Ir para conteúdo

Ilza Gonçalves

Pescadoras
  • Total de itens

    399
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    3

Ilza Gonçalves last won the day on December 21 2016

Ilza Gonçalves had the most liked content!

Sobre Ilza Gonçalves

Previous Fields

  • Nome Real
    Ilzete
  • Sobrenome
    Gonçalves
  • Estilo de Pesca
    Rara , diversa; migrando cada vez + p/ Fly

Informações Pessoais

  • Localização
    São Paulo
  • UF
    SP
  • Sexo
    feminino
  • Interesses Pessoais
    Aprender, aprender e curtir .

Últimos Visitantes

8011 visualizações

Ilza Gonçalves's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

142

Reputação

  1. Banacana, Sr. Ito, Tenho um ou outro dos integrantes de tuas fotos. Há tempão afastada da pesca ( crise; estudos, família, etc) ; há muito intuía o slow. Há uns 15a , tvz, atei alguns pelos e penas, em suport hooks feitos de trançado de multif ( improvisação tabajara ). Me renderam umas coisinhas embarcada. E mesmo de cima de uma plataforma de onde o povo linguiçava, bastou alterar o trabalho para lento, pra entrar umas coisinhas. Noutro episódio, em anos mais recentes, onde variei fly ( paixão) e jumping, tbm me surpreendeu o resultado da alternância do movto neste último, dando-lhe energia; porém de modo a que não cruzasse muito rápido o percurso. Simplesmente apaixonante. Grata p mais uma aula. Especialmente do esquema da última imagem.
  2. Super Grata p atenção, Mestre Ito. Ponderando sobre as dicas ( muié que não for indecisa [ ou cautelosa ?] não honra a classe! .rsrs. Entendamos o teu..." c/ o tempo ( e + experiência)...." por, "...e alguma experiência...". + 01 x, brigadão !
  3. B. Tarde, colegas. Há mt afastada, e acanhada de indagar sobre varas "simples", em meio a citações de tanta coisa top; gostaria de, muito modestamente, experimentar e introduzir a família na modalidade, com varas o + "simples" ( minha realidade atual) , desde que se as varas se comportem cf pede a modalidade, principalmente para slows leves, média de 30 a 60g e esporadicamente indo além ( + - 80 /100 g), sobretudo em caiaques. Surgiu uma oferta de vara "Lumis Virotty 1,92m 10-30lb Pe 1-3" Inteiriça, cujas especificações citavam "5-14 lib" (?!). E embora o vendedor a citasse como de ação lenta, li inverso na Net. Como não peguei na mão para examinar como ela se curva, etc.; se alguém puder esclarecer, agradeço. Imagino que precisarei, de cara, de 02 varas, uma para slowsinhos bem leve, e outra média. Mas isto virá com calma...rs O Tópico está sendo uma aula! Só agradecer.
  4. Olá, gde Menino Mestre e Amigo Odimir ! Com quem muito aprendi sobre o M. Krieger. Vlw mais este reforço às pobres linhas de uma sonhadora engatinhante, tentando homenagear os que nos engrandecem a existência. Abção extensivo à Dna Helena! Pessoal, Adivinhem se este menino, cujas linhas e condutas inspiram e dão asas a tantos de nós, não encabeça as lembranças e inspirações para termos como "MelkriegerS" e referências da 2a. metade do texto ? ... ...ou a últ resposta ao Bome : "... a homenagem: centrada no Mel; mas extensiva a alguns tb iluminados, não menos merecedores, e quase Kriegers entre nós..."
  5. Esclarecendo aos navegantes: A "ajuda" a que se refere gentil e exageradamente nosso novo colega de esporte, não passou de "mps" com informes genéricos; ficando a seu critério a escolha de marcas e modelos cf complementos de sua pesquisa e interesses imediatos. Importa que comece qto antes, com um mínimo de orientações , cf dica do Prof. Marcelo; e que logo esteja curtindo e, certamente, fazendo Ups mais conscientes ( baseados na ppia experiência) nas façanhas e equipos.
  6. Complementando Tópico e mps pertinentes; acrescento aqui, para aproveitamento de qtos mais possível, indicação obrigatória aos iniciantes tupiniquins: 1) A "Bíblia da Pesca com Mosca no BR": 2) Obra fantástica! Ainda que voltada à região específica, trás fartas dicas gerais a adotarmos em diferentes situações e lugares. Ambas Obras são imperdíveis aos apreciadores do "Fly" ou da Pesca! . Blog didático/fantástico do Prof André : http://www.fuzzyflies.com/
  7. Olá, Tanikawa. Reitero entender perfeitamente tuas providências, resguardando a tranquilidade da pesca familiar do pto de vida documental. E louvo a solicitação de reembolso feita. Que novas tentativas , em defesa de princípios de cidadania: mais importantes que o vr em foco, resultem no desfecho justo e esperado. Agradeço os Votos, que retribuo, na certeza que terás Ótimas Festas e Ano junto aos seus.
  8. Que os conhecedores, de fato, destes modelos nos complementem c/ propriedade ! Att., B. Sorte!
  9. Tanikawa, Pagando em duplicidade, resolveste , na boa índole, o probl familiar imediato, ás vésperas da viagem. Todavia, como os gestos de cada pessoa contribui para o molde de cada sociedade onde inserida; como cidadão, seria interessante solicitares o reembolso daquilo que pagaste em dobro por falha de sistema do órgão controlador e arrecadador. Se assim não agimos ( em que pese a burocracia e desgastes) poderemos estar incentivando "falhas" cada vez maiores, não apenas nas licenças de pesca; com riscos ( não estou afirmando) de ainda fomentarmos , nalgum outro órgão arrecadador ( não creio estar ocorrendo com os relativos ao caso em apreço) ideias sobre um modus operandis pró criação de "outros destinos" para a/s "receita/s 2" de seus "falhos sistemas" . A inocência destas Entidades fica patente na fácil restituição que certamente obterás, qdo a solicitares, obviamente mediante os devidos cpvtes; resultado que_ como pescadores e cidadãos_ a todos interessaria se, ao final, nos reportasse. B.Sorte! Ilza e família
  10. Fred, O mesmo dom com que esculpes tuas mesas de atado, vê-se em tua escrita irretocável ! Difícil acrescentar-lhe algo. Exceto tvz que a Pesca c Mosca, além de tudo que citaste, é como um Portal p/ uma outra dimensão de vida, tão bela e rica qto oculta à maioria. Linhas inspiradas! Vlw!
  11. Vlw o apoio, colegas Bome, Maurício e Fred Querido Bome, não "os privava" : tempo escasso, msm... E a homenagem: centrada no Mel; mas extensiva a alguns tb iluminados, não menos merecedores, e quase Kriegers entre nós.
  12. Mel Krieger, Mel Kriegers e Mel krieger's Apenas trazendo homenagem feita, há muito, noutra casa. Até uma "naba pretensa iniciante limitada" que viu tão pouco de coisas afins, reconhece a grandiosidade do lendário Mel Krieger. Entre mil feitos que dele assisti, tocou-me fundo seu "Down - Up.... ......Down-Up ! ", que com extrema vivacidade , carinhosamente o vejo e ouço ensinar-nos, a cada lembrança desta Gde Figura; desde qdo., acatando 1ªs indicações do "Kiouchi" Akamine San, corri ao Youtube atrás dos vídeos do Mel , em especial de seu "Double Hall". Independente dos tropeços que ainda vivencio, fez com que minhas mãos aprendessem, antes dos meus tico-tecos, a tradução e importante uso do seu “Down-Up....Down-up ! ” , que ecoaram-me, nalgum simular dos movimentos, invadindo sono e sonho naquelas noites. E por pouco não vivenciamos , em casa, cena semelhante à abaixo ; porém com inversão dos papéis : ( Fonte: Autor Desc. Não decifrei a assinatura) Saber nicas de inglês não impediu perceber a essência da instrução ; o didatismo, humor, alegria e...."doçura do Mel " . E dias após, lá estava a "teimosinha" arriscando os seus..."Down - Up.... ......Down-Up ! " hehe : Deixou-nos legado muito além das instruções de Fly: seus princípios conservacionistas, somados aos humanitários ( "obras valiosas de caráter social para as crianças carentes da Patagonia", etc). Penso que ele não seria tão grandioso, fosse apenas um excelente instrutor ou pescador .] Acho até que nem isto o seria, sem o leque de percepções conferidas apenas aos que evoluem em vários ângulos: intelectual, emocional e espiritual; que os distancia de um Cérebro de Lata à lá Mágico de Oz. Daí sua candura e boas novas de todo tipo , atreladas aos ensinamentos que semeava pelos campos onde pisou. Hoje Mel Krieger deve estar pescando noutras dimensões; ou voando nas asas de mil “mayflies mágicas", por inúmeros cursos d'água da Patagônia que tanto o encantou. Mas sem jamais deixar de estar com cada de nós; ao nos deparamos com situações ou imagens que, de imediato, evocam suas carinhosas e alegres dicas, materializadas pela lembrança de sua voz ou ilusória presença. Tal como ocorrem , noutras situações, as amáveis recordações dos que nos ensinaram algo, nestas aplicável. Provável que seu espírito esteja, ainda, como que ecoando em alguns já "quase Mel Kriegers" entre nós. Visto que, à sua maneira, escrevendo ou através de imagens; imbuído/s do mesmo tipo de encanto e luminosidade, ainda se doam aos tantos discípulos que encontram em suas já longas jornadas. E suas lembranças, já atreladas a nossa alma, igualmente nos acompanham, sempre ! Também a estes, com suas instruções de pesca e exemplos de Vida, c/ a doçura típica do “mel” ou do “Mel K.” ; nossa eterna gratidão, saudade e carinho; como se todos os dias fossem seus aniversários ou Natal. E a todos, nosso melhor atado: Ilza ( c pitacos familiares).
  13. Guilherme , Enqto aguardamos os expets...; "de novata p/ novato": ousaria sugerir adquirires, antes, um cj p/ a 1ªa de tuas metas citadas: "... para pesqueiro, tilápias, carpas, pacu, etc...", c/ o qual ganharás familiaridade prática/ sinestésica com "algumas" nuances da modalidade tão rica e infinita. Para tal, pensando em vasta pesquisa que antecedeu a ppia experiência, sugeriria uma "vara #6 ( polivalente devendo atender pretensão) médio-rápida" ( nos inícios, facilita-nos sentir o carregamento e descarregamento da vara, durante o casteio, que se torna auto-didático , além de tornar mais agradável e belo todo o ato. Qdo dominares o básico, quiçá experimentando se adaptando a cjs de maior ou menor rapidez (varas) e maior agressividade ( shapes, pesos , velocidades de afundamento, textura, alma, etc ) das linhas [não pense que domino isso...kkkk, ]; então sim: partir para pesca de costão; onde , acredito, a técnica lhe será mais exigida, pela presença quase constante de ventos, geologia desfavorável do piso ( demandando técnicas de proteção da linha recolhida a cada puxada, p. ex., distribuindo-a entre os dedos da "mão da linha" ( não que eu já consiga ..kkk) E para este contexto em especial, onde só 02x arrisquei apanhando, me pergunto ( só pergunto...) se uma vara rápida e linha agressiva [ nalgumas situações , de comportamento "intermediate", "sinking"; ou mera "shooting" / que demandam experiência ( que tb preciso adquirir)] atenderiam melhor o intento, dado variáveis físicas do ambiente. Mas ainda assim, variando seu nº #, etc., cf locais, espécies alvo e a ppia vara. Neste contexto, vale até mesmo a sondagem de um cj "switch". Meras divagações de outra novata. Quem sabe servindo como pto de partida, cujas críticas tb aproveitarei. B. Sorte! Tópicos relacionados: Dica Extra : Morsa / Vise : Iniciando, loguinho precisarás de uma . E desejando produtos de qualidade, felizmente contamos com a facilidade de aquisição ( custo/rapidez e garantia) , de produto de excelência, de fabricação orgulhosamente "Made in Brazil", de nosso Mestre Maior Odimir, colega do Fórum :
www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...