Dini

Pescadores
  • Total de itens

    485
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    7

Dini last won the day on November 20

Dini had the most liked content!

Reputação

289 Ótima

2 Seguidores

Sobre Dini

  • Rank
    começando a responder
  • Data de Nascimento 22-04-1978

Contatos

  • MSN
    carlosdini@hotmail.com

Informações Pessoais

  • Localização
    Sorocaba
  • UF
    SP
  • Sexo
    Não informado

Previous Fields

  • Nome Real
    Carlos
  • Sobrenome
    Dini
  • Estilo de Pesca
    Artificial

Últimos Visitantes

6.768 visualizações
  1. Amigos, agora em novembro decidimos voltar ao lendário Rio Juma, sabíamos que encontraríamos uma situação pouco favorável, pois nesta época o rio esta muito seco, e o peixe fica extremamente manhoso. Um pouco sobre o Rio Juma. Este rio, na verdade junto com os demais(Maçarico, Mamori, Mutuca, Tracajá, Madeirinha, Pantaleão, Matupiri, Igapó-Açu, Tupana e inúmeros outros) são gigantescos lagos, com comprimento de rios, que são formados durante a cheia do Solimões e Madeira. Suas aguas não correm, descem lentamente acompanhando o Rio Solimões na altura do município do Careiro do Várzea-AM. Eles pertencem aos alagados do município de Autazes-AM, na margem oposta a cidade de Manaus. Um parabéns ao município de Autazes-AM, que através de lei municipal, proíbe o abate e comercio do Tucunaré, reflexo é a quantidade de peixes em um local tão próximo da capital. Lá não existe repiquete, tem um regime bem fixo de aguas, pois é um alagado, então ele começa secar em julho, entra na caixa em meio de setembro e atinge o ápice da seca em novembro. Em dezembro ele começa novamente encher. Aqui a subida da agua não atrapalha, pois ela não tem a acidez da agua do Negro, então o pH flutua pouco(motivo que faz o temensis parar de comer), a subida da agua até aumenta a atividade do açu, pois traz agua nova com mais alimentos, coisas da Amazônia. As espécies que habitam são o tucunaré açu, o tucunaré popoca, aruana branca e pirarucu(estes cada dia mais frequentes na linha dos pescadores), não existem peixes de couro, pois a agua é parada. O Rio Juma: Chegando em Manaus, já encontro o lendário e gde amigo Magal. Alguns minutos depois Nosso grupo, Rodoval, Gustavo, Arimatea, Marcão, Jose Bento, Alfio, Andrezinho e este que aqui fala, grupo10. Esperando no porto do Ceasa para fazer a travessia do outro lado do Rio Amazonas Atravessando o encontro das aguas(rio Negro e Solimões) Pequeno mercado do peixe, na margem oposta a Manaus, já no porto do Careiro do Várzea-AM São mais uns 80kms de estrada de asfalto e terra, até chegarmos no Parana do Mamori e Chuva que cai De lá embarcamos em um barco rápido e em 2horas chegamos a Pousada Taboca no Rio Juma Recepção na Pousada Taboca Nossa anfitriã Primeiro dia optamos por pescar próximo a pousada, começamos com hélices e zaras, com poucas ações, qdo colocamos jigs ai começaram a aparecer. Os amigos que pescaram de spinerbait arrebentaram e foi assim até o fim da pescaria(isca do mal,kkkk) Estavam furadas Vida dura Segundo dia, fomo rio abaixo até o lago do Taquara, o único lago que estava mantendo uma cor de agua bonita. Lá foi meu melhor dia, pescaria de jig, mas diversos peixes perdidos e embarcados. 11lbs jig Este já devia ter sido pego uma vez, estava caolho 10lbs 76cm-isca jig A tarde o tempo desabou Mas ainda saíram bons peixes 10lbs-jig A noite uma boa caldeirada para esquentar Terceiro dia, subimos em direção ao Mamorizinho, comecei no jigs e embarquei alguns peixes bons, como lá as estruturas convidam bater hélice(pés de Macacaracuias secos), não aguentei e hélice na agua. Tomei 3 pauladas dignas de Rio Negro, infelizmente ninguém ficou para foto, só lembrança. 