Ir para conteúdo
Pescaki.com - O seu fórum de pesca esportiva.

Entre para seguir isso  
Fred Mancen

Estranho mundo novo

Recommended Posts

"Muito estranho esse mundo novo. Muito mesmo". Pensava o Antenor em silêncio, diante de seu computador.

Em seu dia de folga,  vai olhar o Facebook e se sente pobre, feio e mal amado: todo mundo é o oposto lá! Chateado (mas não vencido) vai dar uma olhada no feed do Instagram. Piorou... Agora, a mulher dele já não parece tão bonita, a cerveja dele é um lixo, o carro nem se fala. 

Atordoado, se cadastra no Twitter - como lá devem ser mais textos, deve se safar. Descobre então que não entende nada de política, tá por fora de tudo que é importante na vida e não entende 38% das gírias que são usadas. Desolado, vai até a geladeira e pega uma daquelas latinhas de lixo pra beber algo gelado. Não importa se não é a cerveja artesanal do Uzbequistão... é a que ele tem naquela hora e vai cair bem. Até tava descendo macio, foi ligar a TV num desses programas de culinária e constatou que todo mundo é chef de cozinha entendido em temperos, carnes, técnicas e tradições gastronômicas! Aquela picanha que ele fazia aos domingos já não vai impressionar mais (isso se ele conseguir dinheiro pra comprar uma picanha).

Deu um estalo!

- Já sei... vou me redimir no LinkedIn! Afinal, são mais de 30 anos de engenharia bem executada, vou atualizar meu perfil pra ficar mais ou menos atualizado. 
Foi então que a casa caiu! O homem descobre, assim de sopetão, que todo mundo que tá no LinkedIn é fera em um monte de coisa! Certificado voando pra todo lado, foto de crachá de feira na Romênia, Turquia, EUA, Japão, premiação disso, daquilo... 

"Como pode o Brasil ter tanto gênio e ser tão incompetente pra um monte de coisa?" Pensou, num muchocho lamentoso.

Deixando a tecnologia de lado, resolve pegar sua bicicleta com 18 marchas pra dar uma pedalada. Chegando na esquina, desiste, depois de ver um grupo vestido a caráter, pedalando as bikes mais impressionantes que faria até a Nasa sentir inveja. Manteve os olhos no grupo que, mesmo sem um grito sequer, fazia estardalhaço na rua com aquela aparência de cavalo de cigano - badulaques e apetrechos de cores variadas pendurados de cima a baixo.

Comprou 2 pãezinhos, ia esperar a patroa voltar do cabeleireiro, fazer um café e aproveitar a folga da tarde. Era mais seguro. Voltou empurrando a bicicleta numa mão, enquanto segurava o saquinho de pão e mortadela na outra.

Dona Nice entra em casa toda satisfeita, olha pro marido que colocava a água pra esquentar e sacudindo um pacote na mão exclama:

- Larga esse pó de café barato pra lá meu bem, tem que ver o café gourmet que a manicure me vendeu...

Atônito, sem dizer uma palavra, esperou Nice entrar no banho, desligou o fogo da água que esquentava, passou a mão na vara de bambu e foi pra beira do rio. Lá, estava certo, o lambari viria na ceva de fubazão e o mundo ainda não parecia tão estranho.

  • Like 6
  • Thanks 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Magnifico meu Grande amigo Fred,... (com a excessão pela situação atual da minha esposa), o montante retratado espelha minha vida. afinal sou o único extraterrestre sem uso dessas redes sociais, celulares...me satisfaço apenas com esta casa de amigos. bike já tive e tenho mentalizado a vontade de pedalar mas sem as vestimentas que vejo nos usuários...apenas o suficiente para ir até os lambaris.:joia:

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Inicialmente pensei no livro de Aldous Huxley...após a sua publicação o mundo se direcionou até os dias de hoje para ser o proprio. - livro: Admiravel mundo novo.  

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
44 minutos atrás, Roque Moraes disse:

Inicialmente pensei no livro de Aldous Huxley...após a sua publicação o mundo se direcionou até os dias de hoje para ser o proprio. - livro: Admiravel mundo novo.  

Quisera eu ter 1/10 do talento de um escritor de verdade... Valeu por ler, amigo Roque!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cacilda! Depois de tanta decepção que ele passou, no último parágrafo eu imaginei uma violência conjugal.  :comemorando:

  • Like 1
  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eis que por vezes me vejo Antenor! :huh:  Grato por nos proporcionar tão boa leitura, Grande Fred! :iCo01:  :clapping:

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Domingos Bomediano disse:

Eis que por vezes me vejo Antenor! :huh:  Grato por nos proporcionar tão boa leitura, Grande Fred! :iCo01:  :clapping:

Tenho estado um tanto "Antenorizado" também. 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Belo texto para refletir.... estamos convivendo atualmente com muita falsidade e futilidades, principalmente nas redes sociais, onde quase todos só postam que são felizes e levam uma vida perfeita e maravilhosa.... se a pessoa  estiver nesse meio e não tiver discernimento, fica maluca e até deprimida!!! :ok:

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Super-texto! Parabéns Fred!:ok: Hoje em dia tem horas que a gente se sente num trecho de poema hehehe:

"Não sou nada.

Nunca serei nada.

Não posso querer ser nada.[..]"

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entre para seguir isso  

www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...