Helmar

Volto pra ficar e pedir ajuda dos amigos

32 posts neste tópico

Bom dia a todos!

Depois de muito tempo longe vou tentar voltar ao convívio dessa turma fantástica mas com um pedido especial aos amigos.

Há quase dois anos tentei voltar a frequentar o fórum mas foi justamente à época em que eu deixei um emprego de 20 anos por vários motivos que não vêm ao caso.

Infelizmente de lá pra cá levei algumas rasteiras e vi minha vida profissional ruir.

Então peço encarecidamente àqueles que já me conhecem (e aos demais também) que puderem me ajudar de alguma forma a me recolocar no mercado e já agradeço imensamente.

Não tenho vergonha de pedir ajuda e dizer que estou realmente muito preocupado com a minha condição atual (pra não dizer desesperado). Vergonha é se acomodar, é ter preguiça ou fingir ser quem não é.

Como um breve resumo posso dizer que tenho mais de 20 anos de experiência em Gestão de Recursos Humanos generalista com foco em RH estratégico, desenvolvimento de lideranças e gestão de indicadores em RH, inglês fluente e total disponibilidade para me mudar imediatamente para qualquer lugar. Também atuei como consultor de RH no desenvolvimento de políticas e processos de RH e no planejamento estratégico de pequenas empresas nos últimos 15 meses.

Tenho me inscrito em vários processos mas está difícil, não só pelo mercado atual pois até existem vagas, mas por ser um profissional do interior isso já prejudica muito, pois na filtragem de grandes empresas este critério acaba sendo considerado a priori, além do fato de que posições de nível gerencial estão sendo absorvidas por candidatos internos. Enfim, se alguém puder me ajudar divulgando e prospectando vagas na área, por favor deixe um comentário que eu entro em contato inbox. Não vou deixar dados pessoais aqui pois o acesso é aberto.

Obrigado ao companheiro Bomediano que me autorizou e orientou a postar aqui.

Forte abraço a todos

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Helmar,

Seja bem-vindo de retorno e que tudo corra bem, resultando em ser prontamente contratado, afinal, com teu currículo não deverá ser difícil. :joia: 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Infelizmente, não podendo ajudar, desejo o melhor ao colega.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado Bome.... 

 

Obrigado Maurício... espero que outros possam

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Helmar de pronto não estou sabendo de nenhuma vaga... mas ficarei atento e caso surja algo entro em contato contigo...

Boa sorte amigo, tempos melhores virão!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Decio.Neto disse:

Grande Helmar de pronto não estou sabendo de nenhuma vaga... mas ficarei atento e caso surja algo entro em contato contigo...

Boa sorte amigo, tempos melhores virão!

Obrigado amigo Décio... abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 Olá Helmar.

 Já estive desempregado com esposa e filha recém nascida, sei que é barra.

 Te mandei MP com um contato.

 Espero que logo consigas uma recolocação.

 Abraço.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo Helmar, boa tarde.

Sei que pode ser chover no molhado mas vc. já se inscreveu no linkedin ?

Abraço e vamos sim tentar ajudá-lo!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo Tanikawa.

Com certeza. Eu sou do ramo.... LinkedIn Premium tenho mais de 2000 contatos, Vagas.com, Catho, Manager.

Por eu ser do ramo dificulta muito, pois os RHs me vêem como concorrentes em empresas de médio porte pra baixo. A chance são empresas de grande porte onde a mentalidade é diferente, mas essas estão meio paradas. O fato de ser do interior também restringe muito pois muitas ferramentas filtram diretamente pela localização geográfica sem considerar se a pessoa tem disponibilidade para mudar-se.

De qualquer maneira muito obrigado.

45 minutos atrás, Tanikawa disse:

Amigo Helmar, boa tarde.

Sei que pode ser chover no molhado mas vc. já se inscreveu no linkedin ?

Abraço e vamos sim tentar ajudá-lo!

