Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 21-02-2020 in all areas

  1. 2 points
    Como o pessoal está um pouco tímido, aqui vão algumas observações de minha parte: Portinho da Praia Grande, lugar bem conhecido por muitos praticantes da pesca. - Sim, é um local bem interessante para uma pescaria informal de peixes menores que alcançam o canal. Tem estacionamento, é de graça, e tem restaurante onde, inclusive, vendem iscas. É melhor pescar peixes como bagre, baiacu, amboré, com isca artificial ou natural. - Esses peixes caem melhor em iscas naturais. Camarão é bem recomendado. Que tipo de linha é mais apropriada? Para esses peixes, monofilamento de 0,25 a 0,35 mm seria bem adequado. Comprei um equipamento extremamente simples - Simples, porém eficiente. Vai funcionar para o que quer até o momento em que vai evoluir e comprar equipamentos mais especializados. Aí deixará esse para o filho ou o genro. Action: 40-80g - Ela tem seu ideal de arremesso para iscas ou chumbo entre esses pesos. Arena 3000 - Bom para iniciar. 200 m de linha 0,35 mm é bem razoável. Boa sorte.
  2. 1 point
    Boa tarde a todos. Sou novo nesse hobby, porém confesso tenho me interessado demais nele. Tenho assistido diversos vídeos explicativos, além de ter feito várias leituras sobre a pescaria. Não sei se aqui é o lugar apropriado para esse tipo de dúvida, mas pelo que andei pesquisando no fórum acredito que seja rsrs. Nas vezes em que eu fui pescar, fui no Portinho da Praia Grande, lugar bem conhecido por muitos praticantes da pesca. No entanto, agora no carnaval, irei pescar pela primeira vez com molinete (até então só pesquei com vara telescópica). Como não entendo praticamente nada disso, alguém poderia me falar se é melhor pescar peixes como bagre, baiacu, amboré, com isca artificial ou natural. Vi os dois tipos de pesca nas vezes em que fui, e as pessoas usaram tanto a artificial, quanto a natural. Outra coisa, que tipo de linha é mais apropriada? Já tive problemas com o baiacu arrancar minha linha em uma vara telescópica (na ocasião eu estava usando uma da Raiglon, 0,285 monofilamento), mas não sei se existe alguma mais resiste para que isso não ocorra. Por via de dúvidas, comprei um equipamento extremamente simples: uma vara de 2m10 total (ela é divida em duas partes, e está especificado nela também: Action: 40-80g), além de um molinete Arena 3000 (para linhas 0.35mm - 195m / para linhas 0.40mm - 150m). Fico no aguardo das respostas. Obrigado.
  3. 1 point
    Show! Muito obrigado mesmo pelas dicas, Mauricio. Me ajudou demais a esclarecer essas dúvidas que eu tinha. Qualquer outro questionamento que eu tiver, postarei por aqui.
  4. 1 point
    A depender do peixe visado, como espadas, é obrigatório. Para baiacus, a depender do tamanho no dia, também. Porém, cada um é um estilo diferente, com seu empate específico.
  5. 1 point
    Chumbada de qual peso e de que formato é a melhor escolha? Creio que isso dependerá do estilo, da distância de arremesso pretendida e da velocidade da corrente. Dessa forma, equipe-se com chumbadas tipo oliva, gota e pirâmide de pesos variados, entre 20 e 60 g. Use oliva caso queira usar o anzol na ponta, sendo que o empate deverá ser assim: Ponta da linha do molinete, chumbo oliva, girador, 40 cm de monofilamento um pouquinho mais grosso, anzol. Caso queira usar dois anzóis no estilo pargueira, aí já será necessário fazer um empate. Quanto ao anzol, que tamanho é o mais apropriado? Para os peixes citados, pode comprar alguma quantidade entre os tamanhos 10 e 1/0. Uns 10 de cada já ajudam. O que vai comandar é o tamanho médio dos peixes no dia. Se forem muito pequenos, ou mesmo peixes bons mas de boca pequena como as Caratingas, os menores deverão ser usados.
  6. 1 point
    Muito obrigado pelas dicas, Domingos. Ficarei no aguardo de mais dicas de quem já teve experiência em pescaria em água salgada.
  7. 1 point
  8. 1 point
    O pior é saber que já existem estatísticas sobre mortes em razão de selfies...
  9. 1 point
  10. 1 point
    Seja bem-vindo ao Pescaki, Danilo! Não pesco em água salgada, mas vou tentar te ajudar. Os peixes que relata podem ser pescados com iscas naturais (bagre, baiacu, amboré). Contudo, dentre estes há o baiacu que entra também em iscas artificiais. Percebo que o equipamento que comprou parece estar bem apropriado para a pesca que pretende empreender, sobretudo em áreas costeiras porque a vara, diante das especificações, pode estar um pouco pesada. Quanto à linha, no meu caso preferiria usar linha de multifilamento, mas nada impede que utilize linha de monofilamento. No caso do baiacu, é mesmo comum que ele corte linhas e até cabo-de-aço, de sorte que alguma perda por esta razão deve ser contabilizada como normal. Como já escrevi mais acima, não pesco no mar, mas penso que você poderia usar linha o mais fina possível que suporte a pesca que vai empreender, de sorte que demanda começar com o que já tem e aos poucos vai aperfeiçoando até chegar no conjunto mais acertado. A ver se aparece alguém mais habituado com este tipo de pesca para poder te orientar melhor.
  11. 1 point
    Vai pegar um robalo na unha rsrs
  12. 1 point
  13. 1 point
  14. 1 point
    Seja bem vindo, colega. Esse tipo de pescaria é bem comum. Vamos aguardar as opiniões do pessoal.
  15. 0 points

Parceiros: www.petsEXPERT.pt