Reinaldo Ataíde

Pescadores
  • Total de itens

    58
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 neutro

Sobre Reinaldo Ataíde

  • Rank
    Posso pescar por aqui?
  • Data de Nascimento 02-09-1966

Contatos

  • MSN
    reiclaal@hotmail.com

Informações Pessoais

  • Localização
    Feira de Santana Bahia
  • UF
    BA
  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Nome Real
    Reinaldo Ataíde de Oliveira
  • Sobrenome
    Ataíde
  • Estilo de Pesca
    Amadora

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Boa noite Domingos. Tudo bem?

    Como faço para acessar a matéria como iscar banana?

  2. Boa noite . Gostaria de saber, por gentileza, como iscar a manga no anzol, de forma que fique bem fixada no mesmo. Gosto muito de pescar os pacus e normalmente retiro superficialmente a casca da manga, deixando a parte mais clara da casca, onde introduzo a ponta do anzol pela polpa até exteriorizar nessa parte clara da casca, giro o anzol e reintroduzo na parte clara da casca novamente, deixando a ponta na polpa . Existe outra maneira de iscar o anzol na manga. Desde já, obrigado. Abraços.
  3. Alexandro, vejo que também está necessitando de locais para pesca aqui na Bahia. Mas, posso te passar alguns locais bons de pesca no Oeste da Bahia, como no Rio Corrente, entre o povoado de Porto Novo e Sitio do Mato ( pesquei aí até a 2002 ) e nos últimos 16 anos venho pescando no Rio Grande ( próximo ao povoado da Goiabeira - 70 km da cidade de Wanderley ), onde costumo dizer: um pedaço da Amazônia dentro da Bahia ( não espalhe ). Muitos peixes ainda. Venho brigando com os ribeirinhos , para proibirem pescadores de fora para não usarem redes, tarrafas, etc. A temporada de pesca começa agora, quando encerra o periodo chuvoso nas cabeceiras dos rios ( Barreiras, Luis Eduardo, etc ). Para quem tem interesse em conhecer, existe um local de camping e uma barca ( com camarote, banheiro, cozinha etc ). Abçs.
  4. Boa noite . Gostaria de obter, por gentileza, informações aqui de locais de pesca nos rios do Estado da Bahia, pois no momento , só conheço o Rio Grande, Rio Corrente e um pouco do Rio São Francisco. Desde já, obrigado. Abraços.
  5. Alguém aqui, já criou ou usou escargot para esta finalidade ( pescaria ) ? Alguém saberia se existe outra espécie, que não tenha os inconvenientes de doênça infecto-contagionsa? Obrigado .
  6. Obrigado Hugo Freitas pelos esclarecimentos. Sobre o caramujo africano nem penso em criar, está descartado essa hipótese. Já li muito a seu respeito. Mas será que não existe uma espécie, sem esses inconvenientes, que possam ser criados em cativeiro, até mesmo em aquários grandes ? ou caixas de amianto com tela? Pensei no caramujo ampulária ( pomacea Bridgesi). Costumo pescar na bacia do rio são francisco e na bacia do rio grande, maior afluente do rio são francisco, e lá o caramujo é a isca de primeira escolha para a piapara. Lá faz a diferença. Moro em Feira de Santana, 700km do local onde costumo pescar. Costumo pescar lá 04 vezes no ano ( nos meses de maio, agosto, setembro e outubro) Pensei em criar na fazenda . Tenho em mente fazer o seguinte: uma semana antes da pescaria , abateria vários caramujos, com luva, prepararia pacotes de 50 iscas em embalagens plástica e colocaria no congelador. Na viagem seriam transportadas em isopores pequenos com gelo. Dessa maneira , se evita o manejo de quebrar o caramujo, contato com secreção, sujeiras e contaminação grosseira dentro do barco, além do enorme trabalho para transportar os caramujos em baldes pesados com água, etc. No isopor , só teria o trabalho de abrir a embalagem e usar as iscas já prontas. O que acham? Obrigado.
  7. Reinaldo Ataíde

    Caramujos

    Boa noite Amigos. Estive fora por um tempo e retorno com esta dúvida. Vi alguns posts aqui mas não vi qual o caramujo ideal sem os inconvenientes , como transmissor de doênça. Não me preocupo como praga , pois o clima aqui é seco e de difícil reprodução . Então, gostaria de saber aqui, por gentileza, qual o caramujo ideal para pesca da piapara, que não transmita doênças infecto-contagiosa, como se comenta em outros posts, que poderia ser criado em fundo de quintal, enfim.... Desde já, obrigado.
  8. Gustavo, boa noite. Moro também em Feira de Santana, mas nunca pesquei no Paraguaçu. Conheço bem o Rio Grande, afluente do Rio São Francisco, ( costumo dizer , um pedaçinho da Amazônia dentro da Bahia ). Costumo ir pescar no trecho da Goiabeira ao Boqueirão (encontro do Rio Grande com o Rio Preto ). Muito bom. Lá tem tucunaré, piau verdadeiro, pacu, algumas caranhas e muita piranha. Já pesquei no encontro do Jacuipe com o Paraguaçu, mas não gostei. Já fui algumas vezes neste trecho, mas é preciso muita paciência. Já decidi que lá não volto mais. Infelizmente , não pude te ajudar. Abçs.
  9. Ultimamente tenho iscado pela nadadeira caudal ( rabo ): o anzol é introduzido pelo ânus e a ponta fica escondido dentro dessa nadadeira. Assim, ñão corre o risco do anzol se enroscar em galhos, etc e o lambari se movimenta mais. Abcs.
  10. Vamos lá Luiz, pelo que entendi, você está sugerindo lugares para pesca onde está puxando , quais os peixes etc. Meses de setembro e outubro no Rio Grande, afluente do Rio São Francisco, no povoado da Goiabeira, município de Wanderley - Bahia Muito bom. Iscas: milho verde cozido em lata ou na espiga, manga, iscas vivas: aragu, lambari e tucuvira, minhoca, mortadela e lesma. Peixes: pacu, caranha, tucunaré, piau verdadeiro, mantrixãs e piranhas grandes. Outro local: Rio São Francisco entre Ibotirama, Paratinga e Bom Jesus da Lapa. Iscas: Milho cozido em lata ou na espiga e lesma. No São Francisco só entra se fizer uma ceva uma semana antes da pescaria. Depois de outubro começa a temporada de chuvas, aproveite. Quem souber de algum lugar aqui na Bahia, agradeço. Abraços.
  11. Poita : veja o tópico " Como controlar o caiaque em pesca de arremesso no rio " Abcs.
  12. Guilherme, boa noite. Já isquei o lambari em todos estes lugares: olho-olho; narina-narina; passando pela boca gira o anzol e introduz na barriga; dorso. Porém, o melhor local aprendi recentemente com um pescador. Introduz o anzol no ânus e esconde a ponta na cauda. Muito bom, o lambari fica vivo vivo, nada que é uma beleza.e não se enrosca em galhadas. Experimente. Abcs.
  13. Fernando, interessante a idéia. Só uma dúvida: a espessura da câmera não é fina, podendo enroscar em uma estrutura pontiaguda ( farpa de madeira ) e rasgar? Outra coisa, a sua meia-vida também é curta. Tem uma coisa em comum com o conjunto corrente-mangueira: é comprida e de borracha. O importante é que funciona. Abcs.
  14. Ronaldo, nunca pesquei no Rio São Francisco, costumo pescar no seu afluente Rio Grande, em um local chamado Boca Aberta ( povoado da Goiabeira ). Estive lá tem 15 dias. Costumo ir lá 04 vezes no ano. Muito pacu e Piau verdadeiro ( média de 1 kg ) e muito pouco Tucunaré neste mês de agosto. Sei que a época do Tucunaré e de todos os outros é no mês de outubro.Por isso já estou me preparando para ir lá neste mês. Mas tem um colega que pesca toda semana no Rio São Francisco no povoado do Bandeira. Diz ele que a pesca lá é somente de Piau verdadeiro ( média de 03kg ) e às vezes, entra a Caranha de até 08kg. Me fala que lá é o seguinte: só pega peixe quem faz o engodo ( milho e ou mandioca ) durante alguns dias e depois apoita no mesmo local do engodo ( pode ter dificuldade de identificar o local do engodo ). Engraçado é que ele faz o engodo com espiga de milho ou mandioca e acaba pescando mais com a lesma ( o segredo ) e milho de lata cozido a vapor. Usa também minhoca. Acho que em Piapora deve ser do mesmo jeito. Abcs. Boa pescaria.

Parceiros: www.petsEXPERT.pt