Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 24-03-2020 in all areas

  1. 3 points
    Há tempos que venho enfatizando o privilégio de poder pescar em Areado, no Sul de Minas Gerais. De mesmo modo há várias matérias minhas já publicadas aqui no Pescaki sobre a pesca naquela região. Isso já ocorre por cerca de 18 anos, desde a introdução do tucunaré-azul naquelas águas. Caracterizo como privilégio não só a pesca, mas sobretudo poder conjugar isso com coisas como a espetacular amizade que fiz por lá e o desfrute de poder estar em um lugar simplesmente sensacional em termos de paisagens e beleza natural. Já vinha sem ir para lá há mais de ano e a última vez que lá estive, só pude desfrutar das amizades e das paisagens, porque a pesca foi totalmente aniquilada em razão da enorme seca que assolava o lago de Furnas naquela época. O pior é que a seca perdurou (e perdura, de certa forma!) até recentemente porque apenas há poucos dias é que o lago começou a acumular água novamente. Sabemos que assim não vai permanecer em razão das muitas e injustas particularidades políticas que envolvem o lago. No entanto, com o nível da represa subindo, ficou fácil perceber o quanto a Natureza pode ser generosa em termos de recuperação, pois já se percebe uma recuperação na pesca e na reprodução das espécies. Estive lá na semana passada, com apenas dois dias e meio de pesca. A exemplo de outros anos passados, a jornada foi muito boa apesar de algumas dificuldades para descobrir o peixe, sempre muito longe de onde saíamos, que é a Colônia da Férias da AFPESP! A ver se estarão ao gosto dos amigos as fotos (de celular) que fizemos na jornada, a começar por algumas paisagens do lugar: Esta área só conseguiu ter água há poucos dias, mesmo tendo havido tanta chuva e fica em frente ao prédio da pousada da Colônia. Peixes de pequeno porte estão sempre presentes, o que denuncia a capacidade de recuperação das espécies quando igual recuperação vem por parte dos lagos. Notem nesta foto acima, um dos grandes problemas que os tucunarés-azuis do Lago de Furnas enfrentam. No canto superior esquerdo se pode ver um pescador praticando a forma mais comum de pesca por lá, que consiste em entrar na água, sempre em locais de estruturas, até uma profundidade de até a cintura. Até aí, tudo bem, mas é assim que pescam em cima de cardumes de peixes geralmente pequenos, cujo desfecho é sempre de morte para o peixe, não importando seu tamanho, até porque nesta modalidade o que mais se consegue capturar são mesmo peixes do porte destes das fotos acima, muito embora, também consigam matar peixes bem maiores. Lamentável! No primeiro dia, só ficamos em pequenos peixes, porque tardamos em perceber o padrão de ataques, bem como pescamos por perto da pousada, enquanto que os melhores peixes estavam bem mais longe. Cheguei a fisgar dois peixes muito bons, grandes mesmo, mas não dei sorte para embarcar, porque o primeiro simplesmente levou minha isca (uma emblemática Sammy, velha na minha caixa rsss) água abaixo até se enroscar por lá, resultando na perda do peixe e da isca; o segundo apesar de ter brigado no limpo, me escapou logo na hora de colocar-lhe as mãos. Meu genro, Fábio pegou o maiorzinho neste primeiro dia e que já rendeu muita alegria. No segundo dia, saí em companhia de meus amigos João Paulo e Valter Moraes, grandes companheiros de há muitos anos para matarmos a saudade de uma jornada comum e andamos capturando alguns peixes bons. O maior do dia foi de João Paulo. Valter andou perdendo peixe fisgado e acabou não embarcando nenhum. Nem mesmo enquanto se posa para a foto, não se deixa de tentar ver onde foi a pancada de outro peixe na água... rssss O Grande João Paulo com seu peixe, que mediu 55 cm. Aqui, mais uma belo azul Outra do mesmo peixe E outro No último dia saímos, Fábio, eu e meu irmão Mário Para finalizar, seguem meus agradecimentos a todo o pessoal que trabalha na formidável Colônia da AFPESP Unidade de Areado, Douglas, Celinho, José, Fábio, Gilmar, Rose, Renata, Débora e tantos outros, todos muito bem preparados e empenhados em proporcionar estada privilegiada. Especial agradecimento aos meus dois grandes amigos João Paulo e Valter Moraes, além de outros como Kilder e Lurdinha. Igualmente especial o agradecimento ao meu Irmão Mário, minha cunhada Helena, minha mulher Lúcia, meu genro Fábio e minha Filha Lívia, porque estivemos todos hospedados lá, onde também pude reencontrar o amigo Geraldo e mulher. Depois de ter passado três dias de maravilha naquele lugar retornamos para aqui encontrarmos esta situação de ter de ficar confinado em casa por conta desta pandemia. Mas como sabemos, dias melhores virão e aí, lá estaremos de volta, novamente motivados pela atividade que move minha vida, a pesca esportiva! PS. Para quem não conhece ou tem interesse de conhecer, a AFPESP é uma entidade que reúne associados funcionários públicos, muito embora de qualquer nível administrativo, podendo ser federal, estadual e municipal mas atuante no estado de São Paulo. Possui diversas unidades de lazer e turismo à disposição dos associados. Quem tiver interesse, basta consultar a página web da instituição clicando aqui: AFPESP
  2. 3 points
    Interessante... Limpando o armário encontrei uma caixinha. O que será que tem dentro? Essas coisas às vezes ficam anos e anos sem serem abertas que a gente até esquece... Pútis.... Quanta coisa! É de se admirar o quanto se compra dessas coisas, para nunca usar...e fica aí, guardado.... Bom, vamos guardar de novo....
