Ir para conteúdo
Pescaki.com - O seu fórum de pesca esportiva.

Leandro Francisco

Pescaki V.I.P
  • Total de itens

    2.862
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    82

Tudo que Leandro Francisco postou

  1. Ele é melhor para aguas abrigadas, rios e lagos...caiaques bons para mar sao mais compridos e com quilha mais pronunciada...o caiman é mais largo e chato...
  2. A vara lhe serviria para o fim que a destina, sem duvida, mas uma vara mais longa (6 a 6,6 pes) seria melhor para arremessos mais longos, bem como auxiliar a retirar o peixe de estruturas...é simplesmente avaliar se esse rolo é vantajoso economicamente, ou se valeria a pena pegar uma vara mais adequada...
  3. É normal de vez em quando atacarem as iscas, e difícil evitá-los pois comem de tudo, mas nunca vi eles estarem tão numerosos que impeçam a pescaria, ou seja, comem uma ou outra isca, mas normalmente os peixes são mais rápidos que eles e isso não afeta muito a pescaria (exceto o fato de gastarmos mais iscas)...se nos locais que pesca a presença de siris é tão grande que não dá para pescar, a solução seria mudar de praia ou levar uma gaiola de pegar siris e fazer aquela sirizada...(como o Armando falou)...
  4. O maior problema deve ser resolver, com qual conjunto eu vou pescar amanhã...
  5. Quem sabe a natureza se recupera um pouco sem a gente...
  6. Foi a carretilha que o Quint usou no filme Tubarao...
  7. O caiman é instavel apenas pra quem usa no mar, em aguas calmas como a que usa é o melhor...apenas se atente que se gosta de remar grande distancias ele é dos que menos rende...tenho um hunter fishing e nao tenho o que reclamar dele...
  8. Leandro Francisco

    Lá vai 3

    1) Smartfone do caipira O caipira ganhou um smartphone na loteria, o curioso vai lá e pergunta: - Já sabe o que cê vai fazer com o prêmio? O caipira responde: - Bom, o fone vou ficar para mim e o smart vou dar pra minha irmã passar nas zunha. 2) Conhecendo o trem Um caipira chega na cidade montado em seu cavalo, quando se depara com um trem, algo que nunca tinha visto. Impressionado resolve laçá-lo, sendo arrastado junto com seu cavalo e consequentemente ficando todo quebrado. Passados alguns dias, após sair do hospital, passa por uma loja de brinquedos e vê um ferrorama na vitrine, não pensa duas vezes, saca do revolver e mete bala no trem. O vendedor vendo aquilo pergunta: - Por que o senhor fez isso? O caipira estufa o peito e responde: - Salvei ocê, se não mato enquanto for filhote, depois de grande ninguém segura. 3) Pescador executivo O executivo da empresa estava trabalhando muito estressado. O médico o recomendou a ir pescar num local bem tranquilo. Foi então para uma roça bem pacata, levando varal, anzol e minhocas. Começou a pescar e um caipira que morava ali perto se agachou no chão, espiando curioso a pescaria. Três horas de monótona pescaria e o caboclo continuava lá, agachado, espiando curioso. Mais cinco horas de pescaria e o caipira continuava lá, olhando tudo. O executivo ficou com dó do caipira e perguntou: - O senhor está com vontade de pescar um pouquinho? E o caipira responde: - Num tenho paciência não, sô!
  9. O que eu mais gosto de materiais de pesca antigos é a lembrança que na época que os usávamos tinha muito mais peixe...
  10. Belo Jurupensem, e parabéns pela iniciativa de soltá-lo, pois confesso que acho esse peixe (junto com a jurupoca) tão saboroso que não resisto a levar unzinho pra casa...
  11. Vc pode tentar pescar algumas trairas nas imediaçoes e soltar no seu lago, em pouco tempo elas se espalharao pelo lago, entrando em equilibrio com os demais peixes...
  12. Para quem curte ver catálogos, segue o link para o da Normark (Rapala, VMC, Bluefox, etc): http://www.normark.com.br/catalogo-2/
  13. Pela situacao atual das companhias aereas, e o caos de voos...recomendaria pescar nas proximidades de onde mora...
  14. O lugar e lindo, mas tem uma cara de ser frio...
  15. Kkkk, cozinheira distraida...
  16. Quando falo que o Mauricio tem um museu em casa...e pura verdade. Depois da quarentena...que tal uma exposicao?
  17. Caro Vinicius, é muito dificil que não exista traíras, porque elas habitam praticamente qualquer lago, riacho, brejo...pois sua disseminação é muito facil. Eu recomendaria, alem das iscas que está levando colocar uns dois sapinhos de borracha na tralha (os da badline são excelentes) e busque trabalhar nas margens, bem rente ao capim e tranqueiras...outra sugestão seria que usasse um lider mais grosso (fluor 0,50 a 0,60 mm) para evitar que o peixe corte seu lider a toda hora. Quanto ao trabalho das softs, recomendo monta-las no sistema texas rig e arremessar paralelo as margens (2 a 3 m) e trabalhar deixando afundar, dar dois toquinhos pequenos, deixar afundar de novo, recolhendo o excesso de linha (mantendo sempre esticada), quando a traira pega vc sentirá o peso que ela faz na linha, ai vc fisga com vontade, pra que o anzol saia do silicone e entre na boca ossuda da traira... https://www.youtube.com/watch?v=i1B1-qmGmD0&t=715s
  18. Leandro Francisco

