Entre para seguir isso  
Alexandre Léo

Pesca no Rio Paraíba na região de Guararema, Jacareí e S. J. Campos

Recommended Posts

Olá a todos do Pescaki..primeira vez que posto no forum se tiver postando no lugar errado sorry! a minha dúvida é o seguinte estou viajando bastante para guararema-sp e pescando no rio paraíba do sul, fiquei sabendo que tem várias especies de peixes por lá mas quando vou pescar só cai mandi bagre e lambari, gostaria de saber se alguem tem alguma dica pra fisgar alguma coisa diferente por lá...vou pra lá no carnaval, e ficar 4 dias pegando mandi não dá! desde ja agradeço abraço

iscas usadas(queijo, mortadela, minhoca e massa de farinha com queijo ralado)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá a todos do Pescaki..primeira vez que posto no forum se tiver postando no lugar errado sorry! a minha dúvida é o seguinte estou viajando bastante para guararema-sp e pescando no rio paraíba do sul, fiquei sabendo que tem várias especies de peixes por lá mas quando vou pescar só cai mandi bagre e lambari, gostaria de saber se alguem tem alguma dica pra fisgar alguma coisa diferente por lá...vou pra lá no carnaval, e ficar 4 dias pegando mandi não dá! desde ja agradeço abraço

iscas usadas(queijo, mortadela, minhoca e massa de farinha com queijo ralado)

valeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá a todos do Pescaki..primeira vez que posto no forum se tiver postando no lugar errado sorry! a minha dúvida é o seguinte estou viajando bastante para guararema-sp e pescando no rio paraíba do sul, fiquei sabendo que tem várias especies de peixes por lá mas quando vou pescar só cai mandi bagre e lambari, gostaria de saber se alguem tem alguma dica pra fisgar alguma coisa diferente por lá...vou pra lá no carnaval, e ficar 4 dias pegando mandi não dá! desde ja agradeço abraço

iscas usadas(queijo, mortadela, minhoca e massa de farinha com queijo ralado)

Seja bem vindo, Alexandre.

Mais 10km voce chega no Pesqueiro Pedreira.

Local tranquilo com muitos peixes variados.

Compensa voce pagar 15,00 e desfrutar de toda estrutura do pesqueiro.

Paga-se mais 15,00 reais pela maelhor comida do pesqueiro.

Veja:

Abraco

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seja bem vindo, Alexandre.

Mais 10km voce chega no Pesqueiro Pedreira.

Local tranquilo com muitos peixes variados.

Compensa voce pagar 15,00 e desfrutar de toda estrutura do pesqueiro.

Paga-se mais 15,00 reais pela maelhor comida do pesqueiro.

Veja:

Abraco

valeu pela dica

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Alexandre,

Seja bem-vindo ao Pescaki! :bs-aplauder: :bs-aplauder:

Leia sobre Guararema e peixes do Paraíba-do-sul, clicando aqui! Leia também este outro aqui! :ok:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Alexandre,

Seja bem-vindo ao Pescaki! :bs-aplauder: :bs-aplauder:

Leia sobre Guararema e peixes do Paraíba-do-sul, clicando aqui! Leia também este outro aqui! :ok:

obrigado..deu pra tiras as dúvidas abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostaria de saber se alguém conhece um bom lugar pra pescar no Rio paraiba, em jacareí, ou guararema, santa branca, nessa região, e o que está pegando atualmente? se está bom, ou ruim...

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde e seja bem vindo !!!!!!

O pessoal deve estar pescando rsrsrsrs

mas logo aparece alguem da região para te dar algumas dica.

Bem pelo que eu sei em guararema tem alguns pontos de pesca, inclusive um pouco abaixo da 1º ponte ( perto do centro ) e alguns outros mais pra cima, perto do hotel. Mas vc pode tb fazer o seguite, la mesmo nesse primeiro ponto que te falei, o pessoal é socegado, é so segar la e perguntar que eles te falam mais precisamente onde tem mais pontos de pesca....

Não sei se ajudei muito, mas oq sei da região é isso...

boa pescarias !!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostaria de saber se alguém conhece um bom lugar pra pescar no Rio paraiba, em jacareí, ou guararema, santa branca, nessa região, e o que está pegando atualmente? se está bom, ou ruim...

Grande Vitor,

Primeiramente, seja bem-vindo ao Pescaki! :bs-aplauder: :bs-aplauder: :bs-aplauder:

Por estes dias a pesca vem um bocado prejudicada em razão da água muito turva por causa das chuvas, mas o nosso glorioso Rio Paraíba ainda é capaz de nos render algumas jornadas memoráveis! Em Jacareí a pesca vem prejudicada mais em razão do desconforto de pescar em água muito poluída. Todavia, peixe é que não falta. Eu pesco embarcado, de sorte que diante das dificuldades para descer a embarcação na região de Jacareí, tenho preferido ir a Guararema para lá, em uma rampa pública, descer o barco, pescando sempre rio acima porque quanto mais acima de Guararema, menos poluição encontramos.

Em Santa Branca há chácaras com rampas para descidas, mas demanda sempre depender do dono estar no local, de sorte que deste jeito, descarto, preferindo ir a Guararema, onde a rampa é pública! Se for para pesca desde a barranca, demanda sair pela estrada de terra entre Santa Branca e Guararema, onde, em vários pontos a estrada margeia muito de perto ao rio, propiciando poder pescar em vários locais. Quanto mais próximo de Santa Branca menos turva é a água em razão de que estará mais perto das comportas da barragem.

Os peixes que buscamos são as tradicionais piavas, as piabanhas e os dourados, cada qual em sua modalidade de pesca, mas sempre com boas chances de sairmos felizes no final do dia!

Lembre-se de praticar uma pesca consciente, de preferência, sem morte! :ok:

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dourado em nossa região??? será que existem ainda??

Já passei por essa estrada que sai de santa brabca, e vai para guararema, realmente o lugar é bonito e tal, mais será que pega alguma coisa por ali?? não tenho barco, tenho um equipamento bom, porem tenho que pescar da margem...

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vitinho, aonde fica essa estrada? indo pra ki região?

Vamos ver se consigo ajudar.

Na Rodovia Carvalho Pinto, sentido SJ dos Campos, entre à esquerda na estrada "asfaltada" que vai para Santa Branca.

Chegando na cidade, logo na entrada, tem uma "Rodoviária".

Entre à direita, antes da Rodoviária, e logo esta rua termina em uma subida de terra, bem na estrada (também de terra) que vai de Santa Branca para Guararema.

Entre à direita,e pronto: está no caminho.

Boa viagem e boas pescarias.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Vitor,

Primeiramente, ....

Se for para pesca desde a barranca, demanda sair pela estrada de terra entre Santa Branca e Guararema, onde, em vários pontos a estrada margeia muito de perto ao rio, propiciando poder pescar em vários locais. Quanto mais próximo de Santa Branca menos turva é a água em razão de que estará mais perto das comportas da barragem.

Os peixes piavas, as piabanhas e os dourados, cada qual em sua modalidade de pesca, ...

Lembre-se de praticar uma pesca cosnciente, de preferência, sem morte! thumbsup.gif

Bom Dia Bomediano!

Caso não seja um abuso, poderia responder algumas perguntas?

1) quais pontos recomenda? - se é que é possível alguma referência (um sítio, já que a maioria tem placa com seus nomes, um acidente geográfico notável, ...).

2) quais são as modalidades de pesca para piava, piabanha e dourados?

Vou com frequência para SBranca, e não sabia destas possibilidades na barranca.

Como tenho pescado UL nos últimos tempos, não estou familiarizado com essas modalidades.

Poderia pesquisar, mas se puder contar com sua ajuda experiente, ficaria muito agradecido.

Grande Abraço e inté ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 11/03/2011 at 12:30, Fernando disse:

Bom Dia Bomediano!

Caso não seja um abuso, poderia responder algumas perguntas?

1) quais pontos recomenda? - se é que é possível alguma referência (um sítio, já que a maioria tem placa com seus nomes, um acidente geográfico notável, ...).

2) quais são as modalidades de pesca para piava, piabanha e dourados?

Vou com frequência para SBranca, e não sabia destas possibilidades na barranca.

Como tenho pescado UL nos últimos tempos, não estou familiarizado com essas modalidades.

Poderia pesquisar, mas se puder contar com sua ajuda experiente, ficaria muito agradecido.

Grande Abraço e inté ...

 

Grande Fernando,

 

Em razão de que eu desço o barco em Guararema e subo o rio até onde consiga, não tenho pescado desde a barranca, de sorte que não sei nomes de pontos. Todavia, entre Santa Branca e Guararema há vários tramos de águas mais fortes, que não chegam a ser uma corredeira mas que oferecem condições para piabanhas e dourados, além das piavas. Ali tem também, muito lambari. Entre as duas cidades vários são os pontos onde a estrada margeia a barranca do rio, de sorte que não está descartada a possibilidade de pescar sem qualquer impedimento, desde que a distância entre o acesso e a divisa da água não ultrapasse 15 metros, que é a faixa de uso dominial, portanto, de propriedade da União, sendo de gozo de todos, desde que respeitada a legislação civil, a ambiental e a criminal. De mesmo modo, na outra margem, na estrada de terra batida que vai de Guararema a Jacareí, há também muitos pontos coincidentes de estrada na barranca, com menos de 15 metros entre uma e outra, de sorte a permitir a pesca.

 

Por outro lado, estando em Santa Branca, a partir da ponte na estrada asfaltada, subindo pela margem esquerda do rio encontrará um local denominado "Pedra Lascada", onde antigamente era permitida a entrada para pescar. Todavia, a dias de hoje não sei como anda. Aquele tramo de rio tem vários pontos de corredeiras, sendo ótimo para dourados e piabanhas, mas estas estão "fechadas" por chácaras. As piabanhas vêm se apresentando com bastante frequência, enquanto que os dourados, que estão por aqui desde 1945, vêm um pouco mais raramente, a despeito das desconfianças de não existirem, mas para tanto demandam dedicação quase que exclusiva na jornada. Eu pesco ambas espécies com iscas artificiais, exclusivamente. Geralmente ocorrem capturas ocasionais, mas para aqueles que vão para dedicar-se exclusivamente a eles, já não se pode afirmar isso, atribuindo-se então, a esta dedicação o resultado melhor.

 

A pesca de piavas é com iscas de abacate, banana, goiaba, mortadela, salsicha, queijo e milho azedo, entre outras, valendo uma grande variedade de frutas. Sobre isso estou preparando uma grande matéria a ser veiculada a seu tempo.

 

Espero ter ajudado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Fernando,

Em razão de que ... a seu tempo.

Espero ter ajudado!

Muito Obrigado Bomediano.

Como sempre solícito e claro.

Na primeira oportunidade vou tentar explorar estes pontos.

Grande Abraço e inté ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para isso estamos, Grande Fernando! :ok:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa.. excelente..

assim que der vou dar uma passeada por la...

obrigado gente !!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 11/03/2011 at 14:01, Domingos Bomediano disse:

Grande Fernando,

 

Em razão de que eu desço o barco em Guararema e subo o rio até onde consiga, não tenho pescado desde a barranca, de sorte que não sei nomes de pontos. Todavia, entre Santa Branca e Guararema há vários tramos de águas mais fortes, que não chegam a ser uma corredeira mas que oferecem condições para piabanhas e dourados, além das piavas. Ali tem também, muito lambari. Entre as duas cidades vários são os pontos onde a estrada margeia a barranca do rio, de sorte que não está descartada a possibilidade de pescar sem qualquer impedimento, desde que a distância entre o acesso e a divisa da água não ultrapasse 15 metros, que é a faixa de uso dominial, portanto, de propriedade da União, sendo de gozo de todos, desde que respeitada a legislação civil, a ambiental e a criminal. De mesmo modo, na outra margem, na estrada de terra batida que vai de Guararema a Jacareí, há também muitos pontos coincidentes de estrada na barranca, com menos de 15 metros entre uma e outra, de sorte a permitir a pesca.

