Entre para seguir isso  
Junior Sergipe

Como é pescar uma arraia?

Recommended Posts

Pessoal, minha linha já ficou presa algumas vezes pescando em praias, em alguns locais havia vegetação de mangue e acredito que possa ter prendido em algum toco submerso, mas em outros não parecia haver qualquer coisa para a linha prender, mesma assim ao recolher, a linha estava presa, tendo como solução puxar a linha até partir.

Lendo em algum lugar sobre arraias vi que elas se enterram depois de fisgadas, então será se em alguma dessas linhas que partir poderia ter uma arraia? Ou ela se mexeria ao puxar a linha com muita força? Da para confundir um enrosco com uma arraia fisgada ou estou viajando?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que da pra confundir sim, apesar de eu nunca ter pescado uma, é o que dizem.

Assim como quando um badejo entoca, tem que ficar com a linha beeem tensionada, as vezes por varios minutos, e ao menor sinal de movimento, puxar o bixo com força, já vi videos de pesca com arraia que é a mesma coisa, parece que a linha engatou numa pedra.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Elas costumam dar uma pequena corrida antes de tentarem se enterrar na areia. E, de tempos em tempos, outra corrida. Quer dizer, dá para diferenciar de toco.

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Elas costumam dar uma pequena corrida antes de tentarem se enterrar na areia. E, de tempos em tempos, outra corrida. Quer dizer, dá para diferenciar de toco.

Isto mesmo, quando fisgada ela dá uma boa corrida,"descansa" e toma linha de novo, uma de bom porte com certeza vai proporcionar uma boa briga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dependendo do tamanho da arraia da pra confundir sim. Mas uma coisa que diferencia é que elas puxam assim que pegam a linha e depois enterram. Então se você estiver com a vara na mão da pra ver se foi peixe. O mesmo acontece com garoupas e badejos. Eles também quando fisgados procuram estruturas e depois parece que está enroscado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ela fisga igual a peixe, só que o tranco bem mais pesado porque elas tentam se enterrar na areia, mas eu garanto que estranho é fisgar um jabuti!! kkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aprendi com o grande Roberto Carlet que para fazer a raia se soltar ta um estalo na linha estigada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já vi um amigo engatar uma raia numa pesca de traineira ele brigou com ela ±30 minutos e é bem assim ela corre e para ai se forçar muito pode arrebentar a linha e do nada a linha afrouxa um pouco ai vc pucha novamente, pareceu ser bem legal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fora o fato daquelas de rabo mais curto serem muito boas de comer. Igual cação.

Ou vcs acham que as muquecas que comem na maioria dos restaurantes é de quê??? kkkkkk

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

provavelmente o que esta acontecendo é que o chumbo esta enterrando na areia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

provavelmente o que esta acontecendo é que o chumbo esta enterrando na areia

Se o que está ocorrendo é nao tomar pancada de peixe, mas o chicote ficar preso...Concordo com o Matheus.

Apenas faço a ressalva de que alguns tipos de chumbada são mais propensos a se enterrarem e nao saírem com facilidade.

(ver tipos de chumbada em http://www.pescadepraia.com/chumbada.htm)

Aqui no RJ (Cabo Frio, Recreio, Barra da TIjuca, etc) , a chumbada que mais faz isso acontecer é o triângulo côncavo. Quando o mar está muito agitado, é quase certo que, em 5 minutos, já enterrou na areia e não sai não... Já perdi uns 4 empates em um só dia... E quanto maior a chumbada desse tipo, mais difícil de tirar...

Qd troco para carambola, por exemplo, mesmo que ele enterre a gente consegue soltar. Mas com esse tipo de chumbada o chicote também dificilmente fica parado em um só ponto. A correnteza leva com facilidade. São as manhas da pesca de praia...

Aproveitando o tópico, aqui no Rio nunca consegui encontrar aquele modelo com garras. Dizem que ele consegue se fixar na areia, com a vantagem de ser aerodinamico e nao enterrar como o triângulo. Alguems sabe onde posso encontrar esse modelo?

ABs cariocas,

Amadeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amadeu temos que fazer algumas considerações, as chumbadas com garra podem ser mais aerodinâmicas, mas não podem ser colocadas na areia na hora dos arremessos e vc vai precisar de linhas mais grossas para desarmá-la. Não acho que as chumbadas pirâmidais sejam mais eficientes que alguns outros modelos, por exemplo, o pião.

