Ir para conteúdo

Lago abandonado...peixes bem ariscos!!


Recommended Posts

Ola amigos pescadores!!

Descobri um lago nas proximidades que está abandonado a muitos anos e está bem selvagem!

Da para ver alguns cardumes passeando e fica muito peixe na superficie!

Te muita moita e arvore entrando no lago.

Os peixes que já vi, confirmados, são tilapias, uma ou outra carpa e muito caborja (Tamoatá) , com certeza deve ter traira...

O fato é que já tentei isca de superficie, meia agua, spinner...

Hoje a tarde vou tentar minhoca artificial no texas rig e spinnerbait...

Se conseguir tiro foto do lago e posto!

O que vocês recomendam para tentar de isca, pode ser na linguiça mesmo...hehehehe...pois já to ficando nervoso de ver os bichos passeando na superficie e a isca atropelar eles e nada!!!!

Alguem já pescou esse caborja? Parece ser um bagre...qual isca será que dá para tentar?? Minhoca? Pão? Tentar acostumá-los na ração?

Qualquer ajuda é bem vinda!!!

Abs!!!

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

cARA bOA TARDE

tenta minhoca natural, mesmo...

pq as veses da bem mais resultado do que AL.

experimenta varias massas e talz... e leva umas isquinhas....

o negocio é tentar ants d estressar =)

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como vc já tentou as artificiais e AINDA não bateu nada, eu partiria agora para as minhocas naturais, talvez tentar as massas também como citou o Juliano, e massas são várias no mercado, alguma vai dar resultado.

Mas acho que a minhoca pode servir pra qualquer uma dessas espécies que vc citou. Só não sei pra esse caborja, pq nunca pesquei isso. Mas pensando pelo lado que se parecem com bagres, acho que a minhoca pode funcionar sim.

Mas claro, como estou me viciando nas artificiais, insistira com elas. Arma algumas varas com as naturais e parte pro pincho tb!! Quero ver a hora que engatar dois ou 3 peixes ao mesmo tempo... :assobiando:

Boa sorte! :D

Abraçoo

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma vez um colega meu foi pescar num lago bem inóspito onde não tinha vestígio de pessoas que freqüentava o local.

Nunca mais vou em lugar assim disse o meu colega!

Pois ele e toda a sua família pegou carrapato de capivara e outros tipos de bichos por todo o corpo,até naquele lugar onde o sol não bate.

Até hoje todos tem marcas e cicatrizes pelas mordidas.

É muito legal esses tipos de locais meio selvagem,mas é bom sempre tomar muito cuidado.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

boa e velha minhoca.

mas insista na artifical que pelo menos traira vai entrar.

esperimente dias nublados, as veses os peixes costumam ficar menos ariscos.

trabalhe bem lento, deve ter muita comida pra traira elas ficam preguisosas.

boa sorte

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenta cevar as tilapias com pão, use molinete e amarre só o anzol na linha , Nada de chumbos ou boias, isque um pedaço de pão bem compactado e tente arremeçar.

Quanto as artificiais, faça um trabalho beeem lento, paralelamente às estruturas.

siga tambem as dicas dos amigos acima que parecem tambem bem produtivas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola amigos pescadores!!

Descobri um lago nas proximidades que está abandonado a muitos anos e está bem selvagem!

Da para ver alguns cardumes passeando e fica muito peixe na superficie!

Te muita moita e arvore entrando no lago.

Os peixes que já vi, confirmados, são tilapias, uma ou outra carpa e muito caborja (Tamoatá) , com certeza deve ter traira...

O fato é que já tentei isca de superficie, meia agua, spinner...

Hoje a tarde vou tentar minhoca artificial no texas rig e spinnerbait...

Se conseguir tiro foto do lago e posto!

O que vocês recomendam para tentar de isca, pode ser na linguiça mesmo...hehehehe...pois já to ficando nervoso de ver os bichos passeando na superficie e a isca atropelar eles e nada!!!!

Alguem já pescou esse caborja? Parece ser um bagre...qual isca será que dá para tentar?? Minhoca? Pão? Tentar acostumá-los na ração?

Qualquer ajuda é bem vinda!!!

Abs!!!

Bem vamos lá.

Primeiro detalhe é que sendo um local de fato abandonado, os peixes estarão muito ariscos a qualquer fato não comum ao local. Ou seja desde sua sombra na água, barulhos estranhos na água, conversa etc, ainda mais se tratando das tilápias.

Falando em artificiais podemos riscar as carmas, e consequentemente os caborjas, não que não possa acontecer um ataque, mas dificilmente.

As tilápias precisam de apresentação discreta da isca, quanto mais suave melhor, por isso usar o fly seria mais interessante, entretanto, no bait a melhor opção é arremessar longe do bando, com linha o mais "invisível" a elas, e ao recolher passar por elas. Acredite, no arremesso a isca no ar passar em cima do bando pode ser suficiente para espantar ( testado na prática várias vezes )

Claro que tal lugar deve ter traíras então arremessos próximos as estruturas são boas pedidas.

Se tratando em técnicas com iscas naturais.

Para as tilápias vale novamente a "lei do silêncio" e nada de vultos na água, para todos os peixes fazer uma ceva em um ponto fixo com um saco cheio de milho e varredura é uma boa, ainda mais se puder deixar no local e assim que a ceva acabar trocar por uma nova. Nas iscas iria desde massas, bichinho da laranja, minhocas, ou capim oriundo do local, Lembre-se as tilapias "pastam"

Para as carpas novamente, massas.

Os caborjas são um pouco chatos para pescar, embora sempre pegamos vários no banhado pescando tuvira, usando basicamente minhoca ou filézinho de peixe, tem uma carne bem amarela e saborosa, porém uma couraça bem grossa, a qual retiramos para fritar.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

você precisa tomar cuidado com esses lagos abandonados... vai que aparece alguém com uma espingarda ai já viu nê. :2guns: :2guns: :2guns: :2guns: boa sorte.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

você precisa tomar cuidado com esses lagos abandonados... vai que aparece alguém com uma espingarda ai já viu nê. :2guns: :2guns: :2guns: :2guns: boa sorte.

é, tiro de sal na bunda não deve ser muito agradavel não ein

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa rapaziada!!!

Muito obrigado por todas dicas!!! Pelo que pude analisar no geral, o ideal é partir para a velha e boa minhoca na varinha de mão!!!

Fora isso vou tentar cevar um lugar especifico com milho e também com ração...quem sabe acostumá-las com ração!!

Ja nas artificiais vou investir um pouco em softs, pois é mias chance de sair traira e também algum bagre na sorte!!!

Ah...rs...e o pessoal falou uma verdade tb!! A segurança!! To indo pescar de bota, certeza de cobra e sempre dou uma analisada para ver se estou sozinho...vai saber né!!

Vou tentar postar umas fotos do lugar!!

Muito obrigado a todos pelas dicas até agpra e as que vierem serão bem vindas!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 years later...
Em 29/10/2012 at 11:33, Adriano C. de Freitas disse:

Ola amigos pescadores!!

 

Descobri um lago nas proximidades que está abandonado a muitos anos e está bem selvagem!

 

Da para ver alguns cardumes passeando e fica muito peixe na superficie!

 

Te muita moita e arvore entrando no lago.

 

Os peixes que já vi, confirmados, são tilapias, uma ou outra carpa e muito caborja (Tamoatá) , com certeza deve ter traira...

 

O fato é que já tentei isca de superficie, meia agua, spinner...

 

Hoje a tarde vou tentar minhoca artificial no texas rig e spinnerbait...

 

Se conseguir tiro foto do lago e posto!

 

O que vocês recomendam para tentar de isca, pode ser na linguiça mesmo...hehehehe...pois já to ficando nervoso de ver os bichos passeando na superficie e a isca atropelar eles e nada!!!!

 

Alguem já pescou esse caborja? Parece ser um bagre...qual isca será que dá para tentar?? Minhoca? Pão? Tentar acostumá-los na ração?

 

Qualquer ajuda é bem vinda!!!

 

Abs!!!

Olá amigo,em lago em rio tanto faz, vc só tem que saber ou imagina oque os peixes estão comendo, se é um lago que ninguem trata com certeza os peixes maiores estão comendo os menores e os menores estão comendo pequenos insetos larvas ovos de outros peixes etc.então tente pescar os grandes com iscas do proprio peixe, para os pequenos peixes e grandes, minhoca tripa de galinha muela figado boi, o importente vc saber é oque eles estão comendo e fazer uma isca do mesmo,att boa pescaria

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 years later...
  • 3 weeks later...

O tópico é muito agradável pelas excelentes dicas e espero agregar algo, ainda que seja apenas uma opinião.

A dica confirmadamente eficiente de se pescar no fundo com massinha mole pode ser melhorada ao utilizarmos o cestinho (feeder) com ração farinhenta, após o anzol ou chuveirinho, a chances de pegar um peixe grande aumentam muito, é que os pequenos lambaris se ocupam do farelo, dando tempo de chegar os grandes na ponta.

Quanto a dica citada de se usar anzóis perquinismos e fortes com líder de fluorcarbono, com certeza é muito eficiente para as tilápias, que são muito "treiteiras", esta técnica melhora muito quando utilizada na lua nova (lua escura), claro, cuidados com animais peçonhentos. 

Qual será a ultima solução com pesca de anzol?

Com certeza, já passei pela mesma experiência do colega criador deste post, como estou interessado no instinto predador dos peixes, o dia escolhido para a pesca será o terceiro dia após a lua cheia, em algum espaço entre os meses de março/abril (sudeste), que antecede as datas costumeiras das frentes frias com pelos menos dois de antecedência, o famoso mormaço, mas jamais pode ser no dia anterior a chuva da frente fria, o adia anterior a pressão já está totalmente variada e os peixes inertes ou nos meses de setembro, com a vinda do calor e das chuvas tropicais, após o inverno, pois bem, conhecidas estas datas e tempos, peça alguém parta ir roçar no período matutino, bem cedinho, a lateral da lagoa por toda a extensão,  claro, se for viável e não crime ambiental, este será então, o primeiro dia após a lua cheia, vou explicar o porquê desta "solução".

A lagoa em questão, como descrita, é isolada, geralmente a alimentação é escassa e há predominância de canibalismo conforme citaram, as trairás matriarcas já ocupam por longa data os espaços e as pequenas vivem escondidas e assutadas, as tilápias, como já disseram, ao silêncio e também a escassez, desenvolvendo os hábitos de predadoras de peixes menores como lambaris e insetos, porém, em apenas em pouco tempo de uso da roçadeira, os ninhos e muitas tocaias das traíras nas vegetações são destruídos e é jogado para dentro da lagoa todo o alimento vegetal e proteínas de insetos, os peixes já ativos pela lua cheia e dotados de muita fome, se esbanjam, as tilápias ficam frenéticas, os lambaris perdem a formação em bando se aventuram por todo o território, as tariras menores se esquecem de quem mandam na lagoa, é muita ostentação para as traíras antigas no poço, uma verdadeira insolência contra aquelas que dominavam e evidente que furiosas, vão morder tudo o que encontrarem pela reta e em tese, teremos muitas ações na artificial.

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...