Entre para seguir isso  
Lammarr

Diferentes Tipos de Redondos

Recommended Posts

Vitão!    102

O maior tambaqui já capturado na natureza tinha 44 kg e infelizmente foi parar no freezer do Inpa

tambaquigrandecienciape.jpg

Esse é o peixe que o Laerte Batista diretor do CEPTA pegou?

Me lembro de ter assistido um programa Terra da Gente onde o Recorde do Tambaqui foi quebrado por ele.

Agora, que eu me lembre o peixe foi levado para o CEPTA.

[]´s

Vitão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caros, estando eu muito atarefado aqui na Associação dos Caçadores de Afazeres, muitos sabem que existem vários tipos do que chamamos de "tamba" Sei que isso já foi discutido em alguns lugares, mas, a grosso modo, tentei identificá-los. Os mais conhecedores podem dizer se é isso mesmo:

Tipos de Redondos:

Pacu: Espécie do Rio são Francisco

pacu.jpg

Pacu: Espécie do Pantanal e da Bacia do Prata, chegam a atingir 20 kg.

pacu_small.jpg

Tambaqui: Espécie amazônica, o mais popular na piscicultura brasileira. Na natureza chega a 30kg.

tambaqui%25281%2529.jpg

Pirapitinga: Caranha (bacia amazônica). Chega a 20kg na natureza. Tem o crescimento mais lento. É mais usado em cruzamentos.

205.jpg

Híbridos:

Tambacu: Fêmea do tambaqui + Macho do pacu. É mais tolerante ao frio, por isso se adapta melhor nas regiões sul e sudeste. O crescimento também é mais rápido.

tambacu.jpg

Tambatinga: Fêmea do Tambaqui + Macho do Pirapitinga;

1257968311.jpg

Patinga: Fêmea do Pacu + Macho do Pirapitinga

a_22.jpg

Paqui = Fêmea do Pacu + Macho do Tambaqui. Do qual os cientistas se esqueceram de tirar uma foto do antes, tirando somente o depois:

22-category.jpg

Na verdade, não encontrei uma foto do paqui.

E, finalmente, o não menos importante, o novo híbrido, descoberto em algum lugar de São Paulo, o Pacuzinho de M----:

IeUF4.jpg

Esse, somente os participantes do Pesca Natalina 2011, conheceram.

Brincadeiras à parte, será que está certo? Esqueci alguma espécie?

Abraços. :book::by:biggrin.gif

Tinha esquecido, a maioria das informações vem daqui:

Clique aqui

esse paqui seu aí está me dando água na boca kkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lammarr    347

Fuçando minhas fotos achei esses dois mutantes:

FsjUukF.jpg

EP4NT9B.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Colegas,

Mesmo os tambaquis naturais não teriam capacidade de reprodução em lagos pequenos , pois são peixes de piracema e precisam aumetar exarcebadamente o metabolismo, forçado por ações fisicas externas, para liberar os hormonios...

abrc

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Eduardo Ken    113

Fuçando minhas fotos achei esses dois mutantes:

FsjUukF.jpg

EP4NT9B.jpg

Esse mutante de vermelho eu conheço....é gente fina!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim. As piranhas são da mesma família do pacu, caranha, tambaqui, etc.

2x

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aew pessoal sou um completo fanático pela especie , pra mim uma das mais esportivas que podemos encontrar quando comecei a pescar um tutorial me ajudou muito a desenvolver minhas estrategia de busca,

Tomei a liberdade de passar para vocês:

BWTambaqui.png

CARACTERÍSTICAS: Seu formato é arredondado com coloração parda ou esverdeada na metade superior do corpo e preta na metade inferior, podendo variar para mais clara ou mais escura dependendo da cor da água. Os alevinos apresentam manchas escuras espalhadas pelo corpo, geralmente de cor cinza claro. Peixe muito forte e robusto. Alcança cerca de 30kg, mas há registros de exemplares com mais de 40kg. Porém hoje em dia são bem raros. Bastante procurada pelos pescadores essa espécie é extremamente brigadora e rendem belas disputas. Sua fartura de carne e poucos espinhos também são atrativos. Um dos gigantes peixes de escamas do Amazonas. O corpo é comprido e possui escamas um pouco mais largas que o híbrido Tambacu. Os tambaquis não são muito resistentes ao frio e por isso não são tão encontrados quanto os Tambacus no Estado de SP. A temperatura ideal varia entre 26°C e 28°C.

HÁBITOS E ALIMENTAÇÃO: Crescem rapidamente e aceitam uma grande variedade de alimentos, desde pequenos frutos, como: coquinho, goiaba entre outros até salsicha e ração. Na maioria dos pesqueiros estão muito acostumados a comer a ração flutuante, sendo a técnica da bóia cevadeira uma excelente pedida. São muito mais freqüentes as fisgadas quando o arremesso é feito no centro do lago. Os grandes exemplares estão mais acostumados a alimentação na superfície.

