Jorge Kazuo Ohia

Caiaque a pedal, qual comprar?

Recommended Posts

Boa tarde galera, gostaria a opinião dos experts de plantão sobre qual caiaque a pedal comprar.

Estou em dúvida entre o AS Cruise 400 e o Hobie Mirage Compass, ambos na casa dos 6K reais.

A dúvida básica seria qual sistema de propulsão é melhor: Por barbatanas ou por hélice? Cada uma tem seus prós e contras, mas no geral qual seria a melhor escolha, considerando uso em rios com baixa correnteza, mangues e eventualmente mar aberto (dias bem calmos)?

Outro uso seria nas enchentes onde moro (beira do Rio Ribeira de Iguape), mas nesse caso existiria o problema de muita vegetação e destroços na na água... , fora a correnteza braba em certos trechos alagados... Será que o caiaque serve para este caso?

Como o preço de aquisição é alto, preciso acertar de primeira na compra...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Jorge,

Primeiramente bem vindo ao fórum.

Cara, pensando nas estruturas que você vai encontrar, acredito que um caiaque com propulsão a hélice seria o mais indicado, isso pensando no caso da vegetação.

Mas, nos outros lugares, acredito que o de barbatanas é o mais comumente utilizado.

Difícil escolha pois são ótimos caiaques e como você disse, pelo valor, teria que ser uma tacada certeira.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
31 minutos atrás, Carlos Caffer disse:

Jorge,

Primeiramente bem vindo ao fórum.

Cara, pensando nas estruturas que você vai encontrar, acredito que um caiaque com propulsão a hélice seria o mais indicado, isso pensando no caso da vegetação.

Mas, nos outros lugares, acredito que o de barbatanas é o mais comumente utilizado.

Difícil escolha pois são ótimos caiaques e como você disse, pelo valor, teria que ser uma tacada certeira.

Obrigado pela resposta Carlos, mas no caso de vegetação submersa a hélice não daria mais problemas? Vi alguns vídeos onde o mato enrola na hélice a fica uma cabeleira danada... Em contrapartida, as barbatanas são bem mais frágeis, sendo que em fóruns no exterior o pessoal chega a trocar várias vezes (mas neste caso depende muito do cuidado do dono, ou seja, na dúvida deixe de usar o pedal e parta para o remo).

É um dilema grande, pois cada um puxa a sardinha pro seu lado, principalmente nos reviews e vídeos que existem, pois são de pessoas ligadas aos fabricantes, que fornecem o material para ser testado por eles... Agora, achar alguém que possua estes dois modelos vai ser impossível, pois teria que ter muitos Temers sobrando para gastar a rodo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, Jorge Kazuo Ohia disse:

Obrigado pela resposta Carlos, mas no caso de vegetação submersa a hélice não daria mais problemas? Vi alguns vídeos onde o mato enrola na hélice a fica uma cabeleira danada... Em contrapartida, as barbatanas são bem mais frágeis, sendo que em fóruns no exterior o pessoal chega a trocar várias vezes (mas neste caso depende muito do cuidado do dono, ou seja, na dúvida deixe de usar o pedal e parta para o remo).

É um dilema grande, pois cada um puxa a sardinha pro seu lado, principalmente nos reviews e vídeos que existem, pois são de pessoas ligadas aos fabricantes, que fornecem o material para ser testado por eles... Agora, achar alguém que possua estes dois modelos vai ser impossível, pois teria que ter muitos Temers sobrando para gastar a rodo...

O interessante seria realmente se tivesse algum lugar ou algum proprietário para poder testar eles antes de comprar ....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 02/01/2018 at 17:49, Jorge Kazuo Ohia disse:

Obrigado pela resposta Carlos, mas no caso de vegetação submersa a hélice não daria mais problemas? Vi alguns vídeos onde o mato enrola na hélice a fica uma cabeleira danada... Em contrapartida, as barbatanas são bem mais frágeis, sendo que em fóruns no exterior o pessoal chega a trocar várias vezes (mas neste caso depende muito do cuidado do dono, ou seja, na dúvida deixe de usar o pedal e parta para o remo).

É um dilema grande, pois cada um puxa a sardinha pro seu lado, principalmente nos reviews e vídeos que existem, pois são de pessoas ligadas aos fabricantes, que fornecem o material para ser testado por eles... Agora, achar alguém que possua estes dois modelos vai ser impossível, pois teria que ter muitos Temers sobrando para gastar a rodo...

Verdade, as avaliações de caiaque normalmente são feitas por alguém que é patrocinado ou dovulgador de determinada marca, assim, dificilmente expoem críticas dos modelos. Em relação às barbatanas, será que a manutenção é fácil?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, como praticamente não existe muita informação sobre caiaques a pedal aqui no Brasil, fiquei pesquisando os sites americanos e os vídeos postados pelos caras lá de fora, e decidi pelo Hobie Mirage Compass. 

O ponto principal seria o sistema de barbatanas, que se mostra mais eficiente que o de hélice em relação ao torque inicial e também que o movimento é apenas empurrar para a frente em vez de fazer um circulo completo, mas perde no quesito de não ter reverso. Como para mim a função principal seria deslocamento e pesca poitada, não valeria a pena fazer o upgrade para o sistema md-180 (mais 1800 temers).

Outro fato seria que a qualidade do Hobie (americano) parece ser melhor  que o AS (chinês) e o preço que eles estão cobrando de 6K Temers é praticamente igual ao cobrado nos EUA, que é de 1950 trumps, ou seja, é o único caso em que você paga aqui o mesmo valor do exterior. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, pescador.mg disse:

Verdade, as avaliações de caiaque normalmente são feitas por alguém que é patrocinado ou dovulgador de determinada marca, assim, dificilmente expoem críticas dos modelos. Em relação às barbatanas, será que a manutenção é fácil?

 

Pelos vídeos que vi a manutenção básica é fácil. Como vou comprar a barbatana turbo, vai ficar o conjunto original como backup, apesar de que o pessoal lá fora diz que caso entorte a haste, daria para desentortar mais ou menos no próprio local e continuar com a pescaria...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora