Ir para conteúdo

Vídeo ilustrativo sobre artificiais


Recommended Posts

Gostaria de atentar aos colegas, a quantidade de peixes que se aproxima da isca artificial e desiste do bote, ou testa-a de leve e desiste...realmente vemos que por mais perfeita seja uma isca, parecendo um peixe, falta a ela coisas como cheiro, vibração, eletromagnetismo, etc. Nós não possuímos uma linha lateral como os peixes, nem os orgãos olfativos e outros tipos de sensibilidade que os peixes possuem, então acho que precisaríamos estudar mais esses aspectos para produzirmos iscas artificiais mais efetivas. O roubo do peixe pelo tubarão nem foi o que mais me chamou a atenção no vídeo...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 53
  • Created
  • Última resposta

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Muito pelo contrário Sr. Ito quero sim respostas contrárias, quero antagonismo sim, ninguém é obrigado a concordar com meu ponto de vista...apenas gostaria que o tom das críticas se mantivessem no mes

eletromagnetismo ??? .... uheuheuehu cuidado com o choque ... 

Muito bacana o vídeo Leandro, mas nesse caso não tem nada de perfeição na aparencia da isca. Quando o predador se aproxima vê a isca presa a um haste  e com uma câmera bem próximo. A isca por vezes ne

12 minutos atrás, Leandro Francisco disse:

 por mais perfeita seja uma isca, parecendo um peixe, falta a ela ..., eletromagnetismo, 

eletromagnetismo ??? .... uheuheuehu

cuidado com o choque ... 

  • Haha 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente, muito peixe se aproxima da isca e refuga. Será que usar essência ajudaria a ter mais efetividade neste caso? Na água doce eu nunca vi, mas no mar já vi usarem essência de camarão... Saudades da ilha da queimada grande:smiley-sport041:

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom saber. Próxima vez que for pescar no salgado tentarei levar uma dessas e ver o que dá, mas só nas soft. :joia:

21 minutos atrás, Armando Ito disse:

em plugs acho uma tremenda bobagem ...

Ito, o motivo para não ser útil nos plugs seria qual? A essência não se mantém ou somente uma questão de não trazer mais efetividade?

Link para o post
Compartilhar em outros sites

acho válido para manter a isca mais tempo na boca do peixe ... peixes manhosos ou que sugam sua presa ... ( é onde entram as iscas soft ) ...

essência para manter o plug mais tempo na boca ? .... qual o sentido disso ?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Armando Ito disse:

eletromagnetismo ??? .... uheuheuehu

cuidado com o choque ... 

Meu caro amigo Ito, todos seres vivos possuem um campo eletromagnético ao redor de si, isso a ciência comprova. Ninguém toma choque nesse campo :rotfl2:, mas os sensores dos tubarões por ex (ampolas de Lorenzini) são aptos a detectar campos eletromagnéticos para auxilio na predação de animais que tenham mimetismo ou que se enterrem na areia por ex.

Pode ser que outros peixes também tenham estruturas sensoriais que detectem isso...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, GMarux disse:

Realmente, muito peixe se aproxima da isca e refuga. Será que usar essência ajudaria a ter mais efetividade neste caso? Na água doce eu nunca vi, mas no mar já vi usarem essência de camarão... Saudades da ilha da queimada grande:smiley-sport041:

Vc percebeu também? Como uma enormidade de peixes se aproxima, quase ataca mas depois desiste?

Ou seja, pelo que vi, menos de 10% dos peixes realmente ataca as artificiais, só os mais fominhas...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 minutos atrás, Armando Ito disse:

eletromagnetismo em uma isca ?  .... kkkk ... por isso disse cuidado com o choque .... kkkkk

Ito, justamente, a falta de eletromagnetismo na isca...diferenciando-a de um peixe vivo...isso pode ser um motivo do peixe refugar...é só uma teoria...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, Armando Ito disse:

peixe refuga por "N" motivos .... e falta de eletromagnetismo não é uma delas ...

Tem certeza disso? Discordo de vc...porque jamais devemos afirmar algo se não temos certeza...não estou dizendo que é isso...mas que pode ser...sem uma comprovação cientifica, tanto o que eu acho, como o que vc acha...são só achismos...é isso que quero dizer...com todo respeito Ito san.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Leandro Francisco disse:

Tem certeza disso? Discordo de vc...

vc quer dizer que uma artificial não pega muitas vezes pq não é um peixe vivo ?

tá de sacanagem ne ...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, Armando Ito disse:

acho válido para manter a isca mais tempo na boca do peixe ... peixes manhosos ou que sugam sua presa ... ( é onde entram as iscas soft ) ...

essência para manter o plug mais tempo na boca ? .... qual o sentido disso ?

Entendi. Eu pensava, até então, que a essência era para atrair o peixe para a isca. Não sabia que era para manter esta por mais tempo na boca deles.

Obrigado pela explicação.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
53 minutos atrás, Leandro Francisco disse:

.porque jamais devemos afirmar algo se não temos certeza......sem uma comprovação cientifica, tanto o que eu acho, como o que vc acha...são só achismos...

continuando o conteúdo editado por vc ....

comprovação científica ? ...  todo ser vivo emite uma carga magnética .... todo "ser vivo" ...  essa carga magnética é captada pelos sensores do tubarão ( ou de seu caçador ) ... como vc citou  ... ser vivo emite carga magnética ... pedaço de "pau" não .... 

como vc pode afirmar que uma artificial ( como o nome já diz ) ... não pega pq não emite carga eletromagnética ? ... se fosse vivo emitiria sim ... não emite pq é um pedaço de pau ...

muuuuuuuitos outros fatores influenciam no refugo do peixe .... e eletromagnetismo "não" é uma delas ... simplesmente pq não é "ser vivo" ....

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bacana o vídeo Leandro, mas nesse caso não tem nada de perfeição na aparencia da isca. Quando o predador se aproxima vê a isca presa a um haste  e com uma câmera bem próximo. A isca por vezes nem se balança, vem se arrastando, queria ver um plug mais solto, com um nado mais realista ou um shadão sem esse haste, creio que o resultado seria bem diferente.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então existem peixes que tem o campo eletromagnético mais forte pois usam para se localizar, por exemplo a tuvira, talvez seja esse um dos motivos dela ser uma excelente isca. Entendo que possivelmente uma isca artificial que reproduza o campo eletromagnético similar ao de uma tuvira possa aumentar a efetividade para algumas espécies. Mas isso exige um nível de pesquisa científica que eu acredito que nenhum fabricante de material de pesca esteja disposto a bancar.

E também se é para usar uma isca robô que imita a perfeição a isca viva, usa a isca viva logo.

Para mim a graça de se pescar com iscas artificiais está exatamente no ludibriar o peixe com algo não natural, e ai entra a habilidade do pescador em dar vida a algo inanimado e enganar o peixe.

 

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, danielmaeda disse:

Então existem peixes que tem o campo eletromagnético mais forte pois usam para se localizar, por exemplo a tuvira, talvez seja esse um dos motivos dela ser uma excelente isca. Entendo que possivelmente uma isca artificial que reproduza o campo eletromagnético similar ao de uma tuvira possa aumentar a efetividade para algumas espécies. Mas isso exige um nível de pesquisa científica que eu acredito que nenhum fabricante de material de pesca esteja disposto a bancar.

E também se é para usar uma isca robô que imita a perfeição a isca viva, usa a isca viva logo.

Para mim a graça de se pescar com iscas artificiais está exatamente no ludibriar o peixe com algo não natural, e ai entra a habilidade do pescador em dar vida a algo inanimado e enganar o peixe.

 

Com certeza, posso estar viajando na maionese, até porque só fiz uma análise superficial baseada nesse vídeo, onde o Alexandre até me alertou sobre câmera, isca presa, etc. 

Mas é evidente que, quanto mais realistas conseguirmos produzir uma isca artificial, mais efetiva ela será.

Entendo perfeitamente que algumas coisas estão fora da realidade hoje em dia, porém, se estudando os órgãos sensitivos dos peixes, pesquisadores chegarem à conclusão que determinada cor, determinado cheiro, determinado tipo de vibração na água e até, porque não, determinado campo eletromagnético tornam as iscas mais eficientes, nós iremos sim tirar proveito disso num futuro talvez nem tão distante assim.

Tecnologias que até bem pouco tempo eram caríssimas hoje são rotina na nossa vida, a baixos custos...

Gosto de colocar temas polêmicos aqui, porque é através dessas discussões (construtivas, nunca destrutivas) que podemos aprender, ou pelo menos, seguir um caminho que parece promissor no nosso amado esporte da pesca.

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostei do vídeo!

Sobre o refugo, é difícil, relamente muito difícil determinar o porquê. Mesmo o que poderiamos considerar fatores mais óbvios, geram bastante controvérsia.

Um exemplo seria, por exemplo, dizer que o peixe refuga por que se machuca e ou "sente" a fisgada. Isso não é algo tão simples. Não há um consenso muito claro sobre se, e como, os peixes sentem dor. Há alguns anos, me lembro que saíram alguns artigos e reportagens (em revista de pesca mesmo) falando que um estudo  afirmava que peixes não eram capazes de sentir dor. Pouco tempo depois li que mais pesquisas refutavam essa ideia. Em resumo, não há a meu ver, unanimidade sobre um tema como esse. (E olha que, em tese, isso é bem mais simples do que falar especificidades dos órgãos sensoriais)

Mas por que isso acontece? Por que tantos temas sobre a biologia dos peixes geram uma enorme controvérsia? Acho que a resposta é bem simples: A maioria das espécies de vertebrados são peixes. A variabilidade de espécies é assombrosa. Cada classe, cada, ordem, gênero, cada espécie, etc., passou por um longo e extraordinariamente específico processo de seleção. Dificilmente dá pra fazer alguma generalização. Não existem também pesquisas "ultra especializadas", pra cada espécie de peixe que pescamos, capazes de responder a maioria das questões, que nós pescadores, levantamos. Portanto, trabalhamos quase o tempo todo com achismos. 

Quando entrei no fórum achei que ia achar a repostas precisas pras minhas perguntas, algo quase cartesiano. Logo percebi que, em se tratando de pesca, isso simplesmente não existe. Muitas vezes as discussões são e (serão inócuas), por que não se pode provar nem o "ponto a", nem o "ponto b".

Sobre o que o nosso colega Leandro levantou sobre o campo magnético (sei que não é o tema do tópico, foi mal's Leandro, mas quis dar meu pitaco): Sim, pode fazer sentido, pode não fazer sentido nenhum. Provavelmente vai passar um bom tempo até que uma questão complicada que nem essa seja respondida. (Enquanto isso vamos pescar).

Então, responder aos porquês do peixe "refugar" é uma tarefa hercúlea (repito enquanto alguém não resolve isso vamos pescar, mas o vídeo é muito legal.

À título de curiosidade:

Se alguém quer ter uma introdução a biologia dos peixes, recomendo a leitura dos capítulos sobre  peixes do livro A Vida dos Vertebrados (Harvey Pough). É uma leitura que exige um pouco, mas se você é  um pescador curioso (em demasia; mais curioso que sogra bisbilhoteira) vale a pena. (Não, não li por causa de pescaria).  Deixo aqui em baixo uma ilustração desse mesmo livro só pra turma ver o tamanho da diversidade de peixes, já que raramente a gente pensa nisso.

 

HNJfysL.jpg

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...