Ir para conteúdo

Recommended Posts

Cacilda, ver isso dá uma tristeza...É de perder a fé no equipamento...:D  E já me aconteceu muito. :comemorando:

  • Haha 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Alexandre Fishing disse:

Eu ficava orgulhoso em dizer que nunca tinha quebrado uma, o tamanho dos peixes aumentou um pouco e lá se foram duas :triste:.

Durante a briga com os peixes nunca quebrei nenhuma vara, mas em compensação já bati a tampa do porta malas uma vez numa das varas mais caras que já comprei, já quebrei muitas varas telescópicas quando os gomos enroscaram...ou seja, fora de serviço...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Mauricio. disse:

Cacilda, ver isso dá uma tristeza...É de perder a fé no equipamento...:D  E já me aconteceu muito. :comemorando:

O jeito é voltar pra fibra de vidro :heh:.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Alexandre Fishing disse:

O jeito é voltar pra fibra de vidro :heh:.

O pior é que...também já me quebrou!  :rotfl2:

  • Sad 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Leandro Francisco disse:

Durante a briga com os peixes nunca quebrei nenhuma vara, mas em compensação já bati a tampa do porta malas uma vez numa das varas mais caras que já comprei, já quebrei muitas varas telescópicas quando os gomos enroscaram...ou seja, fora de serviço...

Uma vez, meu falecido (e querido) sogro, que nada entendia de material de pesca, para me ajudar a arrumar as coisas no carro para uma viagem em família me ajudou dobrando a ponteira de uma UL. De fato, assim coube direitinho.  :rotfl2:

  • Haha 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Mauricio. disse:

Uma vez, meu falecido (e querido) sogro, que nada entendia de material de pesca, para me ajudar a arrumar as coisas no carro para uma viagem em família me ajudou dobrando a ponteira de uma UL. De fato, assim coube direitinho.  :rotfl2:

E a UL ficou com uma pequena curvatura...forever

Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Leandro Francisco disse:

E a UL ficou com uma pequena curvatura...forever

Pior. Ele quebrou a ponteira.  :D

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelas filmagens, as quebras foram ridículas. Me parece que já estavam fragilizadas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 horas atrás, Korch disse:

Pelas filmagens, as quebras foram ridículas. Me parece que já estavam fragilizadas.

A vara quebrada aos 3:46 sem dúvida que ocorreu uma quebra estranha, provavelmente a vara devia estar danificada, mas as outras...sem dúvida foi fricção apertada demais (exceção aos russos, que o motivo da quebra deve ter sido vodka mesmo :ok:).

Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 21/05/2018 at 15:43, Leandro Francisco disse:

A vara quebrada aos 3:46 sem dúvida que ocorreu uma quebra estranha, provavelmente a vara devia estar danificada, mas as outras...sem dúvida foi fricção apertada demais (exceção aos russos, que o motivo da quebra deve ter sido vodka mesmo :ok:).

:heh::heh:

Link para o post
Compartilhar em outros sites

huahuahuahua!!!

A minha melhor quebrada foi uma kenzaki (vara difícil de quebrar por sinal) brigando com um tamba no São Luis.... acertei a beirada do quiosque...kkkkkkk na hora da um raiva, mas depois é só riso.....kkkkkk

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rapaz ... teve duas que foram feras ... uma Venator que quebrou em 3 pedaços quando estava jigando, essa deu raiva, era a segunda pescaria, mas ... paciência ... e uma Yume Blade que quebrou no meio no córrego quando fisguei uma pira ... o pior foi não tirar o peixe ... rsrs ....

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depois do almoço vou atrás das tambatingas com a vara xing ling 6 libras, espero não voltar aqui pra contar que quebrei mais uma :simsim:.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 20/05/2018 at 07:52, Leandro Francisco disse:

Durante a briga com os peixes nunca quebrei nenhuma vara, mas em compensação já bati a tampa do porta malas uma vez numa das varas mais caras que já comprei, já quebrei muitas varas telescópicas quando os gomos enroscaram...ou seja, fora de serviço...

