Recommended Posts

Salve salve galera do Pescaki, mais uma vez venho pedir ajuda por leiguice kkkk

Recentemente eu ganhei essa joia do meu avô (video) que é do inicio dos anos 90 e não possui 20 horas de uso, é um motor mariner 15hp, e eu fiz esse vídeo de teste dele que fazia 8 anos que não funcionava e ele pegou de boa, mas estou aqui pelo seguinte: Sempre ouvi dizer que os motores MARINER, MERCURY E YAMAHA são todos fabricados no mesmo lugar ou seja tudo igual, isso é verdade?
E outra coisa, alguém sabe como que faço para temperar a gasolina, tipo quanto de oleo por litro de gasolina para esse motor?

OBRIGADO E VLW!

http://youtu.be/OO1qkM-cr6A

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Raridade !!!!.

Parabéns pelo presente SHOW!!!!!. :bs-aplauder::bs-aplauder::bs-aplauder:

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Todo motor que funcionou em água salgada ou em rio de fundo calcário, DEVE funcionar com água docê por 10 minutos. Sendo o motor carburado, este deve ser ligado uma vez por semana por um periodo de 5~10 minutos. Segue abaixo alguns passos para o procedimento de lavagem e guarda do motor/barco:

1- tirar o barco da água.

2- Tirar o capô do motor ou abrir o porão

3- Verificar se há algum vazamento de combustível, cabo de vela solto, se está tudo bem!

4- Colocar o "telefone" ou "orelhão" na rabeta.

5- Verificar se a pressão da água está boa (nos motores de popa tem um orifício na lateral que espirra água com boa pressão, se a pressão for baixa este orifício vai sair pouca água).

6- Ligar o motor sem acelerar (alem de o motor já estar quente, NUNCA se acelera fora d'água).

7- Verificar se água está retornando pela descarga.

8- Verifique a água que sai, se está muito preta ou com óleo, caso esteja pode ser um problema, a água deve sair limpa com um leve deposito de carvão.

9- Verificar se o XIXI do motor está com pressão.

10- Você vai notar que após alguns minutos a água começará sair por outras saídas, estas saídas estão ligadas ao termostato, isto significa que os termostatos estão se abrindo.

11- Deixe a partir deste ponto o motor funcionar por 10 minutos, sempre verificando a pressão dá água e a temperatura do motor, COMO? Pela água que sai na descarga, se ela estiver fervendo, significa que a pressão da água esta pouca, mas se a água ficar somente quente, isto é normal.

12- Desligue o motor, e levante a rabeta, para se lavar embaixo, aproveite e verifique os anodos, nesta área é comum juntar as "cracas" ou "Caracas", não deixe acumular, lave bem, com água.

13- Verifique nos hélices por amassados, linhas de nylon, e folgas, no caso de amassado é recomendável reparar antes de usar o hélice novamente, para não prejudicar os rolamentos.

14- Abaixe a rabeta e lave o motor...O MOTOR? Sim o motor, é claro que você deve esperar um pouco para que não haja choque de temperatura e provoque uma rachadura no bloco. Lave o motor com mangueira com pressão baixa de cima para baixo, somente nos cabeçotes e na descarga, nos motores de popa, da metade do volante para traz sem molhar o motor de arranque.

15- Deixe secar, e verifique as baterias, lave as também, verifique o porão por sujeira ou algo que possa travar o automático da bomba de porão. Passe graxa ou vaselina nos bornes de bateria.

16- Aplique spray do fabricante no motor todo, ou vaselina, mas sem fazer lambança.

17- Retire tudo que tem para sair do barco.

18- Verifique o reservatório de óleo, não deixe cair água em cima.

19- Lave o barco com água e detergente, não precisa lavar os estofados com mangueira, pois só vão encharcar a espuma, use esponja e balde, coloque tudo para secar.

20- Coloque o capô no motor, e de polimento com cera de carro uma vez por mês. Nos motores escuros é comum encontrar manchas de sal na coluna, neste caso esfregue uma esponja com vinagre, varias vezes e depois aplique acera, a mancha vai sair.

21- Se puder não coloque a capa de cobertura, e não feche o porão, deixe o barco respirar por um dia se possível.

22- Verifique se a chave geral está desligada.

23- Verifique se o bocal do tanque de combustível está fechado.

24- Coloque a lona de cobertura, verificando se o respiro do tanque está para fora, aplique vaselina no respiro, pois já vi muito marimbondo fazer casa alí.

25- Sempre deixe a proa do barco mais alta que a popa, para evitar acumulo de água proveniente de chuva.

26- Anote a data do abastecimento, pois o combustível, seja gasolina ou diesel tem vida útil muito curta. 30 dias.

OBS:

1. Não acelerar o motor acima de 1500 RPM em ponto morto

2. Não engrenar com o giro alto (passar de "A FRENTE"para "RE")

3. Usar gasolina de boa qualidade, de preferência a gasolina Prêmio, mas pode usar a aditivada ou a comum

4. A gasolina não deverá ficar estocada por mais de 30 dias

  • Caso a gasolina esteja "velha", drenar o tanque todo.

5. Para motores novos fazer a primeira revisão com 20 horas, para os demais motores fazer revisão geral verifique a periodicidade no manual do motor, a grande maioria é de 50 em 50 horas

6. O uso do galão é melhor que o uso telefone, mas mesmo assim não se deve acelerar em ponto morto e não deixe o motor funcionar no glão por mais de 5 minutos, pois a água tende a esquentar.

Para melhor rendimento do motor:

1. Fazer o motor funcionar por 5 minutos toda semana usando o "telefone"ou tanque de "barril"de água doce

2. Não acelerar o motor quando estiver adoçando.

OBS.: O uso do "telefone"só é aconselhável quando a pressão de água estiver forte.

Óleo 2T

Usar somente óleo TCW3 para motores carburados e sintéticos para motores DI

1. Evinrude/Johnson TCW3

2. Evinrude Ficht Ram Oil

Todo óleo mineral é residual,mas os óleos vendidos pelos fabricantes de motor com sua marca, passam por um melhor controle de qualidade. daí serem menos residuais.

Mistura 50:1

Óleos 90 p/ Transmissão

O óleo importado não leva enxofre, por isso não tem cheiro de ovo podre, mas tambem é melhor e mais caro. No mercado nacional você deve procurar óleo para engrenagem tipo hipoide, ou classificação API GL4 ou GL5.

Nem todos os óleos 90 para engrenagem tipo hipóide tem as mesmas caracteristica , verifique no verso a classificação 5 é a melhor, é comum encontrar 3.

Descarbonizantes

Os descarbonizantes em lata são os ideais. Com o motor funcionando aplicar até voce conseguir "matar" o motor. Aguarde de 10 até 20 horas e ligue o motor, voce vera que pela saida da descarga vai sair uma fuligem preta com á agua.

A carbonização se dá até em motores 4 tempos, o carbono não queimado e solidificado vai se consentrar nas partes porosas do motor que estiverem por perto, cabeçote, pistões,aneis janelas, no caso de excesso de óleo misturado a gasolina, este antes de passar para frente do pistão ele se acumula exatamente atraz do pistão, ou seja a mistura nova que está aguardando o pistão descer para passar para a janela de tranferenciae assim atingir a c6amara de combustão, comessa a queimar ali mesmo atraz do pistão, pois este(pistão) já está quente e com acúmulo de carvão no topo do pistão. Então o pistão queima o escesso de óleo por cima e por baixo dele e com isso faz com que o carvão fique praticamente encandecente o tempo todo, RESULTANTE = MISTURA EMPOBRECIDA + PRÉ IGNIÇÃO. O carvão funciona como esponja sulgado o combustivel e queimando na decida. Dai a nescessidade de se fazer um descarbonizamento à cada 50 horas.

mas use 50:1.

Hélice

A"receita" para se achar o hélice ideal, é colocar duas pessoas (70Kg) e com tanque de gasolina, óleo e água cheios, daí testar o barco e ver se atinje o RPM máximo exigido pelo fabricante, no teu caso 5500RPM, se ultrapassar, o hélice está pequeno, se não chegar perto seu hélice está grande demais.
Em motores de popa, onde a descarga é no meio do hélice, e com isso ajuda na ventilação do mesmo, que vai proporcionar uma "água mais leve"e com isso conseguir mais RPM (Rotação Por Minuto). Primeiramente voce precisa saber qual é o RPM recomendavel para velocidade maxima, com esta informação voce poderá saber se está com um hélice muito grande ou pequeno, no caso de um hélice grande , o que vai acontecer é que você não vai conseguir chegar no RPM recomendado, vai ficar abaixo, e se você tiver um hélice pequeno, você vai chegar com facilidade no RPM recomendado ou até ultrapassar. O DIAMETRO quanto maior, maior é o torque (deslocamento ) e o PASSE quanto mais ângulo maior a velocidade final e menor arrancada, menor ângulo maior arrancada e menor final.