  3. 2 points
    Boa tarde, após essa loucura que o mundo se tornou, e depois de uns 10 dias de quarentena, resolvi sair um pouco pra pescar com meu primo e um amigo, um dos únicos pesqueiros da região que aceita a pesca esportiva; segue fotos do açude principal Ai nesse grandão, tinha muita carpa cabeçuda na faixa de 10 a 30 kg, infelizmente deu uma secada e faltou oxigênio e morreram quase todas.. sobrou apenas umas carpas comuns, hungará e tilápias, segue foto do que saiu nele: Carpa Hungara que peguei, não faço ideia do peso kkkkk Carpa Hungara que meu primo pegou Traíra bonita que saiu na salsicha, tem um açude só com traíras, e eu nunca consegui pegar nada ali no frog kkkk, só vem em isca de verdade essas safadas E pra finalizar essa tilápia de 2,200kg que fez um muita briga, achei até que era uma cabeçuda... Açude das traíras, infelizmente muito baixo e com vegetação que atrapalha pra tirar elas de dentro da água, seca tá cruel por aqui no RS Valeu a pena o dia pra aliviar a mente com toda essa loucura do covid-19, cuidem-se, evitem aglomerações e bola pra frente rapazaida kkkkk valeuuu
  4. 2 points
    Estranho...acho que nunca notei aquele armário ali.... mas que coisa! O que será que tem dentro? Cacilda! Caixas? Mas o que será que tem nelas? Vamos ver uma. Caixinhas de papelão! Com desenhos de mais daquelas coisas com alavanca e carretel! E duas pernas também! Vamos ver o que são essas coisas... Bonita cor azul....bom gosto... Um carretel diferente agora. Parece um barrilzinho. E pesadinho.... Esse é marrom... E leve... E um pequenininho... E o que será esse bastão? Cheio de rodinhas de metal.... E estica... Bom, era isso que tinha aí dentro... Vamos guardar tudo de novo. E ainda tem mais pé ali.
  5. 2 points
    Isso não é isolamento, é viver da melhor forma possível rssss na verdade, isolado estaria o resto do mundo rssss
  6. 2 points
    Com poucas pessoas circulando está faltando as migalhas de pão deles.
  7. 2 points
    Boa noite pescadores...... Resolvi fazer em relato com minhas três últimas pescarias, fevereiro e março foram meses atípicos aqui em Curitiba, marcados por um frio fora de época dificultando um pouco a pesca da traíra. 1ª pescaria Um amigo me convidou para conhecer a represa do Passauna, o peixe alvo: black Bass e traíra. represa baixa peixe inativo parte da manhã apenas uma ação de um bom black mas não consegui embarcar. logo após o meio dia o primeiro peixe: Após essa, tivemos ação apenas final da tarde. Fazia tempo que não pescava black, o peixinho manhoso, mas......muito top de pescar. Assim foi a pescaria desse dia material Usado: vara major craft first cast 6,6 16 lbs e carretilha black window. Segunda pescaria: fomos num grupo numa chácara com uns amigos, dia muito difícil, o lugar era top, mas muito vento, frio saiu 4 traíras pequenas, tirei foto de duas, segue: 3 Pescaria. Lugar é uma chácara particular, tem três tanques pequenos, dou um troco pro dono ele deixa pescar, o problema é que quando pegam as traíras matam tudo, já diminuiu bastante. Apesar do frio, bastante ação na superfície, esse popper surpreendeu! É Isso ai, até a próxima
  8. 2 points
    Bom, já que temos mesmo de ficar em casa, vamos então fazer algum artesanato . Me lembrei disto aqui: Carretéis de bambu para se guardar linhadas e afins. Sempre temos aquelas linhas que não possuem um carretel, mas que mesmo assim não queremos jogar no lixo. Para fazer essa "arte", é necessário termos daqueles palitos de restaurante oriental, os famosos Hashi. E eu tinha um punhado disso na gaveta. Precisamos também daquelas varetas de fazer pipa. Ou pode ser daqueles palitos para montar espetinhos. Marcamos os locais dos furos e usamos uma broca compatível. Primeiro uma daquelas bem finas, depois arrematar com a do mesmo diâmetro dos palitos. Para isso, tive o adjutório dessa simpática furadeira... Um pouco de lixação com lixa número 150 também ajuda na aparência final, que costuma ficar muito boa. Se a vareta quebrar no furo, sem problemas, apenas encurte o outro pé e faça o esquema um pouco menor. Araldite para colar tudo. Ficará tudo assim. Para adicionar um "bumper", que evitará magoar muito a linha, use um mousepad velho, daqueles de pura espuma. Cole com Araldite também, usando pregadores para segurar. Ficará assim. Simpático, não? Agora, adicionar uma paleta, que servirá para segurar a ponta final da linhada. Usei cintas Hellerman, cortadas nesse tamanho. Amarrei com a mesma linha que se usa para fixar passadores, e usando a mesma técnica. Ficarão assim. E pronto. Já tem uns carretéis simpáticos para usar. O problema é quando os amigos virem isso na sua caixa de pesca e perguntarem se não vão ganhar um de brinde...
  9. 2 points
    Já fiz também 2 spread bar's para teaser's, vamos ver se consigo atrair alguma coisa melhor nas pescarias de corrico no mar.
  10. 2 points
    Eu já inventava moda antes da quarentena, fazendo snap's com girador.
  11. 2 points
    Show João Paulo, parabéns pelas pescarias!! Legal que o tempo livre está estimulando que mais participantes do fórum coloquem seus relatos aqui...
  12. 2 points
    Pescaria 10!! Fazia tempo que não via um Bass por aqui. Parabéns!!!
  13. 2 points
    hoje também aproveitei para fazer uns empates de aço, pois ficar perdendo iscas para as traías não da né ...
  14. 2 points
    O enterro dele foi quando mesmo? Se chegou em casa assim...!
  15. 2 points
    "Querida, não é meu, é de um amigo"!
  16. 1 point
  17. 1 point
    Queria eu estar pescando também.
  18. 1 point
    Grande Ben, Que privilégio poder pescar nestes dias tão atribulados. Parabéns pela jornada, que afinal, rendeu belas peças!
  19. 1 point
    o vida boa 3 , 4 dias de intervalo kkkkk abraços
  20. 1 point
    Grande Cláudio, Isso ocorre porque esta forma de postar fotos usa espaço do nosso portal. Então, para que não ocorra lentidão ou descontinuidade, há um limite de espaço para deixar suas fotos. Em razão de que o espaço é mesmo muito pequeno, nós que publicamos mais fotos, usamos armazenamento externo. No meu caso e de muito outros, um bom portal para isso é o Imgur Clique aí na palavra Imgur acima e já acessará o site, onde terá de fazer um cadastro para em seguida enviar tuas fotos. O legal é que é possível criar álbuns lá, conforme teus interesses, tipo criar um álbum "Pescaki" para onde enviará apenas as fotos que aqui quiser publicar. Depois de enviada a foto para lá, abra-a e uma vez aberta, clique sobre ela com o botão direito do mouse, quando então aparecerá um menu de opções. Escolha a opção "copiar endereço da foto" e uma vez feito isso, basta vir aqui e colar o que copiou dentro de teu post. Pronto! Eis a foto publicada aqui!
  21. 1 point
    To até pensando em começar...
