Leandro Francisco

Pescaki V.I.P
  • Total de itens

    2.359
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    72

Tudo que Leandro Francisco postou

  1. Tenho um Hunter fish e gosto muito dele, é um fusquinha dos caiaques, pau para toda obra, leve, estável e com a cadeirinha nova resolveu o problema de desconforto que os antigos tinham. Eu recomendo sim.
  2. É isso aí, as dentuças sempre são diversão garantida...conseguem fazer sorrir até um pescador viajado como o Dini, que já foi pescar nos lugares mais tops do mundo.
  3. A primeira dessa temporada (primavera/verão), não é grande, mas sempre emociona.
  4. Ok, então vou te dar a minha opinião pessoal, aprendida com os guias (barqueiros) da região, que pescam todo dia nesses locais. e a qual se mostrou bem eficiente para mim: 1) Varas: Recomendo uma vara que seja de ponta mole, porém que seja resistente. Eu uso uma Albatroz Rio Grande de 2,70 m, explico porque dessa vara. Os peixes mais comuns na região (anchovas, ciobas, bicudas, carapaus) quando pescados na espera (com filé de sardinha) são extremamente manhosos, pegam o filé de leve e, se sentem resistência (ponta de uma vara mais dura), simplesmente largam a isca. A vara de ponta mole permite uma melhor produtividade, porque o peixe não larga a isca, leva ela com tudo, facilitando a fisgada. Você pode ter uma segunda vara mais parruda, (40-60 libras) mas essa seria para focar nos xaréus brancos, garoupas, caranhas, cações, que são peixes que não possuem esse comportamento manhoso (levam com tudo). 2) Molinetes ou carretilhas: Precisam ser materiais mais parrudos para pesca de espera, que caibam pelo menos 150 m de linha 30 a 40 libras (para a vara de ponta mole) e linha 50-60 libras para a vara mais parruda. Eu uso molinetes ou carretilhas, ambas funcionam bem. 3) Linhas: Eu prefiro mono, mas nada impede que use multifilamento. Minha preferência por mono é devido à pesca ser eminentemente noturna, onde vários pescadores pescam juntos na traineira. Infelizmente nem todos no barco pescam com o mesmo peso de chumbada, o que gera um cruzamento de linhas frequente, quando um peixe grande pega então, é bem comum pegar outras linhas ao redor e cruzar. A multi é uma linha inviável para se tirar enroscos, toda hora vc terá de cortar a linha, pois os enroscos de multi são medonhos! A mono enrosca também, mas é mais fácil de tirar, e se precisar cortar, o prejuízo financeiro é beeeeem menor...Mas não estou dizendo que não dá para usar multi...é minha opinião. 4) Anzóis e chumbadas: Leve anzóis desde um maruseigo 16 até anzóis Mustad 8/0. Um pouco de cada, pois qual usar vai depender do peixe que está pegando. A mesma coisa para chumbadas, leve desde leves (10 g) até 150 gramas, pode ser formato oliva (não precisa levar chumbada para pargueiras). 5) Líderes e encastoados: Leve líder de flúor ou mono nas medidas (0,50 - 0,70 - 0,90 mm) as mais grossas para caranhas, garoupas que são peixes que brigam sujo (ralam nas pedras) e as mais finas para os demais peixes. Cabo de aço, são usados mais para as anchovas e bicudas, nesse caso leve cabo de aço revestido de preto (menos visivel) na faixa de 25 a 30 libras (peça aos guias ensinarem como empatar os anzóis, pois deve-se evitar usar luvas que deixam o cabo mais visível, diminuindo as ações). 6) Iscas: Lá funcionam bem a sardinha (inteira, pedaços ou filé), a lula (tamanho médio 10-15 cm) mas precisa estar bem fresca, pedaços de bonito, cavalinha e iscas vivas pegas no próprio local (xarelete, carapauzinho, etc). Camarões só pegam miudezas de fundo (eu nem levo). Minha dica final, fique rapidamente amigo do barqueiro e do ajudante, seja humilde e peça dicas para eles, de como montar sua linhada, como iscar corretamente, qual profundidade pescar, qual peso de chumbada...os caras estão todo dia no mar, conhecem tudo de pescaria na região deles...então siga o que eles falarem...o que a gente vê nessas pescarias de gente teimosa que passa a pescaria toda sem pegar nada, apenas porque não quer ouvir os barqueiros....