Abçs,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amadeu temos que fazer algumas considerações, as chumbadas com garra podem ser mais aerodinâmicas, mas não podem ser colocadas na areia na hora dos arremessos e vc vai precisar de linhas mais grossas para desarmá-la. Não acho que as chumbadas pirâmidais sejam mais eficientes que alguns outros modelos, por exemplo, o pião.

Abçs,

Vladimir,

obrigado pela resposta... Mas tenho várias dúvidas.. Não entendi a parte de que as chumbadas de carra nao podem ser colocadas na areia na fhora dos arremessos... Como assim? Vc quer dizer que o chumbo não deve ficar encostado no chão na hora do arranque, é isso? Se for esse o caso, porque não podem encostar no chão? :headstars:

Também nao entendi o termo "desarmar" a chumbada de garras... Essas garras não são fixas?

Me desculpe a curiosidade, mas é que nunca vi em loja e nem manuseei tais chumbadas. Entretanto, queria muito entender como elas funcionam.

Em relacao à chumbada pião, elas agarram tão bem como as pirâmides na areia? :blink:

Eu pensei que, por conta das arestas da pirãmide, elas resistissem melhor ao arrasto e "agarrassem" melhor na areia do que a pião, que é arredondada. Aliás, essa me parece ser a opinial da maior parte dos pescadores... Por conta dessa "verdade" imperante, eu nunca sequer tinha cogitado de usar um chumbo modelo pião para pescar na praia.

Por isso que eu gosto desse forum. Dá a chance de aprender sempre mais.

Aguardo os esclarecimentos, e OBRIGADO pela paciência.

Abs cariocas,

Amadeu

PS - Ah, em tempo - vc concorda que o que deve estar acontecendo com o nosso colega (Junior Sergipe) é mesmo a chumbada enterrando na areia?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vladimir,

obrigado pela resposta... Mas tenho várias dúvidas.. Não entendi a parte de que as chumbadas de carra nao podem ser colocadas na areia na fhora dos arremessos... Como assim? Vc quer dizer que o chumbo não deve ficar encostado no chão na hora do arranque, é isso? Se for esse o caso, porque não podem encostar no chão? :headstars:

Também nao entendi o termo "desarmar" a chumbada de garras... Essas garras não são fixas?

Me desculpe a curiosidade, mas é que nunca vi em loja e nem manuseei tais chumbadas. Entretanto, queria muito entender como elas funcionam.

Em relacao à chumbada pião, elas agarram tão bem como as pirâmides na areia? :blink:

Eu pensei que, por conta das arestas da pirãmide, elas resistissem melhor ao arrasto e "agarrassem" melhor na areia do que a pião, que é arredondada. Aliás, essa me parece ser a opinial da maior parte dos pescadores... Por conta dessa "verdade" imperante, eu nunca sequer tinha cogitado de usar um chumbo modelo pião para pescar na praia.

Por isso que eu gosto desse forum. Dá a chance de aprender sempre mais.

Aguardo os esclarecimentos, e OBRIGADO pela paciência.

Abs cariocas,

Amadeu

PS - Ah, em tempo - vc concorda que o que deve estar acontecendo com o nosso colega (Junior Sergipe) é mesmo a chumbada enterrando na areia?

Amadeu abaixo uma imagem que mostra a chumbada de garra armada e desarmada:

20100619052245chumbada%20de%20garrA.JPG

Créditos da imagem para Pontal da Pesca (Recife).

Se vc for arrastá-la na hora do arremesso ela ira desarmar, ou vc arremessa com ela no ar ou no máximo com a base apoiada na areia e faça o arremesso no estilo machadada. O outro problema é na hora de desarmá-la depois de algum tempo na água, vc vai precisar usar uma linha mais grossa, caso contrário não irá conseguir e dificilmente vai recolher.

Com relação ao Junior Sergipe é difícil saber, mas pode ser que realmente a chumbada esteja enterrando, ou também pode ser cobra ou enguia, elas se enterram na areia.

Abçs,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu leio esses tópicos de PdP e cada vez, fico impressionado com a quantidade de coisa que não sei...

Antigamente(muito :bag: ), eu pescava na praia com uma vara de fibra de vidro de 1,50m com cabo de madeira (madeira mesmo) e que pesava 1 tonelada mais ou menos. Somando a esse peso todo, tinha um molinete super paoli (pra quem não conhece, é 99,99% de metal), com um carretel profundo e curto. Usava linha mono 0,50mm. Entrava no mar com a água até o pescoço pra conseguir arremessar. As vezes, arremessava naqueles buracos mais próximos da margem aonde tinha as plaquinhas dos bombeiros.

A ironia, é que mesmo com esse equipamento todo errado, eu pegava muito peixe(e siri também). Quando entrava um Pampo, era uma alegria só. Betaras eram comuns. Ocasionalmente entrava algum robalinho. Isso já tem mais de 20 anos...

Talvez a pressão de pesca tenha acabado com todos esses peixes que eu conseguia pescar (mesmo pescando errado) e por isso, tenha perdido a vontade de praticar a PdP.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu nunca fisguei uma.

Mas meu pai sim. Ele também disse que é estranho.

Em rio de água doce também tem muito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Elas costumam dar uma pequena corrida antes de tentarem se enterrar na areia. E, de tempos em tempos, outra corrida. Quer dizer, dá para diferenciar de toco.

:bs-aplauder: :bs-aplauder: :bs-aplauder:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A primeira a gente nunca esquece...Mas, depois fica um uma briga muito chata.

IMG_1590-1-1-1.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá galera !

semana passada estava pescando na praia do Engenho - Ubatuba. é uma praia rasa sem ondas nem marolas.

não tava dando nada só duas estrelas do mar rsss. nem beliscava um tédio só. num dos recolhimentos para ver se ainda

tinha isca a linha estava pesada e depois de recolher muitas voltas no mollinete, que acredito estava na metade do caminho

a linha "afundou" de vez e "enroscou". não teve tranco nem corrida nem sinal algum de peixe.

pensei ser então uma arraia. pois bem, fiquei com a linha bem esticada por quase 1h e nada. tentei soltar e ver se mexia e

nada. encheu o saco e resolvi esticar ao máximo linha multi 0,33mm e soltou o nó do girador do chicote ou partiu ali mas sem muito tranco.

a primeira pergunta é: na dúvida de ser arraia, depois que ela finca na areia a melhor técnica é manter muito esticada, esticar e soltar dando trancos ou deixar frouxa

e esperar pra ver se mexe ? pela descrição, linha vinha pesada como que arrastando um peso, poderia ser mesmo arraia ?

a segunda pergunta : já que a praia não tem ondas nem marolas, qual o melhor lugar para arremessar ?

valeu !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá galera !

semana passada estava pescando na praia do Engenho - Ubatuba. é uma praia rasa sem ondas nem marolas.

não tava dando nada só duas estrelas do mar rsss. nem beliscava um tédio só. num dos recolhimentos para ver se ainda

tinha isca a linha estava pesada e depois de recolher muitas voltas no mollinete, que acredito estava na metade do caminho

a linha "afundou" de vez e "enroscou". não teve tranco nem corrida nem sinal algum de peixe.

pensei ser então uma arraia. pois bem, fiquei com a linha bem esticada por quase 1h e nada. tentei soltar e ver se mexia e

nada. encheu o saco e resolvi esticar ao máximo linha multi 0,33mm e soltou o nó do girador do chicote ou partiu ali mas sem muito tranco.

a primeira pergunta é: na dúvida de ser arraia, depois que ela finca na areia a melhor técnica é manter muito esticada, esticar e soltar dando trancos ou deixar frouxa

e esperar pra ver se mexe ? pela descrição, linha vinha pesada como que arrastando um peso, poderia ser mesmo arraia ?

a segunda pergunta : já que a praia não tem ondas nem marolas, qual o melhor lugar para arremessar ?

valeu !

Anibal é muito difícil ter certeza se realmente era uma raia, pois dificilmente elas num primeiro instante deixam de mostrar a sua valentia, o que faz ser nitidamente notado que estamos com algo fisgado!

Simplesmente vir trazendo algo que está exigindo muito esforço, não quer dizer que seja um peixe. A pesca é como a nossa vida, requer vivência de situações e isso só é possível praticando, não dá para ficar fazendo suposições! :unsure:

Quanto ao trabalho, ele deve ser de acordo com o material (caniço, molinete, linha, anzol e etc.) que eu estou utilizando. Se for resistente eu vou tentar forçar, mas se não for o melhor a opção é tentar afrouxar a linha, se realmente for uma raia, depois de algum tempo ela vai querer correr novamente.

Praia sem onda, mas funda, sempre vou começar fazendo arremessos curtos, explorando o primeiro canal que costuma ser bem próximo, se for rasa e estou buscando algo melhor, já saio de meia água e vou esticando gradativamente. Procure visualizar alguma coisa, tais como, movimento na superfície, aves marinhas e etc.

Sinceramente não gosto de pescar em praias assim, quero saber ou tentar descobrir os melhores locais para realizar os arremessos, exatamente analisando o movimento das ondas.

Uma praia parecida com esta que vc esteve é a Santa Rita, que fica entre o Lázaro e Pereque-mirim. Outra é a Mococa em Caraguatatuba, nessas praias, onde eu já pesquei muito no passado, funcionava bem a técnica de arremessos médios e curtos durante a enchente, reponto e começo da vazante das grandes marés, que ocorrem nas luas novas e cheia.

Abçs,

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom na verdade eu fui nessa praia pra relaxar com a familia mas imagina se a tralha de pesca num vai junto rsss

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom na verdade eu fui nessa praia pra relaxar com a familia mas imagina se a tralha de pesca num vai junto rsss

Com certeza, mas quando minhas filhas eram pequenas eu sempre procurava tentar unir o útil ao agradável.

Minha esposa sempre me acompanhou e nessa época era necessário um revezamento, já que elas são gêmeas. E assim foi até elas ficarem maiores.

Elas viram e acompanharam muitas coisa bacana, que inclusive fez que elas fizessem técnico em meteorologia e graduação em engenharia ambiental!

Com certeza o apoio e a companhia da esposa sempre fizeram a diferença, já que sempre estávamos os quatro na praia, desfrutando de tudo que ela poderia nos propiciar!

Por isso é que no meu modo de ver, não existe nada igual a PdP em se tratando de pesca! :joia:

Abraços,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já peguei muita arraia na vida, hoje eu torço que uma não venha brigar na ponta das minhas iscas. Até de artificial já peguei arraia pelo asa, dá uma trabalheira danada e perde-se muito tempo. Deixa as bichinhas voarem pelo fundo do mar. Uma vez engatei uma arraia, nem cheguei a ver, tomou toda a minha linha 0,80, chegou a fim do molinete e arrebentou a linha. A impressão que eu tive é que ela nem sabia que esta enganchada no anzol, parecia que tinham amarrado a linha da minha vara na trazeira de um jeep, ela nem desviou ou deu aquela arracada característica, só saiu lentamente mar a dentro, e eolhem que eu estava na arreia da praia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 26/11/2014 12:57:32, JFlavio disse:

Já peguei muita arraia na vida, hoje eu torço que uma não venha brigar na ponta das minhas iscas. Até de artificial já peguei arraia pelo asa, dá uma trabalheira danada e perde-se muito tempo. Deixa as bichinhas voarem pelo fundo do mar. Uma vez engatei uma arraia, nem cheguei a ver, tomou toda a minha linha 0,80, chegou a fim do molinete e arrebentou a linha. A impressão que eu tive é que ela nem sabia que esta enganchada no anzol, parecia que tinham amarrado a linha da minha vara na trazeira de um jeep, ela nem desviou ou deu aquela arracada característica, só saiu lentamente mar a dentro, e eolhem que eu estava na arreia da praia.

desculpe perguntar, você viu a arraia ? que tamanho era ? tartaruga faz exatamente isso, sai nadando devagar e nem se importa...rsss

tem um vídeo no youtube onde o cara tira uma jamanta na praia ! acho que precisa ser um monstro de arraia e mesmo assim,

naquele programa "monstros do rio" apesar de ser em água doce o cara conseguiu tirar uma de 2m de diâmetro.

agora tartaruga sempre ouvi que leva tudo embora mesmo e se tiver certeza que é uma

é melhor cortar a linha e não perder todo o carretel.

 

espero pegar uma de uns 20kg-30kg, vai dar várias moquecas deliciosas !

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

Parceiros: www.petsEXPERT.pt