Recommended Posts

Bom dia pessoal, sou novo aqui no fórum. Ontem fui pescar na represa de ilha solteira, de barranco. Estava com uma carretilha e 5 iscas artificiais, fiquei mais ou menos 4 horas trabalhando elas e não peguei nenhum tucunaré, mais para o final da tarde eles começaram fazer uns ataques na água, tinha bastante camarão próximo às margens, provavelmente estavam atacando eles, jogava minha isca e nada de pegar. Estava com uma isca de subsuperfície x-lori 90, dois jigs (Xuxinha) e as outras duas eu não me recordo o nome, mas eram de meia água e prateadas, bem similar a um Lambari. Teve alguns momentos que o tucunaré chegou a vir próximo da isca para atacar, mas refugou. Quanto ao local, fica a uns 3km da barragem, possui bastante estrutura dentro da água, fica bem complicado usar isca de fundo e até meia água. Tem um vão de uns 30m de largura entre as estruturas submersas, estava pescando nesse local. Minha carretilha é uma Abu Garcia silver Max (SMAX3) com 6 rolamentos, linha multifilamento vexter super Braid 0.40mm e vara comander C561 da albatroz fishing. Se vocês puderem me dar dicas de qual técnica e iscas seriam as melhores eu agradeço pessoal, muito obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Alan, vc está com bons equipamentos, é só insistir e trabalhar bem as iscas....só acho que vc está usando uma linha multifilamento muito grossa para os tucunarés aqui do Sudeste (0,40 MM)....poderia usar tranquilamente uma multi 0,20 à 0,25 MM , pois terá arremessos mais longos e melhor trabalho com isca leves...multi 0,40 MM só se vc for encarar os tucunas Amazônicos :ok:

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Linha 0.40 é coisa demais pros seus tucunas, quando possível coloque uma 025, tem bom equilíbrio entre espessura e resistência. Os peixes podem refugar por vários motivos, um deles é quando a água está muito clara e o peixe não é enganado pela isca. Nessa situação uma isca pequena poderá despertar o instinto do peixe. Iscas de barbela trabalhada de forma contínua também não é uma boa idéia nessa situação, uma twich bait nadando de forma errática se torna quase irresistível quando passa no território do tucunaré. Quando tiverem ativos na superfície uma stick é bem útil, pois além de nadar na superfície, as vezes entra na água como uma sub superfície. 

NwfuxbH.jpg

Com o tempo as coisas vão ficando mais fáceis, o negócio é ir pra água e praticar.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
26 minutos atrás, Renato Fisherman disse:

Olá Alan, vc está com bons equipamentos, é só insistir e trabalhar bem as iscas....só acho que vc está usando uma linha multifilamento muito grossa para os tucunarés aqui do Sudeste (0,40 MM)....poderia usar tranquilamente uma multi 0,20 à 0,25 MM , pois terá arremessos mais longos e melhor trabalho com isca leves...multi 0,40 MM só se vc for encarar os tucunas Amazônicos :ok:

Muito obrigado Renato, vou comprar uma mutifilamento mais fina então.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 minutos atrás, Alexandre Fishing disse:

Linha 0.40 é coisa demais pros seus tucunas, quando possível coloque uma 025, tem bom equilíbrio entre espessura e resistência. Os peixes podem refugar por vários motivos, um deles é quando a água está muito clara e o peixe não é enganado pela isca. Nessa situação uma isca pequena poderá despertar o instinto do peixe. Iscas de barbela trabalhada de forma contínua também não é uma boa idéia nessa situação, uma twich bait nadando de forma errática se torna quase irresistível quando passa no território do tucunaré. Quando tiverem ativos na superfície uma stick é bem útil, pois além de nadar na superfície, as vezes entra na água como uma sub superfície. 

NwfuxbH.jpg

Com o tempo as coisas vão ficando mais fáceis, o negócio é ir pra água e praticar.

Realmente Alexandre, tava bem clara a água. Vou comprar essas iscas que você indicou, no final da tarde eles estavam bem ativos. Muito obrigado.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essas tem funcionado bem nessas condições.

ZjGlUdQ.jpg

Magic stick, Joãozinho pepino e Tapinha.

Tontinha, Espertinha, Lips Jr e Canivetinho.

Magnet 75 e 90.

 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No meu desafio Alexandre só não tentei com a stick as demais e outras foram usadas, neste fds vou tentar novamente e observo que estava fazendo uso de iscas maiores, vou partir para tamanhos inferiores então. Valeu pela postagem das imagens!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seja bem-vindo ao Pescaki, Alan! :joia:

De todo teu material eu trocaria apenas a linha, que aí no caso está com um diâmetro um pouco além do necessário, inclusive com a possibilidade de estar limitando teus arremessos. Outro detalhe importante é a vara, que se for de potência muito alta poderá estar resultando um pouco mais difícil o arremesso e também o trabalho de iscas, sobretudo as mais leves. Talvez uma variedade um pouco maior de iscas viria a ser bem-vinda. Quanto ao insucesso, mesmo estando com tudo certo, nem sempre se consegue o peixe na primeira tentativa, valendo dizer que às vezes são necessárias algumas jornadas até que se conclua o pretendido, de sorte que a palavra mágica é insistência! E, até parece uma regra, que depois de capturar o primeiro, os demais sobrevêm muito mais facilmente. :ok: 

Depois nos mostre num relato aqui o primeiro peixe! :comemorando:

  • Thanks 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

Parceiros: www.petsEXPERT.pt