiro Cantareira. Fica dentro do clube da Sabesp e tem ônibus que para na porta, é o Vila Rosa que sai do Terminal Santana (a título de informação pra quem precisar). O dia tava rendendo bem pouco e eu ficando desanimado com as tilapinhas pequenas. Mas é por imperícia nesse pesqueiro mesmo, tinha uns caras pegando umas tilápias monstro, pacus e tambas também. Depois de umas 5 horas de decepção fui trocar ideia com os outros pescadores pra investigar o que estava batendo mais. Era anzol com rolha imitando ração ou então EVA redondo com pó de guabi colado. Fui olhar na minha tralha e não tinha uma mísera cortiça, só umas tirinhas de EVA laranja! A sorte é que tinha colocado um Super Bonder na mala pra necessidades eventuais. """"""""(diga-se de passagem que outro dia fiz um rasgo no dedo com a faca quando estava cortando uma tilapinha pra isca e pra não perder a pescaria segui o conselho de um pescador baiano que estava próximo na hora, ele me deu o Super Bonder e falou: Oxi meu fí, taca no corte e fecha ele. Maaaaaaaaano, ardeu pra carvalho mas o corte fechou na hora e em 5 min já não doía nem ardia mais. Depois de 3 dias já estava cicatrizando e a própria pele expeliu os pedacinhos de cola, curti demais e pesquisei sobre isso depois, é seguro, acreditem)"""""""""" Bom, colei as tirinhas de EVA, cortei em formato de meia bola e colei o pó de Guabi. Aproveitei pra dar uma disfarçada no brilho do anzol, ficou assim: Aí no segundo arremesso ele me rendeu esse lindo pacu que demorou uns 20 min pra tirar da água. Tava com equipo ultha-light e um p***** medo de quebrar a vara rsrsrs: Depois dele tirei mais 5 tilapossauros entre 4 e 5 kg!!! Sem cevadeira, só boia de arremesso e anzol com o EVA com pó de Guabi. Só não deu pra tirar foto porque começou uma chuva do caramba e não quis arriscar tirar o celular do bolso da capa de chuva e acabar molhando. Aprendi duas coisas: 1- Cada pesqueiro tem suas manhas e você precisa ter a humildade de trocar ideia com pescadores mais habituados ao local. 2- Pegar busão pra voltar pra casa com a mochila de tralha, metade da calça e os tênis encharcados e exalando um suave aroma de peixe/ração molhada incomoda senhoras de mau humor, que te mandam se afastar e ficar de pé nos degraus da escada. Abraço a todos.
  10. Férias e muita pescaria

    Férias e muita pescaria Fala meus amigos pescadores do meu brasil branil, neste periodo de 20-12-2015 a 04-01-2015 estive de ferias coletivas e nao viajei e imagina o que mais fiz durante este tempo...rsrsrs, pesquei e pesquei, como aqui esta no periodo de defeso e gosto muito muito de pescar, fui pros pesque e pagues da vida. Eu e minha Traia de Flyfshing, minha companheira agora. confira as fotos elas dizem tudo... grande abraço a todos e um belo 2016 a todos de pescaria.
  11. Ajuda com açude "selvagem"

    Boa Noite, sou novo no fórum Preciso de ajuda. Seguinte, o vô da minha namorada tem um açude no sítio dele. Ele cuidava do açude mas veio a adoecer com 87 e morreu esse ano, com 93. Nesse tempo, o açude ficou entregue. Todo sujo, com um pinheiro tombado dentro. Sempre vi esse açude, mas não sabia se tinha peixe.Há 1 mês mais ou menos, joguei uns pedaços de pão para testar e vi que tem Pacus bem grandes, eles subiram na flor d'água para comer, bem perto do pinheiro caído, mas o açude também está perdido de lambaris. Usando o pão como isca, eu fisguei um pacu, mas ele acabou estourando a linha e fugido(devia ter uns 5kg), a partir daí, não apareceu mais nenhum no pão. Melhorei o equipamento e passei a tentar pescar lá aos finais de semana, mas nenhuma isca funciona, os lambaris não deixam as iscas em paz. Eu já fiz algumas fritadas de lambaris de lá e enjoei. Testei massa sabor goiaba, o próprio lambari, fruta (manga, amora), na beirada do açude tem jabuticabeira, mas não é época, então não da pra usar. Hoje eu consegui fisgar uma tilapia de mais ou menos 1,5kg com ração de milho, aquela em formato de rosquinha, mas foi o único peixe "grande" que fisguei e tirei da água. Hoje também tive uma puxada que levou linha e tudo (0.33). Meu sogro limpou o açude, removeu o pinheiro e os Pacus sumiram. Pretendo soltar umas 10 trairas no açude, mas não sei quando ainda. Qual a melhor forma de pescar lá a curto prazo, me dêem dicas por favor. Abraços (desculpe o texto gigante).
  12. Pacus na isca artificial

