Odimir

Colaboradores
  • Total de itens

    335
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    7

Odimir last won the day on February 18 2018

Odimir had the most liked content!

Reputação

245 Ótima

4 Seguidores

Sobre Odimir

  • Rank
    começando a responder

Informações Pessoais

  • Localização
    Varginha - MG
  • UF
    MG
  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Nome Real
    Odimir Manoel Gaspar
  • Sobrenome
    Gaspar
  • Estilo de Pesca
    Pesca com mosca

Últimos Visitantes

1.714 visualizações
  1. Ola corrent, Sim, existe uma relação direta entre o peso de uma isca e o peso que a linha de mosca pode carregar, alem de outros fatores que também influenciam, como perfil da linha de mosca, ação da vara, configuração do líder, habilidade do mosqueiro em castear, relação peso/volume da isca e até mesmo condições de vento. Para os novatos essa condição se agrava e não foi diferente comigo, mosqueiro autodidata que sou. Percebi estas variáveis quando comecei a pescar com equipamento de mosca e uma das providências que tomei foi pesar os anzóis utilizados e também outros elementos utilizados no atado como olhos de corrente, chumbo, latão, ou outros que pudessem ter peso significativo nos streamers, poppers e divers. Percebi que existe uma grande diferença de peso entre os diversos modelos de anzóis de uma mesma numeração. Para equipamento de número #6 procurei limitar o peso dos anzóis entre 0,4 a 0,5 gramas. A par disto, procurei também limitar o volume dos demais materiais empregados e também o tamanho dos streamers quando utilizava materiais que sabidamente encharcam mais, como por exemplo pelúcia e craft fur. No atado de Clouser Minnows ou outras iscas lastreadas com olhos de chumbo, usava tamanho extra small (XS). Com o passar do tempo, adquirindo mais habilidade em castear pude alterar esses parâmetros, mas sempre levando em conta a maior facilidade em castear com iscas menores e mais leves. Iscas volumosas e avantajadas não andam pelas minhas caixas de moscas, quaisquer que sejam os argumentos sobre sua capacidade de atrair peixes. Abaixo o link de um tópico que postei no passado e reflete os conceitos que expus acima :
  2. Ola Castelli, Penso que não seja por conta do líder porque uso um líder de fluorcabono de configuração parecida em minhas pescarias de douradinhos no São Francisco e casteia muito bem com equipamento #6. Se não estiver usando uma linha nova, ou mesmo montada com ponta invertida (isto acontece...), verifique se a linha está bem limpa e recondicionada com "line dressing", já que isto tem grande influência na performance de casteio. Como são seus primeiros casts, o mais provável é que ainda não tenha alcançado habilidade suficiente para faze-los de maneira satisfatória. Sugiro que busque ajuda com algum pescador que casteie corretamente e também videos no Youtube, que possam te orientar, acompanhar e corrigir os eventuais erros. Quero lembrar que os lançamentos básicos iniciais conhecidos como impulso simples (single haul) e lançamento rolado (roll cast) precisam estar bem dominados para que então possa praticar o duplo impulso (double haul), que te permitira os lançamentos mais longos. Quando tiver dominado estas técnicas que são bem mais simples que o próprio nome, linhas do tipo shooting taper, com backing de mono ou integradas são as que te proporcionarão os lançamentos mais longos. PS: se me disser que tipo de isca pretende usar e quais os peixes alvos, posso deixar aqui receitas de lideres que uso com sucesso. Grande abraço
  3. Ola Castelli, Em muitas situações é possível utilizar um líder de diâmetro único , dependendo da espécie alvo, do peso e volume da mosca e principalmente das estruturas nas quais se pesca. Contudo, líderes cônicos sejam adquiridos de fabricantes ou montados artesanalmente em secções de diferentes diâmetros apresentam vantagens, como por exemplo : - Permitem um melhor desdobramento (turnover) possibilitando melhor apresentação da isca. - Funcionam como válvula de segurança , evitando a quebra da ponteira em caso de enrosco ou da captura de um peixe muito maior que o previsto. - Quando se pesca com streamers, possibilitam maior liberdade e melhor nado da isca, de maneira mais natural. - Dependendo do que se esteja pescando e da forma como se esteja pescando, possibilitam melhor flutuação ou afundamento do líder.
