Ir para conteúdo

Recommended Posts

         Cacilda! Uma das coisas que essa pandemia me mostrou (mais ainda) é como eu pagava caro para comer fora de casa. Coisa assim: não apenas um pouco mais caro, muuuito mais caro :comemorando: ! Caramba, era sair com a cara metade e pagar cinquenta paus por um parmegianna com arroz? O que era isso? E não venham os donos de restaurante me falar que eles tinham (têm) muitos custos, funcionários, impostos, etc. Cobravam muito caro, sim. :doubledown:

7GWXPrw.jpg

         E as bebidas então? Uma cerveja honesta que sai por 4 no supermercado me cobravam 12 ou até mais! E os restaurantes conseguem preços até melhores nessas coisas, pois compram em quantidade. Não me cobravam um pouco mais, nem o dobro, cobravam o triplo! :smiley-angry020: Somente os descolados não reclamavam. Sinceramente, fico com um pouco de pena pela quebradeira que se seguiu. O pobres funcionários são quem pagaram o pato. Mas não sinto nem um pouco de pena pela economia que fiz. E, mais que redescobri minha cozinha. Eu já cozinhava pontualmente mas agora redescobri o que é cozinhar diariamente, quais alimentos prontos são simples de guardar no freezer, como se planejar para uma semana, quais tapoés (:D) são os melhores e mais jeitosos para cada item, como usar as melhores ofertas do dia para pratos deliciosos.

       Ein? O quê? Se a raça humana que habita este País vai mudar seus hábitos depois dessa onda? Sinceramente... sim. Pelo menos, um pouco. E por algum tempo. Depois, voltaremos todos a ser os otimistas inconsequentes de sempre...

  • Like 4
  • Thanks 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente, Maurício, aqui também percebi grande economia, a ponto de incentivar uma continuidade "pandêmica" por tempo indefinido e só sair disso em ocasiões muito, muito, especiais! :ok: 

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não posso falar nada, pois já sou "marmiteiro" a muitos anos, deixei de almoçar em restaurantes e levo a minha comida de casa, comida que eu mesmo faço. Muito eventualmente vou a algum restaurante ou churrascaria.

  • Like 1
  • Thanks 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Toda economia que tive pós gastrectomia e ainda neste período pandêmico, reverti em materiais de pesca kkkkkkkkkkkkkkk No final os débitos e créditos continuaram iguais kkkkkk.

Mas certamente, há abusos, e a ansiedade humana permite a continuidade destes abusos.

Grande abraço a todos.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Mauricio o que voce redescobriu sempre foi minha atividade doméstica, meu freezer sempre contém os congelados prontos, mesmo porque é impossivel um preparo que não seja muito além do necessário para uma refeição: dobradinha, canjiquinha,galinhada,lagarto assado ao molho madeira,feijoada, yakissoba,lasanha...são as reservas para os momentos de descanço do forno/fogão...pratos que são possiveis individualizar são feitos para o momento...agrego valores monetários ao alimento mais saudavel caseiros.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

 Muito bom para refletirmos.

 Sim, precisamos rever nossos valores, mesmo com dinheiro "sobrando", não devemos sair gastando à torto e direito, sem valorizarmos nosso $ e frear essa exploração cara de pau!

 

  • Like 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 month later...

Aqui em casa o fogão canta dia e noite há anos, pois desde 2015 trabalho de casa. Se por um lado há a economia de gasto com refeições na rua, por outro há o aumento de gastos com luz e gás. 

Com a pandemia, o que constatei foi que temos uma legião de aproveitadores que se beneficiam da necessidade alheia. Primeiro foi o álcool gel que quintuplicou de preço. Aí subiu a carne, arroz, bebidas, frios, hortifruti e agora o óleo de soja. Logo o Brasil, o maior produtor de soja do mundo, que quebra recordes de safra ano após ano, temos o preço do óleo de soja a 3 vezes o que era uns meses atrás. 

"É culpa da balança comercial, estamos exportando muito". Uma ova! Sempre exportamos muita soja, sempre produzimos mais soja e agora é que a balança comercial pesa? 

Mas, desviei do assunto. Sempre preferi fazer as refeições em casa, pois sei o que estou comendo e na maioria das vezes a comida é mais saborosa. Comer fora pra mim tem que ter algum benefício que eu não possa proporcionar em casa: seja um prato que não sei fazer, uma experiência nova, passeio ou comemoração com a família. Fora isso, acho um dinheiro mal empregado. 

 

 

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Fred Mancen disse:

Aqui em casa o fogão canta dia e noite há anos, pois desde 2015 trabalho de casa. Se por um lado há a economia de gasto com refeições na rua, por outro há o aumento de gastos com luz e gás. 

Com a pandemia, o que constatei foi que temos uma legião de aproveitadores que se beneficiam da necessidade alheia. Primeiro foi o álcool gel que quintuplicou de preço. Aí subiu a carne, arroz, bebidas, frios, hortifruti e agora o óleo de soja. Logo o Brasil, o maior produtor de soja do mundo, que quebra recordes de safra ano após ano, temos o preço do óleo de soja a 3 vezes o que era uns meses atrás. 

"É culpa da balança comercial, estamos exportando muito". Uma ova! Sempre exportamos muita soja, sempre produzimos mais soja e agora é que a balança comercial pesa? 

Mas, desviei do assunto. Sempre preferi fazer as refeições em casa, pois sei o que estou comendo e na maioria das vezes a comida é mais saborosa. Comer fora pra mim tem que ter algum benefício que eu não possa proporcionar em casa: seja um prato que não sei fazer, uma experiência nova, passeio ou comemoração com a família. Fora isso, acho um dinheiro mal empregado. 

 

 

Vocês perceberam que não tem mais pizza por menos de 50 reais? Pizza era coisa barata antigamente.  :comemorando:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Mauricio. disse:

Vocês perceberam que não tem mais pizza por menos de 50 reais? Pizza era coisa barata antigamente.  :comemorando:

Aqui na roça ainda achamos por 30 pilas. Mas.... não é a pizza de SP, claro.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Mauricio. disse:

Vocês perceberam que não tem mais pizza por menos de 50 reais? Pizza era coisa barata antigamente.  :comemorando:

Acho que tudo tá pelo preço absurdo.... 2 combos na lanchonete do palhaço dão uma nota de onça ou até mais. Mas tudo isto é sinal de que nossa economia não vai tão bem quanto deveria.... milhões desempregados....milhares de empresas sucumbiram à pandemia.... e quem pode....esfola cada vez mais fortemente o próximo.

E digo que ajudaria muito se os impostos fossem menos abusivos quanto os atuais. Tem coisas de pesca que compro que a nota destaca quase 50% de impostos incluídos e resultando no valor total da nota.

Tudo caro....tudo mesmo

 

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Fred Mancen disse:

Aqui na roça ainda achamos por 30 pilas. Mas.... não é a pizza de SP, claro.

Provavelmente muito mais saborosa do que as "preciosidades" daqui kkkkkkkk. Aqui de pizza até imóveis...tudo com preços irreais.

Grande abraço!

 

  • Like 1
  • Haha 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

As coisas estão caras por causa de uma besta de um ministro da economia que só trabalhou para bancos até hoje, agiotas oficializados, que fez o dólar ficar por volta dos R$-6,00. O que esta besta esquece (ou não), é que tudo é baseado no dólar, então, a matéria prima para o adubo e muitos outros suplementos para a agricultura e demais indústrias é tudo no dólar. Claro que ele está caga*** e andando para o povo, pois os seus clientes, que é o que mais importa para ele, os bancos, recebem todas as dívidas, sejam do governo ou dos empréstimos, todos atrelados ao dólar que, estando nas alturas, é o que interessa para eles, o resto que se dane. 

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal 

Só temos que tomar um cuidado.

Concordo com tudo que o mauricio disse em relação a economia.

Mas esse tipo de pensamento, de não gastar com nada etc... Geralmente agrava ainda mais a economia.

Infelizmente ou felizmente, quando mais se gasta, mas a economia gira...

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Fred Mancen disse:

Aqui na roça ainda achamos por 30 pilas. Mas.... não é a pizza de SP, claro.

 

5 horas atrás, Tanikawa disse:

Provavelmente muito mais saborosa do que as "preciosidades" daqui kkkkkkkk. Aqui de pizza até imóveis...tudo com preços irreais.

Grande abraço!

 

Aqui em Sampa, nas eras pré pandemia, vendiam (acho que nunca mais acontecerá) pizzas prontinhas na porta dos estádios. Vendedores com caixas e caixas de pizzas prontinhas. Era a famosa pizza de 10. Quem comeu, notou que era só isso que valia mesmo. :rotfl2: Mas no fim do jogo, quando sobrava e viam que não ia desovar mesmo, dava para comprar duas pelo precinho. :rolleyes:

Link para o post
Compartilhar em outros sites

A propósito, uma foto da última pizza que entregaram aqui em casa.

GaGfFHU.jpg

Acho que a colocaram em uma coqueteleira. Reclamei e vão devolver meu dinheiro. Essa é a foto que mandei como prova do extremo cuidado na entrega. E o aplicativo (Uber Eats) ainda teve a cara de pau de perguntar se eu queria dar mais algum dinheiro ao entregador  :chair:. É de quebrar a vara de pesca na cabeça do gajo.  :furious:

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

www.petsEXPERT.pt
×
×
  • Criar Novo...