Ir para conteúdo

Bolão.

Pescadores
  • Total de itens

    15
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

14 Boa

Sobre Bolão.

  • Rank
    Posso pescar por aqui?

Informações Pessoais

  • Localização
    .
  • UF
    MG
  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Nome Real
    Hugo Freitas
  • Sobrenome
    Freitas
  • Estilo de Pesca
    água doce
  1. Super-texto! Parabéns Fred! Hoje em dia tem horas que a gente se sente num trecho de poema hehehe: "Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada.[..]"
  2. Olá turma tudo bom? O texto é meio grande por isso eu vou deixar um anexo em PDF no final do post, porque eu acho que a letra no pdf é melhor pra ler. Abração! Meandros da Pedreira Geraldo subia apressadamente o íngreme morro da Rua Brasil. Esbaforido, o homem baixinho que acabava de chegar aos cinquenta e dois anos, gordo e bochechudo, com os cabelos mais grisalhos que pretos penteados pra trás, era a cara de Delfim Neto. Com seus passos curtíssimos de boi de carro, suava e bufava, embaçando seus óculos fundo de garrafa para chegar ao topo da rua e dobrar a
  3. Valeu Maurício, estou sempre lendo suas história incríveis aqui também. Obrigado!
  4. Ô Seu Domingos tudo bão?! Muito obrigado! Bem, eu sou de Lafaiete é bem distante de Alfenas, mas eu li esse causo, escrito pelo senhor, acho que tem uns dois meses que li mais ou menos. Achei muita graça na história inclusive. Aqui mesmo deu-se um fenômeno parecido, numa lagoa chamada "Água Preta" onde aparecia uma luz misteriosa, isso devia ser pelo início dos anos de 1990, mais ou menos. Enfim, é uma história longa... Sei que até peregrinação teve pra ir ver a tal luz, a coisa acabou sendo caso de CEMIG... Mas eu sou muito mentiroso, recomendo que ninguém acredite nos
  5. Turma tudo bom? Espero que sim. Vou colocar aqui uma historinha, já aproveitando para agradecer a todo mundo que também aqui posta um causo, que como diz o povo: "ajuda a distrair". Meu muito obrigado a todos vocês que passaram aqui pra contar uma história, deixar um causo, ou aqui deitar um poema. Obrigado eu não estava sozinho enquanto lia as suas histórias, estava muito bem acompanhado por vocês. Uma abraço do seu colega Bolão, daqui, do interior de Minas. À Meia Luz A rua era extremamente cumprida e retilínea, a escuridão baça da noite se matizava a iluminaç
  6. Leandro sempre acompanho o fórum e os tópicos e como sei que você me parece alguém aberto a discussão, tenho certeza que não se zangará por eu desviar um pouco do assunto em questão... Sobre a veracidade da informação, não há o que acrescentar, a própria imagem que você postou resume bem a história. O que eu me pergunto é por que as propagandas de pesca seguem as vezes desafiam o bom senso do mais ignorante pescador. Digo por mim, que nada entendo de equipamentos, e até mesmo eu, leigo absoluto percebo uma incongruência: Por quê um molinete de tamanho 1000 precisa de uma drag
  7. Maurício, tudo bom? Nunca pensou em escrever um artigo (ou quem sabe até, sei lá, um livro) sobre a história dos equipamentos de pesca no Brasil? Os pescadores, especialmente os entusiastas do material vintage, acho eu, agradeceriam. Abraço!
  8. https://www.estantevirtual.com.br/livros/eurico-santos/peixes-da-agua-doce/3125757262
  9. Lindo livro. Obrigado Maurício. Recomendo um livro já velhinho contudo bem acessível, que a gente acha facilmente na estante virtual do Eurico dos Santos. Leitura muito divertida e até mesmo atual em alguns pontos. Vale a pena pra quem ainda não leu!
www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...