Eduardo Bacha

Alguns atados. A pescaria de fly começa em casa...

Recommended Posts

Olá pessoal,
Sou novo no fly, entrei nessa viciante modalidade há uns 8, 9 anos.
Sempre fui fascinado por atados realistas, na verdade minha paixão pelo fly tem origem nesse tipo de atado.
O fly nos prende de uma forma muito intensa, é preciso estudar antes de pescar, é preciso pensar durante a pescaria para fisgar os peixes, compreender o hábito de vida dos peixes alvos, imaginar o que acontece debaixo d'água, observar o terreno a sua volta para descobrir qual o cardápio do peixe naquele momento... E é possível fazer isso tudo com o mínimo de interferência na natureza. 

Eu pesco com bait desde que aprendi a andar, mas somente no fly eu passei a reparar em detalhes que antes passavam despercebidos, e passei a me sentir parte da natureza, e respeitá-la. 

E as pescarias começam em casa, na mesa de atado, nós, um anzol, algumas penas, e o planejamento do que queremos fisgar, e como podemos persuadir o peixe, fazê-lo escolher a opção de alimento que nós estamos oferecendo, mesmo em um meio com cardápio tão rico e variado. 

Assim sendo, tento melhorar meus atados a cada novo anzol prendido na morsa... 

Primeiras tentativas de atar vespas:
Imagem
Imagem

 Primeiras tanajuras:
Imagem

Anzol menor, um pouco mais delicado:
Imagem

Imagem

Basta mudar a cor, e o nome muda... os primeiros marimbondos:
Imagem

Imagem

Nem sempre as novidades são melhores... Mas é experimentando que se aprende:
Imagem

E hoje em dia minhas vespas estão assim:
Imagem

Ainda imperfeitas, mas mesmo na correria da cidade sempre há tempo para tentar melhorar.
Imagem

Imagem

Também gosto de libélulas...
Imagem

Formigas...
Imagem

Cigarras, as quais precisam de alguns anos a mais de treino para ficarem melhores...

Cigarra_zpsg5i1se3h.jpg

Aquilo que é clássico, não o é apenas por ser antigo... Meu atado preferido (Wooly Bugger):
Imagem

E há outras, mas por hoje é isso, 
Ainda há muito o que melhorar, mas o que importa é pescar... 
Imagem

Eduardo Bacha.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal Eduardo , estou iniciando nas leituras para realizar este velho desejo no FLY, já bem informado quando ao equipamento , porém sem conhecimento sobre as iscas , pelo menos as mais sofisticadas. e justamente a truta arco iris é meu alvo. você poderia postar algo mais profundo sobre aquisição de materiais e na confecção das diferentes iscas desde a mais simples a mais complexa. -  a propósito onde você fisgou esse exemplar?  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, Roque Moraes disse:

Legal Eduardo , estou iniciando nas leituras para realizar este velho desejo no FLY, já bem informado quando ao equipamento , porém sem conhecimento sobre as iscas , pelo menos as mais sofisticadas. e justamente a truta arco iris é meu alvo. você poderia postar algo mais profundo sobre aquisição de materiais e na confecção das diferentes iscas desde a mais simples a mais complexa. -  a propósito onde você fisgou esse exemplar?  

Roque, eu tenho vontade de fazer tutoriais de atado há muito tempo. Não o fazia antes por falta de uma morsa boa, mas essa semana (quarta feira) recebo a minha morsa G-Tech e farei tutoriais de atado em fotos, talvez em vídeo também. 

Para trutas a MayFly é a campeã, seguida de ninfas com sinalizadores (strike indicators) e streamers (como a Wooly Bugger). As trutas são diferentes das saicangas por exemplo que analisam rapidamente a isca e já atacam. Elas são mais seletivas e difíceis de enganar, por isso, mais importante que a escolha da mosca é a apresentação da mosca. Então quando comprar seu equipamento, treine muitos arremessos (principalmente o roll cast, pois muitos false casts podem assustar as trutas em locais muito rasos).

A trutinha da última foto foi fisgada no Chile, e como pode ver na foto a pescaria foi embarcada, o barco (na verdade bote inflável) descendo junto à correnteza e eu arremessando nas estruturas, ou seja, o pincho que nós conhecemos e praticamos muito na pescaria de vários peixes, desde piraputangas até tucunarés. Nesse caso do pincho em locais com mais de 3 metros de profundidade, o ideal é utilizar ninfas que imitem larvas ou streamers lastreados que imitem pequenos peixes como lambaris. Se a sua pescaria for em locais bem rasos, de wadeio, as moscas secas, terrestriais e ninfas com strike indicators são normalmente mais produtivas. 

Em breve posto alguns tutoriais de atados! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótimo Eduardo estarei acompanhando, tenho interesse na modalidade e antes de comprar o equipo necessito de aprendizado técnico, inclusive postei sobre a modalidade e locais para a truta arco-íris aqui no Brasil. Em SP com equipamento convencional tentei em algumas localidades de clima típico para a espécie , embora nem as vi , mas as informações eram positivas.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seja bem-vindo ao Pescaki, Eduardo! :joia: 

Muito legal teu tópico! :simsim: A seguir assim! Parabéns!  :bs-aplauder: 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, isso nao são iscas, são OBRAS DE ARTE!

Parabens pelo belissimo trabalho!

Abçxxxx

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Trabalho espetacular, parabéns!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muitoooooooo TOP Mano! :ok: Parabéns mesmo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A cura para tudo é agua salgada - Suor, Lágrimas ou o Mar

Isto é formidável  e é por isso que pesco vivendo aquilo que acredito. acredito que o peixe está e vai estar  aqui onde estou neste local que a priori senti que aqui é o local ao chegar.

Mano ! este enunciado é the best !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado a todos os comentários, fico feliz que tenham gostado! 
Estou preparando um review sincero de alguns equipamentos de fly, em breve posto no fórum! 
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente seu atado, parabéns.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que massa.

Ficaram ótimos, guri.

Tentei fazer alguns atados mas saíram tudo cagad* :heh:

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

:blink::oh:huh:

SensacionaLLLL

Que baita obra de arte, dá até dó usar de isca :chuvaa:

Parabéns pelo excelente trabalho :plamas:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show, fiquei com mais vontade ainda de iniciar no fly.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pessoal! 
Alexandre, quando as traíras estão manhosas, só o fly ou iscas soft para atiçá-las... A vantagem do fly é que uma traíra de 1Kg parece ter 3Kg, e no bait dependendo do conjunto uma traíra de 1Kg mal enverga a vara, se for um equipamento mais pesado, você não trabalha o peixe até o barco, você literalmente o reboca... 
Abraço! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, Eduardo Bacha disse:

Obrigado pessoal! 
Alexandre, quando as traíras estão manhosas, só o fly ou iscas soft para atiçá-las... A vantagem do fly é que uma traíra de 1Kg parece ter 3Kg, e no bait dependendo do conjunto uma traíra de 1Kg mal enverga a vara, se for um equipamento mais pesado, você não trabalha o peixe até o barco, você literalmente o reboca... 
Abraço! 

Meus conjuntos até que são bem dimensionados pra traíras e tucunarés. Eu fico imaginando a loucura que vai ser pescar com equipamento de fly em uma ceva onde os pacus atacam na batida :yahoo:.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nossa que trabalho, realmente são belas obras de arte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora