Entre para seguir isso  
Maikon-Pescaki

Apresente-se aqui, para que todos o conheçam e percebam sua entrada no Fórum!

Recommended Posts

E ai pessoal, que tal apresentar-nos uns aos outros?

Se você ainda não é cadastrado, cadastre-se e apresente-se, se já é cadastrado e nunca postou, aproveite para postar, e para todos que são cadastrados, fiquem também à vontade!

Vou começar!

Maikon, 27 anos

Sou de São Paulo, moro no bairro do Tatuapé.

Trabalho com desenvolvimento WEB!

Gosto de todas modalidades de pesca, lambaris com varinha de bambú, bass, tucunaré, trutas no fly, pesque e pague, mar, praia... ainda não fiz nenhuma oceânica, mas não vejo a hora...

Comecei a pescar em um pesque e pague, onde curiosamente fui com a namorada (hoje esposa) e naquele dia fisgamos muitas, muitas tilápias san piters, e a primeira pescaria com tantos peixes me deixaram viciados... então voltei... voltei... e não parei de ir em pesque e pagues, até que comecei a pescar em outros lugares e agora estou viciado... hehe

E você?

Quem é, o que faz?

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Domingos Fiorante Bomediano

51 anos

Advogado, Contador e Pescador :rolleyes:

Pesca em água doce, especialmente tucunaré e black bass.

Jacarei/SP

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agnaldo Augusto Mirandez

Médico Dermatologista, em São Paulo -SP zona oeste.

Sou interessado em tudo sobre pesca, atualmente em especial a pesca vertical com jigs metálicos. Sou apaixonado por equipamentos, e novidades tecnológicas, fico horas nas lojas de pesca fuçando novidades, e jogando conversa fora...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vinícius Carneiro Taddei

23 anos

Formado em Ciências Jurídicas em 2006 (exame da ordem agora dia 21 de janeiro 2007 :47_47::blink: )

Sou de Osasco - São Paulo

Doido por pescaria, minha pescaria preferida é de lambarí na varinha de mão e de pequenos predadores, como tilápias, acarás, lambarís.

Gosto de todo tipo de pescaria, mas minha preferida é a de lambarí. Adoro esse pequeno e voraz predador...

Sou louco por equipamentos UL, adoro essa modalidade...

Grande abraço a todos!

Vini...

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

JoséJorge.

31 anos.

Empresario.

Resido em Bauru-SP.

Comecei a pescar lanbaris, trairas, caras, tilapias, bagres com 6 anos de idade, com varinha de bambu na fazenda de meu pai. Ai com 10 anos, pasei a ir pescar no tiete na (região de Barra Bonita-SP), onde comesei a usar linhada de mão para pegar mandiuvas, corvinas, bagre-sapo e etc.

Com 12 anos ganhei meu primeiro molinete, um paoli (daquele verdinho) e uma vara Yamato, e continuei pescando quase todo fim de semana no tiete.

Com 15 anos fui convidado por um amigo do meu pai para pescar um tal de TUCUNARÉ com lambari vivo no tiete (cidade de Iacanga-SP).Fiquei louco pela pescaria! Fazia minha mãe me levar para la todo fim de semana, onde acabei conhecendo um senhor que tinha um barquinho de aluminio de uns 4m e eu ia sozinho no remo pescar tucunaré.

Um dia fui com meus pais para o MT numa fazenda de meu pai,onde tinha um funcionario que me levava para pescar no Rio do Sangue (região de Nova Maringa-MT),e iamos pescar piau na seva, mas como a agua era cristalina eu notava que derrepente os peixes sumiam e aparecia uns peixes grande, ai pergunte ao funcionaio que peixe era aquele pois não pegava na isca de soja que eu estava usando, e ele me disse que era o tucunaré, e eu perguntei como pega esse peixe, ai ele me disse que era na colher. Colher, como assim? Ai ele me disse que era uma colher igual a que a gente usa para comer so que não tinha cabo.

Bom fiquei com aquilo na cabeça. Retornei a SP e comesei a ir na loja de pesca de Bauru (Mabel) para comprar uma colher, mais o vendedor so tinha colher para dourado que era muito grande.Ai oque eu fis, comprei a colher grande e levei para casa, peguei algumas colheres de sopa da minha mãe e comesei a fazer igual era a grande, com um furo numa ponta e anzol parafusado na outra.

Levei para pescar tucunaré, e não é que os peixes atacavam!

Com 16 anos numa dessas pescarias de tucunaré, encontrei dois caras pescando com uns peixinhos artificiais, ai fui até eles e pedi para que eles me mostrassem, quando vi fiquei maravilhado, perguntei para um deles, onde achava para comprar aquele lindo peixinho de plastico, e que pegava um tucuna atrais do outro.Ai ele me disse que comprou nos USA, mais que talveis acha-se em São Paoulo (capital).

Bom votei na Mabel em Bauru perguntei para o vendedor se ele tinha o tal peixinho artificial e ele nem sabia o que era, nunca tinha visto, ai conversei com o Gerente e pedi para ele arrumar ara mim.

Depois de uns meses ele ligou em casa e falou que avia chegado, e eu fui correndo até la.Ai aos meus 16 anos avia comprado meu primeiro plog de meia agua.Fui pescar tucunaré e paresia que estava sonhando era um atras do outro.

Dai por diante não larguei mais de pescar com iscas artificiais.

O tempo foi passando e eu passei a usar carretilha.Comprei outras iscas artificiais, com outras ações.Com 20 anos passei a pescar de FLY, e tudo mudou novamente outra modalidade outras técnica e outras iscas. Pesquei muito tempo usando bait e fly pelos rios do Brasil.Dai quando achei que tinha chegado no alge da técnica apareceu um amigo que me convidou para ir pescar no MAR de JUNPIG JIG, ai começou tudo de novo nova tecnica,novos equipamentos,novas iscas.

Em resumo, hoje possuo mais de cem varas,uns 60 entre molinetes e carretilhas,umas 3000 mil iscas artificiais, 4 barcos semi chatos de aluminio 1 motor yamaha 15hp e 2 motores yamaha 25hp para pescar nos rios do MT,AM,PA,uma lancha MG 170 UB com 1 motor 115hp 4 tempos para pescar nos reservatorios do Rio Tiete, Rio Paraná, Rio Grande, Rio Paranaiba e outros, e uma lancha de fibra confort fishing 28' para pesca no mar .

Ja peguei quase todos os peixes da agua doce, agora vou para o mar!

Em fim me tornei um pescador completo com todos os equipamentos que necesito para realizar meu sonho que vem deis da minha infância.

Agradeço a DEUS por tudo isso que consegui!

Abraço a todos e boas pescarias.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alexandre Andrade (vulfo Xande Goiás ou Xandego)

27 anos

Goiano com sangue 100% pernambucano

Arquiteto

Tenho uma pequena construtora, onde construo conjuntos habitacionais para venda e trabalho com projetos, hoje intensivamente de edifícios bancários.

Pescador desde de pequeno, quando sempre fazia pescarias de cará ou lambaris em fazenda que por aqui são abundantes.

Intensifiquei meu gosto por este hobby de vida no início dos anos 90, quando tive acessos as primeiras VHS de isca artificial no Brasil. Morador abençoado de uma região onde o tucuna é praga, logo pude me deparar com meu primeiro bocudinho... aí já viu, o hooby virou vício. Adepto das garatéias e anzois 100% sem fisga.

Lá pelos 16 ou 17 anos já era "maduro" (hehehehe) o suficiente para viajar por Goiás e Tocantins com amigos para pescar, daí pra frente o que era vício virou filosofia de vida (socialmente mais aceitável, rsrsrsrsssssssss).

Hoje pesco em Goiás, Tocantins e Mato Grosso mais frequentemente (Javaés, Araguaia, Rio do Peixe, Xingú, Rio Santa Teresa, Serra da Mesa, Lago das Brisas, Lagoão, etc...). 80% das minhas pescarias são com iscas artificiais, bait e fly. Mas gosto muito também de uma pescaria de espera com os grandes peixes de couro da bacia do Araguaia.

2007 será um ano dedicado prioritariamente ao fly, especificamente a cachorras e bicudas no fly no Xingú. Sonho em pegar o tal Xaréu amarelo e o Robalão.

Na minha família só quem pesca é meu irmão Tiago, meu parceirão e tenho como grande referência o grande Rubinho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá!

Isabel Cristina Paiva Pellizzer - Bel

44anos

Paraguaçu Paulista, SP

Engª Agronôma de formação

Dona-de-casa

Pesco em água doce, principalmente o tucunaré.

Gosto do contato com a natureza e em aprender

tudo que dela faça parte, com preferência

aos animais e fotografar como lembrança.

Abraço,

Bel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Carlos Eduardo Ogasawara - Oga

Curitiba - Paraná - Brasil

30 anos

sou administrador de empresas e logístico, sou responsável dentro do departamento de compras, estoques, distribuição, roteirização de uma empresa do ramo fotográfico daqui de Curitiba q possui 10 filiais espalhadas pela cidade.

Tenho como grande paixão, o robalo !! o qual considero peixe q mais gosto.. pesco Bass, traíra, tucunaré qndo é possível e outros peixes predadores q eventualmente são encontrados nas águas q pesco.. outra grande paixão é a pesca de lambaris.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fausto, 46 anos

Sou do Rio de Janeiro, zona norte, bairro Andaraí.

Trabalho como professor de manutenção e montagem de computadores e administro dois fórun, um destinado aos alunos de HARDWARE de algumas unidades do grupo Microcamp e outro destinado a pesca com mosca. Fui convidado pelo Maikon a ser um dos moderadores daqui e estou sempre a disposição a ajudar os amigos que assim precisarem. Não sou o senhor da verdade na pesca com mosca, estou muito longe de querer isso e pelo contrário, sou um pescador como todos que aqui freqüêntam e sempre disposto a querer aprender também.

Em relação as pescarias, centralizo minha atenção e tempo livre p/ a pesca com moscas e deixo em segundo plano, devido a falta de tempo, a pesca de bait, mas também gosto e pratico sempre que possível. Quanto as demais modalidades, bem... não posso abraçar o mundo, mas se pudesse, bem que gostaria.

Comecei a pescar na praia no final da década de 60 e pude acompanhar meu irmão e tios em pescarias embarcadas também. Participei de grandes "matanças" e caí na realidade muitos anos depois. Em meados da década de 80 já estava aprendendo a pescar com iscas artificiais e adquiri a consciência de que o peixe vivo tem mais valor que o peixe morto. Reservo o direito de matar algum peixe que queira realmente saborear, mas sem realizar matanças e sem a paranóia de que não se devemos matar peixe algum, pelo contrário, devo matar e comer sempre que assim eu quiser.

Um grande abraço p/ todos! :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rogério Peppe

38 anos

Santo André - SP

Comerciante ( tenho uma pequena empresa especializada em peças para autos antigos Dodge, Maverick e Landau).

Não sei a idade certa que comecei a pescar, mas comecei bem cedo acompanhado meu Pai e Tios na represa Billings com varinha de bambu, bóia palito e ceva de capim/erva doce, era uma delicia. Em 1988 conheci as iscas artificiais, foi qdo comprei minha primeira isca (Pegador 1) fabricada pelo Faria (e que por sinal está guardada à sete chaves) e em uma pescaria de baranco na represa de Nazaré Paulista peguei meu primeiro Black Bass, de lá para cá virei um apaixonado pelo bait e também um iscólatra rsrsrs. Hoje minhas pescarias são mais voltadas para os Robalos pela praticidade e distancia, mas adoro pescar Tucunarés e todos os peixes que possa ser seduzidos por essas belezinhas chamadas iscas artificiais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fábio Nunes Mücke

19 anos

Ribeirão Preto - SP

Estudante de Medicina (FMRP-USP)

Comecei a pescar desde criança com meu pai que até hoje é meu parceiro de pesca. Atualmente a maioria das minhas pescarias são no bait ou fly. Meus alvos são principalmente Tucunaré, Traíra, Matrinchã e Pacu (na artificial).

Mas não desprezo outros tipos de pescaria que apesar de praticar menos tb gosto muito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aí pessoal, meu nome é Hertz Paes Leme, sou Funcionário Público Estadual, moro no bairro do Tatuapé em São Paulo, e sou apaixonado por pesca. Gosto de qualquer modalidade de pescaria e pratico todas elas, mais a que eu mais me identifico é a pescaria vertical oceânica.

Comecei a pescar a uns treis anos atrás quando fui convidado a uma pescaria de tucunarés em Urú, perto de Baurú no Estado de São Paulo, na ocasião fisguei um tucunaré de 1,2 Kg. com a única isca artificial que comprei para esta pescaria, a partir desta data nunca mais deixei de pescar. Meu hobby predileto é ficar andando nas lojas de pesca aqui do Centro de São Paulo, vendo todas as novidades e fazendo amizades e contatos.

Um grande abraço a todos,

Hert :chuvaa:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Hertz,

Vejo que esta é sua primeira postagem! Então, seja muito bem-vindo ao Pescaki! :ok:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alexandre Zaidan

Sou advogado, tenho 33 anos e moro no Rio de Janeiro, mais precisamente no bairro de Ipanema.

Sou viciado em pescarias de robalos com iscas aritificiais. :tongue_smile::tongue_smile::tongue_smile:

Outras pescarias em água salgada também me atraem, no entanto a de robalo...!!!!!!

Abração a todos!!!!!!!!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ola pessoal

Eu sou Tiago Aranha , sou de Campinas - Sp

Trabalho na area de logistica em uma empresa (planejamento de material ).

Comecei a pescar tarde , tinha ums 18 anos, meu pai sempre foi pescador e eu numca me interessei por pesca, mas venho de uma familia onde todos pescavam então acho que tá no sague mais dia menos dia eu iria começar, perdi meu pai com 17anos então foi com meu irmão mais novo que comecei, fui convidado a ir a um pesqueiro p/ tomar cerveja e acabei pegando uma varinha de bambu e parece que depois disso danousse, nunca mais deixei de pescar, só sinto não ter tido a oportunidade de pescar com ele.

Hoje, sou mais um louco por pesca com iscas artificiais ( tucunares, traira , etc ), e querendo aprender sobre pesca em agua salgada.

abs :joia:

Tiago

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá crianças :chuvaa:

Antonio Amaral " Tuba"

tenho 43 anos , moro em Ilhabela SP

Eu pesco e mergulho desde muito pequeno, aliás eu nunca consegui ficar muito tempo longe do mar.

Trabalho como guia de pesca desde 1992 , atualmente editor técnico de agua salgada da revista Pesca&Cia.

Atualmente passo algumas horas por dia sentado nesse computador cuidando do nosso Forum junto com o Sací ;)

abs

Tuba :coolio:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Wagner Fernandes de Abreu, 52 anos, mais conhecido na web como Halieuta (ou Hali) e resido em São Paulo, bairro Santana.

Atualmente tenho uma pequena loja virtual de materiais para pesca e aquários.

Pesco desde pequeno, mas foi a partir de 1987, quando adquiri minha primeira tralha (antes usava a do meu pai), composta de um molinete Super Paolli, uma vara Yamato e um estojo Emifran, que passei a me dedicar mais a esse esporte.

Um belo dia, assistindo tv, vi o programa Pesca Brasil (acho que esse era o nome), apresentado pelo Rubinho Almeida Prado. Aí é que a coisa pegou, pois vi o sujeito pegando peixões com um peixinho de plástico. No sábado seguinte fui na falecida Mabel e comprei a minha primeira isca artificial (uma Bomber 14A de dorso azul e corpo cromado) e não parei mais.

Hoje faço das tripas coração prá não comprar dois itens para a loja e um para mim. :tongue_smile::tongue_smile::tongue_smile:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Atendendo a solicitações, vai ai um pouquinho de mim.

Sou um pescador iniciante que pegou este vírus a 4 ou 5 anos, sem muita pratica e com poucas pescarias, e venho dês de então aprendendo com os amigos. E sempre aguardando uma oportunidade para uma pescaria melhor que a anterior.

Moro aqui em Taguatinga DF há 44 anos, e estou hoje com 49 de idade, sou nascido em Goiânia GO. Já fui desenhista, mais hoje sou representante comercial de produtos para linha moveleira.

