Entre para seguir isso  
Seguidores 0
RodrigoC

Vermes em Peixes

31 posts neste tópico

Pessoal, meu avô não comia corvina por nada, dizia que tinha muito verme, e nos meus tempos de pesca de praia, realmente peguei muitas que tinham esse verme...

Reparo que na grande maioria dos Dourados do mar, visto em bancas de peixe, tem esse verme e todos ficam no couro, com mais frequência na barriga...

Alguém sabe sobre isso? esse peixe pode comer?

obs: sei que o que ingerimos e não vemos é bem pior que isso.... :eek: mas não custa perguntar né...

abração !!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

bem cozido é proteina hihihiihi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

voce não viu uma barriga de espada infestada :rotfl2::rotfl2::rotfl2:

um abraço

marco :coolio:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segundo li numa matéria da antiga revista Aruanã, não há problema para a saúde, desde que o preparo seja através de altas temperaturas, ou algo assim, não me lembro muito bem. Assim, concluía o estudo publicado na saudosa revista - parece-me de cunho científico - que o peixe nestas condições pode ser consumido sem preocupação. E constatei isso nas vezes que fui até a maravilhosa região do Guaporé, onde presenciei o consumo contínuo de tucunarés assim contaminados sem que os consumidores passassem por qualquer problema de saúde, ainda que estivessem consumindo tais peixes nas mesmas condições por décadas.

Entretanto, resta saber se tais vermes são iguais, tanto os de água doce quanto de água salgada. :coolio:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Precisa ver os trairões do Rio Comandante Fontoura, Xingu, Arinos.... da medo, mas nuca tive problemas.

O Bomediano sitou bem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As traíras de Areado também tem, mas como nosso amigo Bomediano escreveu, sem problemas. ABS.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nessa ultima pescaria que fui ao Paracatu, pegamos algumas piranhas que tinham tal verme, eles ficavam enrolados tipo um ninho na carne.

Eu sinceramente nao tive coragem de comer. Um amigo traçou tudo até apelide-o de CABEÇA SECA.

Pra mim tem que ter fundamento científico ou médico para mudar minha opniao.

Ouvi falar o que transmite o verme são as fezes das garças. Nao sei se é verdade, mas geramente peixes de lagoas que tem esse

tipo de problema. Tucunaré, traira, piranha...

Abração,

Marcelo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa Galera, realmente não há muito o que fazer...o lance é cozinhar bem mesmo !!!!

gostei muitos dos tópicos indicados...

porém eu que adoro um sashimi, ficarei (como sempre) mais atento...

Mas vejo que em alguns peixe a frequência é maior...

Nos dourados e nas corvinas é uma constante !!!

abração !!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

olá.

minha experiência é em água salgada.

foram várias bicudas e pescadas-cambucu.

sempre comi, bem fritas ,e nunca houve problema.

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
olá.

minha experiência é em água salgada.

foram várias bicudas e pescadas-cambucu.

sempre comi, bem fritas ,e nunca houve problema.

abs

Olá a todos: mesmo adepto do pesque-e-solte tambem gosto de comer peixe fresco, principalmente quando na pescaria mas nos meus tempos de pouco-pesque-e-nada solte observei que os peixes que eu deixava morrer ou agonizar lentamente dentro do viveiro, principalmente trairões e tucunarés da amazonia, havia com frequencia muitos vermes entranhados na carne.... creio que o habitat inicial desse vermes seria o tubo digestivo e anexos e quando o peixe morre lentamente ou agoniza dentro ou fora do viveiro há a migraçao para a carne, onde os encontraremos aos montes.... no Brasil desconheço ser o humano vetor final ou intermediario de qualquer doença transmitida por vermes ou larvas de peixes, o que não acontece em alguns paises da Asia. Quando não estava com paciencia para retirar os vermes entranhados na carnes eu metia o peixe direto na panela ou no braseiro e olha que esses peixes "temperados" com vermes vivos sempre tinham um sabor especial... já comi muito sashimi de tucunaré sem problema.... problema que eu comia demais já que era frequente que os desconfiados ou enojados não me ajudavam no aperitivo pré prandial. Caso pretenda ingerir o peixe, conforme me disseram alguns ribeirinhos do Rio Ronuro, MT, basta abater o peixe e eviscerar(limpar) logo apos o embarque.

um abraço, ADAUTO.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os meus avós nunca comiam sashimi de peixe de água doce, nem de salmão por medo desses parasitas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Este ano vi a presença desses vermes em duas cachorras lá no Xingu.

