Ir para conteúdo
Pescaki.com - O seu fórum de pesca esportiva.

Como saber qual o melhor horário para a pescaria no Mar?


Recommended Posts

Buenas povo, 

Ta aí uma coisa que sempre foi uma total incógnita na minha cabeça, quero aprender a "ler e entender" uma tábua de maré, para poder distinguir o horário "bom" do horário "ruim" pra pescaria. 

O que caracteriza o melhor horário para a pescaria? reponto? maré subindo? maré descendo? fases da lua, de que forma influência? pressão atmosférica é melhor estável ou oscilando?

Lembrando que NÃO pesco embarcado no mangue, aonde acredito ser melhor com maré baixa, pois a água não invade a estrutura do manguezal.

Minhas pescarias faço no costão ou em molhes nas saídas de rios importantes aqui da região, então gostaria de aprender a ler a tábua de maré para entender as melhores condições de pesca.

Bom pessoal, todos sabemos que o horário bom é aquele que estamos pescando, independente de maré, pressão, reponto e demais condições. Eu sempre deixo minhas tralhas no carro e assim que tenho um tempinho livre vou pescar e nem vejo condições de pesca, porém eu gostaria de aprender e saber identificar os melhores horários para otimizar a minha pescaria.

Este link abaixo tem as informações aqui da região:
http://www.tabuademares.com/br/santa-catarina/itajai

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde Rafael,

Assunto muito complexo, pois envolve muitas variáveis.

Existem as condições recomendadas para robalos, existem as recomendações para pesca de praia, existem as recomendações para pesca embarcada em mar...e elas são diferentes entre elas...e todas essas condições são frequentemente contraditas pelos nossos artistas principais, os peixes.

Em suma, por não dominar o assunto por completo prefiro me abster...tenho minhas convicções retiradas de anos de pesca amadora em mar e rios de mangue, mas não sou um Nelson Nakamura, um estudioso profundo do assunto.

Vamos esperar que outros mais experientes falem...

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Leandro Francisco disse:

Boa tarde Rafael,

Assunto muito complexo, pois envolve muitas variáveis.

Existem as condições recomendadas para robalos, existem as recomendações para pesca de praia, existem as recomendações para pesca embarcada em mar...e elas são diferentes entre elas...e todas essas condições são frequentemente contraditas pelos nossos artistas principais, os peixes.

Em suma, por não dominar o assunto por completo prefiro me abster...tenho minhas convicções retiradas de anos de pesca amadora em mar e rios de mangue, mas não sou um Nelson Nakamura, um estudioso profundo do assunto.

Vamos esperar que outros mais experientes falem...

 

Verdade amigo, assunto muito complexo realmente.

Sendo mais específico, minha pescaria é feita com iscas artificiais e o foco é sim o robalo, porém nessa época é ainda mais difícil de achar por aqui.

Então vamos aguardar o pessoal mais experiente no assunto, pois qualquer informação é bem vinda.

Obrigado amigo!

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

reponto e começo da vazante ... ( isso não quer dizer que não dá pra pescar em outros horários ) ...

fases da lua influencia na pressão atmosférica e amplitude das marés ... robalo não gosta de muita variação de pressão ( comum nas luas grades ) ... fica inativo ...

maior amplitude de maré = maré correndo mais ... robalo não gosta de maré correndo muito ... ele gosta de presa fácil , maré correndo pouco e constante ( maior oferta de alimento ) ...

maré correndo muito = agua sujando .... robalo não gosta de agua suja ... muito menos de agua limpa ( não se sente seguro para caçar ) ...

robalo nunca sai à caça ... ele fica à espreita esperando a presa estar ao seu alcance ... então se aproveita o sentido da corrente pra levar a isca até ele ...

inverno , rios de serra mais frio ... robalo não gosta de frio ... no inverno ele procura o leito ( ou canais ) mais profundos com menor variação térmica ...

robalo é sobretudo observação e compreensão do seu hábito ( e de seu habitat ) ... vc tem que entender como é o comportamento dele ...

sem entender , pescar robalo é pura sorte ...

 

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Armando Ito disse:

reponto e começo da vazante ... ( isso não quer dizer que não dá pra pescar em outros horários ) ...

fases da lua influencia na pressão atmosférica e amplitude das marés ... robalo não gosta de muita variação de pressão ( comum nas luas grades ) ... fica inativo ...

maior amplitude de maré = maré correndo mais ... robalo não gosta de maré correndo muito ... ele gosta de presa fácil , maré correndo pouco e constante ( maior oferta de alimento ) ...

maré correndo muito = agua sujando .... robalo não gosta de agua suja ... muito menos de agua limpa ( não se sente seguro para caçar ) ...

robalo nunca sai à caça ... ele fica à espreita esperando a presa estar ao seu alcance ... então se aproveita o sentido da corrente pra levar a isca até ele ...

inverno , rios de serra mais frio ... robalo não gosta de frio ... no inverno ele procura o leito ( ou canais ) mais profundos com menor variação térmica ...

robalo é sobretudo observação e compreensão do seu hábito ( e de seu habitat ) ... vc tem que entender como é o comportamento dele ...

sem entender , pescar robalo é pura sorte ...

Muito obrigado pela aula @Armando Ito :iCo01:

 

Então em teoria no inverno a pescaria de robalo deve ser feita nos canais de rios? 

No mar em costões a probabilidade de encontrar o robalo é menor?

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como Ito disse, são padrões e tendências :iCo01:. Mas pesca tem muito de surpresa. Nada impede que encontre seu alvo em locais e épocas inusitadas. Porém, aumentará as chances se o fizer nos locais e períodos recomendados. ;)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Mauricio. disse:

Como Ito disse, são padrões e tendências :iCo01:. Mas pesca tem muito de surpresa. Nada impede que encontre seu alvo em locais e épocas inusitadas. Porém, aumentará as chances se o fizer nos locais e períodos recomendados. ;)

Exatamente grande @Mauricio. a ideia é justamente aumentar a produtividade, vou procurar seguir as recomendações.

Obrigado!

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, I2afael disse:

Exatamente grande @Mauricio. a ideia é justamente aumentar a produtividade, vou procurar seguir as recomendações.

Obrigado!

Experimente, e depois nos diga aqui se teve sucesso. :joia:

rxbKefq.jpg

 

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, I2afael disse:

Então em teoria no inverno a pescaria de robalo deve ser feita nos canais de rios? 

No mar em costões a probabilidade de encontrar o robalo é menor?

no inverno eu utilizo iscas deep ( barbeluda ) ... ou softs  ( camarão , shad  ) ... ou jigs ... iscas que trabalham da meia para o fundo ...

menor , pq ele não fica parado ... se aproveita dos canais mais fundos para locomoção ( e caça ) ( onde se sente mais à vontade ) ...

mas geralmente no inverno saem os maiores ...

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, Rafael!

Como também pesco robalos em situação parecida (desembarcado na saída do Canal de Santos), vou relatar um pouco das minhas experiências e observações pessoais:

-Sobre a hora da maré, na grande maioria das vezes tenho mais ações na vazante, muito raramente bate algum na enchente. Em lugares mais fundos (acima de 1m com maré baixa), gosto do fim da vazante até o começo da enchente enquanto em lugares mais rasos prefiro o reponto da enchente e o começo da vazante.

-Sobre a amplitude da maré, atualmente prefiro marés de maior amplitude, que correm bastante porém de maneira quase uniforme (a forma e velocidade em que a maré corre variam muito. Por exemplo, há dias em que a maré vaza e enche inteira em muito pouco tempo e fica o restante do tempo parada, enquanto em outros dias a maré vaza e enche sem praticamente ficar parada, ou seja, termina de encher e já vaza, e vice-versa). Porém, em anos anteriores, preferia as marés com menor amplitude, então acho que varia muito.

-Sobre lua e pressão atmosférica, acho que o grande Ito já falou tudo, exatamente da mesma forma que penso. A única lua que realmente não gosto é a lua cheia.

-Se pudesse escolher um horário do dia sem saber as marés, provavelmente escolheria o início da manhã e o fim da tarde/começo da noite, além do começo da madrugada, por experiência própria, dificilmente o robalo ataca no meio do dia por aqui.

-Agora no inverno procuro bater nos pontos um pouco mais pra dentro do canal, mas praticamente na saída do Canal de Santos ainda. Porém esses pontos são bem rasos, profundidade de até 1,5m mais ou menos. E as iscas são mais os plugs de meia-água e camarões artificiais, dificilmente na superfície.

Basicamente, são essas as minhas experiências, obviamente não são a verdade absoluta (inclusive, acho que muitos tem opiniões e experiências bem diferentes). E a melhor hora é aquela em que podemos pescar hahahahaha

Espero ter ajudado!

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 27/05/2018 at 20:17, Armando Ito disse:

no inverno eu utilizo iscas deep ( barbeluda ) ... ou softs  ( camarão , shad  ) ... ou jigs ... iscas que trabalham da meia para o fundo ...

menor , pq ele não fica parado ... se aproveita dos canais mais fundos para locomoção ( e caça ) ( onde se sente mais à vontade ) ...

mas geralmente no inverno saem os maiores ...

Pois é @Armando Ito, já ouvi falar que no inverno saem os maiores, aqui temos o rio Itajaí Açú, com aproximadamente 14 metros de profundidade, gosto muito de iscas deep neste local, mas ainda não tive sucesso com os robalos neste ponto.
Pescaria com softs é complicada pois é local de correnteza forte e se o jig tocar no fundo fica preso no local, tem um pessoal que pesca com soft sem deixar tocar no fundo, porém vamos insistir nessa possibilidade também.

16 horas atrás, MKShimada disse:

Olá, Rafael!

Como também pesco robalos em situação parecida (desembarcado na saída do Canal de Santos), vou relatar um pouco das minhas experiências e observações pessoais:

-Sobre a hora da maré, na grande maioria das vezes tenho mais ações na vazante, muito raramente bate algum na enchente. Em lugares mais fundos (acima de 1m com maré baixa), gosto do fim da vazante até o começo da enchente enquanto em lugares mais rasos prefiro o reponto da enchente e o começo da vazante.

-Sobre a amplitude da maré, atualmente prefiro marés de maior amplitude, que correm bastante porém de maneira quase uniforme (a forma e velocidade em que a maré corre variam muito. Por exemplo, há dias em que a maré vaza e enche inteira em muito pouco tempo e fica o restante do tempo parada, enquanto em outros dias a maré vaza e enche sem praticamente ficar parada, ou seja, termina de encher e já vaza, e vice-versa). Porém, em anos anteriores, preferia as marés com menor amplitude, então acho que varia muito.

-Sobre lua e pressão atmosférica, acho que o grande Ito já falou tudo, exatamente da mesma forma que penso. A única lua que realmente não gosto é a lua cheia.

-Se pudesse escolher um horário do dia sem saber as marés, provavelmente escolheria o início da manhã e o fim da tarde/começo da noite, além do começo da madrugada, por experiência própria, dificilmente o robalo ataca no meio do dia por aqui.

-Agora no inverno procuro bater nos pontos um pouco mais pra dentro do canal, mas praticamente na saída do Canal de Santos ainda. Porém esses pontos são bem rasos, profundidade de até 1,5m mais ou menos. E as iscas são mais os plugs de meia-água e camarões artificiais, dificilmente na superfície.

Basicamente, são essas as minhas experiências, obviamente não são a verdade absoluta (inclusive, acho que muitos tem opiniões e experiências bem diferentes). E a melhor hora é aquela em que podemos pescar hahahahaha

Espero ter ajudado!

Muito Obrigado @MKShimada!!

ajudou muito com certeza!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bacana essa aula de robalos.

E é interessante como um simples fato como a lua interfere muito na pesca, aqui pro interior, na lua cheia é melhor para a pesca do tucunaré, apesar de eu preferir pescar mais na lua nova.

A ATM tbm interfere muito por aqui, mas só conseguimos percebe-la com mudanças drásticas de temperatura ou secas prolongadas ... não temos essa variação grande como na praia que pode variar de hora em hora.

Estou acompanhando também pra aprender mais sobre o assunto ... quem sabe um dia não me aventuro em aguas salgadas.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...