Entre para seguir isso  
Andre Iguti

Preservar é negócio?

Recommended Posts

O que um dia foi uma floresta intocada no coração do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo, de repente se transformou em um lago. A construção de sete hidrelétricas entre as décadas de 1950 e 1980 inundou o rio Juquiá, encobriu inúmeras espécies de plantas, ilhou e matou parte da fauna. Esse espaço, de propriedade da já poderosa Votorantim, tinha por missão levar energia à fábrica de um dos braços da empresa, a CBA (Companhia Brasileira de Alumínio). Sessenta anos se passaram, e o que antes era uma cicatriz ambiental se converteu na terceira maior reserva particular de mata atlântica do Brasil: um paraíso preservado aberto à visitação a apenas três horas da capital paulista.

Fechada ao público por décadas, a Votorantim decidiu abrir as porteiras de sua reserva naquele ano, quando percebeu que o alto grau de conservação da mata poderia resultar em uma nova oportunidade de negócios. Se a ideia vingasse, seu modelo seria replicado por outras reservas privadas ou mesmo por parques nacionais, uma vez que eles "não estão entre as prioridades de destinação de recursos" do governo federal. A declaração é do próprio ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que em 4 de julho anunciou a intenção de conceder à iniciativa privada até 20 unidades de conservação, incluindo quatro parques nacionais. Para tirar seu modelo do papel, a Votorantim decidiu se autodenom... - Veja mais em

https://noticias.uol.com.br/reportagens-especiais/preservar-a-natureza-e-negocio/index.htm#tematico-1

 

 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Espero sinceramente que sim. Tanto quanto reflorestar. :simsim:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Preservar é necessário. Se será o negócio, não sei. Tal como afirma Mauricio, também espero que sim e só não afirmo porque por trás das atitudes de grandes corporações há sempre intenções não tão nobres quanto aparentam as atitudes. :ok: 

Contudo, diante do fato de que não há opções, será melhor confiar e acatar a ideia! :simsim:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Legal a iniciativa...Será que além de liberar para fazer o ecoturismo, vai poder também os visitantes praticarem a pesca esportiva? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cresci na vida e no conhecimento frequentando a região de Juquitiba, conheço o rio Juquiá a km(s) rio acima/abaixo a partir da represa da CBA no município - parte integrante da Cachoeira da França/Cachoeira da Fumaça. na década de oitenta(?) a area foi tombada como parque, mas nunca administrada como tal, ali existia uma multinacional (fazenda Sama)na extração de madeiras, frequentei fazenda de amigo nos pernoites pescando, ou ficava acampado um quilometro após as comportas da CBA, enquanto mantinha um comercio no município vi e ouvi muitos absurdos acontecerem numa area APP... construção de um enorme hotel cassino (dizem ser de pessoas influentes), parque da Xuxa e outras ocasionando desmatamento onde um pequeno dono de terreno não podia abrir o clarão para fazer um casebre de fim de semana, mesmo muito longe da represa, ao mudar para Pederneiras, distanciei e me surpreendi após anos desejando visitar alguns amigos após a CBA. exatamente onde acampava...uma portaria. conhecia o vigia do tempo de comercio e no bate papo fui informado dos muitos que perderam as terras, apenas os "errados todos certinhos permaneceram"...meu amigo brigava na justiça afinal uma fazenda não é semelhante a chácara de lazer...pela portaria somente autorizados e pesquisadores, como desejava alcançar a represa que estava aos meus olhos, busquei outros atalhos conhecidos e constatei tudo sobre o informado: - todas as entradas de ranchos e vias de acesso principal estavam lacradas...ao longo de toda a area desde a represa até a principal via - estrada municipal - as propriedades neste perímetro foram desapropriadas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 21/07/2019 at 10:31, Domingos Bomediano disse:

Preservar é necessário. Se será o negócio, não sei. Tal como afirma Mauricio, também espero que sim e só não afirmo porque por trás das atitudes de grandes corporações há sempre intenções não tão nobres quanto aparentam as atitudes. :ok: 

Contudo, diante do fato de que não há opções, será melhor confiar e acatar a ideia! :simsim:

Tambem tenho o mesmo pensamento do Mestre Bome, "quando a esmola é demais o santo desconfia".

Empresas deste porte visam lucro sempre e isso que me preocupa quando está ligado diretamente a natureza.

Mas, preservar é preciso e podemos ver retornos rápidos, o MS e MT já estão dando bons exemplos com os peixes, já estamos vendo bons resultados esse ano com a diminuição da cota e alguns peixes entrando em cota zero, tomara que isso seja feito com outras especias que, alem de equilibrar o ambiente, vão nos dar muitas alegrias.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
51 minutos atrás, Carlos Caffer disse:

Tambem tenho o mesmo pensamento do Mestre Bome, "quando a esmola é demais o santo desconfia".

Empresas deste porte visam lucro sempre e isso que me preocupa quando está ligado diretamente a natureza.

Mas, preservar é preciso e podemos ver retornos rápidos, o MS e MT já estão dando bons exemplos com os peixes, já estamos vendo bons resultados esse ano com a diminuição da cota e alguns peixes entrando em cota zero, tomara que isso seja feito com outras especias que, alem de equilibrar o ambiente, vão nos dar muitas alegrias.

De fato, Grande Carlos é o que penso. Não sou de esquerda, longe disso, sou capitalista e acredito neste sistema de governo, mas por outro lado também estou convicto de que grandes corporações não são confiáveis. :rolleyes: 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, Carlos Caffer disse:

Tambem tenho o mesmo pensamento do Mestre Bome, "quando a esmola é demais o santo desconfia".

Empresas deste porte visam lucro sempre e isso que me preocupa quando está ligado diretamente a natureza.

Mas, preservar é preciso e podemos ver retornos rápidos, o MS e MT já estão dando bons exemplos com os peixes, já estamos vendo bons resultados esse ano com a diminuição da cota e alguns peixes entrando em cota zero, tomara que isso seja feito com outras especias que, alem de equilibrar o ambiente, vão nos dar muitas alegrias.

Faço das palavras do @Carlos Caffer, as minhas. Principalmente no ditado popular: "Quando a esmola é demais o santo desconfia".
Nos dias de hoje, no mundo em que vivemos, é muito difícil confiar em uma mudança positiva, mas... vamos esperar para ver o resultado, não é?!:assobiando:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

os maiores ( e mais famosos ) parques americanos  são PPP ... e geram algo em torno de U$20 bi por ano ...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

Parceiros: www.petsEXPERT.pt