Auro

Pescaki V.I.P
  • Total de itens

    1.004
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    1

Tudo que Auro postou

  1. Auro

    Viajando na maionese

    Estudando pratos do Vietnã descobri uma massa de mandioca transparente... Até pensei em reproduzir o bánh bột lọc . Mas viajando na maionese resolvi acabar com a briga entre capixabas e baianos kkkkk A massa de mandioca tem textura de moti japonês. Sabor delicado. Preparei uma moqueca capixaba, com camarão, tomate, cebola, pimentões e azeite de dendê mas sem leite de côco!!! Recheei a massa como um ravioli e cozinhei. Preparei um pureê de leite de côco com o liquido da moqueca. E uma farofa de dendê para complementar. Viajei legal nesta receita...
  2. Auro

    Viajando na maionese...

    Nos últimos dias fiquei brincando na cozinha. Planejava inventar 2 entradas mas as coisas ficaram meio fora do controle e acabou virando uma entrada e um prato a compor um futuro menu. O primeiro, foi criado por exigência da minha esposa. Havia comprado uma caixa de ovos de codorna e eles estavam a alguns dias na geladeira sem destino. A ideia era criar uma entrada aproveitando os ovos de codorna. Um pequeno biscoito de arroz com conserva de gengibre (gari) e banha de torresmo. A banha é uma estória à parte... Como este ano que passou fiz vários pratos com barriga de porco, sempre reservei o excesso de banha retirado. E fiz a banha em casa, não é só a gordura do porco, pois ela ficou com sabor de torresmo. A conserva de gengibre havia feito no começo do ano, fervida mais vezes, mais açúcar e menos vinagre. Manteve a acidez e ardencia do gari, mas de forma mais suave. Para finalizar um ovo poche de microondas, que funcionou muito bem no delicado ovo de codorna. E duas tirinhas de pimenta finalizaram a entrada.
  3. Bomediano a massa é cozida no vapor!
  4. Mauricio a diferença esta na forma de cozimento. Sous vide é uma tecnica de cozimento diferente. Em que vc cozinha dentro de sacos plásticos a baixa temperatura. A barriga de porco foi só temperada com shoyu, açúcar e gengibre, nada mais. A diferença é o tempo e a temperatura de cozimento mesmo. Cozinhar em sous vide amplia um pouco as opções de cozimento que a gente tem.
  5. A liberação de linha não é melhor ou pior por causa de uma diferença pequena de tamanho. Veja o equilíbrio do seu conjunto, vara, molinete, isca, pescador. E então decida o tamanho.
  6. Como havia feito o char siu semana passada e congelado em pequenas porções. Fiquei pensando no que poderia fazer este fim de semana. Resolvi fazer char siu bao. Ele é um pão cozido no vapor. Leve, delicado e adocicado. A melhor forma de explicar ele é um pão de leite feito só de miolo hehehe. Os ingredientes pesados e separados. Nesta receita um certo grau de precisão é importante. Massa após 1 hora de descanso pronta para ser moldada. Os hashis servem para dar forma ao pão. Sorria... está quase pronto... Para acompanhar o char siu fiz um repolho refogado e usei parte do molho do lamen engrossado para umedecer o pão. Eu sei que esta ultima foto é bullying...
  7. Auro

    Lamen

    Com o Chashu pronto, resolvi fazer um lamen. A base de todo bom lamen é um caldo. Eu utilizei os ossos da barriga de porco com pontas de asa de galinha para fazer um galdo consistente. A base shoyu do lamen foi feita com a marinada em que deixei apurando os chashus. Eu coei e deixei evaporar a água até fazer uma base concentrada de todos os sabores. Um dos segredos do lamen é o koumi abura. Ele é um óleo em que vc adicionou os sabores de vegetais. No caldo do lamen ele forma uma película na superfície. Ao se comer o macarrão de lamen, ele passa por essa pelicula e traz novos sabores ao molho. Como acompanhamento do lamen, fiz um ovo sous vide a 63 graus. Isto faz com que a gema fique liquida e a clara gelatinosa. Para terminar um moyashi(broto de feijão) rapidamente refogado em óleo de gergelin e shoyu com cebolinhas e uma folha de alga nori. Sem falsa modéstia, um lamen digno de ser servido em qualquer lamen house rsrsrs.
  8. A primeira peça havia ficado boa. Mas ainda haviam 2 peças no termocirculador. Esperei 30 horas para retirar do termocirculador. A idéia e que a 64 graus a carne cozinhe ao ponto, perdendo pouca água. E que as fibras colágenas da pele do porco a esta temperatura e com mmmuuuiiitttooo tempo de cozimento se transformem em gelatina. Quando isso acontece o resultado é esse. Havia muito tempo que não me surpreendia com um prato. Este me surpreendeu. A pele gelatinosa, com sabores dos temperos, a carne macia, úmida, a gordura sem estar rançosa.
  9. Após 24 horas cozinhando retirei a parte não enrolada. Como era a parte mais fina, teoricamente o cozimento demoraria menos tempo. A carne estava no ponto certo. A textura da pele macia, podendo ser cortada com os dentes com facilidade. O ponto da carne certo, úmida sem ressecar. Como o sabor dos temperos estava suave e desejava fazer um molho. Preparei uma marinada com vegetais (shoyu, alho poró, cebola, gengibre, cenoura, etc) cozinhei, esperei esfriar e deixei a carne por algumas horas. Finalizei dando uma rápida passada no forno elétrico para dourar e pincelei o molho por cima. Acho que é redundante dizer que ficou bom rsrsrs.
  10. Preparar chashu é um grande desafio. Cozinhar uma barriga de porco traz alguns desafios... Ao se cozinhar a carne no ponto certo a pele fica dura, elástica. E vc é obrigado a remover a pele para poder comer. Ou se a pele fica no ponto certo. A carne fica ressecada. Sem gosto. Resolvi este problema cozinhando a carne em sous vide, ou sob vácuo. Sous vide é uma maneira de se cozinhar em baixa temperatura, por longo período. Isso faz com que as partes da carne consigam o cozimento correto. As carnes foram cozidas com um pouco de shoyu, açúcar mascavo e um pedaço de gengibre. Preparei 3 peças, 2 enroladas e uma sem enrolar. Ao se cozinhar em sous vide a espessura da carne acaba sendo importante. Utilizei um termocirculador Sansaire. Ele nada mais é do que um aquecedor com uma pequena ventoinha. Ele mantém a temperatura da água de cozimento no ponto ideal. As carnes foram cozidas a exatos 64 graus Celsius.
  11. Chashu é barriga de porco cozinhada em estilo japones ou chines. Comprei uma barriga de porco completa. Ainda com ossos, a camada de gordura farta e muita carne. Retirei todos os ossos e cartilagens cuidadosamente. E enrolei para cozinhar.
  12. Para varas de 2,70m procure molinetes normais sem ser surfcasting, de tamanho 4000. A liberação da linha só vai fazer diferença se vc utilizar varas mais longas. Molinetes longcasting em varas curtas mais atrapalham do que ajudam.
  13. Andar neste caiaque, deve ser um parto...
  14. Devo ir treinar casting no domingo cedo. Se vc quiser vir ao campo me avisa.
  15. Pedro vá para um campo de lançamento e treine com sua vara de pesca. Antes de mexer nela. Se o problema for na forma de vc lançar, não importa a vara que vc usar. Nenhuma vai render a distancia desejada.
  16. Chumbo acima de 150g procure uma parede 40 e não a 33.
  17. Tem algumas SCS5 usadas a venda, abaixo de R$2000,00. Procure no facebook. A 07 existem vários modelos. Veja qual modelo vc vai preferir. As outras não conheço. Não deixe de considerar as daiwa e shimanos. Pesca de fundo a sensiblidade é relativa. Especialmente se vc usar nylon. Acima de 150m com peixes minusculos e que aguente chumbos pesados, não conheço nenhuma vara com sensibilidade que aponte uma fisgada. Lançar longe não é só a vara. Tem que aprender a lançar e treinar. OTG em provas não pode... Mas se quer aprender, procure quem pratique lançamento, o limitado ou longcasting.
  18. Os pescadores de praia que pescam com artificial que conheço, não gostam de mostrar suas capturas nem seus pontos de pesca. Pois acreditam que isso fara com que os pontos de pesca serão depredados. As capturas em praia não são eventuais. Na verdade demandam tempo de estudo e pesquisa dos locais e horarios mais propicios. https://www.youtube.com/watch?v=JLnDVvj6_sQ
  19. Eu passo todas as miçangas e engates na linha ainda enrolada no carretel. Fixo uma das pontas numa parede ou armário firme. E desenrolo gradativamente separando os conjuntos de miçanga e engate de 2 em 2. Estico a linha do chicote, mas sem tencionar demais e dou o nó de correr. Se a linha usada no nó de correr for um pouco elástica, basta apertar corretamente que ele ficará bom e durável. Linhas secas ao se lançar, a linha do chicote estica e pode afrouxar o nó de correr. Linhas muito macias não conseguem dar o aperto ideal. Para chicortes colados uso um sistema que tende a tracionar com mais força a linha do chicote. Mas tenho evitado utilizar este tipo de montagem fixa.
  20. Para se lançar com um canhão de ar comprimido ou outro meio é preciso amarrar muito a isca. Isto prejudica a apresentação dentro da água... Além de pensar em uma maneira eficiente de "jogar" a isca, se isso for feito de qualquer jeito não vai adiantar muito. Pense também numa maneira de apresentar a isca adequadamente dentro da água.
  21. Quanto mais linha vc colocar na carretilha, mais curto é o seu lançamento. Em outras palavras, se vc tem técnica para lançar 150m e colocar 250m vc tende a jogar mais perto, por que é mais difícil controlar a carretilha. A 7000 para mim é muito grande, cabe uma quantidade absurda de linha e o principal o carretel é fixado ao eixo. Diferente da 6500 e 5500 que o carretel é suportado por rolamentos. Não faço nem idéia de quanto cabe de linha 0,25mm numa 7000 hehehe meu melhor lance este ano foi de 208m com uma linha 0,25mm. E estava usando uma abu 4500. Por isso digo que uma 5500 seria a ideal, e a 6500 seria já meio exagerada. Sobre o recolhimento, já pesquei com carretilha sem devanador e no RS isso é muito comum. Vc se acostuma. O vento na pesca de praia geralmente é de frente. Ou seja vem do mar para a costa. Isso dificulta os lançamentos de carretilha e favorece os piolhos. Em caso de forte vento lateral. Alguns pescadores preferem carretilha do que molinete para pesca, pois ela faz com que a saída de linha seja menor, diminuindo a barriga da linha. Em caso de vento do continente para o mar, a carretilha tem vantagem sobre o molinete. Sobre rolamentos, tenho todos os tipos, de aço, hibridos, e full ceramic. Tenho usado os de aço e os híbridos e full e digo que os resultados são semelhantes. Cada um com vantagens e desvantagens. Mas este lance de 208m foi com rolamento de aço. Sobre modificar a carretilha, não modifique a blue yonder. Ela não precisa disto para pesca. Este fim de semana teremos o segundo aberto do RS de Long Casting. Em Pinhal no RS. Esperamos muitos lançadores com distancias acima de 200m e quem sabe alguns acima de 230m.
  22. Sobre a carretilha recomendo começar com uma abu 5500. Achar uma abu 5500 sem devanador é bem complicado. As 2 que tenho foram trazidas de fora e não eram vendidas em lojas comuns. Mas é possível retirar o devanador dela e preparar o chassi. Eu pessoalmente não recomendo a abu 7000. Ela é muito grande e não vai te servir. Uma opção de trazer dos eua é a blue yonder 6500. Um pouco maior do que a 5500 mas funciona muito bem com linhas um pouco mais grossas. Sobre a vara, eu uso uma surf coast 4,50m para pesca de fundo. E gosto dela. É possível usar ela com molinete ou carretilha. Se vc está começando a pescar de praia, recomendo a 4,20m. Outra alternativa é procurar carretilhas mais simples. E aprender a modificar. Como retirar o devanador e cortar o chassi. Neste caso compre uma Magna 500 da mariner sports. Tive oportunidade de ver um lance de mais de 180m com uma destas modificada. Arremessar de praia é diferente de arremessar em competição. As varas de praia não aguentam a força na maioria das vezes. Mas se vc quiser refinar o seu arremesso, recomendo filmar os seus lances e tirar a dúvida aqui no fórum. O ideal é ter orientação pessoalmente mas pela distancias nem sempre isso é possível. O maior problema para pesca com carretilhas a longa distancia é o vento. Em muitas situações de vento lateral ou contra as carretilhas perdem em distancia de lançamento para o molinete.
  23. A carretilha do vídeo é uma Abu Garcia ultramag II, com tamanho igual a uma abu 5500. Se vc quer grandes distancias no lançamento, valeria a pena estudar um pouco sobre longcasting. Neste video com ela quase cheia faltou linha na carretilha... [/video/]

Parceiros: www.petsEXPERT.pt