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde amigos... ainda continuo na luta e aceitando ajuda... preciso voltar a trabalhar urgente. Obrigado

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
24 minutos atrás, Helmar disse:

Boa tarde amigos... ainda continuo na luta e aceitando ajuda... preciso voltar a trabalhar urgente. Obrigado

 

Helmar,

Manda solicitação lá no Linkedin pra mim ... Carlos A. Caffer ... sempre aparecem vagas na área de RH na minha timeline por lá.

abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, Carlos Caffer disse:

Helmar,

Manda solicitação lá no Linkedin pra mim ... Carlos A. Caffer ... sempre aparecem vagas na área de RH na minha timeline por lá.

abraços.

Obrigado Carlos.... já estou mandando

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde amigos. Continuo na luta por uma recolocação profissional. Ainda contando com a ajuda dos parceiros.... obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Helmar disse:

Boa tarde amigos. Continuo na luta por uma recolocação profissional. Ainda contando com a ajuda dos parceiros.... obrigado

Repassei seu currículo a uma empresa de RH, a CTIS. Mas a situação geral do País ainda não está boa.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 4/17/2017 at 13:46, Mauricio. disse:

Repassei seu currículo a uma empresa de RH, a CTIS. Mas a situação geral do País ainda não está boa.

Obrigado meu amigo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Helmar somos todos iguais quando atingimos certa idade , não vale a experiência profissional nem o conhecimento. aconteceu comigo e desde então me afastei do mercado de trabalho, por não ter valor. embora exijam esses quesitos mas não oferecem salario, então pagam matéria televisiva para mostrar que faltam mão de obra especializada , mas não citam que o salário é de um menor formação.

entendo que o caminho está nos concursos públicos. nunca será tarde para você buscar . tente !  acredite , voce conseguirá.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, infelizmente, este é um país que não valoriza a experiência.  :triste:  Mas isso terá de mudar, em médio prazo. Nossa população envelhece rápido.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Roque Moraes disse:

Helmar somos todos iguais quando atingimos certa idade , não vale a experiência profissional nem o conhecimento. aconteceu comigo e desde então me afastei do mercado de trabalho, por não ter valor. embora exijam esses quesitos mas não oferecem salario, então pagam matéria televisiva para mostrar que faltam mão de obra especializada , mas não citam que o salário é de um menor formação.

entendo que o caminho está nos concursos públicos. nunca será tarde para você buscar . tente !  acredite , voce conseguirá.

Nunca fui a favor de concursos públicos pois não valorizam a formação e o conhecimento mas tão somente a decoreba a que vc se submeteu para se preparar. Ainda tenho fé que vou voltar a atuar. Obrigado

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Mauricio. disse:

Sim, infelizmente, este é um país que não valoriza a experiência.  :triste:  Mas isso terá de mudar, em médio prazo. Nossa população envelhece rápido.

Pois é Maurício. Mas em todas as conversas com pessoas mais "esclarecidas" isso não vai acontecer num prazo curto. Vi uma matéria do diretor do ManPowerGroup mês passado dizendo q a recuperação já começou e as grandes empresas impulsionarão esse revés. Eu não vejo isso...

 

Ademais, ontem novamente fui descartado de uma posição de Analista Sênior por ser considerado qualificado demais para a vaga, assim como aconteceu um mês atrás em Valinhos. Então devo começar a apresentar um currículo falso, com metade da minha experiência para ter uma chance de ser recolocado em uma vaga aquém da minha experiência?

Só no Brasil mesmo... 

A realidade que vejo no meu caso é: para o interior sou bom demais ou caro demais, para os grandes centros sou ignorado pois grandes centros normalmente torcem o nariz para perfis do interior. É um bairrismo elitista já reconhecido.


Enfim, continuo na luta.... obrigado

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ambos, iniciativa privada e órgãos públicos tem seus prós e contras. O importante é fazer o que gosta e fazer bem feito. Espero que essa fase passe logo e que suas próximas postagens sejam de peixes, e bem grandes :).

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Helmar disse:

Pois é Maurício. Mas em todas as conversas com pessoas mais "esclarecidas" isso não vai acontecer num prazo curto. Vi uma matéria do diretor do ManPowerGroup mês passado dizendo q a recuperação já começou e as grandes empresas impulsionarão esse revés. Eu não vejo isso...