Por enquanto ainda não sei nem mesmo separar a tralha que devo levar para uma pescaria, e saio cheio de tudo que tenho. Já percorri e pesquei no Araguaia, mais sonho conhecer o cristalino e ilha do bananal, meu primeiro bocudo foi pego aqui em serra da mesa, e já pesquei no rio Paraná, Três Ranchos, CORUMBA IV, e muito pesque e pague, no mar já fiz algumas pescadinhas no sul da Bahia e em santa Catarina onde eu contrai o danado do viros após pescar com um companheiro que ali reside, uma pescaria de espada à noite e de porquinho (perua) durante o dia, nunca tinha feito uma pescaria com tanta produtividade 36 espadas em 3 horas de pesca, 250 peruá em 5 horas e claro que estes números divididos por três pescadores, todos os peixes foram embarcados (na época eu ainda não tinha conhecimento do pesque e solte), hoje sou defensor incansável da pratica, e ainda tenho que agüentar a mulher e os visinhos com a tal musica (que pescar que nada), pois não trago peixe pra visinho nem amigo.

Dos peixes que já tive o prazer de fisgar, adoro pegar o tucunaré, depois cachorra, matrinchã, de couro só peguei em pesque e pague o pirarara.

Amigos estou aqui para aprender com vocês e talvez repassar um pouquinho do que já aprendi com os amigos daqui e de outras salas de bate papo. Mais gosto mesmo e de aprender pessoalmente, portanto pode me convidar que estarei presente pra uma pescadinha.

Beijão no coração de todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Atendendo a inúmeros pedidos dos meu fã perneta :assobiando::rotfl2: :rotfl2: ....

Meu nome é Vergilio mas também me chamam de um monte de nomes esquisitos como Virgulino, Virgula, VO, VG e por aí vai...iahuahuahua....trabalho no Loxinha do RJ e gosto muiiitooooo de pescar...bait, spinning, vara de mão, frái...acho que é só isso!!!! :rolleyes: :rolleyes:

Abração a todos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa!

Luciano José

30 anos, Palmeirense, Pescador, Jipeiro e Mentiroso.

São Paulo - SP (Zona sul)

Empresário (franqueado de industria de móveis)

Comecei a pescar quando era mulequinho de 8 anos de idade na represa billings com meu pai e bagrinhos no canal de bertioga, compramos nossa primeira lanchinha em 89 no guarujá aí f... tudo, nunca mais parei, hoje em dia pesco no guarujá e em Ilhabela (ambos embarcados) tenho loucura por agua salgada, tenho uma paixão doenteia por navegação e pesca no mar e já to quase criando escama :tongue_smile:

Nunca botei fé nos J.Jigs, até que hoje fiz minha primeira pescaria de verdade com eles aqui em salvador e fiquei maluco por isso! Logo mando um relato.

É isso pessoal, to aqui pra colaborar, aprender e fazer amigos. contem comigo!

Um 2007 duca pra todos.

[]'s

Luciano

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou o Wagner carioca e resido no Rio de Janeiro sou administrador no ramo da construção civil ,comecei a pesca com 08 anos de iade no açúde do sítio de meu avô tirando pequenos lambaris e caraunas,cresci com a pesca no sangue sou um apaixonado por tralhas de pesca acho que todos nós que estamos aqui somos,não tenho paciência de esperar a mulher comprar roupas em uma loja ,mais tenho paciência de ficar horas em uma loja ou site verificando as novidades do mercado da pesca.

A pesca hoje em dia faz parte da minha vida,acordo e já observo o vento imagino a pressão atmosférica a corrente e a nitidez da água e os peixes que deva estar saindo,me orgulho de praticar este maravilhoso esporte que pra mim virou uma filosofia de vida,é maravilhoso compartilhar o prazer com o meio ambiente,me tráz um equilibrio emocional muito satisfatório pro meu dia dia,não consigo ficar uma semana sem pescar.

Compartilhar deste mundo com os amigos nestes foruns é muito interessante descobrimos que a cada dia a pesca não tem fronteiras e os limites foram feitos para serem ultrapassados,se os novos guerrilheiros das cidades urbanas trocassem seus fuzis por varas e molinetes o mundo sem duvida seria muito melhor.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alexandre da Silva Cosinha ( esquilo )

Tenho 24 anos

Sou Analista de RH, presto serviço a FIOCRUZ.

Moro no Rio de Janeiro.

