Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'pesqueiro do italiano estiva gerbi'.

  • Search By Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Search By Author

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Pesca
    • Bate Papo (novo)
    • Pesca em Geral
    • Relatos de Pescarias
    • Materiais e Equipamentos para Pesca
    • Trabalhos Manuais / Bricolagem
    • Avaliações,Testes e Lançamentos
    • Água Salgada
    • Pesca de Praia
    • Caiaque
    • Pesque & Pague
    • Espécies
    • Flyfishing
    • Legislação
  • Parceiros
    • Pousada Rio Suiá-Miçu
    • Bahia Sportfishing
  • Regionais
    • Pesca em Santa Catarina
  • Diversos
    • Termos e Regras
    • Dúvidas, Críticas, Dicas, Opiniões e Sugestões sobre o Pescaki
    • Café Pescaki
    • Ecologia e Ambientalismo, Ictiologia, Zoologia, Aquarismo, Botânica, etc.
    • Agenda Pescaki
    • Fotografia
    • Náutica e Técnicas de Navegação
    • Carabinas de Ar Comprimido
    • Classificados
    • "Causos" de Pescarias e Outros Textos
    • Gastronomia
    • Tecnologia

Find results in...

Find results that contain...


Data de Criação

  • Início

    End


Data de Atualização

  • Início

    End


Filter by number of...

Data de Registro

  • Início

    End


Grupo


MSN


Skype


Website URL


Localização


UF


Interesses Pessoais


Nome Real


Sobrenome


Estilo de Pesca

Encontrado 3 registros

  1. Mais uma ida ao Italiano, em busca dos gigantes redondos. Combinei de encontrar com o Michel Ueda lá, para juntos termos registros para encher muitas páginas do fórum com fotos das conquistas, mas os peixes tinham outros planos... Cheguei no PP por volta das 8:40 e já fui de encontro ao Michel, que estava acompanhado de seu filho e de seu primo com a esposa. Eles tinham chegado la pouco após as 7 horas e, apesar das ações estarem acontecendo, não tinham tirado nenhum peixe ainda. Armei 2 varas para fundo, seguindo as dicas do Michel, usando 2 anzóis em uma delas com a famosa Massa do Cola e a outra com calabresa. Ele estava com 4 varas, 3 de fundo e uma com xixa na superfície. Algumas ações ocorreram mas nada de fisgada. Os ponteiros do relógio andando e nada acontecia... Começou uma paradeira geral, de matar monge tibetano de tédio . Um vizinho engatou em um Tamba monstro e após uns 10 minutos de briga conseguiu tirá-lo da água... Isso aí já nos animou e ficamos pensando quando seria nossa vez. Iscas trocadas, estávamos usando o que tínhamos em mãos para tentar capturar algo, e nada funcionava. Eis que de repente algo engata na vara que estava com a xixa na superfície. O Michel começa a briga e consegue sacar um Tamba aproximadamente do mesmo tamanho do que o vizinho tinha pego a pouco. Ânimos renovados, continuamos na batalha. Ações acontecendo mas nada de fisgada. De repente o primo do Michel fisga um e começa a trabalhar para tirá-lo da água. Vai que sai um enorme... Cascudo. . Este foi o primeiro peixe que ele fisgou, em sua primeira ida a um pesqueiro. Após esse, pegou mais dois... Cascudos. E nada de peixe no anzol. Após estas atividades o lago parou quase que por completo. Alternamos para meia água, superfície, fundo, cevadeira, usando massa, ração, essências diversas, vários aromas e gostos, mas nosso vasto cardápio não estava a altura dos exigentes gigantes do local. Até as 17:30 tentamos, mas o cansaço venceu e partimos em retirada. Na hora que íamos saindo algumas ações fortes estavam ocorrendo e muitos peixes saindo . Quero aproveitar o relato para agradecer de forma pública ao Michel pela paciência e pelas valiosas observações e conselhos. Hoje aprendi mais que em todos os dias anteriores que fui a PP's, graças aos ensinamentos que ele nos transmitiu (a mim e a seu primo). Peixe não teve, mas isso foi o de menos... Fiz amigos, adquiri conhecimento, batemos papo e demos risada, isto é o que realmente vale a pena. Os registros fotográficos de nossa empreitada estão no celular do Michel, que oportunamente irá postar por aqui juntamente com suas considerações sobre o dia de hoje.
  2. Boa noite, Frustrado com a pescaria de ontem no 2 Irmaos, a qual relatei AQUI, acordei hoje decidido a cansar de tirar peixes da água... Reuni a pequena tropa (patroa e herdeira) e fomos para o Pesqueiro do Italiano em Estiva Gerbi, a uns 25km de casa. Parecia que seria um dia animado, pois de cara já nos deparamos com um pescador posando com um redondo que não tinha menos de 20kg. Muita gente pescando meia água e superfície, o que estranhei pois era por volta de 9:30 e não imaginava que os troféus já estivessem subindo. Armei uma vara meia água e uma para fundo e comecei os trabalhos. Um ou outro pescador tirava redondos mas com o passar do tempo as atividade foram diminuindo até cessarem completamente por volta do meio dia. O último peixe que vi sair foi de um trio que estava a meu lado, uma pincachara enorme. Com a patroa reclamando da monotonia, chateado por não fisgar nada (nem isca estavam roubando ) e minha filha querendo andar na ponte (caminho para o lago das tilápias), parti para tentar a sorte do outro lado. Armei 2 telescópicas e ainda arremessei a carretilha... Com as iscas na água fiquei arrumando as tralhas nas maletas, dando uma geral em tudo, e estava distraído quando a patroa me despertou do transe dizendo que a vara tava mexendo. Puxei e tirei uma tilapinha, que salvou o dia e fez a alegria da Ana Carolina. Fui pra casa as 15:00 frustrado, só não mais porque vi que a paradeira de fisgadas atingiu todo mundo. O tilapossauro - SQN Vista do lago menor e do lago de engorda (não utilizado pelos clientes) a partir da ponte.
  3. Boa noite! Ontem fui mais uma vez ao Pesqueiro do Italiano tentar a sorte... Como minha filha está com catapora e isso impossibilitou uma pequena viagem que faríamos para acompanhar alguns atletas em uma competicao de judô na cidade de Amparo, e a patroa teve que ir trabalhar, fomos eu e a pequena "dar banho nas minhocas". Chegamos no PP por volta das 10 da manhã e nos deparamos com uma paradeira de fazer chorar ... Só vi o primeiro peixe sair da água após o meio dia. Por volta das 14 horas deu fome nos peixes e aí as ações começaram "com força". Fiquei no local até 17:30 e vi belíssimos redondos e pincacharas saírem do lago. Eu consegui fisgar 5, mas na briga todos escaparam ... Não sei se por deficiência minha na hora de tentar tirar eles da água, se por falha do material ou por puro azar... Acho que um misto da primeira e da terceira opções, embora os anzóis sem fisga também contribuam (mas é a regra do jogo, não machucar os animais, e concordo com isso). Esta questão de perder peixes aconteceu com uma certa frequência ontem, um vizinho de pesca perdeu uns 3 ou 4 antes de conseguir tirar um tamba, e depois perdeu mais uns 2. Já fiquei mais animado com os resultados... Em breve espero estar posando com os gigantes redondos do Italiano, até mesmo para minha filha parar de me cobrar "papai, você não vai pescar nenhum?"... Como não teve peixe, segue foto das varas Preço da pesca esportiva: R$ 15,00
×
×
  • Criar Novo...