Ir para conteúdo

Gustavoreolon

Pescadores
  • Total de itens

    552
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    3

Tudo que Gustavoreolon postou

  1. Obrigado pessoal. Espero em um futuro próximo já ter uma companheira nas pescarias de tucunarés e dourados. Grande abraço.
  2. Boa tarde. Ano passado, em duas ocasiões, tive a chance de conhecer e testar algumas técnicas para a captura dos famosos black Bass. Nunca fui um grande entusiasta, mas tendo ouvido falar da complexidade das técnicas usadas para a espécie, não podia deixar de aproveitar as chances que se apresentassem. Além disso, muitas das técnicas que usamos hoje para tucunarés, traíras e outros foram desenvolvidas com os verdinhos, como muitos os chamam. A primeira oportunidade que tive para pescá-los foi em uma viagem para a turística cidade de Canela. A Catedral de Pedra de Canela.
  3. Valeu! Contando as horas para a temporada de 2019.
  4. Sim, foi uma boa quantidade de ações, mesmo com o tempo virado. Mas o tamanho ficou devendo um pouco.
  5. Beleza. Quem sabe nos trompamos em alguma pescaria neste ano.
  6. Buenas, amigos pescadores. Esta é sobre a minha primeira pescaria no Rio Uruguai, em um lugar que há muito queria conhecer, a pequena porém bela Porto Xavier, na Divisa do Rio Grande do Sul com a Argentina, Região das Missões. Em setembro passado, na segunda quinzena do mês, aproveitando uma viagem a trabalho, emendei uns dias de folga, para conhecer a Pousada do Biguá, do amigo Sandro. A pousada fica no centro da cidade. Pela manhã os barcos saem da rampa do porto e sobem uns 20 minutos até os pontos de pesca. O almoço geralmente é em algum sítio na beira do rio, tudo previamente ac
  7. Beleza. Nossos rios estão se recuperando, mesmo com muitos cidadãos ainda mal educados e teimosos. O Brilhante mesmo tinha chegado ao leito de morte há uns 10 anos e hoje já está dando gosto de pescar.
  8. Valeu grandes Gilson e Bomediano. Grande abraço.
  9. Boa noite e um feliz ano novo, pleno de fisgadas para os amigos pescadores. Neste tópico, gostaria de mostrar algumas pescarias de traíras realizadas no ano passado, em diversas barragens no município de São Gabriel - RS. Há alguns anos, a exemplo de muitos pescadores (talvez a maioria dos brasileiros), iniciei minhas pescarias com a espécie. Na época, pescava com vara de bambu. Com o tempo, vieram novas técnicas, com a inclusão de iscas artificiais, mas com muitas limitações, dependendo muito das condições do ponto. Locais com vegetação pareciam impossíveis para as artificiais. Além
  10. Não lembro se é mesmo a top gun, hoje o nome já está todo raspado rsrsrs e não dá pra ver direito na foto. Mas ainda funciona bem.
  11. Beleza, eu compartilho do mesmo pensamento. Não citei no relato, mas o tamba deu duas ótimas refeições.
  12. Valeu. Realmente o tamanho foi muito bom. Talvez seja porque a espécie não é apreciada para a gastronomia...
  13. Buenas camaradas. Aproveitando um tempo livre para compartilhar algumas pescarias realizadas no Sul, mais precisamente no Rio Vacacaí, que banha a cidade de São Gabriel, onde morei entre março e o início deste mês. Neste relato, vou me ater às saicangas, daquele rio, muitas de las de bom tamanho. Infelizmente, o Vacacaí anda muito mal cuidado, com lixo nas margens e pesca predatória. Mesmo assim proporcionou boa diversão. Felizmente hoje já apareceram algumas vozes em prol da preservação no município. Logo que cheguei à cidade, fui fazer uma pescaria exploratória na ponte antiga
  14. O questionamento neste tópico é esse mesmo: No caso de peixes exóticos ou alócnes, como o tambaqui da foto, o melhor é soltar ou não?
  15. É o mesmo sim. Passou um longo tempo ruim de peixe, fruto de falta de preservação e descontrole de todo tipo. Mas Já faz uns 10 anos que voltou a proporcionar belíssimas pescarias. Nesse rio capturei a maior piracanjuba que já vi.
  16. Buenas. Estou há um tempo sem postar nada, em virtude de um período meio puxado no trabalho, mas gostaria de mandar um relatinho curto antes que acabe o ano. Logo que a pesca abriu, em março, fui com meu pai para uma pescaria rápida no Rio Brilhante, que passa perto de onde ele mora. É um belo rio, pelo qual tenho bastante carinho. Depois de um período de escassez, pintados, jaús, piaparas, pacus, barbados, piracanjubas bem grandes e dourados voltaram a dar as caras, muitas vezes em boas quantidades. Pescamos apoitados e de rodada e tivemos bons resultados em ambos. Nos poços sa
  17. Gosto muito do Uatumã. Rio muito bonito, com boas opções de hospedagem, para diversos orçamentos. Já peguei belos exemplares por lá...
  18. Belas imagens! Vou dar uma olhada no seu canal, principalmente para procurar informações sobre o extremo sul. Estou em São Gabriel faz uns poucos meses e não conheço bem a região. Bom inverno aí em Bagelo.
  19. Cara, valeu pela dica. Por ser para uma peça dinâmica como a corrente da moto, deve durar muito mais que o óleo comum e não fazer a meleca que a graxa faz. E parece ser fácil de encontrar.
  20. Eu me mudo bastante, as vezes estou em lugares com boa assistência, as vezes não. Conheço bons técnicos em vários lugares, mas quando estou longe dos pontos de assistência, as vezes no exterior, uma simples unha vira um baita problema. Como disse, tira o prazer de praticar um estilo dinâmico como o baitcasting. Porém no perfil alto dá certo; a própria linha vai se distribuindo... Mas realmente acho que é assim como escreveu, não vai funcionar muito bem no perfil baixo. Por enquanto, vou usar uma solução que já salvou umas pescarias: virar a unha. Como o desgaste é, geralmente, maior em uma da
www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...