 

Ademais, ontem novamente fui descartado de uma posição de Analista Sênior por ser considerado qualificado demais para a vaga, assim como aconteceu um mês atrás em Valinhos. Então devo começar a apresentar um currículo falso, com metade da minha experiência para ter uma chance de ser recolocado em uma vaga aquém da minha experiência?

Só no Brasil mesmo... 

A realidade que vejo no meu caso é: para o interior sou bom demais ou caro demais, para os grandes centros sou ignorado pois grandes centros normalmente torcem o nariz para perfis do interior. É um bairrismo elitista já reconhecido.


Enfim, continuo na luta.... obrigado

Helmar, lamento dizer isso mas, sim, você terá de modificar seu currículo. E, infelizmente, se candidatar a cargos um tanto inferiores a seu conhecimento. Li esta semana que os profissionais ainda não recolocados estão fazendo exatamente isso. Veja essa reportagem:

http://www1.folha.uol.com.br/sobretudo/carreiras/2017/04/1876683-rebaixar-o-curriculo-a-tatica-para-obter-emprego-que-floresce-na-crise.shtml

Você terá de fazer dois ou três currículos, claro que todos eles com qualificações corretas e honestas, mas deixando de dar ênfase a certos itens e até omitindo alguns. Não há o que fazer, é um momento de "guerra".

Lembro de meu início de carreira, e de como engoli um monte de "sapos". Fui a entrevistas de empregos duvidosos e até um tanto ridículos, trabalhei por contrato verbal (sim, nada por escrito, tudo no aperto de mão), trabalhei por promessa de pagamento em sacas de soja ao final (tudo correu exatamente como prometido), encarei a depressão de sentir que estava no serviço errado e até no ramo errado, acordava e ia dormir com dúvidas sobre meu rumo na vida, fui trabalhar em três Estados diferentes e estava até pensando em sair do Brasil. Mas isso passou. O tempo passou, e estou aqui, riquíssimo.... :rolleyes:

 

(de saúde...)

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
49 minutos atrás, Mauricio. disse:

Helmar, lamento dizer isso mas, sim, você terá de modificar seu currículo. E, infelizmente, se candidatar a cargos um tanto inferiores a seu conhecimento. Li esta semana que os profissionais ainda não recolocados estão fazendo exatamente isso. Veja essa reportagem:

http://www1.folha.uol.com.br/sobretudo/carreiras/2017/04/1876683-rebaixar-o-curriculo-a-tatica-para-obter-emprego-que-floresce-na-crise.shtml

Você terá de fazer dois ou três currículos, claro que todos eles com qualificações corretas e honestas, mas deixando de dar ênfase a certos itens e até omitindo alguns. Não há o que fazer, é um momento de "guerra".

Lembro de meu início de carreira, e de como engoli um monte de "sapos". Fui a entrevistas de empregos duvidosos e até um tanto ridículos, trabalhei por contrato verbal (sim, nada por escrito, tudo no aperto de mão), trabalhei por promessa de pagamento em sacas de soja ao final (tudo correu exatamente como prometido), encarei a depressão de sentir que estava no serviço errado e até no ramo errado, acordava e ia dormir com dúvidas sobre meu rumo na vida, fui trabalhar em três Estados diferentes e estava até pensando em sair do Brasil. Mas isso passou. O tempo passou, e estou aqui, riquíssimo.... :rolleyes:

 

(de saúde...)

kkk saúde e perspicácia.... mas é isto mesmo... estou me adaptando... diz o ditado: "devagar  se chega ao longe", com a vantagem de se poder contemplar a paisagem e dar uma parada aqui ou ali para pinchar umas iscas.... 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal.... muita pesca por aí?

Da minha parte continuo na luta por uma recolocação urgente.

