Entre para seguir isso  
Leonardo Shimano.

Apenas Matrinxãs na Cevadeira, como resolver?

Recommended Posts

Olá pescadores, de uns 2 anos para cá, em um dos pesqueiros que frequento, simplesmente a pesca com cevadeira, que antes era MUITO boa para grandes tambas, se tornou inviável, é arremessar e esperar alguns segundos para as benditas Mini Matrinxãs fisgarem o que quer que esteja já (Esses bichos mordem qualquer coisa que se mexa). Acontece que nós estamos atrás das panelas e acaba incomodando fisgar essa espécie.
Alguém sabe alguma técnica para se livrar delas e focar no que realmente estou atrás? Qualquer ideia é bem vinda pois já fui atrás disso e as alternativas que encontrei não funcionam.
- Aumentar o chicote
- Usar outras iscas (maiores ou as que afundam um pouco)

Help.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A solução é mudar de pesqueiro, para um que não as tenha no lago.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É o mesmo problema quando o pesqueiro é infestado de tilápias ,  fui sócio do pesca e cia a bastante tempo atrás e lá só conseguíamos pegar piraputanga, não davam chance pra mais nenhum peixe.

Tenta dar um toque pro dono do pesqueiro passar a rede e tirar algumas .:ok:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com os amigos @Fraus e @Leandro Francisco. A solução é tirar elas de lá, ou mudar de pesqueiro. Pois como você mesmo mencionou, toda e qualquer coisa que caia na água, vai ser atacada por elas. Aqui na minha cidade, tem um pesqueiro que tem um tanque só para tilápias, matrinxãs, piaus e pequenos pacus. E um outro só com os tambas, pirararas e outras espécies de couro. Caso contrário, dá nisso mesmo, festival de matrinxãs. Não que seja ruim, eu mesmo passo um tempão me divertindo com elas quando vou lá com meu menino. Mas aí é um material bem mais leve que usamos. Já pra você, armar uma tralha pra tentar uma panela de 25kg e pegar uma mini matrinxã, realmente desanima.

Outra opção é apelar para a lei de Murphy. Arma uma tralha leve, visando as matrinxãs, com certeza entra um tamba nessa aí. Só pra te zuar mesmo, parece que o peixe sabe e vem só pra fazer bagunça...:frusty:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A solução é equipamento leve com pequenas iscas artificiais e se divertir com elas!!!!

Vale demais a brincadeira!!

Abraço

Thiago

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Thiago Cesar Reducino disse:

A solução é equipamento leve com pequenas iscas artificiais e se divertir com elas!!!!

Vale demais a brincadeira!!

Abraço

Thiago

Divertidíssimo aliás, há mais de 10 anos atrás o pesqueiro Itupesca (hoje falido) colocou num lago à parte do principal um monte de matrinxãs exclusivamente para pesca com artificiais.

Eu mesmo não queria outra coisa (que pescar pacu e tamba que nada)...cada arremesso com spinner era um bote de matrinxã, seguido de um salto de mais de metro de altura, num material leve de pincho....era esportividade pura...pena que durou pouco tempo...e nenhum outro pesqueiro imitou essa iniciativa...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Leonardo Shimano. disse:

Olá pescadores, de uns 2 anos para cá, em um dos pesqueiros que frequento, simplesmente a pesca com cevadeira, que antes era MUITO boa para grandes tambas, se tornou inviável, é arremessar e esperar alguns segundos para as benditas Mini Matrinxãs fisgarem o que quer que esteja já (Esses bichos mordem qualquer coisa que se mexa). Acontece que nós estamos atrás das panelas e acaba incomodando fisgar essa espécie.
Alguém sabe alguma técnica para se livrar delas e focar no que realmente estou atrás? Qualquer ideia é bem vinda pois já fui atrás disso e as alternativas que encontrei não funcionam.
- Aumentar o chicote
- Usar outras iscas (maiores ou as que afundam um pouco)

Help.