Atualmente todos os hélices de linha para motores de popa, centro/rabeta e "pé de galinha" são hélices de passo variavel, a curvatura da PÁ é a variação, alguns hélices tem a curvatura acentuada na base junto ao torpedo )melhora em teoria na arrancada) e outros hélices tem a curvatura acentuada na ponta "cuping" melhora na final e dá mais "grip" nas curvas. os hélices de competição tem a curvatura interna quase reta ou reta (borda de fuga) diminuem a arrancada mas em compensação aumentam a final. Os hélices de áço SST II são ótimos para arrancada e intermediaria, já os Rakers são pessimos na arrancada e ótimos em final, mas existem os de 4 pás , que são perfeitos na arrancada e ótimos na intermediaria alta, só perdendo para a de três pás por uma milha... é complexo mas não é impossível.

A conta é facil: veja o RPM maximo que voce consegue com o tanque cheio e com duas pessoas , usando o trim, você deverá chegar na faixa de 5200 a 5600 RPM, se passar o hélice esta pequeno, suba um passe (de 19" para 21")

RPM X Relação X PassoX 0,0009469= Velocidade Teórica

RPM= O giro maximo recomendado pelo seu motor (6.000 RPM) Relação = É a relação das engrenagens da rabeta (13:26 = 0,500) Passo = o espaço percorrido pelo hélice em um giro completo (19polegadas) 0,0009469 = constante de perda por patinação e arrasto do casco ( esta constante pode se alterar se o barco for grande e pesado)

6.000X .5 X 19X 0,0009469=53.97 milhas/hora.

Aditivos

O Stabill da STP como o Carbom gard da Johnson são altamente recomendáveis, pois alem limpar o sistema de combustível, aumenta a logevidade da gasolina em quase 50%, não há perigo de o motor ficar viciado.

Economia

Os motores 2 tempos trabalham procurando o empobrecimento da mistura ar/combustivel, para se ter certeza de que o seu motor não está trabalhando pobre, acione o afogador levemente em alta velocidade, e verifique se o comportamento do motor.
-Se o motor aumentar o giro o permanecer no mesmo giro, significa que há uma pequena obstrução na alimentação do motor.
-Se o motor cair de giro,significa que o sistema está saudável e não precisa, naquele momento, de uma verificação.
IMPORTANTE: A carbonização contribui no aumento de compressão, isso pode justificar a melhora do seu motor, somado há um bom combustível. Mas o excesso de carvão é altamente prejudicial, vai desgastar o motor internamente, criando folgas prematuras.
Fazer uma revisão a cada 6 meses (carburação) e a cada 100Horas (motor) é primordial para o motor.

A compressão não deve ser inferior a 85PSI e não passar de 140PSi, mas o mais importante é a diferença entre os cilidros, que não pode passar de 10% ou 15PSI no casos extremos

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Normando

Tenho um Mariner 15 HP,ano 93 fabricado no Japão. A recomendação do fabricante e o que uso sempre é a mistura 50:1. Nestes vinte e um anos pescando com ele, só foi necessário substituir as velas , o rotor da bomba dágua e o hélice, esta por conta de uma barbeiragem de meu pai que pegou uma pedra e acabou empenando.

A mecânica é toda Yamaha e se não me engano eles fabricaram para a Mariner atender o mercado da Ásia dos anos 80 até 1994. Hoje me parece que Mariner ou é americano ou Canadense.

Nunca me deixou na mão.

Sdc10021.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hofacher,

Obrigado pela grande aula.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hofacher,

Obrigado pela grande aula.

Que aula? Isso acima foi o curso inteiro. Parabéns Hofacher!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho um igual o do Normando, por sinal Normando tá zerinho hein? Motor top tiramos zero em 93 estamos até hj com ele, não vendo por nada.

Paulo parabéns pelo motor.

Como sou um viciado em motores vou explicar como são os Mariner 15hp a partir de 1990

Existem 3 modelos:

1- Mariner Americano 15hp: mesma máquina do Mercury americano só mudando a cor, motor mais prático que existe são leves(34kg) e com partida muito leve, tem regulagem do trim automática, Piloto automático( trava o leme) e a partir de 92 ou 93 já vem com cambio no manche, são fabricados até hoje.

motor+de+popa+mariner+98+15hp+itanhaem+s

2-Mariner Marathon 15hp Japones: saiu entre 90 a 95, fabricado pela Yamaha, motor muito robusto, motor não incomoda, anda mais e consome menos que o americano, mais pesado (37.5kg), apesar da semelhança tem umas diferenças do Yamaha, pois tem protetor de partida, saída de pra luz, passo de hélice mais curto e as passagens de água são revestidas em níquel . Igual o meu e do Normando, quem tem não vende

2530348122.jpg

3-Mariner Marathon 15hp Americano: esse é mosca branca, saiu aqui entre 96-98, difícil de ver, sonho de consumo meu, trata-se de um motor com a cabeça de força de 25hp( mercury americano) porém com rabeta e estrutura do 15hp americano. Motor que anda demais, tem uma força bruta, tem 400cc nem o novo Mercury super anda com ele, porém pesa 43kg, se colocar o carburador do 25hp vai andar igual.

motor+de+barco+15+hp+mariner+excelente+e

Paulo o seu é o Mariner americano, um dos motores mais vendidos e comuns até hj nos EUA.

Os da série Marathon foram feitos visando pescadores profissionais, pois tem mais desempenho com menor consumo, são de construção mais simples e mais robustos, porém com maior peso e partida bem pesadinha.

A Mariner é da Mercury, se não me engano o último modelo que aqui foi em 2004 sendo o mesmo motor da década de 90 só com pequenas mudanças na pintura. Em outros países continuam a vender, a Mercury hj só traz o modelo deles pra cá, e apenas o Americano que é raro encontrar e o Super que é líder de vendas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Paulo quanto ao manejo,é simples, faça uma mistura de 40 a 50 litros gasolina pra cada 1L de óleo 2T, ou seja coloque 0.5L num tanque cheio.

-Use sempre oleo náutico TCW3, evite 2T de moto pois vai carbonizar velas e cabeça do pistão

-Veja sempre se a bomba dágua tá funcionando(motor mijando)

-Use combustível de procedência, não use aditivado

-Dependendo do uso a cada ano leve num mecanico pra verificar velas, rotor de bomba dágua, troca de oleo da rabeta e limpeza do carburador.

Fazendo isso terá motor por muitos anos tenho esse 15hp de 93 que deve ter passado das mil horas, sempre fiz isso, pega de primeira e anda muito até hj

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Normando

"......por sinal Normando tá zerinho hein?"

E tá mesmo Guto! Também é tratado que nem nenê, apesar de já ter rodado por muitos rios deste Brasil! Tiramos ele zero em 1993 na antiga MABEL em SP. E é como você disse, quem tem não vende.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Todo motor que funcionou em água salgada ou em rio de fundo calcário, DEVE funcionar com água docê por 10 minutos. Sendo o motor carburado, este deve ser ligado uma vez por semana por um periodo de 5~10 minutos. Segue abaixo alguns passos para o procedimento de lavagem e guarda do motor/barco:

1- tirar o barco da água.

2- Tirar o capô do motor ou abrir o porão

3- Verificar se há algum vazamento de combustível, cabo de vela solto, se está tudo bem!

4- Colocar o "telefone" ou "orelhão" na rabeta.

5- Verificar se a pressão da água está boa (nos motores de popa tem um orifício na lateral que espirra água com boa pressão, se a pressão for baixa este orifício vai sair pouca água).

6- Ligar o motor sem acelerar (alem de o motor já estar quente, NUNCA se acelera fora d'água).

7- Verificar se água está retornando pela descarga.

8- Verifique a água que sai, se está muito preta ou com óleo, caso esteja pode ser um problema, a água deve sair limpa com um leve deposito de carvão.

9- Verificar se o XIXI do motor está com pressão.

10- Você vai notar que após alguns minutos a água começará sair por outras saídas, estas saídas estão ligadas ao termostato, isto significa que os termostatos estão se abrindo.

11- Deixe a partir deste ponto o motor funcionar por 10 minutos, sempre verificando a pressão dá água e a temperatura do motor, COMO? Pela água que sai na descarga, se ela estiver fervendo, significa que a pressão da água esta pouca, mas se a água ficar somente quente, isto é normal.

12- Desligue o motor, e levante a rabeta, para se lavar embaixo, aproveite e verifique os anodos, nesta área é comum juntar as "cracas" ou "Caracas", não deixe acumular, lave bem, com água.

13- Verifique nos hélices por amassados, linhas de nylon, e folgas, no caso de amassado é recomendável reparar antes de usar o hélice novamente, para não prejudicar os rolamentos.

14- Abaixe a rabeta e lave o motor...O MOTOR? Sim o motor, é claro que você deve esperar um pouco para que não haja choque de temperatura e provoque uma rachadura no bloco. Lave o motor com mangueira com pressão baixa de cima para baixo, somente nos cabeçotes e na descarga, nos motores de popa, da metade do volante para traz sem molhar o motor de arranque.

15- Deixe secar, e verifique as baterias, lave as também, verifique o porão por sujeira ou algo que possa travar o automático da bomba de porão. Passe graxa ou vaselina nos bornes de bateria.

16- Aplique spray do fabricante no motor todo, ou vaselina, mas sem fazer lambança.

17- Retire tudo que tem para sair do barco.

18- Verifique o reservatório de óleo, não deixe cair água em cima.

19- Lave o barco com água e detergente, não precisa lavar os estofados com mangueira, pois só vão encharcar a espuma, use esponja e balde, coloque tudo para secar.

20- Coloque o capô no motor, e de polimento com cera de carro uma vez por mês. Nos motores escuros é comum encontrar manchas de sal na coluna, neste caso esfregue uma esponja com vinagre, varias vezes e depois aplique acera, a mancha vai sair.

21- Se puder não coloque a capa de cobertura, e não feche o porão, deixe o barco respirar por um dia se possível.

22- Verifique se a chave geral está desligada.

23- Verifique se o bocal do tanque de combustível está fechado.

24- Coloque a lona de cobertura, verificando se o respiro do tanque está para fora, aplique vaselina no respiro, pois já vi muito marimbondo fazer casa alí.

25- Sempre deixe a proa do barco mais alta que a popa, para evitar acumulo de água proveniente de chuva.

26- Anote a data do abastecimento, pois o combustível, seja gasolina ou diesel tem vida útil muito curta. 30 dias.

OBS:

1. Não acelerar o motor acima de 1500 RPM em ponto morto

2. Não engrenar com o giro alto (passar de "A FRENTE"para "RE")

3. Usar gasolina de boa qualidade, de preferência a gasolina Prêmio, mas pode usar a aditivada ou a comum

4. A gasolina não deverá ficar estocada por mais de 30 dias

  • Caso a gasolina esteja "velha", drenar o tanque todo.

5. Para motores novos fazer a primeira revisão com 20 horas, para os demais motores fazer revisão geral verifique a periodicidade no manual do motor, a grande maioria é de 50 em 50 horas

6. O uso do galão é melhor que o uso telefone, mas mesmo assim não se deve acelerar em ponto morto e não deixe o motor funcionar no glão por mais de 5 minutos, pois a água tende a esquentar.

Para melhor rendimento do motor:

1. Fazer o motor funcionar por 5 minutos toda semana usando o "telefone"ou tanque de "barril"de água doce

2. Não acelerar o motor quando estiver adoçando.

OBS.: O uso do "telefone"só é aconselhável quando a pressão de água estiver forte.

Óleo 2T

Usar somente óleo TCW3 para motores carburados e sintéticos para motores DI

1. Evinrude/Johnson TCW3

2. Evinrude Ficht Ram Oil

Todo óleo mineral é residual,mas os óleos vendidos pelos fabricantes de motor com sua marca, passam por um melhor controle de qualidade. daí serem menos residuais.

Mistura 50:1

Óleos 90 p/ Transmissão

O óleo importado não leva enxofre, por isso não tem cheiro de ovo podre, mas tambem é melhor e mais caro. No mercado nacional você deve procurar óleo para engrenagem tipo hipoide, ou classificação API GL4 ou GL5.

Nem todos os óleos 90 para engrenagem tipo hipóide tem as mesmas caracteristica , verifique no verso a classificação 5 é a melhor, é comum encontrar 3.

Descarbonizantes

Os descarbonizantes em lata são os ideais. Com o motor funcionando aplicar até voce conseguir "matar" o motor. Aguarde de 10 até 20 horas e ligue o motor, voce vera que pela saida da descarga vai sair uma fuligem preta com á agua.

A carbonização se dá até em motores 4 tempos, o carbono não queimado e solidificado vai se consentrar nas partes porosas do motor que estiverem por perto, cabeçote, pistões,aneis janelas, no caso de excesso de óleo misturado a gasolina, este antes de passar para frente do pistão ele se acumula exatamente atraz do pistão, ou seja a mistura nova que está aguardando o pistão descer para passar para a janela de tranferenciae assim atingir a c6amara de combustão, comessa a queimar ali mesmo atraz do pistão, pois este(pistão) já está quente e com acúmulo de carvão no topo do pistão. Então o pistão queima o escesso de óleo por cima e por baixo dele e com isso faz com que o carvão fique praticamente encandecente o tempo todo, RESULTANTE = MISTURA EMPOBRECIDA + PRÉ IGNIÇÃO. O carvão funciona como esponja sulgado o combustivel e queimando na decida. Dai a nescessidade de se fazer um descarbonizamento à cada 50 horas.

mas use 50:1.

Hélice

A"receita" para se achar o hélice ideal, é colocar duas pessoas (70Kg) e com tanque de gasolina, óleo e água cheios, daí testar o barco e ver se atinje o RPM máximo exigido pelo fabricante, no teu caso 5500RPM, se ultrapassar, o hélice está pequeno, se não chegar perto seu hélice está grande demais.

Em motores de popa, onde a descarga é no meio do hélice, e com isso ajuda na ventilação do mesmo, que vai proporcionar uma "água mais leve"e com isso conseguir mais RPM (Rotação Por Minuto). Primeiramente voce precisa saber qual é o RPM recomendavel para velocidade maxima, com esta informação voce poderá saber se está com um hélice muito grande ou pequeno, no caso de um hélice grande , o que vai acontecer é que você não vai conseguir chegar no RPM recomendado, vai ficar abaixo, e se você tiver um hélice pequeno, você vai chegar com facilidade no RPM recomendado ou até ultrapassar. O DIAMETRO quanto maior, maior é o torque (deslocamento ) e o PASSE quanto mais ângulo maior a velocidade final e menor arrancada, menor ângulo maior arrancada e menor final.

Atualmente todos os hélices de linha para motores de popa, centro/rabeta e "pé de galinha" são hélices de passo variavel, a curvatura da PÁ é a variação, alguns hélices tem a curvatura acentuada na base junto ao torpedo )melhora em teoria na arrancada) e outros hélices tem a curvatura acentuada na ponta "cuping" melhora na final e dá mais "grip" nas curvas. os hélices de competição tem a curvatura interna quase reta ou reta (borda de fuga) diminuem a arrancada mas em compensação aumentam a final. Os hélices de áço SST II são ótimos para arrancada e intermediaria, já os Rakers são pessimos na arrancada e ótimos em final, mas existem os de 4 pás , que são perfeitos na arrancada e ótimos na intermediaria alta, só perdendo para a de três pás por uma milha... é complexo mas não é impossível.

A conta é facil: veja o RPM maximo que voce consegue com o tanque cheio e com duas pessoas , usando o trim, você deverá chegar na faixa de 5200 a 5600 RPM, se passar o hélice esta pequeno, suba um passe (de 19" para 21")

RPM X Relação X PassoX 0,0009469= Velocidade Teórica

RPM= O giro maximo recomendado pelo seu motor (6.000 RPM) Relação = É a relação das engrenagens da rabeta (13:26 = 0,500) Passo = o espaço percorrido pelo hélice em um giro completo (19polegadas) 0,0009469 = constante de perda por patinação e arrasto do casco ( esta constante pode se alterar se o barco for grande e pesado)

6.000X .5 X 19X 0,0009469=53.97 milhas/hora.

Aditivos

O Stabill da STP como o Carbom gard da Johnson são altamente recomendáveis, pois alem limpar o sistema de combustível, aumenta a logevidade da gasolina em quase 50%, não há perigo de o motor ficar viciado.

Economia

Os motores 2 tempos trabalham procurando o empobrecimento da mistura ar/combustivel, para se ter certeza de que o seu motor não está trabalhando pobre, acione o afogador levemente em alta velocidade, e verifique se o comportamento do motor.

-Se o motor aumentar o giro o permanecer no mesmo giro, significa que há uma pequena obstrução na alimentação do motor.

-Se o motor cair de giro,significa que o sistema está saudável e não precisa, naquele momento, de uma verificação.

IMPORTANTE: A carbonização contribui no aumento de compressão, isso pode justificar a melhora do seu motor, somado há um bom combustível. Mas o excesso de carvão é altamente prejudicial, vai desgastar o motor internamente, criando folgas prematuras.

Fazer uma revisão a cada 6 meses (carburação) e a cada 100Horas (motor) é primordial para o motor.

A compressão não deve ser inferior a 85PSI e não passar de 140PSi, mas o mais importante é a diferença entre os cilidros, que não pode passar de 10% ou 15PSI no casos extremos

Nossa Hofacher muito obrigado pela aula, valeu mesmo!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho um Mariner 15 HP,ano 93 fabricado no Japão. A recomendação do fabricante e o que uso sempre é a mistura 50:1. Nestes vinte e um anos pescando com ele, só foi necessário substituir as velas , o rotor da bomba dágua e o hélice, esta por conta de uma barbeiragem de meu pai que pegou uma pedra e acabou empenando.

A mecânica é toda Yamaha e se não me engano eles fabricaram para a Mariner atender o mercado da Ásia dos anos 80 até 1994. Hoje me parece que Mariner ou é americano ou Canadense.

Nunca me deixou na mão.

Sdc10021.jpg

Tenho um Mariner 15 HP,ano 93 fabricado no Japão. A recomendação do fabricante e o que uso sempre é a mistura 50:1. Nestes vinte e um anos pescando com ele, só foi necessário substituir as velas , o rotor da bomba dágua e o hélice, esta por conta de uma barbeiragem de meu pai que pegou uma pedra e acabou empenando.

A mecânica é toda Yamaha e se não me engano eles fabricaram para a Mariner atender o mercado da Ásia dos anos 80 até 1994. Hoje me parece que Mariner ou é americano ou Canadense.

Nunca me deixou na mão.

Sdc10021.jpg

Tenho um Mariner 15 HP,ano 93 fabricado no Japão. A recomendação do fabricante e o que uso sempre é a mistura 50:1. Nestes vinte e um anos pescando com ele, só foi necessário substituir as velas , o rotor da bomba dágua e o hélice, esta por conta de uma barbeiragem de meu pai que pegou uma pedra e acabou empenando.

A mecânica é toda Yamaha e se não me engano eles fabricaram para a Mariner atender o mercado da Ásia dos anos 80 até 1994. Hoje me parece que Mariner ou é americano ou Canadense.

Nunca me deixou na mão.

Sdc10021.jpg

muito legal, o meu vai ter que trocar a hélice também ela está jogando as velas já foram trocada, obrigado pelo relato!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho um igual o do Normando, por sinal Normando tá zerinho hein? Motor top tiramos zero em 93 estamos até hj com ele, não vendo por nada.

Paulo parabéns pelo motor.

Como sou um viciado em motores vou explicar como são os Mariner 15hp a partir de 1990

Existem 3 modelos:

1- Mariner Americano 15hp: mesma máquina do Mercury americano só mudando a cor, motor mais prático que existe são leves(34kg) e com partida muito leve, tem regulagem do trim automática, Piloto automático( trava o leme) e a partir de 92 ou 93 já vem com cambio no manche, são fabricados até hoje.

motor+de+popa+mariner+98+15hp+itanhaem+s

2-Mariner Marathon 15hp Japones: saiu entre 90 a 95, fabricado pela Yamaha, motor muito robusto, motor não incomoda, anda mais e consome menos que o americano, mais pesado (37.5kg), apesar da semelhança tem umas diferenças do Yamaha, pois tem protetor de partida, saída de pra luz, passo de hélice mais curto e as passagens de água são revestidas em níquel . Igual o meu e do Normando, quem tem não vende