  22. 1 point
  23. 1 point
    Em tudo tem limites..e enche!!. Pesqueiro cheio, muvuqueiros, sai de madrugada e volta tbm de madrugada..caro, cansado... Quando isso acontece voltamos a origem. Quem começou com os lambaris sabem a delicia dessa pescaria¹¹ Nada melhor que voltarmos a pescar lambari, numa tranquilidade, não importando com os baguas, mas divertindo o dia todo com peixinhos em companhia de um bom amigo.e papos.. Ultimamente estou indo em Salesópolis em busca de lambaris para divertir e por que não degustar bem fritinho..uma delicia Para não desperdiçar as miçangas, vejam o que fiz com varas para lambaris: A represa é em Biritiba Açu em Mogi das Cruzes, caminho do Mogi\Bertioga.
  24. 1 point
  25. 1 point
  26. 1 point
  27. 1 point
    Que Show, Bome! Relatos como este são tão gostosos de se ler, que às vezes a gente fica tentando como vai desenrolar o desfecho dessa história! Parabéns pela pescaria e pelo relato! Muito bom!
  28. 1 point
    Fazendo uso do álcool gel protege do corona, tomando essa fica totalmente imune.
  29. 1 point
    Fico cá conversando com os botões do pijama: - A casa do Maurício deve ser estilo americana: com grandes porão subterrâneo e sótão...espaços ideais prive para guardar, esconder e esquecer.
  30. 1 point
    Estou na expectativa e ansioso para ver a expressão facial do nosso amigo Mauricio, quando encontrar aquele velha meia, cheinha daquelas verdinhas americanas de 500 $ e 100 esquecidas e super valorizadas hoje...sobras das viagens aos states, que sem querer querendo as guardou e esqueceu no passar dos tempos.
  31. 1 point
    Maurício, com certeza vc. é um mestre quando o assunto é comprar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
  32. 1 point
    Pois é, você acumula materiais preciosos, e eu fico inventando moda, mas faz parte. É o que eu chamo de pescar no seco, ou pesca virtual, também faz um bem danado para a alma! Se bem que se eu postar as fotos dos meus materiais prontos para ir para a água e as iscas e demais materiais...!
  33. 1 point
    Acumulador de preciosidades... rssssss
  34. 1 point
  35. 1 point
    Realmente, 10% de teor alcoólico, se tomar umas 12, vai ser uma ignorância a baita ressaca que vai dar! se tomar umas meiotas junto, aí fu...!
  36. 1 point
    Tô indo, só se for agora mesmo! Aonde fica???
  37. 1 point
    ...será que o gato ficará bêbado?
  38. 1 point
    Água, WD40 (ou genérico) e uma gota de óleo nos eixos, que nem o Leandro.
  39. 1 point
    As pernadas são colocadas nos snap's para facilitar a troca para o tipo de velocidade que o barco vai desenvolver, quanto maior, menor os atratores, pelo menos nas barras.
  40. 1 point
    Estas são as barras que eu fiz para servir de atrator na pesca de corrico. Usei titânio Gr2 com diâmetro 3,18mm e solid ring 8 para fixar as pernadas e também fazer a fixação dos pontos de amarração para puxar. Os solid ring's são presos nas barras com luvas de alumínio prensadas, depois vou colocar um pingo de super ciano para melhor fixar. Como as barras tem um metro de comprimento e o material é um pouco flexível, fiz a fixação em três pontos equidistantes 25 cm cada, para evitar que vergue muito.
  41. 1 point
  42. 1 point
    Vamos fazer arte!
  43. 1 point
    Top de mais Mestre Bome!! Sairam belos azuis!! Areado é sempre bacana, e os amigos das bandas de la são nota 1000!!!
  44. 1 point
    Não tenho pescado mais com ele. Estávamos combinando última no Maeda mas na ultima hora ele sentiu labirintite e tivemos que paçocar. Abração
  45. 1 point
    Maravilhoso, aqui em casa já revirei tudo e não achei nada.
  46. 1 point
    KKKKK Eu achava que era uma acumulador de coisas de pesca kkkkkk Parabéns pelo arsenal
  47. 1 point
    Pombas Maurício, você está prevendo uma nova quarentena para daqui a quantos anos???
  48. 1 point
  49. 1 point
    São aquelas fotos do campeonato de pesca nudista categoria feminino que eu nunca mostrei aqui...
  50. 1 point
    Amanhã estarei para mais uma jornada..kkkk O perigo são os velhos que vão me acompanhar, todos acima de 70 anos é são asiáticos..kkk. Será um prazer marcamos uma pescaria aqui em Mogi das Cruzes..

Parceiros: www.petsEXPERT.pt