Entre para seguir isso  
Wesker 00

Montagem de equipamento

Recommended Posts

Seguinte galera, uso molinete e uma vara de 1,10 m e gosto de pescar tilápias em pesqueiros... O problemas eh que estou tento dificuldade pra fisgar elas, não sei se eh falta de jeito ou algo assim... Mas então a dúvida minha é a seguinte: Usar ou não chumbada ? Solta ou grudada na linha ? Porque elas ficam a uns 10-12 m no lago, bem no meio...ah e Massa pronta eh a melhor ou ração na pinga ? Me ajudem pfvr galera... 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Wesker 00 disse:

Seguinte galera, uso molinete e uma vara de 1,10 m e gosto de pescar tilápias em pesqueiros... O problemas eh que estou tento dificuldade pra fisgar elas, não sei se eh falta de jeito ou algo assim... Mas então a dúvida minha é a seguinte: Usar ou não chumbada ? Solta ou grudada na linha ? Porque elas ficam a uns 10-12 m no lago, bem no meio...ah e Massa pronta eh a melhor ou ração na pinga ? Me ajudem pfvr galera... 

Fala Wesker

eu particularmente nunca usei chumbo pra tilapia.

o proprio peso da massa faz o serviço......

quanto menos "coisas" na linha pra mim melhor

minha opniao

Voce pesca tilapia no fundo né? pela pergunta da chumbada, soh pra confirmar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então eu também acho isso... O problema seria arremessar no meio do lago sem chumbada... 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ola

um peixe com carne muito gostosa, ontem mesmo comemos umas. com pouco espinha e saborosa.

 

é um peixe manhoso pra pescar.

normalmente os tilapeiros fazem assim:

 

não se usa chumbada, a ração ou massa seria o suficiente.

não é preciso jogar no  meio lago. vara 3 ou 4 metros e linha neste tamanho é suficiente.

costuma-se nem usar boia. pq nao? por ser arisca qq peso (chumbada) ou até boia é o suficiente pra tilapia deixar de lado isca e ir embora.

no pesqueiro ceva-se com ração e usa a raçaõ pra iscar. 

nas represas terá ceva-se, se possivel antes da pescaria pra garantir sucesso.

tilapia nem sempre puxa, - costuma as vezes ficar mamando, por isso se ela percebe peso (chumbada, boia) ela desistir

terá que ficar de olho, aprender momento certo da fisgada certeira, por erros e acertos. com sua aprendizagem.

em pesqueiro com tilapias de bom tamanho, uns 900 a 1.5kg terá boa diversao e carne muito boa pra ser comer.

 

ja ja outros tilapeiros darão seus comentarios.

 

boa pescaria!

 

:smiley-violent084:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ahh

vara lisa, telescopica, de 3 ou 4 metros é suficiente.

não se costuma usar molinete, embora tbm poderá pescar com ele.

mas, os tilapeiros colocam 4 ou mais vara e ficam à tirar.

 

:jump:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rapaz, no pesqueiro onde eu pesco tem tilápia em abundância e bem grandes, da para pescar com todas as iscas que você imaginar. Geralmente eu pego mais com salsicha ou massa, uso um chicote parecido com chicote de praia feito com linha 0,30mm, com chumbo e 1 anzol maruseigo ou chinu, o tamanho vai depender da tilápia, as vezes variar o tamanho do anzol faz toda a diferença. Aqui elas se fisgam sozinhas na maioria das vezes, quando estão muito manhosas é preciso fisga-las, mas é raro acontecer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Certo galera... Mas se eu optar por usar chumbo, coloco ele solto na linha para ele descer até o anzol ou deixo ele preso na boia ? 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 19/11/2017 at 15:16, Wesker 00 disse:

Certo galera... Mas se eu optar por usar chumbo, coloco ele solto na linha para ele descer até o anzol ou deixo ele preso na boia ? 

 

 

bom, deixe solto.

 

tem essas materia na net tbm:

 

Fonte: http://revistapescaecompanhia.com.br/fique-por-dentro/como-pescar-tilapias

 

Confira algumas técnicas de como pescar tilápias em pesqueiros Vara lisa ou caipira Essa técnica é a mais usada quando o objetivo é fisgar os peixes que se encontram mais encostados ou próximos da margem ou "borda do tanque". Podemos utilizar varas que vão de 1,20 m até 5 m. As mais usadas variam de 2,70 m a 3,60 m, por, de modo geral, apresentarem melhores resultados. A espessura da linha a ser usada fica entre 0.20 a 0.35 mm e o comprimento é geralmente do tamanho da vara. Podemos utilizar a montagem com boia (tradicional) ou sem boia, apenas com o anzol no final da linha, deixando o sistema mais sensível na hora da levada da isca. Um acessório indispensável nessa modalidade é o salva-vara, pois um pequeno descuido, e quando percebemos, a vara já está dentro da água. 

 

Dica: Existe um artifício muito simples que facilita e pode aumentar significativamente o número de capturas. Tem baixo custo e até pode ser confeccionado artesanalmente. Consiste em uma ponteira feita com cabo de aço ou até mesmo de náilon (o mesmo utilizado no encordoamento de raquetes de tênis), que facilita a visualização no momento em que as tilápias mais manhosas investem na isca, definindo a hora certa da fisgada. Veja agora como colocar a ponteira na sua vara telescópica. Passo a passo:     1- material: um pedaço de mais ou menos 15 cm de náilon ou cabo de aço, tubo termorretrátil (4 cm), linha de multi e cola instantânea;     2- enrolar a linha, fixando o nálon à ponta da vara telescópica (usar cola);     3- ajustar o pedaço de tubo termorretrátil no local para acabamento; 4- com o auxílio de um fósforo ou isqueiro, aqueça devagar para dar forma no tubo. Isso feito, a sua ponteira já está instalada e pronta para o uso. Se o náilon a ser utilizado para a confecção da ponteira for branco ou transparente, podemos pintá-lo ou tingi-lo utilizando simplesmente esmalte de unha.