2530348122.jpg

3-Mariner Marathon 15hp Americano: esse é mosca branca, saiu aqui entre 96-98, difícil de ver, sonho de consumo meu, trata-se de um motor com a cabeça de força de 25hp( mercury americano) porém com rabeta e estrutura do 15hp americano. Motor que anda demais, tem uma força bruta, tem 400cc nem o novo Mercury super anda com ele, porém pesa 43kg, se colocar o carburador do 25hp vai andar igual.

motor+de+barco+15+hp+mariner+excelente+e

Paulo o seu é o Mariner americano, um dos motores mais vendidos e comuns até hj nos EUA.

Os da série Marathon foram feitos visando pescadores profissionais, pois tem mais desempenho com menor consumo, são de construção mais simples e mais robustos, porém com maior peso e partida bem pesadinha.

A Mariner é da Mercury, se não me engano o último modelo que aqui foi em 2004 sendo o mesmo motor da década de 90 só com pequenas mudanças na pintura. Em outros países continuam a vender, a Mercury hj só traz o modelo deles pra cá, e apenas o Americano que é raro encontrar e o Super que é líder de vendas.

Legal guto, muito interessante, obrigado pela ajuda!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou apenas dizer que é um belo presente. Cuide bem para poder se recordar com boas lembraças, sempre!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com 11 anos de idade meu Véio deu pra mim e pra meu irmão um Mercury 7.5hp véinho ano 82, foi o melhor presente que já ganhei na vida, era todo FDS no rancho andando nele por 10 anos, acabamos por vender ele. Um arrependimento total, hj ele ainda está aqui na cidade parado mais bem judiado, tenho vontade de comprar denovo e reformá-lo inteiro e guardar com lembrança e relíquia daqueles bons tempos, e usá-lo tb pois o motorzinho era show, duro que não cabe mais motor em casa, hehehehe. Cuide desse motor será uma lembrança eterna do seu avô.

side-mercury-7.5-hp.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou apenas dizer que é um belo presente. Cuide bem para poder se recordar com boas lembraças, sempre!

é verdade, obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com 11 anos de idade meu Véio deu pra mim e pra meu irmão um Mercury 7.5hp véinho ano 82, foi o melhor presente que já ganhei na vida, era todo FDS no rancho andando nele por 10 anos, acabamos por vender ele. Um arrependimento total, hj ele ainda está aqui na cidade parado mais bem judiado, tenho vontade de comprar denovo e reformá-lo inteiro e guardar com lembrança e relíquia daqueles bons tempos, e usá-lo tb pois o motorzinho era show, duro que não cabe mais motor em casa, hehehehe. Cuide desse motor será uma lembrança eterna do seu avô.

side-mercury-7.5-hp.jpg

é verdade, vou cuidar obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara que presente maravilhoso , ainda mais vindo de seu avô que deve de gostar muito de você , cuide bem dele pois é uma lembrença que não tem preço , a dica do óleo e tudo mais já foi dada e então é motor no barco e bora pescar !!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rapaz esse tópico é uma verdadeira aula e parabéns pelo presente :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rapaz esse tópico é uma verdadeira aula e parabéns pelo presente :D

:simsim: :simsim: :simsim: :simsim:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia;

Pessoal também estou no time dos velhinhos, a algum tempo ganhei de presente de um amigo um Envinrude 15hp ano 1981, quando ganhei o motor tinha algo em torno de 20 horas de uso, estava parado a muito tempo, mas foi só colocar combustível e o bicho funcionou, a única coisa que tive que mexer foi na bomba de combustível pois com o tempo ela ressecou, mas depois esta sendo só alegria.

Pessoal qual o problema em se acelerar o motor no barril ??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ao meu ver não se deve funcionar o motor em balde ou em barril por muito tempo pois a agua vai esquentando devido a próprio refrigeração do motor como a saída de gases que é através do hélice, se acelerar muito vai esquentar mais rápido, mas por 10 a 15 minutos não vejo problemas, tanto que a maioria dos mecanicos funcionam os motores dessa forma.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola Guto,

Obrigado pela resposta, concordo com vc, no caso se o problema for só a temperatura da agua é só deixar uma mangueira aberta pra ir trocando a agua.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

Parceiros: www.petsEXPERT.pt