Também nunca quebrei. Acho que isso tem muito a ver com a forma de cada um fisgar e trabalhar o peixe... Sou daqueles que sempre deixam o freio meio aberto e que raramente forçam pra tirar o peixe. Semana passada perdi um pacuzinho na vara telescópica por conta de não "por força"  na hora da briga; a linha perdeu a tensão e o peixe se soltou ( fiquei meio aborrecido foi o único peixe do dia que bateu). Acidentalmente já quebrei duas telescópicas e uma vara de carretilha. Sempre dá dó quando quebra:triste:

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
56 minutos atrás, HugoFreitas disse:

Também nunca quebrei. Acho que isso tem muito a ver com a forma de cada um fisgar e trabalhar o peixe... Sou daqueles que sempre deixam o freio meio aberto e que raramente forçam pra tirar o peixe. Semana passada perdi um pacuzinho na vara telescópica por conta de não "por força"  na hora da briga; a linha perdeu a tensão e o peixe se soltou ( fiquei meio aborrecido foi o único peixe do dia que bateu). Acidentalmente já quebrei duas telescópicas e uma vara de carretilha. Sempre dá dó quando quebra:triste:

Depende muito da situação Hugo, algumas épocas do anos em que os tambaquis e pacus se alimentam proximo a vegetação, se deixar freio aberto ele entra 50 metros mata a dentro. Ambiente natural é complicado, paus, pedras, em pesqueiro realmente é outra realidade, dá pra colocar 200 metros de linha 15 libras e com vara 12 libras tirar peixes grandes sem arriscar o equipamento.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Alexandre Fishing disse:

Depende muito da situação Hugo, algumas épocas do anos em que 

Acredito que também varia segundo a espécie o tipo de pesca. Pra quem pesca tucunaré as chances de quebrar, imagino eu, sejam muito maiores. Em tese, pra mim seria mais fácil evitar a quebra da vara, só pesco peixes de pequeno porte.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, HugoFreitas disse:

Acredito que também varia segundo a espécie o tipo de pesca. Pra quem pesca tucunaré as chances de quebrar, imagino eu, sejam muito maiores. Em tese, pra mim seria mais fácil evitar a quebra da vara, só pesco peixes de pequeno porte.

As vezes até da pra arriscar com os tucunas também, esse ano vou experimentar usar uma 12 libras e linha 15 lá no canal, tem muito espaço e não  tem muito onde eles se enroscarem. 

 

  • Thanks 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, HugoFreitas disse:

Também nunca quebrei. Acho que isso tem muito a ver com a forma de cada um fisgar e trabalhar o peixe... Sou daqueles que sempre deixam o freio meio aberto e que raramente forçam pra tirar o peixe. Semana passada perdi um pacuzinho na vara telescópica por conta de não "por força"  na hora da briga; a linha perdeu a tensão e o peixe se soltou ( fiquei meio aborrecido foi o único peixe do dia que bateu). Acidentalmente já quebrei duas telescópicas e uma vara de carretilha. Sempre dá dó quando quebra:triste:

É vdd Hugo, que depende demais do pescador, pois além de controlar a fricção bem, alguns macetes ajudam a não quebrar varas como:

- Evitar bater a fibra em quinas, beiradas de barcos, etc...as microfissuras acabam por fragilizar a fibra e a vara parte.

- Nunca segurar (durante a briga) na fibra, sempre manter as mãos no cabo.

- Não trabalhar com a vara em pé durante a briga, manter a vara a 45 graus.

- No final da briga, quando o peixe encosta no barco ou na margem, nunca recolher a linha até que o peixe fique próximo a ponta da vara, nessas situações uma ultima arrancada pode partir linha ou vara facilmente, recolha a linha até o tamanho da vara.

- Evitar erguer o peixe pela vara, mesmo que seja um peixe pequeno (passaguá e alicate servem para que?).

- Dimensionar o material ao tipo de pesca que pratica, pois se vc usa material muito leve em peixes muito pesados, tem que admitir que as varas e carretilhas quebrem, afinal elas não foram feitas para isso.

Esses dias estava assistindo o pessoal que grava o programa Saltwater pescar miraguaia (uma corvinona de 10-20 kg) com carretilhas pequenas e varas de 14 - 17 lbs...na filmagem não mostra (editar em TV é rotina), mas duvido que não tenham quebrado algum material nessa pesca.

Concordo com o Alexandre, que existem situações que temos de segurar o peixe na marra, senão ele vai para o enrosco, mas se vamos pescar tucunaré num lugar assim, eu acho que não é exagero aumentar a potência das varas para algo como 20 - 25 libras...e reforçar todo o material...senão...perdem-se os melhores peixes ou amargam-se materiais quebrados...

Minha opinião.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Leandro Francisco disse:

É vdd Hugo, que depende demais do pescador, pois além de controlar a fricção bem, alguns macetes ajudam a não quebrar varas como:

- Evitar bater a fibra em quinas, beiradas de barcos, etc...as microfissuras acabam por fragilizar a fibra e a vara parte.

- Nunca segurar (durante a briga) na fibra, sempre manter as mãos no cabo.

- Não trabalhar com a vara em pé durante a briga, manter a vara a 45 graus.

- No final da briga, quando o peixe encosta no barco ou na margem, nunca recolher a linha até que o peixe fique próximo a ponta da vara, nessas situações uma ultima arrancada pode partir linha ou vara facilmente, recolha a linha até o tamanho da vara.

- Evitar erguer o peixe pela vara, mesmo que seja um peixe pequeno (passaguá e alicate servem para que?).

- Dimensionar o material ao tipo de pesca que pratica, pois se vc usa material muito leve em peixes muito pesados, tem que admitir que as varas e carretilhas quebrem, afinal elas não foram feitas para isso.

Esses dias estava assistindo o pessoal que grava o programa Saltwater pescar miraguaia (uma corvinona de 10-20 kg) com carretilhas pequenas e varas de 14 - 17 lbs...na filmagem não mostra (editar em TV é rotina), mas duvido que não tenham quebrado algum material nessa pesca.

Concordo com o Alexandre, que existem situações que temos de segurar o peixe na marra, senão ele vai para o enrosco, mas se vamos pescar tucunaré num lugar assim, eu acho que não é exagero aumentar a potência das varas para algo como 20 - 25 libras...e reforçar todo o material...senão...perdem-se os melhores peixes ou amargam-se materiais quebrados...

Minha opinião.

:joia:só li verdades...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Leandro Francisco disse:

É vdd Hugo, que depende demais do pescador, pois além de controlar a fricção bem, alguns macetes ajudam a não quebrar varas como:

- Evitar bater a fibra em quinas, beiradas de barcos, etc...as microfissuras acabam por fragilizar a fibra e a vara parte.

- Nunca segurar (durante a briga) na fibra, sempre manter as mãos no cabo.

- Não trabalhar com a vara em pé durante a briga, manter a vara a 45 graus.

- No final da briga, quando o peixe encosta no barco ou na margem, nunca recolher a linha até que o peixe fique próximo a ponta da vara, nessas situações uma ultima arrancada pode partir linha ou vara facilmente, recolha a linha até o tamanho da vara.

- Evitar erguer o peixe pela vara, mesmo que seja um peixe pequeno (passaguá e alicate servem para que?).

- Dimensionar o material ao tipo de pesca que pratica, pois se vc usa material muito leve em peixes muito pesados, tem que admitir que as varas e carretilhas quebrem, afinal elas não foram feitas para isso.

Esses dias estava assistindo o pessoal que grava o programa Saltwater pescar miraguaia (uma corvinona de 10-20 kg) com carretilhas pequenas e varas de 14 - 17 lbs...na filmagem não mostra (editar em TV é rotina), mas duvido que não tenham quebrado algum material nessa pesca.

Concordo com o Alexandre, que existem situações que temos de segurar o peixe na marra, senão ele vai para o enrosco, mas se vamos pescar tucunaré num lugar assim, eu acho que não é exagero aumentar a potência das varas para algo como 20 - 25 libras...e reforçar todo o material...senão...perdem-se os melhores peixes ou amargam-se materiais quebrados...

Minha opinião.

Assino em baixo!:plamas:

Um verdadeiro manual pra todos nós!

  • Thanks 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...