Ultralight  Muitas vezes, o peixe não está próximo à margem. Então, o jeito é buscá-lo um pouco mais longe. Daí a necessidade de um material que nos proporcione alcançar uma distância maior sem perder a sensibilidade. Então optamos por uma técnica que consegue unir esses dois quesitos: a ultralight. Essa técnica é muito utilizada, principalmente na pesca de fundo e preferencialmente usando massa como isca, porém podemos variar de acordo com a percepção do que o peixe está comendo no dia. Para a pescaria se tornar mais produtiva, a vara a ser usada pode ser tanto para carretilha quanto para molinete. A libragem não deve ultrapassar 15 e a linha deve ficar entre 0.15 e 0.25 mm; assim teremos um conjunto mais sensível às investidas do peixe, e a linha mais fina, além de ficar mais discreta, também proporciona muito mais emoção e esportividade após a fisgada, transformando brigas com tilápias acima de 2 ou 3 kg em adversárias que promovem embates simplesmente inesquecíveis. Dica: Uma boa dica nessa técnica quando estamos pescando com massa é deixá-la bem macia (ponto preferido pelas tilápias ), o que acaba prejudicando o arremesso um pouco mais longo. Para que isso não aconteça e que a massa não se solte, podemos adaptar um simples anzol do tamanho utilizado, geralmente nº 5, a uma mola de chuveirinho, facilitando a sua fixação, sem perder a esportividade. Com boia Existem situações em que o peixe está se alimentando mais próximo da superfície ou na meia- água, ou até mesmo em que  o fundo do lago se encontra com muita lama, dificultando que o peixe encontre a isca. Nesses casos então podemos optar pelo uso da boia. No entanto, não devemos nos esquecer que o equipamento leve não proporciona longos arremessos, daí a razão de a   boia a ser usada não poder ser muito pesada, para não correr o risco de danificar ou até mesmo quebrar o equipamento. Além disso, o chicote não deve ser muito longo.

 

Fly caipira No caso da pesca de superfície, podemos utilizar uma técnica denominada popularmente de "fly caipira". É um sistema muito simples, mas de grande eficiência quando o peixe está acostumado a se alimentar na flor da água. A montagem consiste na utilização de um conjunto light (pode ser o mesmo da técnica anterior), com uma boia leve de aproximadamente 20 g e um chicote de linha 0.25 a 0.35 mm com 1 a 1.5m de comprimento. Não há necessidade do uso de uma boinha sinalizadora (usada na pesca com cevadeira), mesmo porque o chicote curto acaba proporcionando uma visibilidade quase que instantânea logo após a investida do peixe na isca. Uma boa opção de isca nesse caso fica por conta daquelas imitações de ração feitas com cortiça ou eva ou até mesmo a própria ração do tipo guabi, (umedecida com pinga ou essências), iscada em um anzol do tipo Tinu nº 5 ou 6 e de cor preta, pois ficam bem discretos e costumam perfeitamente dar conta do recado na hora da briga, mesmo com  exemplares de tamanho considerável. Após montado o sistema, devemos cevar o local com ração flutuante e esperar até que as tilápias  comecem a subir para comer. Depois é só arremessar um pouco mais distante para não espantá-los e ir enrolando a linha bem devagar até que a isca chegue ao ponto onde estão ocorrendo os ataques. Quando a boia afundar, a fisgada deve ser rápida, pois ao perceber o eva ou cortiça ( no caso de estarmos usando as imitações ), o peixe rapidamente refuga e repele a isca.  

essa outra aqui:

http://revistapescaecompanhia.com.br/fique-por-dentro/como-pescar-tilapias

tem uns videos tbm, tem aqui no forum uns bons comentarios

 

boa pesca!

:smiley-violent084:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em ‎19‎/‎11‎/‎2017 at 11:40, Wesker 00 disse:

Então eu também acho isso... O problema seria arremessar no meio do lago sem chumbada... 

Wesker você resolveria fácil esse seu problema usando uma varinha maior ... se possível tente adquirir uma varinha de pelo menos 1,80, uma de 1,98 seria ideal ... a alavanca do arremesso vai ser maior e mesmo com um bolinho de massa você vai conseguir arremessar bem.

Para tilapias eu costumo usar sem chubada, colocando uma pernada com girador de uma linha transparente e anzol, mas pode optar em usar chumbada, só lembre de deixa-la solta ... as tilapias grandes ficam "roendo" a isca e depois saem nadando com o anzol na boca e se elas sentirem peso, elas largam tudo.

Espero ter ajudado

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Onde pesco tilápia o pessoal faz a festa com caniço de bambu, no melhor estilo pesca de lambari. Caniços de 2 metros, linha, bóia, chumbo bem leve e anzol pequeno. De isca, ração furada vendida no pesqueiro, é só cevar com outra ração menor (a mesma com que são tratados os peixes) e jogar o anzol em cima. Meia hora dá pra encher um balde. Pena que é só pesque-pague.

Eu já cheguei a pescar com carretilha, deixando a fricção bem solta, só pra curtir as tomadas, porque são bichos bem fortes, pena que as maiores raramente passam de 1kg. Mas é diversão pra família toda o lugar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

Parceiros: www.petsEXPERT.pt