  4. Olá Eric, Considero as varas da marca Redington como sendo boas em todos os níveis de modelos e preços , tendo alguns modelos com preços bem acessíveis. A Redington é uma empresa do mesmo grupo da Sage, que oferece ótimas condições de garantia e assistência técnica. Abraços
  5. Sim, independentemente de qualquer outro interesse estou certo de que que o Betinho sempre receberá com muita alegria os pescadores que visitarem sua loja para um café e um bom papo. Além disso, também oferece aulas práticas e excursões em pesqueiros no entorno de São Paulo e pescarias no âmbito do Brasil e exterior. No momento encontra-se conduzindo grupos de pesca juntamente com o Rubinho no rio Sucunduri, devendo retornar às atividades dia 22/11. O atendimento na loja fica por conta do Sidneifly.
  6. Graaaande Roque ! Muitíssimo obrigado pelos comentários! Forte abraço
  7. Olá Roque, obrigado pela citacao ! Para os residentes em São Paulo, recomendo consultar o Betinho, que administra cursos de atado e também de casteio. Além disso o Betinho tem uma loja física e virtual que atende todo o Brasil, onde poderão ser adquiridos materiais e ferramentas de atado. Betinho Fishing & Aventures (11) 3819-8424 www.lojadobetinho.com.br Em Belo Horizonte o Rodrigo Zhouri administra aulas de pesca com mosca tanto no atado como casteio e informações pertinentes. Cel.: 31 9955-8941 Para os residentes no Sul de Minas, posso orientar e passar as informações necessárias sob todos os aspectos que envolvam a pesca com mosca, de maneira inteiramente gratuita. Cel. : 35 98843-7557 Abração
  8. Olá Elcio, Muito obrigado pelo comentário !
  9. Muito bom , parabéns ! Chernobyl ant é uma mosca que surpreende pela simplicidade e grande efetividade.
  10. Grandes Maurício e @Tanigawa , no final da década de 60 eu morava em SBC e pesquei muito nos canais do Casqueiro. Durante três anos pesquei sem falhar um único final de semana, e este comentário me fez sentir saudades. Naquela época pescava com camarão vivo que comprava de um japonês chamado Ota. Não existia a cultura de pescar e soltar e o destino de todos os robalos era mesmo a frigideira, e pescava-se muitos naquela época.
  11. Sim, e por que não ? Especialmente se preparadas com molho de alcaparras ou cogumelos shitake, acompanhadas de batatas gratinadas e um bom vinho, preferentemente na Patagônia !
  12. Pessoal, Quando o pescador optar por soltar os peixes, sugere-se seguir as recomendações abaixo que ajudarão sobremaneira na sua sobrevivência e retorno à vida. 1) Amasse sempre as farpas dos anzóis, pois além de minimizar os ferimentos facilitarão a soltura. 2) Reduza a duração do combate usando equipamento e tippets de numeração adequada para evitar a fadiga e o estresse desnecessário dos peixes. 3) Use um passaguá ou net, evitando tanto quanto possível o uso de boga- grips e alicates de contenção. 4) Fotografe os peixes dentro da água, evitando sessões fotográficas demoradas. 5) Reanime os peixes na água antes de soltá-los, quando estiverem prontos seguirão sozinhos.
  13. A qualidade dos equipamentos chineses depende dos fabricantes que geralmente são incógnitos e sem referência para avaliação. Por outro lado, alguns equipamentos como os chineses da Redington, marca pertencente a afamada Sage norte americana, são de excelente qualidade e competem com as melhores marcas. Muitos equipamentos que utilizam marcas de renome também são fabricados na China, e o diferencial está na supervisão e gerenciamento de qualidade exercido por essas marcas. No Brasil, a Flyshop Brasil do Thiago Zanetti faz uma pré seleção, administra a qualidade e importa esses produtos chineses para revenda no Brasil. Neste caso, o risco de compra fica minimizado em relação a compra direta em site chines desconhecido. Abração

Parceiros: www.petsEXPERT.pt