As iscas que trazem maior eficiência são: ração, miçangas, salsicha, tripa de galinha, minhocoçu, massas ( carnívora, queijo, banana, entre outras) e pequenos frutos.

tamba701.jpg

CARACTERÍSTICAS: O Tambacu é o híbrido mais comumente usado pelos produtores. Resulta do cruzamento induzido entre a fêmea do Tambaqui e o macho do Pacu. As características gerais como formato, porte e cor acinzentada são mais próximas às do Tambaqui. Peixe forte e robusto pode chegar até cerca de 45kg. Um dos principais objetivos para essa reprodução é conseguir um peixe com grande crescimento (Tambaqui) e com a resistência ao clima frio (Pacu). O cruzamento é um sucesso e o resultado final é um peixe extremamente forte e que rende excelentes brigas aos pescadores. A sua resistência aceita temperaturas abaixo de 20° C se adaptando muito bem ao clima no Estado de São Paulo. O Tambacu tem escamas menores e seu corpo é mais liso e escorregadio. O corpo é mais arredondado que o do Tambaqui.

HÁBITOS E ALIMENTAÇÃO: É um peixe bastante ativo principalmente com o clima quente. No inverno se alimenta menos, mas não deixa de fazê-lo mantendo a esperança dos pescadores o ano inteiro. Se alimenta de diversos tipos de alimentos e a cada dia descobre-se uma nova isca tentadora para a espécie. Na maioria dos pesqueiros estão muito acostumados a comer a ração flutuante, sendo a técnica da bóia cevadeira uma excelente pedida. São muito mais freqüentes as fisgadas quando o arremesso é feito no centro do lago. Os grandes exemplares estão mais acostumados a alimentação na superfície.

As iscas que trazem maior eficiência são: ração, miçangas, salsicha, tripa de galinha, minhocoçu, massas ( carnívora, queijo, banana, entre outras) e pequenos frutos.

pacu31.jpg

CARACTERÍSTICAS: São também conhecidos como Pacus-Caranha ou simplesmente Caranha. As cores variam do castanho ao cinza-escuro, conforme a época do ano. Na época da cheia, quando eles entram em campos alagados, escurecem e empalidecem ao permanecerem nas calhas de rios, principalmente os de água branca. O ventre vai do esbranquiçado ao amarelo ouro. Às vezes, o dorso pode apresentar tons de roxo ou azul escuro. Chegam até cerca de 15kg os maiores exemplares, mas esses são raros. Nos pesqueiros é mais comum encontrar com peso entre 2 e 5kg. É um peixe de grande resistência ao frio se adaptando assim em todas as regiões brasileiras. Bastante ativo o ano inteiro alimentando-se de diversos alimentos.

HÁBITOS E ALIMENTAÇÃO: Podemos dizer que o Pacu tem um cardápio bem vasto. Aceita diversos alimentos. Consomem preferencialmente frutos, folhas, moluscos (caramujos), crustáceos (caranguejos) e até pequenos peixes, mas em pesqueiros as massas com essências (queijo, carnívora) e as lesmas são um prato cheio. A salsicha também é muito bem aceita

.

As iscas que trazem maior eficiência são: salsicha, massas (queijo, carnívora), lesma, minhocoçu.

Espero ter ajudado um pouco, no meu caso ajudou muito nas minhas capturas em pesqueiro.

Valeu Galera

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Afinal é tambacu ou não??? :frusty:

d3ro.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Normando   
Guest Normando

Afinal é tambacu ou não??? :frusty:

d3ro.jpg

Identificar com uma foto desta qualidade é o mesmo que achar linha azul marinho com luz de velas. :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Identificar com uma foto desta qualidade é o mesmo que achar linha azul marinho com luz de velas. :D

A FOTO foi tirada no meu cel a imagem ta ruim mesmo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Feição    37

kkkk estava muito bom o estudo para ser verdade kkkkkkkkkkkkk esse e o lammar kkk abraço parceiro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

caracas, não existe pescaria melhor do que pescaria de redondos! emoção puraaaa

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
wilson1978    436

Belo post Lammar

Olha as fotos destes pacús que achei na internet não lembro mais o nome

dsc0461321.jpg

imagesca0j1fi1.jpg

No rio tocantins quando eu era moleque se falava muito no pacú mantega...

imagesca5dexh3.jpg

Existe o pacú negro que lembra uma tamba

84499415.jpg

O maior tambaqui já capturado na natureza tinha 44 kg e infelizmente foi parar no freezer do Inpa

tambaquigrandecienciape.jpg

É isso aí, espero ter acrescentado!! Abração!!!

O maior pacú tinha 44 kg???

Isso por que não pesquisaram no fórum do Pescaki, se derem uma varrida, vão achar pescador com foto de pacu dizendo que na balança deu 50 Kg

:rotfl2::rotfl2::rotfl2::rotfl2::rotfl2::rotfl2::smiley-char054:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
luisrief    2

KKKKK..... pacu de 50kg.....deve ter pesado junto com o passagua do matsumura......

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
caaete    17

Não sabia que existiam tantos redondos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso