Ir para conteúdo
Pescaki.com - O seu fórum de pesca esportiva.

Entre para seguir isso  
Oscar

Para Bomediano e Gramminha - Urgente!

Recommended Posts

Serpentes ganham especial no Animal Planet nesta semana

Da Redação

Divulgação

Especial mostrará detalhes sobre as serpentes

Especial mostrará detalhes sobre as serpentes

As perigosas e misteriosas serpentes ganham especial no Animal Planet neste mês. O canal exibirá "Animais ao Ataque", de 17 a 21 de dezembro, às 21h, com episódios sobre o bicho, considerado um dos predadores mais eficazes do reino animal.

A programação começa com "A Beleza das Cobras", dia 17, que documenta detalhes e curiosidades sobre as serpentes, como o acasalamento e a maneira como atacam as vítimas. Nos outros dias, vão ao ar os episódios "Veneno de Emergência", "Austin Stevens na Índia" e "Austin Stevens na Amazônia". Para fechar, no dia 21, o canal exibe "David Attenborough Especial", com imagens de serpentes tiradas a partir de raios X, efeitos gráficos e fotografias de alta velocidade. Os episódios ganham reprise no domingo, a partir das 19h.

ANIMAIS AO ATAQUE

Especial vai ao ar no Animal Planet, de 17 a 21 de dezembro, às 21h

Reprise dia 23 de dezembro, domingo, a partir das 19h

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Serpentes ganham especial no Animal Planet nesta semana

Da Redação

Divulgação

Especial mostrará detalhes sobre as serpentes

Especial mostrará detalhes sobre as serpentes

As perigosas e misteriosas serpentes ganham especial no Animal Planet neste mês. O canal exibirá "Animais ao Ataque", de 17 a 21 de dezembro, às 21h, com episódios sobre o bicho, considerado um dos predadores mais eficazes do reino animal.

A programação começa com "A Beleza das Cobras", dia 17, que documenta detalhes e curiosidades sobre as serpentes, como o acasalamento e a maneira como atacam as vítimas. Nos outros dias, vão ao ar os episódios "Veneno de Emergência", "Austin Stevens na Índia" e "Austin Stevens na Amazônia". Para fechar, no dia 21, o canal exibe "David Attenborough Especial", com imagens de serpentes tiradas a partir de raios X, efeitos gráficos e fotografias de alta velocidade. Os episódios ganham reprise no domingo, a partir das 19h.

ANIMAIS AO ATAQUE

Especial vai ao ar no Animal Planet, de 17 a 21 de dezembro, às 21h

Reprise dia 23 de dezembro, domingo, a partir das 19h

:natal_sad: Já foi! Que pena! Mas sabemos que o Animal Planet vive de reapresentações, o que me deixa animado!

Valeu, Tio Oscar! :plamas:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu Oscar....

Assisti ontem... o programa de ontem apesar de ser ótimo... com lindas imagens... eu já tinha visto a um tempo atrás.... vamos torcer para vir alguns inéditos nesta semana...

Valeu mesmo meu amigo...

Um abração a vc....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

"A beleza das cobras?"

Gosto é gosto! :compress:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Saci... vc não gostar do bicho, ter medo, eu até entendo e respeito... eu mesmo a uns 5 anos atrás morria de medo delas.... por pura ignorância....o conhecimento só me trouxe admiração e carinho por eles....

Agora... quanto a achar bonito ??? Vc vai dizer que estes bichos são feios ?

spilotes_1989.jpg

corn_snow.jpg

25276_340.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A propósito... este Austin Steven é um xarope... não gosto dos programas dele.... ele adora fazer de conta que o bicho é muito perigoso, que está assumindo um risco enorme, etc.... acho que vai totalmente contra o espírito que deveria ter...

Bacanas eram os programas dos Steve Irwin.... sempre pautados na admiração e na desmistificação dos bichos.... sempre tratando os bichos com muito carinho....

E neste ponto tenho que dizer que o Richard Rasmussen também o faz muito bem... os programas são sempre feitos com o intuito de mostrar quão belos são os bichos... e quão importante são todos os bichos...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hoje de manhã, lembrei de voces ao ler o jornal. Na versão impressa, há mais imagens. (Folha de São Paulo)

Raras, serpentes do litoral correm riscos

Inventário inédito feito em 18 ilhas de São Paulo identifica 36 espécies, 69% delas são grupos difíceis de encontrar

Para pesquisador, a pressão humana e a presença de animais em terras privadas dificultam a preservação da biodiversidade da região

d1812200701.jpg

Jararaquinha Tropidodryas striaticeps

EDUARDO GERAQUE

DA REPORTAGEM LOCAL

Um boa parte da biodiversidade das serpentes do litoral paulista está ameaçada de extinção. O risco ocorre porque essas espécies vivem em ilhas sob pressão ambiental.

O primeiro inventário desses animais feito para 18 ilhas do Estado revelou a existência de 36 espécies de apenas quatro famílias. Deste total, 44% são consideradas "raras" e outras 25% "pouco freqüentes".

"As serpentes estão entre os animais mais perseguidos pelos humanos, pois elas podem causar inúmeros acidentes. As ilhas do litoral do Estado, em sua maioria, são habitadas por populações humanas, o que pode extinguir essas espécies sem que possamos conhecê-las", explica à Folha o pesquisador Paulo Cicchi, da Unesp (Universidade Estadual Paulista), em Botucatu. Ele é um dos autores do inventário.

O biólogo, ao lado de outros colaboradores, rastreou todas as coleções herpetológicas (de serpentes) existentes no Sudeste do Brasil.

E, além disso, coletou espécies na natureza em 11 ilhas. Entre os locais estudados estão áreas bastante conhecidas, como ilha Anchieta e ilha de São Sebastião (do arquipélago de Ilhabela), ambas no litoral norte; ilha de Santo Amaro (onde está o Guarujá), além de Cananéia e ilha do Cardoso, ambas situadas no litoral sul.

Em Bertioga, na ilha do Monte de Trigo, os pesquisadores não conseguiram encontrar nenhuma espécie. Dados levantados no local indicam que elas foram exterminadas pela ação humana.

"Muitas dessas áreas são zonas privadas, o que dificulta bastante a conservação", explica Marcelo Duarte, do Instituto Butantan de São Paulo, outro autor do inventário, que foi publicado na revista "Biota Neotropica". Das 18 áreas de estudo, apenas três têm zonas sob proteção ambiental.

No caso, por exemplo, das ilhas de Queimada Grande e de Alcatrazes, apesar de as espécies jararaca ilhoa e jararaca alcatrazes serem exclusivas dessas regiões, além de abundantes, elas não estão livres de desaparecer.

"Pela vulnerabilidade desses dois locais, as serpentes que vivem nessas ilhas já estão sob perigo de extinção", avisa Cicchi, pesquisador da Unesp.

Cobras à vista

Apesar do quadro preocupante da biodiversidade das serpentes paulistas que vivem em ilhas, os pesquisadores conseguiram ampliar a ocorrência de 13 espécies com esse novo estudo. "Neste caso, os animais nunca haviam sido identificados nas ilhas, apenas no continente", afirma Duarte.

A coral-verdadeira, pelo inventário, é a espécie mais comum nas ilhas paulistas. Do total de grupos catalogados pela pesquisa, 31% foram classificados como freqüentes.

Segundo Cicchi, pesquisadores no mundo todo, hoje, tentam entender por que as ilhas são ambientes muito vulneráveis. E, a partir do conhecimento sobre quais plantas e animais existem nesses locais, será mais fácil preservar a biodiversidade dessas regiões.

"Ninguém entende que a maioria das serpentes é inofensiva e não causa riscos. E, além disso, elas são importantes tanto do ponto de vista biológico, quanto utilitário."

O pesquisador do Butantan lembra que hoje o veneno de algumas cobras tem sido usado pela medicina.

"No caso da floresta, como grande parte das serpentes se alimenta de anfíbios, elas são fundamentais para a manutenção da cadeia alimentar."

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Serpentes, na modesta opinião deste caipira, são os animais mais fantásticos que a Natureza criou. Sem membros, conseguem se locomover melhor e mais rápido que a maioria dos outros animais; conseguem capturar, matar e comer (na verdade só podem engolir) presas enormes, sem ter meios de partir, quebrar, ou facilitar, de alguma maneira o alimento. Capacidade formidável, notadamente para aquelas que não possuem peçonha. Estas, as que contêm peçonha, por sua vez, são verdadeiras máquinas de matar, pois não dotadas de membros, nem força necessária para conquistar animais espertos e rápidos, tinham de possuir alguma compensação. E que compensação!

Não se lhes bastassem apenas estas capacidades, as serpentes foram ainda premiadas pela Mãe Natureza por padrões de cores espetaculares, únicas, no reino animal. Apenas o ser humano é que vem atribuir-lhes a injusta fama de asquerosas e de vilãs da Natureza, quando na verdade, não são nada disso.

Ô bicho danado de bonito! :natal_w00t:

Bem interessante a notícia, Mirandez! Valeu! :natal_w00t:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...