Chicote de 1m a 1,5m e isca que afunde ... tipo massa, beijinho, fígado ... pode ser que ajude ... se a isca ficar flutuando as matrinxãs vão atacar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, GMarux disse:

Concordo com os amigos @Fraus e @Leandro Francisco. A solução é tirar elas de lá, ou mudar de pesqueiro. Pois como você mesmo mencionou, toda e qualquer coisa que caia na água, vai ser atacada por elas. Aqui na minha cidade, tem um pesqueiro que tem um tanque só para tilápias, matrinxãs, piaus e pequenos pacus. E um outro só com os tambas, pirararas e outras espécies de couro. Caso contrário, dá nisso mesmo, festival de matrinxãs. Não que seja ruim, eu mesmo passo um tempão me divertindo com elas quando vou lá com meu menino. Mas aí é um material bem mais leve que usamos. Já pra você, armar uma tralha pra tentar uma panela de 25kg e pegar uma mini matrinxã, realmente desanima.

Outra opção é apelar para a lei de Murphy. Arma uma tralha leve, visando as matrinxãs, com certeza entra um tamba nessa aí. Só pra te zuar mesmo, parece que o peixe sabe e vem só pra fazer bagunça...:frusty:

Já falamos pra ele, virou praga essas bichinhas, mas ele parece não se importar, o dinheiro ali entra através do restaurante, a pesca ta meio abandonada =(

 

20 minutos atrás, Thiago Cesar Reducino disse:

A solução é equipamento leve com pequenas iscas artificiais e se divertir com elas!!!!

Vale demais a brincadeira!!

Abraço

Thiago


Eu gosto também, mas o que eu gosto mesmo é de ouvir minhas carretilhas chorarem e perderem linha pros barrigudos hahahahah
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Carlos Caffer disse:

Chicote de 1m a 1,5m e isca que afunde ... tipo massa, beijinho, fígado ... pode ser que ajude ... se a isca ficar flutuando as matrinxãs vão atacar.

Tentei já, acho que se eu colocar uma calota de opala no anzol, pego uma matrinxã lá, hahahahha.

Alguém já ouviu falar de algo relacionado a colocar uma essência de camarão (ou algo do tipo) na ração da ceva? Li uma vez a respeito, que espantava as matrinxãs, mas não sei se era zoação ou tinha algum embasamento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, Leonardo Shimano. disse:

Tentei já, acho que se eu colocar uma calota de opala no anzol, pego uma matrinxã lá, hahahahha.

Alguém já ouviu falar de algo relacionado a colocar uma essência de camarão (ou algo do tipo) na ração da ceva? Li uma vez a respeito, que espantava as matrinxãs, mas não sei se era zoação ou tinha algum embasamento.

Já pesquei com massa sabor camarão, caranguejo, minhoca, salsicha ... dessas, a ultima tive muito boas capturas ... mas acredito que essas bichinhas vão atacar tudo o que aparecer pelo visto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
44 minutos atrás, GMarux disse:

parece que o peixe sabe e vem só pra fazer bagunça...:frusty:

Vc ainda tem dúvida disso?:rotfl2:...quer ver sua vara puxar? Fica distraído com outra coisa...quer ver não puxar? Fica de olho nela...:heh:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Leandro Francisco disse:

Vc ainda tem dúvida disso?:rotfl2:...quer ver sua vara puxar? Fica distraído com outra coisa...quer ver não puxar? Fica de olho nela...:heh:

:rotfl2:Duro que essa só funciona quando vc está distraído de verdade. Se for tipo jovens do instagram não funciona...

Mas é bem assim mesmo, basta um descuido e a vara tá na água...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

nao me fale de distração

tava tranquilo com vara, nada de acontecer e uma bela matrinxa leva vara pro lago

ficou fiscada,  e, andava pra e pra cá, com boia. ate que companheiro de pesca conseguiu laçar a linha, recuperei a vara, molinete todo sujo barro, e, tirar a bichiguenta pra foto.

aconteceu, viu, não é istoria de pescador nao.

 

sao muito esportivas, pulo incriveis, bem parecido com dourados.

 

mas qdo estamos atras dos baguas, ai complica.

 

os tambas pegam na miçangas??  as matrinxas parece que nao gostam, pelo menos onde vou.

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 26/10/2018 at 14:20, Leonardo Shimano. disse:

Olá pescadores, de uns 2 anos para cá, em um dos pesqueiros que frequento, simplesmente a pesca com cevadeira, que antes era MUITO boa para grandes tambas, se tornou inviável, é arremessar e esperar alguns segundos para as benditas Mini Matrinxãs fisgarem o que quer que esteja já (Esses bichos mordem qualquer coisa que se mexa). Acontece que nós estamos atrás das panelas e acaba incomodando fisgar essa espécie.
Alguém sabe alguma técnica para se livrar delas e focar no que realmente estou atrás? Qualquer ideia é bem vinda pois já fui atrás disso e as alternativas que encontrei não funcionam.
- Aumentar o chicote
- Usar outras iscas (maiores ou as que afundam um pouco)

Help.

Sou de Maringá também e acho que o pesqueiro que você está falando é o Vale do Sol, parei de ir lá exatamente pela falta de cuidado do dono do pesqueiro, mas quando ainda frequentava as danadas das matrinxãs ja davam trabalho, um jeito que eu achei pra escapar delas foi partir pra uma boia torpedo com um chicote de 2-3 metros com um minhocuçu em um anzol de haste longa 2/0, era garantia de pegar umas panelonas. O único problema é que entra uns pintadinhos e bagres nesse sistema tbm, mas dão uma boa briga tbm.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já inclusive fiz um tópico semelhante a algum tempo. Aqui tb tenho esse problema. Ração no palminho ou até 1m diminuiu consideravelmente o problema, mas não estará livre de pegá-las. Ainda não testei com cevadeira, mas o beijinho, das iscas que uso, é a única que matrinxa não ataca. Agora salsicha, mafish, ração, massa, tilapinhas.. sempre acaba entrando as danadas.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 29/10/2018 at 04:12, Alexandtr disse:

Sou de Maringá também e acho que o pesqueiro que você está falando é o Vale do Sol, parei de ir lá exatamente pela falta de cuidado do dono do pesqueiro, mas quando ainda frequentava as danadas das matrinxãs ja davam trabalho, um jeito que eu achei pra escapar delas foi partir pra uma boia torpedo com um chicote de 2-3 metros com um minhocuçu em um anzol de haste longa 2/0, era garantia de pegar umas panelonas. O único problema é que entra uns pintadinhos e bagres nesse sistema tbm, mas dão uma boa briga tbm.

 

Conversei com o dono lá esse dias, fiz a queixa, e a resposta dele foi "Devia por era mais Matrinxã, pessoa que vem aqui não sabe pescar, ai pegam um peixinho de 2 kg ficam felizes"
Triste, um lago daquele tamanho com aqueles gigantes dentro....
Vou seguir sua dica, obrigado companheiro Alexandre.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 29/10/2018 at 12:05, felipe_gallo disse:

Já inclusive fiz um tópico semelhante a algum tempo. Aqui tb tenho esse problema. Ração no palminho ou até 1m diminuiu consideravelmente o problema, mas não estará livre de pegá-las. Ainda não testei com cevadeira, mas o beijinho, das iscas que uso, é a única que matrinxa não ataca. Agora salsicha, mafish, ração, massa, tilapinhas.. sempre acaba entrando as danadas.

 

As matrinxãs de lá, se tu  não pega 2 segundos depois do arremesso você com certeza pega no recolhimento, é triste hahaha.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

Parceiros: www.petsEXPERT.pt