Entre para seguir isso  
Mauricio.

É piau

Recommended Posts

Mirinho sorvia devagar a pinga no copo, pensando em nada, ou quase nada, pois nunca que alguém já disse no passado que quando se bebia uma cachaça deveria se pensar em algo que não a própria, descendo, arranhando um pouco a goela, para afinal se encontrar no estômago e dar aquele início de queimadura que some logo em seguida, quando a língua estala e pede mais um gole da marvada.

Mas Mirinho pensou. Lembrou de algo que viu na TV de Rosmarino, aquele metido que até TV tinha em casa, embora a imagem fosse tão ruim que quase que só o som se salvava. Pensou alto falando para o copo

- A gente tinha que fazer um épiau aqui.

Pensou tão alto que os outros ouviram, e com a natural falta de novidade tão comum em bodega depois das habituais discussões sobre política, futebol, mulher e côrno, aquilo caia como mel nos ansiosos ouvidos dos freqüentadores habituais do bolicho do Antônio, o famigerado Pé N'água. Não que ficasse na beira do rio, esse estava a quase um quilômetro, mas mais devido às goteiras que Toninho nunca resolvia, preferindo secar as poças entre as mesas depois da chuva.

- Piau? Toninho, tem piau pra fritar? - perguntou Saborá.

- Tem não, só traíra.

Mirinho levantou os olhos do copo, indignado com a ignorância presente:

- Não é piau, é épiau.

- Épiau? Quéisso? - perguntou Rogério, sentado na primeira mesa, a única que tinha vista para o mato lá fora.

Altamirando respirou fundo, afinal não dava para conviver com gente tão mal informada, mas fazendo pose disse a todos:

- Épiau é quando as pessoas na cidade grande se reúne tudo no bar, à tarde, pra bebê e comê tira gosto.

Depois de poucos segundos de olhar bêsta, Saborá pergunta:

- E eles come piau frito?

O murmúrio corria nas mesas, afinal, onde é que eles iam pescar piau naquela cidade que tinha só um rio imundo que quase nem água tinha. Seu Alfredo disse, fazendo a todos rirem:

- Naquele rio dêles lá, só se for piau já comido.

Não durou muito a alegria, pois lembraram que também se podia comprar piau no mercado, e que lá na cidade grande o mercado deveria ser muito bem abastecido, com peixe de toda qualidade, desde lambari e mandi até pintado e dourado.

Mas Mirinho não agüentou de novo e disse:

- Mas cês são muito tonto, eles não come só piau, come tira gosto, mandioca, carne, coxinha, coisa assim. E todo mundo bebe, canta, conversa, fala di tudo. Despois, todo mundo junta e divide a dispesa no final, é assim o épiau.

O murmúrio ficou mais forte, que eita povo que sabe se divertir nessa cidade grande, que neste confim todo mundo só discute política, futebol, mulher e côrno.

- Ora - disse Saborá - vamo fazê o nosso também. Cada um dá um pouco e todo mundo bebe e come e toca a conversar.

- Mas num é o que gente faiz todo dia aqui? - Perguntou seu Alfredo.

- - Dessa vêis é diferente, dessa veis é épiau. Vamo pôr o dinhêro na mesa, todo mundo.

Meio relutantes, pensando em que enrascada foram se meter nessa conversa esquisita de piau na cidade grande, todos colocaram algumas notas na mesa.

- Toninho, vê pinga e uma porção de piau pra todos nóis.

- Só tem traíra.

- Ora, vê traíra então.

Toninho olhou o dinheiro na mesa e apontou para a placa que dizia "Fiado só Amanhã". O dinheiro não dava.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Mauricio,

Epiau é sempre epiau, uai! Us bocoió de argola da cidade grande é que sabem se divertir, ! rotfl2.gif E este epiau aí, ainda melhor pelo prazer de poder ler algo tão legal! bs-aplauder.gifbs-aplauder.gifbs-aplauder.gif

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Maravilha em Mauricio!

Melhor que um épiau, só uma tabarana de 40cm! :chuvaa:

Grande abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boa, adorei o primeiro parágrafo :comemorando:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boa, adorei o primeiro parágrafo :comemorando:

A primeira frase nos faz acreditar que alem de bom bebedor de cerveja,apreciador de vinhos o rapaz tbm é letrado na "marvada".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que delícia de texto, Maurício!

Faz a gente entrar nas lembranças, dá até pra "ver" o cheiro do boteco e a rapaziada falando com a lingua melada da branquinha!

Se juntar você e o Tarpon, dá uma seleção de causos e contos dignas de qualquer coletânea!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fantástico só no final é que eu matei! KKKKK. Muito bom Maurício!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fantástico ! fico cá imaginando nós em algum lugar fazendo um épiau sob o comando da prosa os causos do sr. HU.- obrigado , meu riso aqui deixa minha esposa espantada no olhar sem saber o quê se passa.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fiado só amanhã :rotfl2:.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

Parceiros: www.petsEXPERT.pt