Uma delas ficou algumas horas no barco antes de ser lima - apresentou vermes na carne.

A outra, foi limpa dentro de 10 minutos depois de capturada - vermes também na carne.

Pra mim essa história de estarem nas visceras e depois passarem para a carne não condiz com o que observei.

Nos dois casos o piloteiro que abriu os peixes, chegou a dizer (agora vamos tirar os vermes"...e foi direto no ponto onde estavam. Questionei isso, ele disse que sempre ficam naquela parte e viramos uma delas do avesso atrás de outros, sem sinal deles.

Parecem parasitas com ponto certo de fixação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Põe bastante wasabi pra dar uma desinfetada e tá tudo certo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os vermes acabam tendo alguma utilidade...

chop_suey.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Este ano vi a presença desses vermes em duas cachorras lá no Xingu.

Uma delas ficou algumas horas no barco antes de ser lima - apresentou vermes na carne.

A outra, foi limpa dentro de 10 minutos depois de capturada - vermes também na carne.

Pra mim essa história de estarem nas visceras e depois passarem para a carne não condiz com o que observei.

Nos dois casos o piloteiro que abriu os peixes, chegou a dizer (agora vamos tirar os vermes"...e foi direto no ponto onde estavam. Questionei isso, ele disse que sempre ficam naquela parte e viramos uma delas do avesso atrás de outros, sem sinal deles.

Parecem parasitas com ponto certo de fixação.

Oscar: valeu!!!!!!!!!!!mais vale uma experiencia pessoal e vivida que ouvido de boca de terceiros.........

No final tudo vira energia e o que sobra via para o vaso sanitário mas restou experiencia e conhecimento.

Um abraço, ADAUTO.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

SOU MÉDICO E PESCADOR

Já procurei matéria cientíca a respeito e não encontrei nada .

O que sei , é que todo mudo que come esta vivo até hoje .

Na minha cabeça , TEM UM REGULADOR DE ENTRADA , e limita algumas coisas para entrarem na minha boca , EX : Pesco no mar , e qdo pego corvina com minhoca , termo usado aqui , o REGULADOR FECHA A ENTRADA , ou seja : não consigo comer .

É questão só de preconceito , se algum dia alguem me der PEIXE PARA COMER , normalmente a gente não pergunta que peixe é com intuito de saber se tem minhoca ( verme ) ou não , daí posso até comer sem problema , mas se souber que é CORVINA , NÃO COMO .

Aqui em minha região , a corvina é o peixe mais comum que tem estes vermes ( minhoca ) 95 % deles tem , mas já foi encontrado aqui no SAIRÚ ( tipico daqui da região ) e traíras tb .

Falaram que na corvina dependia da época do ano , já peguei corvina de janeiro a janeiro e quase todas elas tinham este verme , DESISTÍ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

ABRAÇOS

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Adoro comida japonesa.

Sushi, Sashimi só como de Salmão.

Já aconteceu comigo de almoçar, com amigos do trabalho, em restaurante muito conceituado no RJ e pedimos um daqueles barcões com muita variedade e de repente vimos uma minhoquinha se mexendo num sashimi de carne branca, provavelmente de corvina.

Nunca mais comi sashimi ou sushi de carne branca.

Agora frito ou cozido, como disse o Tuba é proteína. Mando pra dentro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Pessoal, meu avô não comia corvina por nada, dizia que tinha muito verme, e nos meus tempos de pesca de praia, realmente peguei muitas que tinham esse verme...

Reparo que na grande maioria dos Dourados do mar, visto em bancas de peixe, tem esse verme e todos ficam no couro, com mais frequência na barriga...

Alguém sabe sobre isso? esse peixe pode comer?

obs: sei que o que ingerimos e não vemos é bem pior que isso.... :eek: mas não custa perguntar né...

abração !!!!!

