Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'Daria p encher o borná'.



More search options

  • Search By Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Search By Author

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Pesca
    • Bate Papo (novo)
    • Pesca em Geral
    • Relatos de Pescarias
    • Materiais e Equipamentos para Pesca
    • Trabalhos Manuais / Bricolagem
    • Avaliações,Testes e Lançamentos
    • Água Salgada
    • Pesca de Praia
    • Caiaque
    • Pesque & Pague
    • Espécies
    • Flyfishing
    • Legislação
  • Parceiros
    • Pousada Rio Suiá-Miçu
    • Bahia Sportfishing
  • Regionais
    • Pesca em Santa Catarina
  • Diversos
    • Termos e Regras
    • Dúvidas, Críticas, Dicas, Opiniões e Sugestões sobre o Pescaki
    • Café Pescaki
    • Ecologia e Ambientalismo, Ictiologia, Zoologia, Aquarismo, Botânica, etc.
    • Agenda Pescaki
    • Fotografia
    • Náutica e Técnicas de Navegação
    • Carabinas de Ar Comprimido
    • Classificados
    • "Causos" de Pescarias e Outros Textos
    • Gastronomia
    • Tecnologia

Find results in...

Find results that contain...


Data de Criação

  • Início

    End


Data de Atualização

  • Início

    End


Filter by number of...

Data de Registro

  • Início

    End


Grupo


MSN


Skype


Website URL


Localização


UF


Interesses Pessoais


Nome Real


Sobrenome


Estilo de Pesca

Encontrado 1 registro

  1. Boa tarde amigos Depois de quatro anos retornei ao distrito de Campinal para tentar os briguentos piaus e colocar o papo em dia com os amigos Sidnei, Adriano e Nei. Sempre ficamos acampados na propriedade do Zé Carlos e tomamos aquela gelada e assamos uns pedaços de carne. Ali também podemos pedir um almoço, uma lasanha, porção de peixe e tudo mais, sempre bem recebidos pelos proprietários do pesqueiro. Aqui nós embarcamos as 07:00 horas da matina, os barcos nos esperam e depois navegamos cerca de 25 minutos até as plataformas. Demora um pouco até chegar nos pontos e olha que vamos de motor 40 hp. Nosso amigo Adriano já escolheu um belo balde de missô com milho azedo para tratar os bichinhos. Aqui já é possível avistar algumas das plataformas que no total somam 10. Cada uma delas comporta até quatro pescadores. E atenção, chega pela manhã e só sai a tarde pegando ou não pegando, hehe. O almoço fica por conta dos piloteiros que chegam com as refeições quentinhas servidas nos marmitex. Bom iniciando o que interessa, armamos as linhas com chicote com dois anzóis e chumbo de 10 gramas, nada mais que isso. Fomos atrás dos piaus que são a atração do local e dão um trabalho danado nos pescadores que encaram essa aventura, mas para nossa surpresa foram esses aí que apareceram nesse dia, mas foram bem vindos. Os famosos porquinhos Geophagus proximus, esses belos acarás da família dos ciclídeos com suas variações de cores hehehehe... Peixe amazônico de carne saborosa, foi introduzido há cerca de oito anos nas represas das hidrelétricas paulistas e paranaenses e que depois se espalhou em outros locais do país e se tornou fonte de subsistência de muitas famílias de ribeirinhos. Esse belo acará que não passa de 30 cm foi durante anos capturado para aquariofilia, devido a sua bela aparência e cores diferenciadas. Reparem como peixes da mesma espécie possuem belas variações em sua coloração, isso explica a busca pelos aquariofilistas. Usei vara telescópica hunter fish de 4,0 metros, linha raiglon numero 0,25 mm, anzóis kensaki, os menores possíveis, não me recordo o numero, mas é próximo a anzol de lambari, minúsculo. Muitos dublêzinhos. Isca: Minhoca principalmente, pequenos pedaços. Massa feita com farinha de trigo e missô do próprio balde de ceva. Casulo do bicho da seda. Milho de latinha. Camarão morto em pequenos pedaços. Esse é o casulo do bicho da seda que eles adoram Diversão durante o dia inteiro, os bichinhos não dão tempo para os pescadores hehehe Olha aí o Adriano exibindo sua leitoa no anzol hehe Dia de grande diversão Valeu amigos Chico

Parceiros: www.petsEXPERT.pt