  5. Bem vazio! O lago 6 (das carpas) tinha eu e mais 2 pescadores. Contudo, no fim de semana sempre fica mais cheio.
  6. Resolvi dar continuidade nesse mesmo post, pois voltei lá no Aquarium hoje, segui as dicas do Sabotagem (massa mais mole, mais perto do barranco) e deu muito certo. Só saíram carpas bonitas, fora mais 3 que escaparam (rasgou a boca) e um pacu que cortou a linha: As menores tinham na faixa de 4 kg e as duas ultimas estimo que tinham entre 7 a 8 kg, de novo só saiu bitela!!!
  7. Boa tarde Raul, vou frequentemente lá, só me explica qual será o tipo de pesca que vai fazer...vai de lancha e tentar a pesca com artificiais (jigs e plugs), ou vai de traineira e vai pescar com iscas naturais? O material muda entre essas duas modalidades.
  8. Saindo do portinho: Continuando no rio Curitibinha: Passando pelo Iate Clube Itanhaém: Barra do rio Itanhaém: Barra transposta: Deixando Itanhaém para trás: Passando ao longe da Ilha Queimada Pequena: Faltando 7 km: Faltando 2 km: Faltando 1 km: Ancorado no parcel da Ilha Queimada Grande: Vídeo da chegada á Ilha: Infelizmente não tive como fazer um relato da pescaria pelo motivo que não consegui tirar fotos dos peixes, porque estava muito escuro. Mas saíram algumas anchovas boas e olhetes, até que o tempo virou e estragou nossa pescaria.
  9. Claudio, fala mais do seu material equilibrado...caracteristicas da vara, carretilha e linha...para darmos dicas mais efetivas...
  10. Bom dia Edmilson, normalmente as carretilhas de perfil alto tem menos recursos que as perfil baixo (freios magnéticos ou centrífugos são raridade), assim para arremessar essas carretilhas (se vc tem pouca prática) vc deve usar o freio mecânico um pouco mais apertado, até vc aprender a usar o dedão como freio auxiliar.
  11. Sim, o número de ações foram poucas...mas só saiu belos exemplares... Muitas pessoas falam que não gostam (pescar carpas), porque pegam elas com material de tamba (vara 50 libras, linha grossa, carretilha parruda), aí a briga é desproporcional, mas experimenta pegar uma com material levinho...
  12. Perigoso de fazer uma massa dessas é o pescador comer tudo e o peixe passar fome...
  13. Tá vendo? Quem disse que burro veio não aprende.... He, he, he realmente todas acima de 10....kilos. Valeu Mauricio. Obrigado vc pela dica do Aquarium... Valeu Fraus, vc tb me deu a dica do Aquarium... To ficando viciado nesse negócio de ultralight... Valeu pelas dicas amigão! Já que costuma ir lá, me avisa quando for, podemos pescar juntos...
  14. Tem algum ponto do lago 6 que seja mais fundo Alan? Fiquei na margem ao lado da estrada de entrada do pesqueiro e achei que alí é muito raso, mudei para ficar ao lado do vazadouro, mas era raso igual...outro rapaz que estava perto pegou 3 húngaras entre 3 a 4 kg com massa feita por ele usando Mucilon... Outra coisa, já que frequenta lá, tem alguma massa que seja mais eficiente?
  15. Muito bom Alexandre, belo amarelão, já o compadre só ficou tirando nó da linha hein?
  16. Boa noite amigos, hoje dia de folga, resolvi pescar...peguei a tralha ultralight e fui até o pesqueiro Aquarium, que segundo sugestões de vários amigos daqui, seria uma boa opção para a pesca de carpas (o único peixe que ainda continua a comer com a água fria como está aqui em SP). Chegando lá, perguntei ao pessoal qual lago é melhor de carpas e me mandaram para o lago 6 (logo na entrada), armei minhas 3 varas telescópicas, meus 3 molinetes micro abastecidos com linha 0,26 mm (mono) da Max force, anzol maruseigo 16 sem chumbo e sem encastoado (direto na linha) e de isca usei a massa Japatone e uma massa sabor banana (que nem sei quem fabrica). O que posso dizer é que o dia foi extremamente fraco de puxadas, fiz 250 g de cada massa e no fim do dia sobrou bastante, ou seja, tive pouquíssimas ações, porém lá pelas 11 da manhã uma varinha começa a correr a linha bem suave, fisgo e senti que era muito pesada, o animal saiu tomando linha e deve ter puxado uns 50 metros na primeira corrida, fiquei cerca de 30 minutos nesse vai e vem (toma linha, recolhe linha, toma linha...) até que essa monstra dessa cabeçuda pranchou e deu pra pegar no passaguá... Eu não tinha balança, mas estimo que ela devia ter entre 10 a 12 kg (muito grande e grossa). Continuei mais um pouco nesse lago, até a hora do almoço, como não tive ações resolvi parar para almoçar e depois tentar em outro lago. Montei minha tralha de novo, agora no lago 2 do pesqueiro (o maior), que estava vazio...isca na água e nada de ações... Lá pelas 15:30 h uma das varinhas começa a baixar lentamente, fisgo e de novo senti que era muito pesado, de novo o peixe sai tomando linha como louco, deixando o carretel perigosamente vazio, de novo me vejo naquele problema bom (que todo pescador gosta), de peixe tomar linha, eu recolho linha, peixe toma de novo...dessa vez a briga foi mais demorada ainda, acredito que uns 40-45 minutos. Até a maior carpa hungara que eu já peguei na vida pranchar e entrar no meu passaguá... Ela era muito grossa e era mais pesada que a cabeçuda que peguei primeiro, calculo que essa devia ter uns 12 a 13 kg... Continuei pescando até as 17:00 quando arrumei a tralha, paguei e fui embora....enfim o que posso dizer? Foi um dia que foi ruim mas foi bom...foi ruim porque estava fraco de peixe, mas foi bom porque os dois que saíram estavam na casa dos dois dígitos de peso...e tirar esses peixes no ultralight foi muito show.... Obrigado a quem leu até aqui, um abraço.
  17. Eu acredito que essa aqui lhe serviria muito bem, já que não gostaria de gastar muito (como falou em outro post), ela é de fibra de vidro tubular, bastante resistente e não é muito pesada: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-864865169-vara-carretilha-lumis-falcon-68-pes-210m-30lb-2-pates-_JM?quantity=1#position=1&type=item&tracking_id=454665cf-f0cb-4b1a-9235-181ad4ba3c52 Caso prefira ficar entre as 3 citadas, ficaria com a ultima (Saint Plus), que lhe daria uma boa esportividade e lhe sugiro mais uma vez, não compre a Ocean 800, compre a 500 ou 600 que já estará ótima.
  18. Albatroz lançou a linha Quimera para slow jigging nas medidas 6 e 6,3 pés para molinete e carretilha...não sei se é boa, mas quem sabe seja mais fácil de achar em lojas e dar uma olhada ao vivo...
  19. As varas Sarasolta, GT Evolution e Kanarana servem para uso em corrico oceânico leve e médio. A carretilha Penn 309M também serve. Bastaria a você comprar mais duas carretilhas para formar os 3 conjuntos que precisa. Uma Okuma Clarion, uma Penn Squall ou uma Shimano TLD lhe serviriam muito bem. O molinete Spirit seria melhor que a Titan para pinchar iscas artificiais, porém vc deveria comprar uma vara adequada para isso, pois essa New Pampo é para pesqueiro mesmo...
  20. Voto no Prisma, os molinetes citados como concorrentes são mais caros e não são melhores que ele. A carretilha 800 seria muito pesada, mais chata de arremessar, a 600 seria mais adequada.
  21. Se quiser um parceiro para ir até Paraibuna tentar uns tucunas...manda MP
  22. Exato Gustavo, a Ocean Gold é manivela direita e a Red é manivela esquerda. conforme a numeração maior aumentam a capacidade de linha, o drag e o peso. No caso da 600 que lhe indiquei o drag é de 7,5 kg. Eu tenho uma 701 red que possui 12 kg de drag e a 800 tem 15 kg de drag. Não te indiquei nenhum outro molinete porque, sinceramente, para comprar coisa bem melhor que o Prisma, o salto em termos de preço é grande, aí vc poderia até pleitear uma big game no lugar. Aliás, se quiser investir um pouquinho mais e pegar uma carretilha bacana tem essa aqui: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1229499856-carretilha-maruri-brahva-xl-7000-drag-10kg-esquerda-original-_JM?quantity=1&variation=38088552444 Para economizar vc pega uma varinha mais simples como essa aqui (mas ela aguenta bastante peso): https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1090559716-01-vara-de-pesca-para-carretilha-ottoni-julia-210m-30-60lbs-_JM?quantity=1
  23. Sim a Sumax Ocean é uma carretilha forte, com bons componentes e lhe serviria muito bem para a pesca que pretende fazer, ela é mais forte que a Caster (que também serviria).

Parceiros: www.petsEXPERT.pt