Adoro todas as modalidades de pesca, costumo ler muitas revistas e artigos.

Apesar de gostar de todas as modalidades de pesca, ainda não tive o prazer de alguns tipos de pescaria, como oceânica e Fly. Mais um dia eu chego lá.

Ainda estou começando a praticar a pesca, por que na teoria já tem um certo conhecimento, devidos as leituras e até mesmo as curiosidades sobre algumas espécies de peixes.

Comecei a pescar em 2000, devido estar na casa do meu sogro sem ter o que fazer e ele foi pescar na praia de Maricá - RJ, para passar o tempo eu fui com ele. Vi ele pegar alguns peixes, como corvinas, pampo, e papa-terra. Mais o que mais me chamou a atenção foi de um colega nosso, chamado Valdecir ele era dono do treiller que nos ficavamos quando iamos a praia, ele era localizado na Barra de Maricá, rua 03, mais devido a grande ressaca que ocorreu em Maricá, esse treiler sumiu do mapa, o mar levou tudo.

Mas vontando a pescaria, a minha curiosidade foi devido ao Valdecir, que pegou dois cassão Violas de mais de 5 kg, cada um e soltou os dois devolta. Isso me deixou espantado pois todos pegavam peixes ate pequenos e levavam. Mas o fato de ele soltar os peixes, fez com que eu me interesse em pesca, pois pensava q na pesca tinha q matar o peixe, como não como peixe, não queria matar por matar os peixes. A partir daí, me apaixonei pela pesca, hoje sou viciado em pesca. Solto a mairia dos peixes que pego, mas tbm mato alguns.

Gosto muito da pescaria de Robalos, acho um bom " Brigador". Mas tenho um sonho de um dia fisgar um Marlim e o Tucunaré.

Gosto dos artigos escritos pelo Tuba, Ian, Alex Koike entre outros...

As modalidades que mais pratico é pesca de praia ( Maricá - RJ ), mais também pesco embarcado e com artificiais.

Aos pouco vou melhorando um dia eu aprendo.

Quanto ao apelido "ESQUILO", é um apelido de infância, até hoje tem pessoas que não sabem meu nome, só o apelido, sou mais conhecido como esquilo do que Alexandre.

Abraços a todos amigos do Pescaki.

Boas pescarias a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Engenheiro Civil, 48 anos.

São Paulo

Pesco principalmente de fly, mas gosto muito de artificiais. Nada contra pesca com iscas naturais, quando é o caso.

Pratico quase sempre o pesca e solte, porém sem fanatismo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

42 anos, Analista de Sistemas, Vascaino :D

Conhecido por alguns como Garry :coolio:

Pesco desde os 8 anos, com paradas. Desde 2005 com artificiais e nao paro mais, ja fiquei tempo demais sem pescar, hehehehehehheheh

Alem disso, sou pai de pescador tb :cap:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

VAmos lá:

Meu Nome é Aurélio Guimarães Vieira Junior, 28 anos, sou advogado (atualmente sou Procurador da Camara Municipal de Iguaba Grande), Casado, pai de uma filha de 4 anos, nascido em Niterói/RJ onde morei até 2002, atualmente morando na Região dos Lago (Iguaba Grande/RJ) cidade onde minha família tem Casa de Praia desde 1950, passei a residir em iguaba depois de aprovado no concurso para agente administrativo da Camara de Vereadores. começei a pescar muito cedo com aproximadamente 5 anos por incentivo de meu avõ materno que era Carpinteiro Naval, com 15 anos ganhei de presente um curso de Mergulho Autonomo uma estrela, o que me fez se apaixonar mais ainda pelo mar, continuei fazendo os Cursos e com 19 anos já era Intrutor de Mergulho Autonomo pela CMAS/CBPDS, infelizmente com 24 anos tive que largar o mergulho devido picos de hipertensão arterial, quando passei a me dedicar mais a fundo a pesca esportiva, mas precisamente com iscas artificiais, em novembro de 2005 tive minha caixa de Iscas Artificiais Roubada com mais de 150 peças dentro, apartir daí tive que recomeçar do zero, Costumo ser assiduo dos Mares de Cabo Frio/RJ, Buzios/RJ e Arraial do Cabo/RJ.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

Parceiros: www.petsEXPERT.pt