 

Por outro lado, estando em Santa Branca, a partir da ponte na estrada asfaltada, subindo pela margem esquerda do rio encontrará um local denominado "Pedra Lascada", onde antigamente era permitida a entrada para pescar. Todavia, a dias de hoje não sei como anda. Aquele tramo de rio tem vários pontos de corredeiras, sendo ótimo para dourados e piabanhas, mas estas estão "fechadas" por chácaras. As piabanhas vêm se apresentando com bastante frequência, enquanto que os dourados, que estão por aqui desde 1945, vêm um pouco mais raramente, a despeito das desconfianças de não existirem, mas para tanto demandam dedicação quase que exclusiva na jornada. Eu pesco ambas espécies com iscas artificiais, exclusivamente. Geralmente ocorrem capturas ocasionais, mas para aqueles que vão para dedicar-se exclusivamente a eles, já não se pode afirmar isso, atribuindo-se então, a esta dedicação o resultado melhor.

 

A pesca de piavas é com iscas de abacate, banana, goiaba, mortadela, salsicha, queijo e milho azedo, entre outras, valendo uma grande variedade de frutas. Sobre isso estou preparando uma grande matéria a ser veiculada a seu tempo.

 

Espero ter ajudado!

 

 

E isso ai mesmo ;):ok::ok::ok::ok::ok::ok::ok::ok::ok::ok::ok::simsim:

 

 

Obs!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom o topico, faz mais de um ano que eu estou ensaiando para fazer uma pequena jornada nas proximidades de Santa Branca, o rio Paraíba fica no "quintal" da minha casa, se eu quizer ir a pé pescar nele chego em 15 minutos em sua margem, porem gasto de 30 minutos a uma hora de carro quase todos fins de semana para ir à Natividade da Serra, porem NUNCA fui pescar no rio Paraiba!

Como nosso amigo Bomediano tem tambem o Paraiba em seu quintal como eu, porem na regiao de jacarei, eu gostaria de saber se tem a possibilidade de alguma jornada (com piabanhas e até Dourados) com sucesso na minha regiao aqui de Taubaté, onde o nivel de poluição ja é mais alto.

Como ja relatei em outro topico, ja tive este imenso prazer de pescar uma piabanha na represa de paraibuna! Porem seria maravilhoso pelo menos para mim conseguir a sua captura em seu berço legitimo (me corrija se expressei errado), Dourado então nem se fala, meu sonho de criança(quando nem lambari eu pescava ainda), assistia pesca e compania no SBT e só relatavam o "Rei do rio". Mesmo que nao seja facil esses tipos de captura, eu não ligo, se eu souber que há alguma possibilidade, minha insistencia e paciencia serão interminaveis!!!

Mesmo que não seja viavel esse tipo de jornada aqui em Taubaté, sem problemas eu poderia conhecer essa região citada no topico, mais com o conhecimento de Bomediano e tambem outros companheiros do Pescaki, acho que tiraria bem minha duvida...

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Raphael,

A introdução de dourados no nosso querido rio se deu em 1945, por ação do eminente Dr. Manoel Pereira de Godoy, da Estação de Piscicultura de Pirassununga, um dos maiores estudiosos deste peixe no Brasil. Segundo apurei, no estudo desta valorosa espécie, queria o emérito cientista conferir o que ocorreria em termos de desenvolvimento se fosse introduzida numa bacia onde antes não existia e com isso, ainda que a dias de hoje a idéia viesse a contrariar as normas legais, naquela época não havia legislação proibindo, de sorte que neste mister, liberou 250 juvenis em Guaratinguetá e outros 250 em Pindamonhangaba, todos de tamanho aproximado a 25cm, liberando também, alevinos de mandi-guaçu para que, após desenvolvimento, viessem a reforçar a dieta dos predadores introduzidos.

Alguns anos depois eram pescados em todo o alto percurso do rio. Depois, com o advento da maciça industrialização do Vale, seguido da enorme carga de poluição química e industrial, ademais da poluição orgânica em nível superior aos aceitáveis, não só a espécie, como também as demais do rio passaram por um período de adaptação, com visível diminuição nos estoques, mas nunca em nível tão grave como se verificou em uma espécie nativa, endêmica, muito especial, que é a piabanha (Brycon insignis), que além dos problemas que todos enfrentavam vieram a enfrentar, não só a concorrência com os dourados, mas também a predação por estes.

Depois, sobrevieram ainda os barramentos, de sorte a dificultar ainda mais a adpatação e recuperação das espécies.

Todavia, com o tempo e alguma melhoria no sentido de despoluição industrial somada às liberações de alevinos de especies nativas, sobretudo de piabanhas que quase vieram à extinção no Alto Paraíba, verificamos nos últimos dez anos, uma significatica mudança e, para melhor, no rio, de maneira que hoje, podemos pescar várias espécies, inclusive dourados com boas chances de sucesso nas empreitadas.

Assim sendo, hoje em dia, no Alto Paraíba abundam piabanhas em razão dos maciços peixamentos desta espécie. Além delas as demais espécies experimentam uma boa recuperação.

Em Taubaté, no caso dos dourados, não tenho dúvidas de que não só estão por aí, como estão em boa quantidade, seguramente. Demanda então, é dedicar-lhes algumas jornadas, sempre lembrando que este peixe demanda dedicação. Mais para baixo, no Vale, no município de Cruzeiro, em razão de que o rio por lá é muito encachoeirado, as chances aumentam sobremaneira, de sorte que não deve descartar alguma que outra jornada por lá também.

Entretanto, no caso das piabanhas, não sei dizer como anda por aí, mas também devem estar presentes, demandando investigar, diga-se, pescar, para apurar as condições! :coolio:

Na verdade não sei o que ocorre, mas os pescadores parecem não dar a devida importãncia para a piabanha, de sorte que há cerca de 25 anos fui pioneiro na pesca deste peixe com artificias no nosso tramo de rio porque ninguém o pescava desta maneira. Por outro lado, ninguém a vinha pescando mesmo de outras formas em razão de seu quase desaparecimento, de sorte que ao ter a feliz idéia de tentar fisgar alguma fui premiado com magníficos exemplares. Nestes 25 anos acumulo várias capturas especiais, dentre elas, duas piabanhas de cinco quilos e cerca de 65cm de comprimento. Hoje em dia, ainda que tão divulgado, um reduzido número de pescadores as segue pescando, o que é, para este servidor, algo incompreensível! blink.gif

O mesmo ocorre com o dourado, que não é pescado, justamente porque o pescador não acredita que isso é, de fato, possível! :coolio:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vc tem razão...

Muitos na nossa região não acredita mais que existam peixes bons de briga em nosso rio. devido anteriormente dito, o auto nivel de poluição, ao mesmo vergonha de ir pescar no rio paraiba . . .( pesca de peixe toroço) e por ai vai as piadinhas, , ,

Mas o nosso rio Paraiba, assim como os relatos de nossos amigos do Pescaki, vem nos demontrando que essa fase passou,

e está se mostrando que é um bom rio pra pesca...

Em breve estarei atras dos dourados e piabanhas do Paraiba . . .

abraço a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites


Grande Raphael,

A introdução de dourados no nosso querido rio se deu em 1945, por ação do eminente Dr. Manoel Pereira de Godoy, da Estação de Piscicultura de Pirassununga, um dos maiores estudiosos deste peixe no Brasil. Segundo apurei, no estudo desta valorosa espécie, queria o emérito cientista conferir o que ocorreria em termos de desenvolvimento se fosse introduzida numa bacia onde antes não existia e com isso, ainda que a dias de hoje a idéia viesse a contrariar as normas legais, naquela época não havia legislação proibindo, de sorte que neste mister, liberou 250 juvenis em Guaratinguetá e outros 250 em Pindamonhangaba, todos de tamanho aproximado a 25cm, liberando também, alevinos de mandi-guaçu para que, após desenvolvimento, viessem a reforçar a dieta dos predadores introduzidos.

Alguns anos depois eram pescados em todo o alto percurso do rio. Depois, com o advento da maciça industrialização do Vale, seguido da enorme carga de poluição química e industrial, ademais da poluição orgânica em nível superior aos aceitáveis, não só a espécie, como também as demais do rio passaram por um período de adaptação, com visível diminuição nos estoques, mas nunca em nível tão grave como se verificou em uma espécie nativa, endêmica, muito especial, que é a piabanha (Brycon insignis), que além dos problemas que todos enfrentavam vieram a enfrentar, não só a concorrência com os dourados, mas também a predação por estes.

Depois, sobrevieram ainda os barramentos, de sorte a dificultar ainda mais a adpatação e recuperação das espécies.

Todavia, com o tempo e alguma melhoria no sentido de despoluição industrial somada às liberações de alevinos de especies nativas, sobretudo de piabanhas que quase vieram à extinção no Alto Paraíba, verificamos nos últimos dez anos, uma significatica mudança e, para melhor, no rio, de maneira que hoje, podemos pescar várias espécies, inclusive dourados com boas chances de sucesso nas empreitadas.

Assim sendo, hoje em dia, no Alto Paraíba abundam piabanhas em razão dos maciços peixamentos desta espécie. Além delas as demais espécies experimentam uma boa recuperação.

Em Taubaté, no caso dos dourados, não tenho dúvidas de que não só estão por aí, como estão em boa quantidade, seguramente. Demanda então, é dedicar-lhes algumas jornadas, sempre lembrando que este peixe demanda dedicação. Mais para baixo, no Vale, no município de Cruzeiro, em razão de que o rio por lá é muito encachoeirado, as chances aumentam sobremaneira, de sorte que não deve descartar alguma que outra jornada por lá também.

Entretanto, no caso das piabanhas, não sei dizer como anda por aí, mas também devem estar presentes, demandando investigar, diga-se, pescar, para apurar as condições! :coolio:

Na verdade não sei o que ocorre, mas os pescadores parecem não dar a devida importãncia para a piabanha, de sorte que há cerca de 25 anos fui pioneiro na pesca deste peixe com artificias no nosso tramo de rio porque ninguém o pescava desta maneira. Por outro lado, ninguém a vinha pescando mesmo de outras formas em razão de seu quase desaparecimento, de sorte que ao ter a feliz idéia de tentar fisgar alguma fui premiado com magníficos exemplares. Nestes 25 anos acumulo várias capturas especiais, dentre elas, duas piabanhas de cinco quilos e cerca de 65cm de comprimento. Hoje em dia, ainda que tão divulgado, um reduzido número de pescadores as segue pescando, o que é, para este servidor, algo incompreensível! blink.gif

O mesmo ocorre com o dourado, que não é pescado, justamente porque o pescador não acredita que isso é, de fato, possível! :coolio:

Aproveitando mais uma vez do conhecimento do amigo e como alem de ser uma curiosidade minha a tempos, tem a ver com o topico, gostaria de saber se tem alguma possibilidade tambem da captura dos surubins do Paraiba, porque li a algum tempo um materia sobre a extinção dos surubins do paraiba e repeixamentos juntamente com as piabanhas!!!
talvez não seja a modalidade modalidade de pesca que eu prefira no momento, eu prefiro com artificiais, que eu acredito que quase nao se utilize para a pesca de surubins, porem seria interessante para o meu conhecimento e repassar á quem interesse...
Na verdade, cada vez que eu passo na ponte do rio paraiba, me da uma tristeza só de saber como um rio tão maravilhoso e cheio de vida(mesmo com poluição) pode ser descuidado, meus avos e meu pai sempre me fala de jornadas no passado de grandes peixes como a piava, dourados, piabanhas,etc!!!
E hoje em dia se não me engano a bandeirantes faz um projeto em nosso rio, só na região do vale do paraiba aqui no estado de SP, mas mesmo assim parece que a poluição nao diminui ou então não mostra muita diferença, sei que ainda há alguma preservação melhor em Guararema, mais a minha intenção seria valorizar o que temos de melhor em nossa região.
Vejo excursões indo para a Argentina, Paraná e outros lugares e as pessoas com intenções de capturas que poderiam ser feitas aqui mesmo no "quintal de casa", sei que uma andorinha não faz verão , porem sei tambem que tem muitas pessoas que tem o mesmo pensamento que o meu que é simples! VALORIZAR o que temos aqui!!!
Não temos muita estrutura no circuito do rio para receber pescadores de fora, mais talvez um programa de TV aqui ou outra coisa do tipo que faça expadir que o nosso rio Paraiba tem muita vida, e faça atrair a atenção da preservação de quem vive proximo e tambem o acolhimento de quem se interessa pela pesca.
Esse é o meu modo de pensamento!!!
Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Velho Rio Paraíba do Sul, que tantas saudades me dá. Pesquei muito nesse rio, de 1980 a 1985, e nessa época, o que abundava em Tremembé eram os lambaris e os mandis, seguido dos piaus vermelhos. Pescava nas cercanias da ponte, e até nela mesma, sempre cheia de pescadores de piaus. Nessa época, piabanha era muito rara e dourado, uma lenda. Tenho vontade de passear de novo por Guararema, onde certa vez quando jovem presenciei uma pescaria de piaus muito rendosa. Foi quando vi a técnica de pesca com banana, muito curiosa e rendosa.biggrin.gif

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou acompanhando o topico, e é realmente uma pena que a pesca neste rio segue a ser dulvidosa até por parte da população que margeia o dito rio, pois era oque eu ouvia dos pescfadores em guararema ( eu tinha freguesia em guararema ) sempre que acabava o serviço cedo, dava uma passadinha perdo da ponte pra converssar e ver como andavam as pescarias, eu sempre ouvia dos pescadores que naquele rio quase não havia mais dourados e devido a poluição nem as piabanhas eram " consumiveis ". Uma pena, mas lendo o relato do nosso grande Bomediano, ve-se que acoisa é uma pouco diferente ( graças a deus rsrsrsrs) .

Bomediano, poderia me indicar algumas isca artificiais que podem ser usadas ali nas proximidades de Guararema.

Abraços !!!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aproveitando mais uma vez do conhecimento do amigo e como alem de ser uma curiosidade minha a tempos, tem a ver com o topico, gostaria de saber se tem alguma possibilidade tambem da captura dos surubins do Paraiba, porque li a algum tempo um materia sobre a extinção dos surubins do paraiba e repeixamentos juntamente com as piabanhas!!!

talvez não seja a modalidade modalidade de pesca que eu prefira no momento, eu prefiro com artificiais, que eu acredito que quase nao se utilize para a pesca de surubins, porem seria interessante para o meu conhecimento e repassar á quem interesse...

Na verdade, cada vez que eu passo na ponte do rio paraiba, me da uma tristeza só de saber como um rio tão maravilhoso e cheio de vida(mesmo com poluição) pode ser descuidado, meus avos e meu pai sempre me fala de jornadas no passado de grandes peixes como a piava, dourados, piabanhas,etc!!!

E hoje em dia se não me engano a bandeirantes faz um projeto em nosso rio, só na região do vale do paraiba aqui no estado de SP, mas mesmo assim parece que a poluição nao diminui ou então não mostra muita diferença, sei que ainda há alguma preservação melhor em Guararema, mais a minha intenção seria valorizar o que temos de melhor em nossa região.

Vejo excursões indo para a Argentina, Paraná e outros lugares e as pessoas com intenções de capturas que poderiam ser feitas aqui mesmo no "quintal de casa", sei que uma andorinha não faz verão , porem sei tambem que tem muitas pessoas que tem o mesmo pensamento que o meu que é simples! VALORIZAR o que temos aqui!!!

Não temos muita estrutura no circuito do rio para receber pescadores de fora, mais talvez um programa de TV aqui ou outra coisa do tipo que faça expadir que o nosso rio Paraiba tem muita vida, e faça atrair a atenção da preservação de quem vive proximo e tambem o acolhimento de quem se interessa pela pesca.

Esse é o meu modo de pensamento!!!

Obrigado

Grande Raphael,

Surubins-do-paraíba ainda são raros, muito raros! Todavia, alguns já vêm sendo capturados pelos pescadores de barranco, na represa do Jaguari (Igaratá). Curiosamente, fui, muito orgulhosamente, uma espécie de pivô nos procedimentos de recuperação deste peixe na nossa região, pois na época eu fazia parte da equipe da extinta revista Troféu Pesca e lá lancei o pedido para quem soubesse onde encontrar exemplares deste peixe, que nos informasse para que a equipe da estação de piscicultura de Paraibuna, com quem eu já havia combinado para tanto. Assim, um pescador de Juiz de Fora conhecido por Ted, não só nos informou, como ofereceu-se para levar a equipe para capturar exemplares para trazer para tentativa de reprodução. A equipe, que só tinha alguns exemplares conservados em éter, aceitou prontamente e, numa jornada para este fim, conseguiu trazer quatro exemplares, mas apenas três sobreviveram. Fui lá, fotografei os animais e fiz uma matéria sobre o assunto que rendeu-me muitas alegrias. Algum tempo depois conseguiram a reprodução, o que consideramos uma vitória sem precedentes! Todavia, depois disso, em razão de modificação em toda a estrutura administrativa na CESP, perdemos o contato e nunca mais me informaram dos andamentos, mas hoje sei que andam liberando alevinos na represa, mas não sei se no rio, de sorte que prefiro duvidar porque não se tem notícia de capturas no rio.

A melhor isca para surubins-do-paraíba é uma ninfa de inseto, aquática, conhecida por lacraia. Fica alojada nas pedras e é até bastante fácil conseguir algumas para isca.

Engana-se quando pensa que há mais preservação em Guararema. O que ocorre é que ali, o rio chega limpo, pois acima só tem Santa Branca. E antes disso está represado, de sorte a decantar muito da poluição de Paraibuna. De Guararema para baixo a poluição orgânica campeia e torna o peixe não consumível, pelo menos, na opinião deste servidor.

Obviamente que não dá para comparar a pesca por aqui com a pesca na Argentina e no Rio Paraná, mas algum resultado sempre temos! coolio.gif

Velho Rio Paraíba do Sul, que tantas saudades me dá. Pesquei muito nesse rio, de 1980 na 1985, e nessa época, o que abundava em Tremembé eram os lambaris e os mandis, seguido dos piaus vermelhos. Pescava nas cercanias da ponte, e até nela mesma, sempre cheia de pescadores de piaus. Nessa época, piabanha era muito rara e dourado, uma lenda. Tenho vontade de passear de novo por Guararema, onde certa vez quando jovem presenciei uma pescaria de piaus muito rendosa. Foi quando vi a técnica de pesca com banana, muito curiosa e rendosa.biggrin.gif

Grande Mauricio.! Estou preparando uma surpresinha sobre esta modalidade de pesca com iscas como a banana, por exemplo. coolio.gif

Estou acompanhando o topico, e é realmente uma pena que a pesca neste rio segue a ser dulvidosa até por parte da população que margeia o dito rio, pois era oque eu ouvia dos pescfadores em guararema ( eu tinha freguesia em guararema ) sempre que acabava o serviço cedo, dava uma passadinha perdo da ponte pra converssar e ver como andavam as pescarias, eu sempre ouvia dos pescadores que naquele rio quase não havia mais dourados e devido a poluição nem as piabanhas eram " consumiveis ". Uma pena, mas lendo o relato do nosso grande Bomediano, ve-se que acoisa é uma pouco diferente ( graças a deus rsrsrsrs) .

Bomediano, poderia me indicar algumas isca artificiais que podem ser usadas ali nas proximidades de Guararema.

Abraços !!!!!!!

Grande Rafael,

Ainda hoje, a idéia dos pescadores locais segue a mesma, de escassez de dourados, mas pescando certo, verifica-se haver bons exemplares! O que ocorre é que não se dedicam à sua pesca! coolio.gif

Prefira iscas de meia-água de porte igual ou inferior ao de 10cm, tipo Flash minnow 900 e Inna 70, ambas da MS. Com isso os dourados escapam menos e você tem a vantagem de aumentar as chances com as piabanhas, que no meu modesto modo de pensar, superam os amarelos em esportividade! thumbsup.gif

Por fim, pedir a todos, que estou passando todas estas informações sempre na maior boa vontade e boa fé, de sorte que em contrapartida, anseio de que venham para cá para praticar a pesca com liberação, vez que apesar de o rio estar se recuperando, segue na fragilidade de sempre. coolio.gif

Seguindo neste honorável mister (pesca com liberação), podem seguir contando com minha ajuda! bs-aplauder.gif

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

Parceiros: www.petsEXPERT.pt