    Mercadinho

    O mercadinho do lado de casa, agora durante a pandemia começou a atender apenas os idosos das 8 as 9:30...era 7:55 e ja havia uma fila de idosos esperando na frente. Nisso chega um rapaz jovem, desce do carro e vai para a frente do mercado...uma idosa ja o xinga e aplica uma bengalada no sujeito...mas ele insiste e tenta chegar na porta do mercadinho...ai a velharada toda cai dentro e enche o cara de bengaladas e muletadas...enfurecido o rapaz volta em direçao ao carro e grita: Quer saber? Entao eu não vou mais abrir essa porcaria de mercado!!! Entrou no carro e foi embora...
  19. Pois é, tem cada caso que parece causo... Essas aves são extremamente espertas mesmo, na volta das pescarias na Queimadona elas seguem os barcos e por vezes atacam as iscas de barbela que usamos no corrico. Judiação da cadela...piercing de colher...não deve ser nada agradável. KKKK, ainda bem que o anzol pegou só no traje de mergulho...
  20. Cada vez mais os telefones celulares (e suas câmeras) vão diminuindo a frequência dos que nos chamam de mentirosos, porque nos permitem mostrar a foto do(s) troféu(s) que aquele amigo duvida que pegamos. Mas existem fatos inusitados que acontecem às vezes nas pescarias, que por serem rápidos demais ou por não termos a câmera ligada, são guardados apenas em nossa memória...em homenagem ao primeiro de Abril, vamos descrever aqui os fatos mais curiosos que já presenciamos na nossa vida de pescador? Começo descrevendo um fato que aconteceu quando pescava sozinho, sem a presença de câmera disponível para fotografar o ocorrido. Pescava na saudosa represa de Cachoeira do França (Juquitiba) atrás do famoso Black Bass (relativamente abundante naquela época - década de 90), e estava jogando uma isca de barbela longa na margem e puxando lentamente de volta ao barco...após um arremesso que caiu a cerca de meio metro da margem, antes de começar o recolhimento um gavião marrom (maior que um frango grande) simplesmente se jogou em cima da isca, pegando-a com seus pés e ficando enroscado na garatéia...a cena mais absurda foi ver a linha subir aos céus e eu ficar brigando com o gavião no ar...ele puxando de um lado e eu do outro...até que ele caiu na água...eu fui recolhendo a ave até a borda do barco, quando com todo cuidado consegui com alicate de bico livrar a ave...que nadou até a margem, impossibilitada de voar por suas penas estarem molhadas.... A foto não é minha, mas descreve bem o que aconteceu comigo: E com vc? descreva-nos o caso mais cabeludo que aconteceu em sua vida de pescador....
×
×
  • Criar Novo...