Agradeço muito ao Carlos Caffer que compartilhou muitas vagas no LinkedIn.... infelizmente há um certo "ranso" dos grandes centros com relação a perfis do interior, principalmente porque as grande empresas de recrutamento usam os famosos ATS (Applicant Tracking System) o que já excluiu muitos perfis baseados em parâmetros como DDD, endereço, número de experiências, etc. Já se foi o tempo que recrutar pessoas era feito por pessoas.

Mas... como estamos nesse mundo para tentar melhorá-lo eu sei que há pessoas em situação igual ou pior que a minha. Por isso, resolvi me juntar à equipe que desenvolveu um projeto chamado "Movimento Estrela do Mar" no LinkedIn. O objetivo é ajudar as estrelas que estão fora do mercado de trabalho a se recolocarem.

Aceitei ser Diretor de Conteúdo do projeto para ajudar os que, assim como eu, estão em busca de uma recolocação.

O projeto consiste em encontrar "padrinhos" que vão acompanhar e assessorar estrelas na busca por uma entrevista. Nem padrinhos, nem voluntários vão ganhar nada para fazer isso, é um trabalho totalmente voluntário com o objetivo de ajudar os mais necessitados a encontrarem seu caminho de volta ao mercado.

Ao mesmo tempo que ajudarei quem necessita, também espero que alguém possa me ajudar.

Enfim, se você conhece alguém na minha situação indique o projeto para que possamos ajudá-los. Se tiver condições de apadrinhar alguém que está precisando de orientação fique à vontade para ser voluntário. Se quiser colaborar de outra forma com o projeto será bem vindo.

Abraço

À moderação: se estiver fora das regras me perdoem e me avisem que excluo.

 

estrela.jpeg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Helmar, boa tarde!

Vi que é profissional de RH, assim como minha esposa. Caso ainda tenha interesse em alguma indicação, me manda msg que te passo o contato dela pra vc enviar um currículo.

Ela atua em uma grande empresa aqui da região de Rio Preto. E também possui alguns contatos. Creio que não haverá impedimento em disseminar seu currículo para o networking dela.

E o seu projeto é muito bacana. 

Sucesso.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
28 minutos atrás, Helmar disse:

Olá pessoal.... muita pesca por aí?

Da minha parte continuo na luta por uma recolocação urgente.

Agradeço muito ao Carlos Caffer que compartilhou muitas vagas no LinkedIn.... infelizmente há um certo "ranso" dos grandes centros com relação a perfis do interior, principalmente porque as grande empresas de recrutamento usam os famosos ATS (Applicant Tracking System) o que já excluiu muitos perfis baseados em parâmetros como DDD, endereço, número de experiências, etc. Já se foi o tempo que recrutar pessoas era feito por pessoas.

Mas... como estamos nesse mundo para tentar melhorá-lo eu sei que há pessoas em situação igual ou pior que a minha. Por isso, resolvi me juntar à equipe que desenvolveu um projeto chamado "Movimento Estrela do Mar" no LinkedIn. O objetivo é ajudar as estrelas que estão fora do mercado de trabalho a se recolocarem.

Aceitei ser Diretor de Conteúdo do projeto para ajudar os que, assim como eu, estão em busca de uma recolocação.

O projeto consiste em encontrar "padrinhos" que vão acompanhar e assessorar estrelas na busca por uma entrevista. Nem padrinhos, nem voluntários vão ganhar nada para fazer isso, é um trabalho totalmente voluntário com o objetivo de ajudar os mais necessitados a encontrarem seu caminho de volta ao mercado.

Ao mesmo tempo que ajudarei quem necessita, também espero que alguém possa me ajudar.

Enfim, se você conhece alguém na minha situação indique o projeto para que possamos ajudá-los. Se tiver condições de apadrinhar alguém que está precisando de orientação fique à vontade para ser voluntário. Se quiser colaborar de outra forma com o projeto será bem vindo.

Abraço

À moderação: se estiver fora das regras me perdoem e me avisem que excluo.

 

estrela.jpeg

Compartilhei e vou continuar compartilhando, assim como estou tentando ajudar um pouquinho sei que um dia também poderei ser ajudado por quem quer que seja!

Bem bacana o projeto, parabéns aos idealizadores.

Abraços.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora