RanielAlves

10/02/2018 - Pescaria molhada de caiaque.

Recommended Posts

Bom dia pessoal

 

Venho trazer um relato de uma pescaria efetuada dia 10/02/2018. Pescaria de tucunaré com um parceiro especial (Estudamos junto no ensino fundamental e depois de muito tempo, nos reencontramos e descobrimos que ambos amavam a pescaria).

Bom .. o dia da pescaria começou cedo, marcamos de nos encontrar na casa de um amigo, na qual os caiaques, vulgos “Tanques de guerra” estavam. Horário de encontro era 6:30 para sairmos 7hrs da manha. A exatamente 6:40, começa a cair uma chuva, que confesso que não desanimou nenhum dos dois. Caiaque em cima do carro, PARTIU!!

O destino, uma lagoa a 23km da cidade na qual uns 19km é somente terra e é ai que começa a aventura. Por conta da chuva, o solo estava extremamente liso, acredito que devido ao solo ser muito argiloso, o barro criava uma “capa” de terra no pneu tirando toda tração do carro. Resultando no carro mal andava reto, toda hora consertando para não rodar e aceleração constante e muita vontade de pescar.

Chegando em frente a lagoa, depois de muito barro, chuva caindo ainda, fiz uma pergunta primordial ao companheiro. "Você trouxe capa de chuva?” os dois riram e a resposta dos dois foi a mesma – “não hahahah”. Tiramos os caiaques de cima do carro, arrumamos tudo certinho. Para a nossa tristeza, não tínhamos nos preparados para chuva, então ninguém trouxe capa e nem troca de roupa para o caso de tomarmos chuva mas eu ainda peguei uma Japona militar (Pra quem fez TG sabe do que eu to falando) vesti e partiu.

Devido a chuva, entramos num consenso que não iriamos levar o celular, porque vai que né! Então peço desculpas a todos pela falta de imagens.

Caiaque na agua, agua caindo, e começa os pinchos. Comecei na superfície, infelizmente não tive sucesso, ai fomos afundando. Não sei porque, mas as piranhas estavam extremamente agressivas, devo ter pego umas 6/7 só na parte da manha.

Umas 10hrs da manha, fizemos uma pausa na pescaria, a chuva tinha dado uma amenizada, pingava ainda porem pouco. Apoitei a uns 10 mts da margem, enquanto pitava um paia e prozeava, resolvi brincar com as piranhas. Coloquei um Spinner da MS (recomendadíssimo) e fiquei pinchando, tanto para margem, quanto para o fundo, sempre deixando ele tocar o fundo da lagoa ( Acho que assim é mais efetivo para aquele local) Depois de umas três piranhas pegas no meio do lago, viramos para pescar pra margem. Depois de uns 4/5 pinchos pra margem, recolhimento beem devagar, me entra algo mais pesado, na hora foi correndo pro fundo cantando linha, depois de uma briga, vejo o troféu do dia. Um lindo tucunaré, 43cm de lapa e 1,5kg segundo o alicate. Bom, pra quem pesca os grandes exemplares, 43cm é pequeno, porem conhecendo a média daquela lagoa e por se tratar de uma lagoa, foi o maior exemplar que já vi sai ali, então pra min é uma bela surpresa e grande emoção pegar uma matriz daquela E SOLTAR!

E a coisa mais triste foi soltar um trofeu sem poder tirar a foto pois tínhamos deixado os celulares no carro e estávamos um bocado longe do carro. Ficou na memoria.

Demos alguns pinchos apoitado ainda e logo saímos procurando os bocudos. Depois desse exemplar, os ânimos foram aumentando.

A chuva tinha parado, o sol ainda não tinha aparecido, mas já estava bem melhor. As piranhas estavam extremamente ativas ao contrário dos tucunas. Aproveitamos para voltar pro carro, almoçar, dar uma descansada e pegar os celulares pra evitar de ter que soltar os troféus sem tirar foto. Algo interessante que tentei fazer e tive sucesso, na remada de volta pro carro, tentei curricar com uma Fusion Shad, e adivinha quem apareceu, piranha! Pequenas, porem é peixe né .. tirando que foi numa técnica diferente.

Na parte da tarde, pinchamos até umas 15:30 pois o companheiro tinha que trabalhar as 17hrs, ele ainda pegou o seu primeiro tucunaré, trickzinho que por ser o primeiro, deu uma emoção especial.

Na volta, sem chuva (ainda bem) não tivemos o mesmo trabalho pra voltar, sol apareceu e deu uma aquecida nas roupas molhadas hahaha

Gostaria de me desculpar pela falta de fotos, mas infelizmente não teve como mesmo.

Obrigado.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Raniel,

É isso que a pesca tem de extraordinário, fazendo com que enfrentemos as dificuldades sem grandes atropelos para nos divertir em nosso hobby. Só ficou devendo as fotos, mas o relato está fiel ao que se passou e nos remete a muitas jornadas que já fizemos sob chuva na vida! :joia: Parabéns! :clapping: 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

as fotos e videos nos ajudam a comprovar o que vimos durante a pescaria pois a historia de pescador passa a ser verdadeira com elas kkkkk.

vimos e passamos por cada coisa que se contar apenas ninguem acredita kkk

mas no seu caso nem fez falta as fotos, seu relato bem detalhado me levou no lugar onde vcs estavam pescando ,parabéns pelas capturas e por soltar também !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pena que não teve fotos, porem ótimo relato e bem explicado e tambem deve ter sido bem bacana e com adrenalina a aventura na estrada, show de bola.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, pena a falta de fotos, mas isso não diminui o mérito. Uma boa pescaria e um bom convívio sempre são um oferecimento ao Universo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

Parceiros: www.petsEXPERT.pt