10lbs 74cm-isca jig matar a sede Peixe não sabe brincar Quarto dia, o pior de todos, pescamos em lagos, rios, subimos, descemos, só porqueira. Somente o pessoal do spinner pegou peixe. Bom pelo menos tinha mais tempo para cerveja. Mas não dá para resistir Nosso Mutum de estimação Como foi ruim de peixe, matamos diversos desta espécie para encher a caixa térmica Quinto dia, subimos 1hora o rio, próximo ao Igarapé Preto, lá o rio fica estreito, a agua lá já sentia bem a seca, estava com aquele aspecto leitoso, manha toda perdida. A tarde falei, "truco", como não queria pescar de spinner bait(sou uma besta memso) comecei jogar Jumping Minnow e trabalhar nas raseiras e bicos, tarde muito divertidas, nada gde mas muitas ações. Hora do almoço Sexto dia, pesquei até a hora do almoço, tentei repetir o estilo do quinto dia, T20 na agua, foi menos ativo, mas divertido. Crianças voltando da escola Retornando a minha amada Manaus Alguns peixes dos amigos Duro é voltar trabalhar Um comentário sobre o spinner bait, realmente é impressionante como o tucunaré açu pega bem nele, não tem como comparar nem com jig. Acho eu, que seu uso esta bem indicado em rios bem secos, muita pressão de pesca, peixe choco e pouco ativo, podem acreditar faz a diferença. Infelizmente os que existem no mercado quebram a haste metálica depois de alguns peixes. Recomendo os spinner bait com anzol 6/0 de 15-30g, evitem comprar alguns de tamanho gigante, pois peixe velhaco quer isca pequena. A Deconto tem um bom spinner bait, sei que nosso amigo Flavio da Extreme já esta preparando algo feito para os açus. Material Utilizado: 1-Varas -Saint Croix SCIII 20lbs 5'7" by Waka -Venator SE 25lbs 5'6" -Falcon Cara 5'7" 2-Carretilhas-Scorpion 201 e 201HG 3-Linha Multi PP 50lbs 4-Leadr Line System 50lbs 5-Snap Capella G Amazonas 6-Iscas mais utilizadas, Jigs(single tail 6/0 16g) e Jumping Minnow T20 cor osso A pousada Taboca-Rio Juma Ambiente familiar, muita cerveja gelada, quartos amplos com ar condicionado , banheiro privativo, barcos com motor 30hp zerados. Contato David-92-993470456 -Instagram @taboca_amazon_lodge ou @pousadatabocaamazon Agradeço a Deus e minha família por esta vida maravilhosa. Abs a todos Carlos Dini
  2. Amigos, agora no mês de outubro voltei ao afamado Rio Mutuca, que fica no município de Autazes. Apos quase morrer em um afogamento há 5 dias, nada melhor que voltar para a agua. Gosto muito deste local, pois é relativamente próximo a Manaus e tem gde quantidade te tucunarés açus. Trabalhei até quinta feira a noite e as 20horas já estava no aeroporto tomando uma para embalar o sono. 2 da matina, já estava em Manaus. Como é bom voltar No aeroporto já me esperava o gde amigo Thiago Leria, dono do Rancho Mutuca. Para chegar ao Rio Mutuca, é preciso atravessar para o outro lado do Rio Amazonas, então fomos até o porto do SEASA, e de la peguei um barco para fazer a travessia A travessia passa sobre o encontro das águas, mas pelo horário, não dava para ver. Em 10 minutos cruzamos o rio e lá chegamos ao porto do municipio de Careiro do Varzea-AM. Que da acesso a diversos outros pontos de pesca, como Juma, Maçarico, Tupana, Madeirinha, Pantaleão. No porto já me esperava o pai do Thiago, o Sr Fernando, fomos batendo um papo, e comemorando a vitoria do Bolsonaro. E em 1 hora já chegávamos na beira do Rio Mutuca. Chamando o guia para nos levar a pousada Viagem rápida de rio, uns 5-10 minutos E imaginar que até a noite anterior estava em Sorocaba-SP trabalhando e ao raiar do dia, já tinha esse visual... Optamos por descer o rio, tinha esquecido, como tem peixe nesse rio. Com 10 minutos já pego esse. O peixe estava bem manhoso, em todos os dias, foram poucas ações de superfície, praticamente todos foram no jig. o primeiro 12lbs Lá existe muitos ribeirinhos, e o transito de barcos é bem intenso, mas acho que os tucunarés já se acostumaram Perto da hora do almoço, o 17 lbs. Tava osso numa manha um 12 e outro 17lbs, kkkk Vídeo da briga cm o peixe: https://photos.app.goo.gl/bmwx2grAxi83XWoJ7 Vídeo da soltura https://photos.app.goo.gl/Ci5syJi4Rib3msE97 Remedinho na hora do almoço A tarde subimos o igarapé do Jatuarana, novamente muitas ações, mais de 20 peixes, e alguns entre 8-9lbs Dose do remédio do fim do dia o anoitecer na mata Esse caldo de peixe, eu nunca nego No segundo dia, pela manha, novamente descemos o rio, estava um pouco menos ativo, mas mesmo assim entrou um 10lbs Comunidade São José 10 lbs A tarde, subimos novamente o Igarapé Jatuarana, até umas três horas, quase que zero ações. Mas de repente, aquela cantada de linha 16lbs o que sobrou Sairam, depois mais uns 10 peixes de menor porte A noite, aquele churrasco No terceiro dia optamos por ir um pouco mais longe, foi o dia com menos ações, mesmo assim embarcamos, uns 20 tucunas, e um de 11 e outro de 10lbs 10lbs 11lbs Quarto e ultimo, amanheceu top, dando porrada para todo lado, até umas dez da manha, tinha pego uns 20 peixes. Esse pirão... Depois já ficou bem escasso,e ficou assim até o fim do dia, foi o único dia que não saiu nenhum acima de 10lbs, os melhores ficaram, entre 8-9lbs Essa sardinha frita de tira gosto Como diria meu gde amigo Ramon Paz, duro é a hora de cortar o snap... Os ribeirinhos no porto do Careiro do Varzea-AM Como eu gosto da simplicidade deste lugar. Peguei uma carona em um barco que transportava pescado para Manaus https://photos.app.goo.gl/wfcnfYkoa6KDNiGR6 Do outro lado já me esperava o gde amigo, operador, empresario, faz tudo, Jackson Alencar da Jacktur. De lá fomos prestigiar a nova loja do gde amigo Jorge da Sucuri na Vieira Alves, ficou muito legal Mestre Jack, gde amigo, a saideira Material utilizado Varas-Saint Croix SC III 20lbs 5'7"/ Falcon cara 5'6"/ Venator SE 25lbs 5'6" Carretilhas Scorpion 201 e 201 HG Linha Multi PP 50lbs Leader fluor LineSystem 50lbs Snap Capella G Amazonas Iscas mais utilizada-disparado jig single tail 17g, anzol 6/o -depois Jumping Minnow T20 cor osso e Rip Roller 6" OBS: o pessoal lá usa muito o spinner bait 6/0, com ótimos resultados, ainda vou levar na próxima vez Fiquei mais uma vez hospedado no Rancho Mutuca, atendimento muito top Contatos: 92-991831306 Instagram @rancho mutuca Facebook https://www.facebook.com/profile.php?id=100011374759491&fref=search&__tn__=%2Cd%2CP-R&eid=ARDuQ3BkfRdy-IvcwOHKvMIwd_kZ33D9VPsxABVtYNHhJhYkyXpkZcl1P1qzflQuPQgiKjzg39BefxqI Eu, sendo eu Abs a todos Instagram@pescadini: Facebook: Pesca Dini
  3. Amigos, agora na ultima semana de junho, iniciei a temporada do Alto Rio Camaiu. Ficamos localizados , no Camaiu Camp do gde amigo Victor Villanova. Fiz um video relato, com todas as fotos da pescaria. Material utilizado: Varas 5'7" 17 a 20lbs Carretilhas Scorpion 201 Linhas Power pro 4 fios 50lbs Leader-Fluor Line System 50lbs Snap Cappela G Amazonas Iscas mais utlizadas T20 e jigs Abs Boa semana a todos
  4. Amigos, estou pescando atualmente a trairas no sistema Texas Rig com iscas soft. Fiz dois videos-relatos com as minhas ultimas pescaria de agosto e setembro: Pescaria feitas na Represa Billings em São Paulo Pescaria feita em lago na Região de Sorocaba -SP Material utilizado Varas: Enzo 20lbs 5'6" / Saint Croix SC III 20lbs 5'7" by Waka Carretilhas Shimano Scorpion 71XG, Shimano Core 51MG, Venator SE Linha Power Pro 4 fios 30lbs Leader Line System 40lbs Anzol offset 3 e 5/0 chumbos 7-12g Iscas soft tipo criatura da Camalesma e da Monster Abs Dini
  5. Amigos, resolvi este fim de semana fazer um esquema bate e volta, sempre tive vontade de pescar no lago de Palmas. Bom dessa pescaria que a maioria das gdes cidades tem voos diários para Palmas e podemos fazer uma pescaria rápida. Aliviando a tensão do trabalho A represa de Lageado é muito gde e compreende os município de Lageado, Palmas, Porto Nacional. Em suas águas tem como estrela o tucunaré azul, mas tb habitam tucunarés amarelos, corvinas e outras especies. Trabalhei até o fim da tarde da sexta feira e a noite já embarcava em Campinas-SP, com destino a Palmas-TO. A 1 da manha já estava na cidade, onde o guia Vitor já me esperava, rodamos 70km e já estávamos na cidade de Porto Nacional de onde seria nossa base. Dormida rápida, e as 6 da matina já tomávamos cafe da manha, o guia já nos esperava, e de lá em alguns minutos já navegávamos no lago. A água ainda esta bem turva devido as fortes chuvas. Pegamos diversos peixes, com ação na superfície e nos jigs. Após o almoço, fomos a um pedral submerso, muita ação de peixe no jig pindocando o fundo, ai erramos, saímos para ver outros pontos e largamos o filé, depois das 14 horas foi bem fraco. Mas dia top, alguns peixes bons, o maior 7lbs. calor bravo a bela represa parceira do almoço a represa A noite fomos a um churrasquinho, muito dez, recomendo. Domingo saímos de outra rampa um pouco mais distante. Infelizmente neste ponto a água estava muito barrenta e poucas ações ate as 10 horas da manha. Então o guia conhecia um lago que ligava a represa, mas que por ser um canal estreito tinha aguá limpa, lá rumamos, acertada decisão, peixe bem ativo na superfície. Agua turva Pausa para almoçarmos, flutuante recomendadíssimo. Cerveja gelada e muito colírio para os olhos...rsrsrs A igreja centenária e histórica de Porto Nacional A tarde batemos a região de água barrenta, ai foi bem fraco. pelo menos tinha muita cerveja... Gdes amigos, só vcs para me aguentarem Fim de tarde no centro do Brasil Na segunda-feira o Andrezinho tinha q voltar trabalhar, como meu voo era só as 17 horas, sai pescar sozinho até meio dia. Fomos direto ao pedral do primeiro dia, parecia lambari, embarcamos mais de 40 peixes até meio dia, com 7 peixes acima 50cm e pesos entre 7 e 8 libras, nem mudamos o ponto. O tempo amanheceu meio tímido Hora de ir embora Nada como um bom PF de estrada Material utilizado: Varas- Saint Croix 17 e 20lbs SCIII 5'7" by Waka Custom Rods Carretilhas Core51MG, Aldebaram 101MG7, Scorpion 51HG Linha-Power Pro 4 fios 40lbs Leader-Fluorcarbono 40lbs LineSystem Snap-Capela G Iscas mais utilizadas- Zigzarinha, Firestick, e jigs(4/0 14g) Contato do Guia Vitor no Tocantis: 63-92031159 Agradeço a Deus por esta vida maravilhosa Abs Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini
  6. Amigos, resolvi terminar a temporada dos açus em um local que a tempos eu não frequentava o Rio Branco. O Rio Branco corta o estado de Roraima, passando por Boa Vista, Caracaraí e sua foz se faz no Rio Negro na região próxima a famosa pedra do Gavião, abaixo dos rios Xeruini e Caures. Como o próprio nome já diz, é um rio de águas mais barrentas, mas tem algumas lagoas e afluentes de água limpa, como Rio Agua Boa, Catrimani, Itapara, Mata-Mata e muitos outros. Infelizmente as leis de preservação de pesca começam justamente deste rio para cima, então ele sofre demais com a pesca predatória. Nele vivem três especies de tucunarés, os açus, os popocas e os borboletas, como todo rio de águas brancas por motivos de pH, eles são rios de quantidade de peixe mas de menor tamanho, dificilmente você vai encontrar um peixe acima de 8kgs, mas em compensação explodem os pexes de 2-5kgs. Também habitam Pirararas, filhotes, Aruanas brancas e pretas, apaiaris, pirarucus, cachorra, jacunda e muitas outras especies, a diversidade é muito legal. O rio Branco Recebi o convite do amigo Enio, o gaúcho, para conhecer o barco do também amigo Rogério Bacchi. Grupo composto por 6 pessoas, grupo muito da paz. Esquentando os motores em Viracopos Chegamos em Manaus-AM, na sexta feira a noite e logo cedo embarcamos no aeroclube. Voo de 1:30h e adentrávamos o estado de Roraima, pousando na comunidade de Santa Maria do Boiaçu, as margens do Rio Branco. Pista de pouso em Santa Maria do Boiaçu Trafego aéreo Vida mansa na vila La chegando, já constatamos que o nível da água realmente estava bem baixo, o que até dificultava nossa navegação. Subimos o Rio Branco sentido norte e aportamos na frente do Lago do Curiucu. Este lago de águas limpas, mais parece um rio de tão grande, com motor 40hp aberto leva quase 2 horas para ir do inicio ao fim, o que é impossível nesta época pois tem diversos canais estreitos que dificultam a navegação, alem do lago principal são mais de 10 outros lagos que se comunicam. E todo ponto do lago dá peixe. Foi o local com maior fartura de tucunarés que eu já vi na minha vida, fruto da preservação, na boca do lago mora a família do Sr Francisco, que há mais de 50 anos, junto com seu falecido pai, não permitem a pesca predatória neste lago, chegou me contar que alguns políticos famosos, não vou citar nome, souberam da fartura lago e tentaram dar uma "carteirada" nele, e qdo souberam que era só pesque e solte se negaram a assim fazer, mas tb de imediato foram expulsos do lago. Boca do lago Curiucu Pescamos mais de 10 especies. E em 6 pescadores, com 6 dias de pesca, pegamos próximo de 2000 