    Buenas pessoal. Relato de mais uma fugida no pesqueiro sanga funda em nova santa rita, RS no dia 23/11/2015. Na parte da manhã o dia estava ótimo, sol, sem vento, poucas nuvens. Segunda feira e eu de folga. Logo depois do almoço arrumei as tralhas e me desloquei ao pesqueiro. Já no caminho notei um aumento na velocidade do vento e quando cheguei ja estava bem intenso mas ainda tinha sol. Caniço MS venator 12 lbs ee cronarch C14 armadas com inna 70 cinza clara... segundo arremesso em direção ao meio do lago e puummmmm, pela pegada forte e firme só podia ser pacu. Saiu o primeiro. Foto ainda dentro da água e mais uma fora. O vento foi aumentando e as ações diminuindo. Fui deslocando pelas laterais do lago para obter mais algumas capturas mas quanto mais vento mais complicado estava. Troquei de lago e a cor da água estava mais amarelada... troquei pela inna 70 melancia... segundo arremesso e percebi um ataque...sem fisgar...mais um arremesso no mesmo lugar e puuummmm... pegada violenta e tomada de linha grande...peixe grande...o bicho foi pra lateral do açude, linha de multi pelo meio dos galhos que estavam sobre a água...fricção ajustada...e o peixe mantinha a pressão direto porém sem cabeçadas... de repente... cortou o líder junto ao snap... e la se foi a isca junto com o peixe que prometia ser grande...como sempre, o maior não sai pra foto. No final da tarde troquei pras trairas com grub´s. Duas sairam rapidinho pra foto...final de tarde, ficando frio, vento muito forte...recolhi as tralhas e vamos embora tomar um chimarrão em casa. O primeiro do dia... duas fotos, uma dentro da água e outra fora. Mais um com duas fotos. Este com arremesso bem contra o vento, cronarch C14 mandando bem, sem cabeleiras e com direito a duas fotos. Rodando na lateral do lago vai aumentando a conta de capturas... Mais um pra foto... Outro... Hora das trairas, acredito que esta é a menor que capturei até hoje, mas briguenta como só... Outra maiorzinha... Isso ai pessoal. Vale a pena tentar artificiais nos pesqueiros. Pros pacus as inna 70 e 90 são ótimas, os catfish também atacam bem nas inna. Trabalho bem lento com toques de ponta curtos e paradinha, normalmente o ataque é na paradinha. Buenas pessoal. Editei para inserir uma foto com a isca inna cor melancia....kkkkk. E de catfish mas mostra a eficiência das innas no pesqueiro.
  13. Pesca no Rio Pardo

    Caros amigos. Moro em Poços de Caldas e pesco muito na região da represa da Graminha (Represa de Caconde) pois tenho um rancho perto da cachoeira do Lafaiete e fiquei curioso pois esses dias ouvi dizer que estavam pescando Dourados na região do Rio Pardo que deságua nesta represa, (Região de Bandeira do Sul e Palmeiral se não me engano) sei que na região de São José do Rio Pardo (como vi em outro fórum) para baixo já ouvi dizer sobre captura deste peixe e outros que também não sei se é verdade como o pintado, então gostaria de saber se alguém já pescou dourado e ou pintado no Rio Pardo acima da represa? E outra pergunta desde a soltura dos Pacús na região da represa raramente ouvi falar sobre a pesca de um exemplar grande, gostaria de saber se ele se reproduz na represa e se pode ser encontrado na região do rio? e se os Tucunarés também podem ser encontrados no Rio, já que geralmente ouvi-se falar somente das tabaranas no rio. Obrigado.
  14. Fala galera! Estava com um problema em minha conta e não estava conseguindo criar novos tópicos. Mas já foi tudo resolvido! Essas são algumas fotos das minhas últimas pescarias lá no Pesqueiro Abux, Na Mogi-Bertioga. Pesqueiro muito tranquilo, com uma quantidade de peixes e mosqueiros! A maioria dos peixes foram pegados no Fly, usando rações de cortiça e também fisguei alguns na boia com varinha 12 lbs e ração na pinga, que também é uma pescaria muito gostosa de se fazer com as tilápias! Segue as fotos dos peixes: Material ultilizado: - Conjunto de Fly N° #6 -Vara Albatroz Althezza 12 Lbs -Carretilha Marine Sports Venator -Linha multifilamento 0,19 mm. -Bóia de arremesso. Espero que gostem, valeu!
  15. Pescaria no pesqueiro Horto