Os peixes, assim como quase todos animais possuem parasitas. Existem os endoparasitas(internos) e os exoparasitas|(externos). Esses que vc relata na pele do peixe podem ser lerneas(comuns em peixes do mar). A maioria desses parasitas sao inofensivos para o peixe e para o homem. O perigo estao em alguns peixes que são hospedeiros intermediarios de um tipo de verme parecido com a tênia. Esses podem passar para o homem quando o peixe é ingerido cru. Um aviso: Não comam sashimi de tainha ou parati. a grande maioria deles sao hospedeiros desse verme. de outro modo é como diz o ditado: Bicho de goiaba, goiaba é... kkkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

tp galera, uma coisa que me deixa com a pulga atras da orelha

eu as vezes costumo ir em alguns tanques de fazenda pescar umas piranhas e traíras

otimo mas a questão é o seguinte, quando vc limpa elas, dentro delas, tem tipo uns cistos os quais vc abre e sai um verme

faz anos que vejo isso

anos atras até foi levado um no posto de saude a a mulher falou que era normal etc, e era so fritar q ele morria

eu queria sabe

se mais alguem que pesca piranha/tráíra em fazendas, tbm ja viu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Diego,

Isso já foi bastante discutido aqui, neste post! Em razão disso, mais tarde vou mesclar os dois para o assunto não restar disperso. :ok:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

aff, desculpa faltou até da minha cabeça procurar o topico

( é que to meio entretido dando manutenção nas carretilhas^^ aqui)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É perguntei o pessoal aqui e me falaram desses tais vermes, que ja viram presentes em trairas, mas pelo que eu saiba ninguem comeu peixe com verme hahahha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Triste de um Bicho que o outro engole :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

LEIAM ISSO AQUI :

Peixes também sofrem com vermes

Ernesto de Souza

Globo Rural/Globo Rural

Peixes com vermes podem causar sérios problemas à saúde se consumidos crus ou mal cozidos

“Pesquei alguns peixes na represa de Presidente Epitácio, interior paulista, mas ao limpá-los percebi que apresentavam um ponto escuro no meio da carne, que lembrava um pequeno grão de feijão. Ao retirá-lo, vi que se tratava de uma cápsula e que, dentro dela, havia um verme de uns 4 centímetros. O consumo desses peixes traz riscos para a saúde?”

Arthur Perrucci Júnior, Bragança Paulista, SP

Existem certos vermes que parasitam peixes ou têm neles seus hospedeiros, que podem trazer riscos à saúde humana, às vezes até bem sérios, se os peixes forem consumidos crus ou mal cozidos. As informações fornecidas não são suficientes para conhecer os riscos da ingestão. Saber qual espécie foi infestada, assim como ter amostras do parasita para identificá-lo, seria fundamental para responder à dúvida do leitor com o devido rigor.

Os peixes são normalmente portadores sadios. Os parasitas precisam de um hospedeiro para sobreviver. Quem consumir o peixe contaminado – seja um outro peixe, uma ave, um mamífero ou eventualmente o homem – passa a ser o hospedeiro definitivo. O parasita pode se alojar, por exemplo, no intestino humano.

Na consulta, o parasita pode ser um nematóide. No caso de o homem ter comido peixe cru parasitado por tremátodas (classe à qual pertencem os parasitas com aparelho digestivo incompleto e corpo geralmente foliáceo, assegmentado e desprovido de cílios, como o esquistossomo), esses vermes irão se alojar no intestino humano, liberando muitos ovos, que podem ser absorvidos e se fixarem em áreas problemáticas como o cérebro, o miocárdio, chegando a causar a morte do hospedeiro.

CONTÁGIO Há duas maneiras de esse parasita se hospedar no peixe: por ingestão ou pelas brânquias. Após se desenvolver num primeiro hospedeiro, geralmente um caramujo, num dia ensolarado o nematóide deixa esse organismo e nada à procura de um peixe para se instalar, penetrando em sua pele pelas brânquias. Uma vez instalado, o verme se encapsula esperando ser rompido quando for ingerido por um indivíduo de sangue quente e passa a parasitar esse novo ser. A outra forma de infestação, e mais comum, é o nematóide ser engolido pelo peixe junto com o caramujo.

Se o parasita é do tipo que permanece no peixe isolado por uma cápsula, não há perigo de encontrarmos fora desse cisto outros vestígios do verme. Retirado o cisto, o peixe poderia ser consumido sem problemas. A restrição que se faz, e isso se aplica a qualquer organismo aquático, de água doce ou salgada, cuja procedência não é conhecida, é não consumir sua carne crua ou mal cozida. Além desses parasitas, há outros que podem viver e até se reproduzir dentro do peixe, causando ou não problemas ao homem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0