peixes. Somente eu e o Enio pegamos 700 tucunarés, sendo 70 de porte. Uma coisa legal deste lago é a fartura de pirarucus, eles explodem ao seu lado o dia inteiro, e muitas vezes nos dão a alegria da fisgada, tivemos três na linha, inclusive um deles explodiu na zara do Enio, dá para acreditar??, este e outro acima de 20 kgs acabaram por escapar, acabamos embarcando somente 1 pequeno. As outras duplas embarcaram mais pirarucus, sendo um deles um monstro. Todo lago tinha peixe, mas os melhores pontos estavam nos lagos mais fechados, e praticamente todo dia arrastávamos o barco por 3horas para entrar e 2 horas para sair, mas valia muito. Como peixe de agua branca, é menos agressivo, hélices não faziam muito diferença. Estavam pegando bem em jigs, twichbaits e zaras, o parceiro só quase pescou com uma Reallis pencil 110 e pegou muito peixe, mas muito mesmo, tava já com vontade de dar uma marretada nesta maldita isca...rsrsrs. Eu não estava acertando a zara certa até o penúltimo dia, então peguei mais no jig. Mas de tanta explosão, acabei achando a isca, comecei usar uma Sammy 110, ai tb só na superfície. Para não ficar enrolando vamos a fotos: Destes pegava as dezenas, tinha que sair do cardume para continuar pescando Atacou o paquinha e ficou preso Surpresas Os amigos Marcio e Zeca na batalha Entrando nos lagos https://www.facebook.com/dini.dini.90260/videos/2279717175650505/ Choveu quase todos os dias, mas sem repiquete Ajudando na reciclagem Almoço na beirada, não pode faltar Sofrendo Lago magnifico A noite para relaxar Brincadeira com as matrinchas, o resultado Os amigos Jorge e seu filho natureza exuberante Me enganaram, veio vazia...rsrsrs duro de pescar na agua branca O barco é muito bom, nome TupanaX, do amigo Rogerio. Quartos duplos com ar condicionado e banheiro, refeitório climatizado, a cozinha excelente, e muita comida. Eu só tenho a agradecer a turma que tão bem me recebeu. Ao amigo Enio pelo convite e ao dono do barco o Rogério pela hospitalidade e atenção. E a toda equipe do barco pelo fantástico atendimento OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar da pousada ou de qualquer pessoa, falo bem porque realmente gostei. Contatos do Rogério-19-989145070 Material utilizado: A-Varas -SC III 5''7"20lbs by Waka Custom -SC III 5'7"17lbs by Waka Custom -Falcon Cara 5'7" Peacock Edition B-Carretilhas -Scorpion 1501 HG -Scorpion 1501 C-Linha Multi PP 50lbs D-Leader -Line system 50lbs F-Snap Capella G Amazonas G-Iscas mais utlizadas- Sammy110, Reallis pencil, Rapala Sub walk, jig 6/0 15g. -Fica um detalhe os jigs , não tenho mais usado ele com o double tail, acho q qdo ele esta velhaco, ele prefere uma isca menor,e a produtividade aumenta, desta forma. Agradeço a Deus e minha amada família por esta vida maravilhosa. Abs Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini
  7. Amigos, este ano tirei para ir atras dos açus em locais um pouco menos tradicionais. Agora no mês de novembro, fui conhecer o lendário Rio Jufari. O rio Jufari, praticamente separa o estado do Amazonas com Roraima, sua foz se situa na margem esquerda do rio Negro, praticamente junto da foz do Rio Branco, assim como os afluentes desta região (Xeruini, Agua Boa) eles tem regime de águas um pouco mais para fim de outubro e podendo estender a seca até mais que nos rios do médio Rio Negro. É um rio extremamente raso, o que impede praticamente a entrada de barcos hotéis, tem águas bem mais transparentes que as águas do rio Negro, muitas vezes eu via os choqueiros e achava que estavam a 50cm de profundidade, mas não, estavam a 2mts de profundidade, tal a transparência das águas. Predomina em sua margens os molongozais, mas tem um poucos de Cabibis e Jaras. Fazia tempo que eu não entrava em um afluente com tantos lagos, é um atras do outro e cada um vara em mais uns três. Neste Rio habitam os tucunarés açus e borboletas, também aruanas e cacharas. O amigo e operador Victor Vilanova, iniciou este ano sua operação neste Rio. Esta com um esquema top, in e out por Hidroavião. Peguei o voo da noite de sábado, desabou o mundo em Viracopos, aeroporto fechado, achei que ia perder a pescaria, mas ufa... deu certo Chuva monstro, repiquete em Campinas-SP Antes do voo para embalar o sono Cheguei na madrugada de sabado. e bora dormir algumas horas... Logo cedo, partimos rumo ao aeroporto para embarcarmos no Hidroavião . O único acesso pois a boca do Rio fica muito seca e pescamos em ponto bem alto do afluente. O grupo de feras, Jaida Machado(PescaGerais), João Medeiros(redai e Historia de Pescador), Otavio (PescaGerais), Gilson Alcarraz(tio do pijama), Dini(PescaeAlcoolismo), Andrezinho(Richard Rassmussem...), Claudio Alcarraz(ce é loko mano...). Infelizmente o amigo Massa por problemas familiares, não pode ir junto. Rio Jufar, visto do alto Quanto mais o Hidro voava para cabeceira, mais seco ficava. As notícias eram de muitos peixes, e chegando ao Rio era de encher os olhos, Rio na caixa, muito molengo, parecia perfeito. Chegando ao rio seco. Rio na caixa A preocupação ficou no ar pois, falando com a tripulação havia caído fortes chuvas nos dias anteriores.Mas como a vida lá é dura, tomei meu remédio Um belo almoço nos esperava O amanhecer do dia Fiz uma marca e vi que após 12 horas não subiu nem desceu, no primeiro dia, posso descrever como “indescritível”, nunca vi tanto peixe, inicialmente não em tamanho mas sim em quantidade, cada arremesso um peixe, mais de 100 tucunarés por barco. Peixe não conhecia isca.Após o almoço comecei bater hélice, três gdes peixes fisgados, um escapou no pulo, outro arrancou o pitão da cara da isca é o segundo arrancou o pitão traseiro, 3x0 para os gigantes. Os amigos já começaram pegar bons peixes10,12,16,18 Lbs. Impressionante é a quantidade de vida, borboleta igual a este, batia em quantidade, pegava um, e formava uma bola de peixe, igual no mar, ai era só jogar jig, tinha q mudar o ponto, pois até irritava... E tb show, é a quantidade de forrageiros, nunca vi tanto cara(de todas as especies), aracus, pacus, matrinchas, eram cardumes gigantescos, passando toda hora por baixo do barco, é muita comida para os açus. Primeiro preju do dia, o cavalo, me deixou só com o pitão da helice o segundo preju... o terceiro preju, este para o operador... O belo por do sol A noite o mundo desabou, choveu toda noite, amanheceu chovendo, resolvi marcar a praia, 2 horas depois o graveto estava coberto 10cm em 2 horas, nunca vi nada igual. Óbvio q o peixe sentiu, as ações diminuiram, mas mesmo assim muita ação na superfície, considerando o nível da água. Cada dia subia mais, em 5 dias subiu 1,5mts, o maior repiquete que já peguei. E tome chuva O grupo era bom de pescaria, só pescador profissa, com exceção deste autor que só sabe de bebida o resto era fera... Isso driblou a subida da água. Eu mesmo nunca perdi tanto peixe grande, até o penúltimo dia tinha deixado escapar pelo menos uns dez peixes. Algumas imagens: muitos lagos centrais Almoçar, tinha que ser na chuva mesmo A beleza do rio Jufari Os amigos, brigando com um açu pausa do almoço nas operações do Vilanova, sempre tem uma carne nos almoço e um arroz feito na hora Mais chuva, já acordava com a cueca molhada Remedio da selva Como estava um pouco difícil, eu cometi uma falha e insisto muito nas jumping minnows e jigs, o que resultou em muita produtividade, mas pouco tamanho. A dupla Gilson e Cláudio, não desistiram das hélices, e toda noite traziam notícias de bons peixes. No penúltimo dia parou de chover, e o repiquete foi diminuindo. No último dia, primeiro dia de sol forte, vi na praia q tinha subido só 2cm, pensei, “ por que não estou batendo hélices???”, resolvi pegar minha “velha” Caribe 7” palhaço, e comecei a metralhar, caramba!!! Foi muita porrada. Perto da hora do almoço, foco arremessar no meio do lago, e de lá surge o monstro, ele bate 4x , na última sai inteiro fora da água, um monstro com certeza over 20lbs. Jogo novamente, mas pego a fêmea, bem menor... parece que sorte realmente não estava comigo. Bom mas logo outros bons peixes começaram a aparecer. Fica a vontade de voltar e encontrar o gigante novamente. Imagens dos amigos Valeu como aprendizado, como diria o amigo e gde Pescador Cláudio W (doido, rsrsrs), “Dini, vc está no Rio Negro o seu recorde pode sair no próximo arremesso”. E estando nas "blackwaters" devemos sempre acreditar nas hélices, elas separam os gdes peixes. Marcando território Bebado é uma desgraça, bebe todas antes do voo, ai quer mijar no avião. Antes de sair da minha amada Manaus, passada rápida no restaurante Lenhador para saborear o pato no Tucupi Com certeza os amigos farão relatos bem mais completos que estes, vocês podem seguir eles em: http://historiadepescador.com/ http://www.pescagerais.com.br/pesca/ Material utilizado: A-Varas -F3 5'7" 20lbs by waka Custom -SC III 5'7"20lbs by Waka Custom -Falcon Cara 5´7" B-Carretilhas -Scorpion 1501 HG -Scorpion 1501 C-Linha Multi PP 50lbs D-Leader -Line system 50lbs F-Snap Capella G Amazonas G-Iscas mais utlizadas- T20 cor osso, jig 6/0 15g, caribe 7" e Rip roller 6" Eu só tenho a agradecer a turma que tão bem me recebeu. Ao operador Victor Vilanova pela hospitalidade e atenção. E a toda equipe do barco pelo fantástico atendimento OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar da pousada ou de qualquer pessoa, falo bem porque realmente gostei. O gde Amigo Victor Villanova, montou a operação no alto Jufari, local com pressão de pesca quase zero. OA operação tem camas confortáveis, banheiros e chuveiros privativos, boa comida, , barcos e guias, e o principal, muita cerveja Contatos do operador-Victor Vilanova https://www.facebook.com/victorvilanovamazon https://www.facebook.com/pages/Camaiú-Camp/1926317310973319?pnref=about.work https://www.facebook.com/vilanovamazon/?pnref=about.work (42) 99122-0016 http://www.vilanovamazon.com.br victorvilanova@me.com Agradeço a Deus e minha amada familia por esta vida maravilhosa. Abs Boa semana e pescaria a todos Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini Carlos Dini
  8. Amigos, resolvi este ano fugir um pouco da confusão do médio Rio Negro, que muito me entristece, e resolvi buscar a minha paixão, os tucunarés açus, em outros lugares. Então resolvi voltar a um rio que eu não ia há pelo menos 20 anos o Rio Uatuma, já que noticias de que os peixes estavam voltando graças a medidas de preservação. Um pouco sobre o Rio Uatuma, é um rio que nasce próximo ao estado de Roraima, tem como seus gdes afluentes, o o Rio Abacate, Rio Jatapu, Rio Pitinga. Tem águas limpas, mas não cor de chá. Em seu trajeto são centenas de lagos e igarapés. Teve sua historia muito modificada pela construção da UHE Balbina, que represou uma parte de suas águas. habitam em suas águas, o Tucunaré açu, o Tucunaré popoca, aruanas, apapas, pirararas, barbados, cacharas, interessante que ele possui um divisor natural, de nome cachoeira da Morena, logo abaixo do vertedouro da UHE, deste ponto para baixo habita o tucunaré açu, acima da corredeira habita o Tucunaré vazzoleri. Junto com rios mutuca, Preto do Eva, Tupana, madeirinha, foram o berço da pesca esportiva do tucunaré açu há 40 anos. Infelizmente pela proximidade de Manaus, e o desrespeito pela natureza, estes rio tiveram seus estoques pesqueiros aniquilados. Mas graças aos esforços de boas pessoas, o Rio Uatuma, renasceu, foi criado a RDS do Rio Uatuma, proibindo o abate do tucunaré(somente permitido para consumo local), rapidamente a natureza respondeu e repovoou suas águas. Fotos de satélite: UHE Balbina Rio Uatuma O rio Uatuma pode ser acessado de duas formas, pela foz via barco hotel, normalmente saindo da cidade de Itacoatiara-AM(distante 100km de Manaus), ou pela sua cabeceira, com 3 h de viagem de carro, acessa o Porto da cachoeira Morena, de lá são mais 1:30h de navegação, onde existem diversas pousadas. A maior parte das vezes eu optava por descer pela cabeceira do rio, na época não havia pousadas, e acampávamos, algumas fotos de 20 anos atras: Como eu queria muito voltar nesta região, acabei sendo apresentando para o Guia Cavalinho, cara fera monta toda logística. No domingo a noite vindo da pescaria do Rio Mutuca, fui recepcionado pelo motorista do transfer já no porto do Ceasa, de lá rumamos sentido Presidente Figueiredo, são 150km de estrada boa, só os últimos 50km são de terra. chegamos na beira do Rio Uatuma, no Porto da Cachoeira Morena, lá pela 1:30 da manha o guia já nos esperava, de lá tocamos rumo a pousada. De lá foram 1:30 de navegação até a pousada, deu para tirar um cochilo, e bora para água. o Amanhecer no Rio Uatuma O rio já estava bem seco, e secando forte, em media um palmo por dia, o que deixou os peixes bem arredios, tal que as ações eram mais intensas das 6-8 da mana e no fim da tarde. mas mesmo assim a media era de 30-50 peixes por dia. Começar o dia com um cafe da manha da roça Primeiro dia ficamos nos arredores da pousada. 10 minutos o primeiro e foram aparecendo 10lbs isca Jumping Minnow t20 cor osso a noite, tem que relaxar e subir a pressão Tranquilidade da pousada Pedi para fazer a caldeira, eu nunca resisto Começar o segundo dia, descemos por volta de 1 hora o rio, peixe bem manhoso 10lbs isca jig 15g 6/0 Pintura do fim do dia Pimenta no tucupi não pode faltar A noite, ligar o ar condicionado para descansar Terceiro dia, fomos até o Rio Abacate, infelizmente foi o dia menos produtivo, mas tem peixe demais, ele só não comia. Pontos típicos do rio Uatuma peixe da panema Parada para almoçar Quarto dia, resolvemos pescar nos arredores, para aproveitar o raiar do dia, que estavam mais ativos. 10lbs isca firestick osso Rio torrado A noite a criançada da pousada brincando de bolinha de gude, como é bom não ter celular e televisão. lembrei dos tempos de criança. Bora começar o ultimo dia, pois só pescaria até a hora do almoço 10lbs jig 15g 6/0 A RDS(Reserva de Desenvolvimento Sustentavel) do Rio Uatuma é um modelo a ser seguido, conta com 2 pontos de fiscalização, um próximo a cabeceira e outro na boca do rio, todo barco, é obrigado a parar se identificar, paga uma taxa de R$50,00(por pessoa), você recebe um recibo, e a voadeira recebe uma bandeira da RDS, então quem esta na reserva só pode pescar se estiver com esta bandeira bem sinalizada, se não é multa. Na volta vc para eles fiscalizam o barco para ver se não tem peixe e vc devolve a bandeira. O dinheiro é revertido em gasolina para fiscalização e projetos de pesquisa de quelônios, tem uma gde base da Universidade lá. Eu achei o preço justo, com fiscalização realmente eficaz, existem varoios pontos de observação. Você não se sente lesado, um modelo a ser seguido nos demais rios amazônicos, não criando um projeto onde só um operador para gringos vai lucrar e sim algo sustentável e acessível a todos. Fim da batalha Porto da Cachoeira Mortena Cachoeira da Morena Fiquei 10 dias sem ver uma gota de chuva, mas para fechar a pescaria, um diluvio O guia Cavalinho é fenomenal, recomendadíssimo. Barco estável motor 40hp tinindo Contato do guia:92-993235054/988294248 OBS-Fica claro que não preciso e não recebo nenhuma gratificação para falar do guia ou da pousada, falo bem porque realmente gostei. Um detalhe pescaria barata: Vou dar uma ideia do custo Diaria completa do Guia Cavalinho: R$300,00(pára até 2 pescadores) -não esta incluso combustivel, gelo e bebida) -bebida ele compra no supermercado e te dá a nota -combustivel, gasta uns 40lts por dia Diaria por pessoa com cafe, almoço e janta na Pousada do Donato -R$170,00 por pesssoa(não inclui bebida) Transfer ida e volta R$700,00 para até 3 pessoas A pousada é muito simples, sem luxo nenhum, mas seu Donato e dona Nega que são os donos, são uma simpatia só, quarto simples mas com chuveiro e ar condicionado, boa comida. Não gosta? Vai para um resort. Voltando para Manaus-ramal da Morena Visão abaixo da barragem da UHE Balbina Já em manus encontro este time ...Dispensa comentarios Material utilizado: A-Varas -SC III 5''7"20lbs by Waka Custom -SC III 5'7"17lbs by Waka Custom -Venator SE 25lbs B-Carretilhas -Scorpion 1501 HG -Scorpion 1501 C-Linha Multi PP 50lbs D-Leader -Line system 50lbs F-Snap Capella G Amazonas G-Iscas mais utlizadas- T20 cor osso, jig 6/0 15g. -Fica um detalhe os jigs , não tenho mais usado ele com o double tail, acho q qdo ele esta velhaco, ele prefere uma isca menor,e a produtividade aumenta, desta forma. Agradeço a Deus e minha amada familia por esta vida maravilhosa. Abs Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini

Parceiros: www.petsEXPERT.pt