    olhem aí a pescaria de hoje no pesqueiro horto:
  16. Pescaria solitária de barranco um bom momento pra pensar na vida e fisgar uns peixinhos valentes. Nesse dia eu estava atrás dos lambaris mas, rio á cima um bando de macaco prego atravessava o rio e alguns galhos podres e repletos de cupim caíram na água criando um cenário lindo onde os pacus rebojavam a superfície comendo os cupins, ai tive a ideia de colocar uma boia na linha e arremessar a linha sem chumbada pescando na rodada, foi fatal fisguei dois peixes.
  17. Ceva carpa,tilápia,pacu??

    Fala pessoal beleza gostaria de saber como fazer uma ceva para esses peixes . Frutas são boas para sevar e como fazer porque as frutas boiam e por causa do vento vão embora obrigado.
  18. Cat fish e pacu com isca artificial

    Pessoal, compartilho alguns vídeos de pescaria com iscas artificiais realizadas no pesqueiro sanga funda em Nova santa Rita no RS. Basicamente as iscas são MS inna pro tuned 90 ou 70. No último vídeo tem a estréia da câmera de ação xtrax one. Detalhe: cheguei no local lá pelas 15:30, arrumei as tralhas e deixei a câmera desligada... no primeiro arremesso entrou um pacu de aproximadamente 5 kg... no primeiro arremesso... e que pancada o bicho deu... depois de lutar um pouco com o bicho coloquei a câmera e posto abaixo um trecho pequeno do vídeo... no último vídeo. https://www.youtube.com/watch?v=Zl8YYusLkQI https://www.youtube.com/watch?v=coDJ5rC0SgQ
  19. Pessoal, faço este pequeno relato para incentivar o uso de isca artificial em pesqueiros para quem curte a pescaria com artificiais como eu. Durante um tempo li vários relatos do pessoal usando artificiais em pesqueiros e uma vez pude observar uma pessoa pegando cat fish com artificial. A poucos dias atrás resolvi tentar com persistencia. O resultado foi ótimo e agora, pelo menos neste pesqueiro, é direto com isca artificial. As demais pessoas que frequentam este pesqueiro ficam surpresas com a eficiencia das iscas artificiais assim como eu no primeiro peixe que peguei eheheh. Seguem algumas fotos e vou comentar algumas iscas e dicas do trabalho que usei nelas. Não sou nenhum especialista no assunto, então este relato com certeza não extrai tudo sobre este assunto. A primeira vez ninguem esquece: já havia feito vários arremessos em direção ao centro do lago e estava tentando várias velocidades mas lembando que alguem comentou que o cat fish vem no trabalho bem lento... reduzi ao mínimo a velocidade e de repente senti umas beliscadas na isca, alguns leves contatos que poderiam ser de algum galho ou vegetação... outro arremesso, recolhimento bem lento no mesmo caminho, de repente novos beliscões... parei o trabalho e dei levíssimos toques de ponta de vara... powhhhhh... peixe na isca.... alegria pura, tomadinhas de linha, puxões... uma beleza.... e veio o primeiro cat fish na artificial da minha vida... A isca que usava era uma MS inna pro tuned 90... aquela toda branca com sarampo preto em todo corpo, toda pintada de pontinhos pretos... Este não tenho a foto pois no dia nem o celular estava comigo. Fica a dica de que o cat fish as vezes passa ao lado da isca e bate com o rabo para tipo "atordoar" a vítima para depois atacar. Quando percebo estes leves toques na isca mudo o trabalho para pequenos, pequenos mesmo, toques de ponta de vara... normamente na sequencia vem a bocada e o peixe na linha eheheh... O pacu ja é mais violento, ataca com força, direto... um show... Abaixo segue uma pequena sequencia de algumas fotos que tirei dos outros eventos e um dia em especial pois já estava indo embora, material dentro da mochila, circulando o lago em direção ao carro, então observei várias movimentações na superficie bem onde eu estava passando.... pensei: não custa nada tentar uma isca de superfíciei... botei em campo.... digo... botei na água uma Nelson Nakamura magick stick... esta isca é show... no segundo arremesso e trabalho bem lento dando "cabeçadas" na água... observei um rebojo atrás da isca... mais duas cabaçadas e.... powhhhh.... um ataque furioso mesmo, espalhando água e tome linha.... briga gostosa deste peixe... saiu um pacu de 4 kg... alegria pura... e pensei comigo mesmo: *****... isca de superficie ????? muito legal ver o ataque do peixe. Pacu de 4kg na superfície com magick stick. Material: vara hunter fish Z, linha sumax scorpion 8X, e carretilha venator... conjunto pra lá de show... Observem que o pacu pegou a isca pelo meio ficando com as duas garatéias travadas uma de cada lado. Nesta foto de perto pode-se observar melhor a pegada que ele deu na isca. Abaixo um cat fish com a inna pro tuned 90. Isca campeã neste pesqueiro e nas cores claras. Este pacu foi pego domingo á tarde. 5 kg na isca inna 90 toda branca com sarampo preto eheheh. tenho em vídeo também mas neste relato vou me limitar as fotos. Este peixe deu umas tomadas de linha de respeito, muito forte. Uma beleza na isca artificial. Sei que a balança do pega peixe não é precisa, mas tá ai... marcou 5 kg e o bicho tomou linha como gente grande valorizando ainda mais a modalidade com isca artificial. Este foi pego na MS shane king, é este o nome se não me engano... esta isca trabalha um pouco mais no fundo que a inna... Material: vara daiwa mega force, linha G soul 8x, carretilha sumax orion titanium. Conjuntinho show também. Por hoje é isso ai pessoal. Espero que curtam. Fica o meu incentivo à pesca com iscas artificiais em pesqueiros. Vale muito a pena pois a emoção é outra. Ótimas pescarias a todos.
  20. Sugestões/Dicas Isca

    Galera, Há um pesqueiro bem famoso na minha região chamado "Recanto dos Peixes" em Piracicaba-SP, normalmente quando vou la, vou com o intuito de pegar grandes tambaquis/pacus que possui no local e algumas piraras. Uso como isca uma massa feita com: carne moída, queijo "chulezinho" e a propria ração do pesqueiro. Também uso pedaços de gordura/cebo bovino principalmente no torpedo. Fora aquelas iscas como, salsicha, queijo, maracuja, goiaba, e desses tipos, alguem sugere outra massa feita mesmo ou fruta/isca que seja ideal? Obrigado
  21. Dicas para pesca em represa.

    Bom pessoal, como estou de ferias, resolvi pescar em uma represa, e estive observando que la tem muitos pacus, gostaria de dicas para uma ceva para atrai-los? Desde já agradeço.
  22. Fala galera tudo bem?? Segue relatinho curto da pescaria gravada essa semana no pesqueiro GreenFish... Apesar de nao ter encontrado os tucunas e traíras que geralmente pego lá, pelo nível da água bem abaixo do normal resolvi mudar um pouco a pescaria atrás dos redondinhos do pesqueiro!!! Bom, o vídeo fala por si...abracos galera!
  23. Ola... Desde criança, graças a meu pai, aprendi a gostar de pescar. Até pouco tempo minhas pescarias se resumiam a córregos, ribeiróes e pequenos rios; assim peixes como lambari, cará, traíra, piaus, pequenos bagres e tilápias sempre fizeram parte das minhas pescarias, capturando exemplares de no máximo uns 40 cm. Sempre tive curiosidade em conhecer Pesque pague, porém a idéia de pagar por cada peixe fisgado não me agradava, a brincadeira poderia ficar cara. Em Abril desse ano um primo meu convidou eu e minha esposa para irmos a um Clube de Pesca aqui em Goiânia, com a modalidade de Pesca Esportiva. Fui e logo na primeira vez conseguimos pegar alguns Tambas entre 4 e 7 Kg; não deu outra, tanto eu como minha esposa nos apaixonamos por essa modalidade. De la para cá, compramos a tralha de pesca e já realizamos outras pescarias em Clubes de Pesca da região. Chega de história, vamos lá. Descobri por um vídeo no Youtube o Pesque e Pague Clube do Sítio em Morrinho - GO, parecia ter uma estrutura boa, com opções de Chalés, e é relativamente próximo a Goiânia (120 Km). Mostrei aos amigos de pesca, e marcamos para os dias 26 e 27 de Julho para passarmos o Fim de semana no local. Chegando o dia o tempo mudou bastante, incrivelmente em pleno Julho, o dia amanheceu com um pouco de chuva e aquele friozinho incomodo. Porém, seguimos em frente, mesmo com a possibilidade da pescaria ser frustante, ja estava valendo a companhia de amigos no fim de semana. Chegamos próximo ao horário de almoço, a chuva parou e ficou aquele friozinho e tempo nublado durante o restante do dia. Tralha arrumada, e descemos rumo ao lago, e antes disso passamos no restaurante para pedir o almoço, demoraria uns 15 minutos. Optei por começar com boia cevadeira, para sentir se os peixes subiriam na ceva; primeiro arremesso e imediatamente começa a bater alguns peixes na ceva, logo a boia afunda e ja consigo fisgar o primeiro peixe para foto. Bem pequeno é verdade, mas brigador Segundo arremesso e rapidamente a boia afunda, esse porém um pouco mais valente, tomando até um pouquinho de linha... Saiu o pequeno tambaqui para a foto.. A seguir mais 2 pequenos Pacus Deu o horário do almoço e foram 4 arremessos e 4 peixes. Apesar de pequenos, fiquei satisfeito, pois sabia que apesar do clima ruim, teríamos ações. Meus amigos pescando de fundo com mortadela, pegaram os seus também (Não queria segurar o peixe)rsrsrs.. Apesar de pequenos segurávamos quase todos próximos ao chão por pularem demais quando saiam da água. Além desse outro colega meu pegou mais um Pacu na artificial (tentava Tucunarés, Matrinxãs e Dourados do lago), faltou a foto. Após um delicioso almoço seguimos novamente para o lago. Quase todos trocaram o material de fundo por boias cevadeiras e o resultado foi peixe o dia todo, pequenos porém valentes e ótimos de pegar. Piscadinha para a foto.... Minha esposa também pescou inúmeros peixes... E no fim do dia meu pequeno troféu, uma briguenta Matrinxã saiu para a foto, pulou bonito... Nunca havia pego uma dessa, gostei demais... Foram muitos, mais muitos peixes durante essa tarde, tiramos fotos só de alguns, pois ninguém queria ficar encarregado de tirar fotos. Rsrsrsr... A noite um churrasquinho... E logo ao amanhecer, eu, minha esposa e um dos nossos amigos levantamos para começar a pescar. Tempo bem nublado e um pouco frio como no dia anterior, porém, pouco após começarmos a pescaria, a chuva caiu bem pesada (Puxa, parecia Dezembro) e assim continuou até um pouco depois do almoço, apenas diminuindo ou parando um pouco no período da tarde. Trajes de pesca para o segundo dia... Chuva... e chuva.... As ações dos peixes não pararam, diminuiu um pouco em relação ao dia anterior, mas mesmo assim saíram muitos peixes... Tiramos só umas 2 fotos nesse dia, mas foi muito bom também.. Creio que no final de tudo, só eu e minha esposa devemos ter pescado de 80 a 100 peixes, quase todos na cevadeira. A grande dos peixes na faixa de 1Kg, e alguns outros de 2 a 3 Kg. Pelo frio e chuva dos dias, chegamos com poucas expectativas, porém saímos muito felizes por não termos desistido da viagem. Quem sabe no verão voltamos lá e conseguimos pegar algum grande exemplar de Tambaqui ou Pintado que o proprietário garante que existem no local. Lugar agradável, atendimento hospitaleiro, boa comida, muitos peixes e companhia da esposa e amigos... Foi um fantástico fim de semana...
  24. Pesque e Pague Santo Antonio É uma ótima opção para todos os estilos de pesca. Um bom lugar de lazer para a família e muitas espécies... Algumas dicas e fotos de nossa pescaria lá : Boia cevadeira é uma boa opção , lá eles tem a venda ração para a ceva (tanto de superfície quando fundo) . Já tentei usar anteninha ou miçangas , mas não obtive resultados , então é iscar a ração no anzol e cevar com a boia. Boias de arremesso também deu resultado, há muitos Dourados e Catfish's lá , batem muito na salsicha e bacon . Pesca de fundo com chumbo nas margens da lagoa maior , com pedaços de peixe e carne , darão boas Traíras (pode ser substituídas com pesca de iscas artificiais). Estava muito frio e ventando forte no dia , atrapalhou muito na hora dos arremessos , porém deu resultados : Pacus na cevadeira : Catfish na pesca de fundo : Além das opções do lago maior , também há outros 4 lagos menores no pesqueiro , um que contém tilápias e alguns pintadinhos , outro que tem algumas traíras menores ... bons lagos para a pesca de Fly com EVA ... Algumas tilápias no Fly com miçanga : E até alguns pintadinhos na lagoa menor : : Pesqueiro nota 10 , Restaurante com muitas opções, mas sem se preocupar , um funcionário passa regularmente servindo salgados e bebidas em todos os cantos dos lagos , diversão garantida e muito peixe na linha ...